Poupar no material escolar – Uma dica

Gastei 16 €, poupei 45 €

Se seguem o Contas-poupança sabem que encontra aqui dicas que valem centenas ou milhares de euros e dicas que podem representar cêntimos ou poucos euros. Esta é destas últimas. O importante que perceba é que o nosso objectivo é a perspectiva do combate ao desperdício no nosso dia-a-dia, com a poupança financeira correspondente. Isto aconteceu-me esta semana.

Uma mochila de 45 € ia para o lixo

O meu filho mais velho, o Henrique, tem esta mochila desde o ano passado. Foi ele que a escolheu. E gosta dela. Ele não é muito adepto de bonecadas nas mochilas. Surpreendentemente tem resistido muito mais do que eu alguma vez esperei. Nunca uma mochila tinha resistido mais do que um ano letivo. Mas tudo tem um fim. Um dos fechos rebentou e embora o fecho maior ainda esteja bom, ele tem muitas coisas que precisa transportar na bolsa pequena.

Portanto, já estava a pensar onde é que ia encontrar um mochila igual ou parecida da mesma marca quando me lembrei que na Amadora (na sua cidade também haverá com certeza) um sapateiro que sei que faz tudo em fechos, cabedal, malas de pele, cintos, e tudo o que possa imaginar. Talvez todos os sapateiros façam isto, mas eu sei que este faz porque uma mala em pele que tive em tempos também iria para o lixo e ele pô-la como nova.

Fui lá com a mochila do miúdo. Para ele foi simples. Reparar um fecho é uma reparação básica. Paguei 16 €. Suponho que se tivesse ido a mais 2 ou 3 sítios talvez a conseguisse reparar por menos. Mas perante a despesa de uma mochila nova de 50 euros quando o rapaz gosta desta e tudo o resto ainda está em perfeitas condições pareceu-me um bom negócio.

Serve este pequeníssimo exemplo, para transmitir mais uma vez a mensagem de que por vezes (vezes demais, diria) optamos pelo deitar fora como primeira opção quando temos imensas coisas, aparelhos, equipamentos, material escolar, roupa, sapatos, etc. que podem perfeitamente ter uma segunda vida.

– “Ah, mas é uma poupança tão pequena. Nem dá para o trabalho…”

O dinheiro tem o valor que lhe damos. Neste caso, 45 € – 16€ = Poupança de 29 €.

Com 29 € compro 64 litros de leite. Para mim é uma poupança relevante. Está a ver para onde vai muitas vezes o nosso dinheiro?

Se tiver mais exemplos assim, partilhe.

Acompanhe-nos AQUI

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança. Assim não perde nenhuma dica.

YouTube 

Facebook do Contas-poupança

 Pergunte no Grupo “Contas-poupança – As suas dúvidas”

Instagram

Twitter  

Se quiser um resumo muito claro e prático das dicas que demos nestes anos todos, pode adquirir o livro “Contas-poupança”. Escrevi-o com esse propósito.

É só clicar AQUI abaixo.

8 comentários em “Poupar no material escolar – Uma dica

  1. Paula M Oliveira Reply

    Muitos sapateiros reparam artigos em lonas grossas. Isto porque as máquinas que têm são capazes de cozer as lonas.

  2. Ana Almeida Reply

    Bom dia.
    Excelente ideia! Pode-nos dar a morada por favor?
    Continuação de excelente trabalho!
    Cumprimentos.

  3. Elisabete Reply

    É como comprar calções de ganga. Quantas vezes as calças ficam curtas nas pernas dos garotos?! Basta cortar e fazer calções. As baínhas podem ser feitas com a cola para tecido ou ficar desfiadas.

  4. Maria fonseca Reply

    Se a mochila e da marca acima referida bastava leva-lá aonde a comprou ckm a fatura de compra de o conserto era grátis na marca.

  5. José Horta Reply

    Para além dos ganhos monetários estamos a poupar recursos.
    Numa mochila pode parecer insignificante, mas se multiplicarmos por todas as crianças em idade escolar começamos a ver o impacto, se alargarmos a outros items podemos começar a deixar de abusar dos recursos baratos actualmente cujo consumo insustentável se sentirá muito em breve, e que já se começa a sentir.

    Obrigado Pedro por mostrar que é possível ajudar a melhorar o planeta e poupar dinheiro simultaneamente!

  6. Inês Fernandes Reply

    Boa tarde,
    Pela imagem parece-me uma mochila Eastpak. A minha filha tem uma há 6 anos e está como nova, utiliza-a todos os dias ( menos agora que está na faculdade, mas em 5 dias de aulas utiliza 2 em média). Penso que não sabe que as mochilas dessa marca têm garantia vitalícia e como tal qualquer acidente que aconteça está Basta para isso que tenha guardado a fatura de compra, dirigir-se ao local onde a comprou e eles enviam a mochila para a marca e é reparada sem qualquer custo.
    Já me aconteceu por duas vezes, as alças descoseram levei-a ao Continente, apresentei a fatura e ao fim de 2 semanas mais ou menos tinha a mochila novamente como nova.
    Essa mochila foi realmente a melhor compre que fiz, 45€ que já valeram muitos mais.
    Fica a dica.
    Inês Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *