Quanto rendem em euros os novos Certificados do Tesouro

Não me falem em percentagens. Falem-me em euros.

Perguntaram-me no facebook do Contas-poupança, que contas se podem fazer para decidir se ainda aplico as minhas poupanças hoje ou no fim de semana nos Certificados do Tesouro Poupança Mais ou se aplico nos novos “Poupança Crescimento”. É que ainda o pode fazer online em aforronet.pt.

As simulações

Para 1.000 €

Para 5.000 €

Para 10.000 €

Para 50.000 €

Relembro que a todos estes valores terão de somar os bónus do crescimento do PIB (que nesta altura não conhecemos) e depois temos também de retirar 28% de imposto. Mas como o imposto é igual para qualquer dos valores já dá para perceber a perda ou o ganho de aproveitar estes 2 dias e picos que faltam até segunda-feira. Avalie se vale a pena o esforço.

 

 



8 comentários em “Quanto rendem em euros os novos Certificados do Tesouro

  1. Vítor Hugo Valério Beato Reply

    Qual é a diferença entre conta bancária normal e conta simples? – Na pesquisa pela Internet encontro sempre referência ao Brasil!
    Agradeço a informação.

  2. Rui Vasco Reply

    Entre estes produtos (investimento) e amortizar o crédito habitação (reduzindo automaticamente todas as prestações seguintes), qual considera ser o mais racional?

  3. Celso Reply

    Sr pedro, fica aqui a sugestão de fazer uma reportagem sobre as contas simples dos bancos. Recentemente a deco viu que mais de metade das familias com dificuldades financeiras não usufruíam desse serviço. Tem muitas vantagens e para o proximo ano o custo de ter uma conta simples vai dininuir e vai permitir transferências interbancarias. Fica a sugestão!
    Cumprimentos

  4. Celso Reply

    Sinceramente, penso que ter uma conta normal aberta no banco, não compensa hoje em dia. Salvo algumas exceções, como por exemplo, transferências interbancarias, um credito bancário ou um ppr, pelas despesas que se paga em comissões e o que se ganha em juros vale mais ter uma conta simples. Fica ao critério de cada um mas, cada vez me custa mais ver as comissões a sair (e a subir) e depois lembrar-me do dinheiro todo que o estado lá meteu na crise…

  5. Francisco Gouveia Reply

    Ps. 22,40% nos ARQUIPELAGO dos AÇORES (para quem tenha residencia/morada fiscal lá…) ao inves de 28% ARQUIPELAGO da MADEIRA ou PORTUGAL CONTINENTAL…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *