Clientes BCP – Vai perder a isenção das comissões em Abril?

BCP vai alterar em Abril o preçário das comissões de manutenção de conta

Se é cliente do Millennium BCP já tem no seu último extrato bancário o aviso de que a partir de 1 de Abril as condições para a isenção do pagamento de comissão de manutenção de conta vão ser alteradas.

A partir dessa data, só fica isento quem tiver mais de 10 mil euros na conta, quem ganhe mais de 750 euros por mês (até agora era 500 euros), quem tenha até 23 anos ou que gaste todos os meses 400 euros com o cartão ou cartões dessa conta. Há mais umas condições mais “pequenas” que deve consultar. Tem o link mais abaixo.

Ganha menos, paga mais

Mais uma vez, quem fica a pagar mais é quem ganha menos. Se tem conta no Millennium BCP e ganha menos de 750 euros (ou a soma dos vários elementos dessa conta) vai passar a pagar 5,41 € por mês só por ter a conta aberta. Ou seja, 64,92 € por ano. É um valor gigante para quem tem ordenados baixos. E tem de acrescentar a anuidade dos cartões e as outras comissões todas.

Conta de Serviços Mínimos

Um funcionário do BCP disse-me na rua quando me encontrou e reconheceu que na agência dele tem sido um corropio de gente a pedir para ter a conta de Serviços mínimos depois da reportagem mais recente (já fiz várias). Suponho que nos outros bancos também.

Recordo que se só tem essa conta à ordem em Portugal (neste banco ou em qualquer outro) pode pedir para transformar essa conta numa Conta de Serviços Mínimos Bancários. Fica a pagar 4,28 € por ano no máximo mantendo a mesma conta. Em alguns bancos fica a pagar zero. Só não pode ter conta ordenado (aquela que lhe adianta um salário antes de o receber). Avalie. Tem aqui muitas informações.

Aliás, todos os bancos são obrigados a dar esta informação no extrato bancário de Janeiro. Foi o caso como podem verificar aqui no meu extrato. No seu estará a mesma informação.

Também achei interessante que no mesmo extrato de Janeiro aparece a lista de todas as comissões que paguei ao meu banco em 2018. Veja a sua lista e assuste-se. Ou não, se tem seguido os conselhos do Contas-poupança ao longo dos anos.

Eu não pago

Como já disse várias vezes, tenho contas à ordem e não pago comissões de manutenção de conta em nenhum. Assim que não arranjar maneira de ficar isento fecho logo as minhas contas nesse banco. O BCP está a aproximar-se lentamente dessa minha linha vermelha. Por enquanto ainda vou continuar isento porque ainda preencho vários dos requisitos: a minha mulher tem lá o ordenado domiciliado e usa o cartão multibanco.

Esteja atento

No caso do BCP, qualquer cliente que ganhe menos de 750 euros líquidos, convém estar atento para ver se consegue preencher os outros requisitos. Caso contrário, acaba de perder cerca de 65 euros. Será altura de avaliar encontrar alternativas em bancos que não cobram comissões, por exemplo, antes de começar a pagar. Tem o comparador de comissões do Banco de Portugal para os encontrar a todos e escolher.

Nada me move contra o BCP. Sei que que provavelmente outros bancos também aumentaram ou vão aumentar as suas comissões. Só estou a falar deste banco porque sou cliente dele e recebi a informação. Como sabem aqui no blogue falo das minhas experiências enquanto cidadão, consumidor e cliente bancário. Logo, falo do que conheço e há muitos bancos onde, por mero acaso, não tenho conta. Mas se sabem de mais situações que aí vêm sintam-se à vontade para colocar essa informação útil nos comentários a este artigo ou no facebook para ajudar outros clientes na mesma situação, isto é, que se arriscam a perder a isenção ou a verem aumentadas – mais uma vez – as comissões bancárias. O caminho parece-me imparável.

É tudo legal

Recordo que, de acordo com a lei, basta que os bancos avisem com antecedência, para que o novo preçário entre em vigor sem o cliente poder fazer nada a não ser aceitar ou sair do banco. A lei não tem nenhum limite ao aumento das comissões. Cada banco pode cobrar o que quiser. No limite podem passar a cobrar 20 ou 30 euros por mês que não podemos dizer que não. Só podemos dizer que então vamos embora.

É o que temos neste momento. Abra os olhos e veja a sua situação junto do seu banco. E veja o seu extrato de Janeiro e leia-o com muita atenção. É o extrato mais importante do ano. E o mais assustador, provavelmente. Procure as informações sobre a conta de serviços mínimos, o preçário e a lista das comissões que pagou no ano passado.

https://ind.millenniumbcp.pt/pt/Articles/Documents/precario/AlteracoesFuturas_1abril2019.pdf

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018.

