IRS 2016 – Já pode simular quanto vai receber ou pagar

Já está online o IRS de 2016

Um espectador acaba de me alertar que a aplicação das Finanças para entregar o IRS este ano já está operacional. Acabei de testar e confirmo.

Já pode ir ao Portal das Finanças e preencher o seu IRS para simular quanto vai receber ou pagar de IRS este ano, referente a 2016.

Atenção! Volto a repetir que os contabilistas aconselham VIVAMENTE a não entregar o IRS na primeira semana de Abril, embora o possam fazer teoricamente já hoje (no ano passado houve quem o fizesse).

Não tenham pressa

Preencham tudo com calma, simulem, validem, gravem o ficheiro mas não submetam já. No ano passado houve problemas com o programa das Finanças com erros graves.

IRS automático operacional

E já aparece o IRS automático. Ao clicarem aparece logo se têm direito ou não. No meu caso não tenho direito porque tenho dependentes.

Simulação hoje não é garantida

E a simulação que obtiverem agora não é garantido que seja o mesmo resultado daqui a uma semana, se a aplicação for atualizada nos primeiros dias. É só para irem adiantando trabalho ou simplesmente por curiosidade.

Com o Chrome não dá

Mais um detalhe, com o Chrome não funciona, tem de ser com o Internet Explorer, Firefox ou outros que suportem Java. Como no ano passado.

Eu tenho essa curiosidade, por isso partilho.

Bom IRS a todos!

 



24 comentários em “IRS 2016 – Já pode simular quanto vai receber ou pagar

  1. Luísa Gonçalves Reply

    Boa tarde, dado que os valores simulados para reembolso não foram coincidentes com o que de facto recebi (que foi inferior ao cálculo simulado), onde posso, se é que posso, pedir esclarecimentos?
    Muito agradecida.

  2. Alexandre Reply

    Sou proprietário de um imóvel que tenho arrendado e fiz obras no ano passado sendo que o valor das obras foi superior ao rendimento obtido.
    A minha dúvida é se posso reportar este saldo negativo (tenho ideia que sim)? Se sim, para que para o ano possa continuar a deduzir aos rendimentos obtidos este saldo negativo, tenho que optar pelo englobamento dos rendimentos ou podem ser tributados em separado?

    Desde já, grato pela ajuda.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá Alexandre. Isso é pergunta para contabilista. Não sei. Coloque essa questão no Facebook do Contas-poupança. Há alguns contabilistas simpáticos que gostam de ajudar. .. pode ser que respondam.

  3. Tex Tony Reply

    Expliquem por favor … que eu sou muito burro !!!!
    Entreguei a declaração deste ano (2016), e comparando com a anterior (2015 entregue em 2016); diz que a deste ano tenho a receber 75 euros, mas a do ano passado recebi 190 euros; o problema é que está tudo exactamente igual … ou seja: o rendimento global é igual; as deduções especificas são iguais, o rendimento colectável é igual, o quociente familiar, a taxa, a importância apurada é igual; a colecta total, as deduções à colecta, e as retenções na fonte são exactamente iguais às do ano anterior … então nesse sentido expliquem porque recebi no ano passado 190 euros, e este ano só me querem dar 75 euros …. ….. ……
    Obrigado pelo vosso trabalho.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Pode ter descontado menos ao longo do ano. É uma

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Pode ter descontado menos ao longo do ano. É uma hipótese…

  4. Pingback: Com que versão do IRS fez a sua simulação? - Contas Poupança

  5. Miguel Reply

    Boas pessoal,

    Para quem ainda não conseguiu aceder ao formulário de IRS devido aos browsers em 2017 não correrem o JAVA, podem usar um add-on para Chrome que se chama “IE Tab”. Isto basicamente vai simular o Internet Explorer dentro do Chrome, e assim vão conseguir correr o JAVA. De notar que precisam de ter o JAVA instalado no computador.

  6. Patrícia Veloso Reply

    Boa tarde. tenho uma casa alugada, sabem se ainda posso colocar a linha com as despesas de condominio? Obrigada

  7. Irina Reply

    O irsAuromático nao está a funcionar…prometem ser breves :/

  8. Anónimo Reply

    O irsAuromático nao está a funcionar…prometem ser breves :/

  9. filipa neves Reply

    Apenas tenho rendimentos de uma entidade (Anexo A) não tenho dependentes, porque não tenho IRS automático?

  10. Paulo Machado Reply

    Atenção que (pelo menos no meu caso) as deduções que aparecem no E-Fatura não estão a ser incluídas nas “Deduções à Coleta” quando faço uma simulação de IRS no programa do Modelo3 !
    Isto implica que o resultado da simulação está errado!
    A verificação dos valores a deduzir à coleta, pode ser consultada no E-fatura em “Consultar Despesas para Deduções à Coleta”, escolher 2016!
    Espero que este problema seja corrigido em futuras versões do programa Modelo3!

  11. Luis Saint-Maurice Correia de Matos Reply

    Sou pensionista, e nao tenho mais nenhum rendimento nem dependentes a cargo. Não seria suposto ter IRS automático ? mesmo que não, e que tenha que entregar declaração, porque não vem pre preenchida ? Tudo em branco…..

  12. Marco Lourenço Reply

    Obrigado pelas dicas. No título está “quando”. Pode induzir em erro.

  13. Andreia Reply

    Boa Tarde
    Sou Divorciada e tenho um dependente em guarda conjunta e simulei hoje o meu IRS onde coloquei o dependente em guarda conjunta e como fiz nos anos anteriores, mas nos anos anteriores o QUOCIENTE FAMILIAR que apareceu foi de 1,30 e que na minha opinião deveria ter sido 1,15.
    Mas hoje ao simular o IRS referente a 2016 aparece o QUOCIENTE FAMILIAR de 1,00.
    Pode informar se sabe alguma informação sobre este assunto?
    obrigada

  14. Pedro Curioso Reply

    Após o pré-preenchimento, não aceitando os valores comunicados pela AT, conseguimos visualizar as despesas consideradas. Não encontro lugar para as deduções prevenientes “Despesas Gerais Familiares” e da “Exigencia de Factura”.
    Será um erro ou esse valor é calculado pelas Finanças após submissão das declarações?

  15. Pingback: Um exemplo de IRS automático - Contas Poupança

  16. Hugo Reply

    Já se pode simular e acho que tem um erro.

    Se for casado e optar pela tributação em separado e caso aceite o anexo H automaticamente, vem preenchido os beneficios do casal, como se a declaração estivesse em conjunto.

    Mas se optar pelo preenchimento manual e colocar só os beneficios do titular da declaração os valores simulados são diferentes.
    Neste vaso os valores a receber são superiores aos anteriores.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *