Crédito à habitação – Erros na bonificações da CGD

Escrito por Pedro Andersson

19.07.18

}
2 min de leitura

Publicidade

Erros nas bonificações da CGD

Vários clientes da Caixa Geral de Depósitos estão a ser contactados via telefone para pagarem centenas ou até milhares de euros por um alegado erro no cálculo das bonificações no Crédito à Habitação. A CGD diz-lhes que é uma ordem da Direção-Geral do Tesouro, mas as Finanças garantem que não deram instrução nenhuma.

Fiz esta reportagem que foi emitida hoje no Primeiro Jornal e pretendo saber se há mais casos semelhantes a este. Algum de vocês foi contactado também para pagar valores alegadamente errados a propósito de bonificações ao Crédito à habitação? Era um benefício que era dado nos anos 90 e princípio dos anos 2000 e que entretanto acabou. Era um incentivo do Estado para os portugueses comprarem casa. Estes benefícios terminaram entretanto. Só estamos a falar de casos muito antigos.

Foi contactado?

O que a CGD fez a este cliente foi ligar-lhe para ir ao balcão porque tinha uma dívida: um valor tinha sido mal calculado e que podia pagar em prestações sem juros.

Nada escrito, e tudo pessoalmente. Um procedimento muito fora do normal, conforme a DECO me disse na entrevista.

Se isto aconteceu consigo, gostava que me contactasse para eu perceber mais detalhes sobre esta situação. Envie por favor um email para [email protected] ao meu cuidado (Pedro Andersson) com os vossos contactos. A Caixa Geral de Depósitos continua há vários dias sem me dar explicações sobre o que se passou e o que se passará. O que sabemos é que a Caixa está a propor aos clientes que paguem os valores em falta em prestações sem juros. Sem mais explicações.

Mas não explicam que erro foi, de quem foi a culpa do erro (se foi deles porque é que o cliente tem de pagar?) e não explicam se o valor em dívida já prescreveu ou não (se prescreveu seria o banco a ter de pagar os benefícios em falta ao Estado, suponho eu).

Continuo à espera que me respondam a estas perguntas. Até pode haver uma explicação perfeitamente razoável, mas não sei qual é (por enquanto).

O que posso dizer é que numa situação deste tipo será sempre de o cliente exigir um documento escrito e detalhado sobre qualquer alteração ao contrato, seja ele qual for em que sector for. E só aceita se concordar.

Podem rever a reportagem aqui:

http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2018-07-19-Erro-nas-bonificacoes.-Clientes-da-CGD-contactados-para-pagarem-centenas-de-euros

Acompanhe-nos AQUI

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube 

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

Se quiser um resumo muito claro e prático das dicas que demos nestes anos todos, pode adquirir o livro “Contas-poupança”. Escrevi-o com esse propósito.

É só clicar AQUI abaixo.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 e 6 meses e sobem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Devolução de propinas – Prazo termina esta sexta-feira

Mais de 165 mil jovens já pediram o Prémio salarial Atenção ao prazo! O prazo para pedir o Prémio Salarial, que prevê a devolução aos jovens do dinheiro que investiram na sua educação superior, termina esta sexta-feira, dia 31 de maio. Os licenciados e mestres que...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 a 9 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PODCAST | #244 -Vale a pena investir em ouro? (A pergunta do Pedro)

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Jovens vão poder decidir a cada ano que regime de IRS preferem

Opção pelo IRS jovem é anual e poderá ser alterada ou renovada O novo modelo de IRS Jovem aprovado recentemente pelo governo é diferente daquele que ainda vigora atualmente, na medida em que prevê uma redução das taxas do imposto que incidem sobre os escalões de...

Rendas de pessoas deslocadas em trabalho vão poder ser deduzidas

Medida aplica-se a deslocados a mais de 100 quilómetros de casa As pessoas que tenham de ir trabalhar para mais de 100 quilómetros de distância da sua residência habitual e pretendam rentabilizar a sua habitação enquanto estão fora vão poder deduzir a esse rendimento...

Garantia pública extingue-se quando jovens pagarem primeiros 15% do empréstimo

Garantia pública de até 15% aplica-se a casas até 450 mil euros O governo aprovou recentemente uma garantia pública de até 15% para ajudar os jovens até aos 35 anos a conseguir financiamento para comprar casa. Na segunda-feira, ao terminar o Conselho de Ministros...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (27 de maio a 2 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

1 Comentário

  1. Liliana

    Já agora e as alterações às condições dos clientes que pertenciam ao Banco Popular e que agora estão a receber cartas do Santander com novas condições e comissões que não tinham antes com o Popular?
    Há direito a reclamar e a exigir manter as mesmas condições?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.