É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 

11 comentários em “Clientes BCP – Vai perder a isenção das comissões em Abril?

  1. aNABELA Reply

    Oá!

    Fui então ver os avisos no extrato bancários e deparei com mais 2 aumentos q me deixam tb intrigada:

    “INFORMAMOS QUE A TAXA NOMINAL ANUAL DA ULTRAPASSAGEM DE CREDITO FOI
    ATUALIZADA DE 15,300 POR CENTO PARA 16,600 POR CENTO, A APLICAR DESDE
    1/1/2019 A TODOS OS CLIENTES PARTICULARES. (O QUE É ISTO!)
    CONSIDERANDO A SUBIDA DA TAXA DE INFLACAO NACIONAL, A COMISSAO DE
    PROCESSAMENTO DE PRESTACAO DOS EMPRESTIMOS A PARTICULARES CUJO VALOR
    DA COMISSAO E 1,60 EUR PASSA PARA 1,66 EUR (ACRESCE IMPOSTO DO SELO),
    A PARTIR DO PROXIMO DIA 1 DE MARCO. RELEMBRAMOS QUE, NO PRAZO DE 90
    DIAS A CONTAR DA DATA DESTA COMUNICACAO, PODERA RESOLVER O SEU
    CONTRATO DE CREDITO MEDIANTE COMUNICACAO FORMAL EM SUPORTE DURADOURO,
    EFETUANDO O REEMBOLSO ANTECIPADO SEM QUALQUER PENALIZACAO.

    O PROBLEMA É Q TENHO AQUI O MEU CREDITO HABITAÇÃO DE HÁ 15 ANOS E NÃO SE TORNA FACIL AGORA MUDAR.

    • Marco Lopes Reply

      Eu já disse à minha gestora de conta (BCP) que uma das coisas que me irá fazer mudar de banco logo que termine o crédito habitação é este ROUBO contra o qual não posso fazer nada, decretado pelo banco! (que tem agora este ano um aumento, passando de 1,60 euros para 1,66 + imposto!!). Realmente, formas de roubar os depositantes como esta são fáceis de inventar… até onde podem ir com este tipo de comissões? Até onde quiserem!!! (NOTA: Existem bancos piores!!! Mas evidentemente que abusam porque os clientes não vão mudar de banco por causa de 2 ou 3 euros por mês… que podem acabar por sair mais caro com a mudança de spread, condições, etc… no fundo, roubam nas comissões de processamento o que não conseguem obter nos juros… isto é um jogo do gato e do rato, em que os bancos ganham sempre…)

    • Marco Lopes Reply

      APENAS um deles! Ex: se tiver 10.000 numa aplicação financeira (ou várias, que não estejam excluídas – o melhor é confirmar com suas exas para ter a certeza!) fica isento. Eu nos anos anteriores usei um depósito a prazo…

  2. Marco Lopes Reply

    Caro Pedro, atenção que existia e existe uma forma de isenção que é comum a quase todos os bancos: património financeiro NÃO À ORDEM (ex: conta a prazo) com um valor mínimo de 5.000 euros (média MENSAL), que ainda está em vigor, e em Abril vai passar para 10.000 euros!!!

    Portanto, essa forma de isenção mantém-se… mas vai aumentar para o DOBRO!

    Atenção que NÃO é apenas o BCP!!! “O BCP junta-se assim ao Santander que há bem pouco tempo também colocou em dez mil euros o saldo mínimo necessário para que os seus clientes possam beneficiar da isenção da comissão de manutenção de conta, alteração que entra em vigor a 7 de janeiro naquele banco.” FONTE: https://ardina.news/article/2019_01_03_213758968_bcp-ja-so-isenta-de-comissoes-contas-acima-de-dez-mil-euros

    • Raquel Reply

      Correto. E acrescento que no novo preçário tem uma informação muito pertinente: “Média Mensal Património Financeiro (exceto seguros)”.
      Quem tem seguros de capitalização, ou outros, os mesmos não contam para isenção. Pelo que entendo, apenas 10.000€, ou mais, em depósitos a prazo.
      Critério em que o valor até agora era de 5.000€. E que até Dezembro de 2017, ou seja, há apenas 1 ano, era de 3.000€. Não há mesmo meias medidas!
      A voracidade dos bancos é verdadeiramente assustadora.

  3. Carlos Esteves Reply

    Boa tarde, e quem tem crédito habitação no bcp pode pedir serviços mínimos?
    Obrigado
    CE

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *