PODCAST | #106 – (CONCLUSÃO) Como obter o complemento por dependência (106 € por mês)

Escrito por Pedro Andersson

25.04.22

}
2 min de leitura

Publicidade

O PEDIDO FOI ACEITE E JÁ ESTÁ A RECEBER

No episódio #96, expliquei-lhe que pedi o Complemento por Dependência para a minha mãe. É um apoio mensal de 106 euros da Segurança Social para pessoas que dependem da ajuda de alguém (neste caso, dos filhos) para deslocações e outras situações.

Passadas umas semanas depois de ter ido a uma Junta médica com a minha mãe, chegou a resposta. Partilho consigo a conclusão do processo e as lições que aprendi pelo caminho.

De facto há muitos direitos que não usufruímos por ignorância (e preguiça por vezes, também).

Aproveite a minha boleia para melhorar a sua vida financeira e partilhe este podcast com os seus amigos.

Veja todas as dicas de poupança em www.contaspoupanca.pt
Assine a Newsletter no blogue

YouTube https://www.youtube.com/channel/UCP1NJYImfFMSEkQdlFlbFMA
Facebook facebook.com/contaspoupanca
Instagram www.instagram.com/pedroandersson_contaspoupanca/

O que é um podcast?

Aproveite a minha boleia financeira (gravo em áudio uma “conversa” no carro enquanto faço as minhas viagens e faço de conta que você vai ali ao meu lado) e veja como pode aumentar-se a si próprio. São uma espécie de programas de rádio para escutar enquanto faz outras coisas.

Subscreva o podcast na plataforma em que estiver a ouvir para ser avisado sempre que houver um episódio novo. Não estranhe ouvir o motor do carro, buzinadelas e o pisca-pisca. Faz parte da viagem.

Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro

Tem a seguir os links para o Spotify, Soundcloud e iTunes. Para quem não percebe nada disto, deve ir à loja de aplicações do seu telemóvel e instalar gratuitamente a app “Spotify” ou “iTunes” ou outra que dê para ouvir Podcasts. No caso do SoundCloud basta clicar e começa logo a ouvir.

Boa viagem e boas poupanças!

Subscreva o Podcast e partilhe-o com os seus amigos ou familiares que se queixam de ter pouco dinheiro e muitas despesas.


 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. Maria

    Olá!Vou partilhar um pouco da experiência que eu tenho dos últimos meses relacionado com os apoios para pessoas com invalidez. A minha mãe além de outros problemas saúde, Cardiovasculares, é bipolar e tem Parkinson bastante avançado. Não consegue fazer nada sozinha e passa as 24 horas deitada, pois custa-me muito
    estar sentada. Não é considerada acamada e por isso não tem direito a vários benefícios ou apoios! Já pedi ao tribunal para reconhecer o meu pai com o tutor…(. é ele quem cuida da minha mãe)mas como é tudo tão demorado
    ainda não obtivemos qualquer resposta!
    Posto isto, como a minha mãe não
    consegue deslocar-se mesmo
    acompanhada, ainda não conseguiu
    obter o cartão de débito que pretendia para usufruir do
    AUTOvoucher!..Tentamos Durante
    meses, com informações sempre
    erradas da CGD ,( já fizemos queixa no
    livro de reclamações) mas sempre foi recusado…. a Informação que passavam
    sempre é que a minha mãe tinha que
    fazer o pedido presencialmente! ! Isto é
    inadmissível!! mostramos o atestado
    Multiusos, mostramos relatórios
    médicos, fiz uma procuração em meu
    nome e em nome do meu pai para
    podermos tratar de toda a
    documentação em todas as instituições
    em nome da minha mãe e foi-nos
    recusado sempre na Caixa Geral de
    Depósitos!! Sendo uma instituição do
    estado, não compreendo como é que é
    a única instituição bancária a levantar
    tantos problemas e para tudo! Têm
    regulamentos estúpidos e
    completamente desatualizados ao
    século em que vivemos! Ficaram de
    analisar a procuração e andamos nisto
    há semanas !…Consegui que o diretor se
    deslocasse a casa dos meus pais para
    que a minha mãe pudesse assinar
    porque graças a Deus ela, muito mal,
    mas ainda consegue ,caso contrário
    nada poderia ser feito!.. E tudo foi feito
    debaixo de ameaças, reclamações e
    queixas… pois nunca nos tinham dado
    nenhuma alternativa até á duas
    semanas atrás!…e estamos à espera do
    cartão que nunca mais chega… está a
    terminar o prazo do AUTOvoucher e a
    minha mãe não consegue levantar os
    €60 que tem disponível na conta! Este
    foi uma dos problemas que encontrei
    nesta instituição… mas houve muitos
    mais que vim a descobrir… abertura da
    caixa direta sem o conhecimento dos
    meus pais, quando tentei aderir a caixa Directa para poder por aí fazer os
    pedidos e levantamentos , sem que a
    minha mãe tivesse de deslocar-se à
    CGD, mas sempre sem sucesso, porque
    indicava que já estava criada uma!
    Recusaram-se a dar-me informações sobre isso e andamos assim a tentar resolver esta palhaçada! Estamos à espera que tratem da anulação para
    podermos criar uma Caixa Directa em
    nome da minha mãe! não entendo
    como é que isto foi feito uma vez que os
    meus pais nunca receberam os códigos
    e nem sequer tem internet, nem e-mail! Como é possível?! Enfim , a par disto tenho encontrado inúmeros obstáculos para que a minha mãe possa usufruir dos Diretos que como doente com invalidez reconhecida teria! O Atestado Multiusos dá-lhe 76% de invalidez!! (E nem faz referência à invalidez motora!!.) Imagine!! Com isto perde alguns benefícios atribuídos peloMunicípio! Este ano também vão pagar IMI quando, nos anos anteriores ao
    Atestado , eram isentos!…Ja pedi Esclarecimentos às finanças estou à espera da resposta…ainda!
    Se não fosse eu a ajudar os meus pais nesta palhaçada burocrática, não conseguiriam sozinhos… já perdi imenso tempo e ganhei montes de dores de cabeça nisto! Imagino quem não tem ninguém!… Infelizmente é o País que as pessoas pelos vistos querem!… Saiem as Leis mas depois na prática Nada resulta…e o pouco que possa resultar, é as custas de muito trabalho, tempo, conhecimentos, e desgaste,
    principalmente psicológico!…

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Porque não abre conta no ActivoBank, por exemplo? Tudo online e grátis.

      Responder
  2. Luís

    Caro Sr. Pedro Andersson,

    Tive a ler o guia da Segurança Social sobre o Complemento de Dependência. Fiquei com uma dúvida sobre a seguinte frase “Desde 1 de janeiro de 2019, de acordo com o artigo 115.º da Lei n.º 71/2018, de 31 de dezembro (LOE para 2019), foi anulada a condição de recursos aplicada aos pensionistas com pensão superior a 600€.” Se a pessoa em causa receber mais do que esse valor em pensão, têm ainda assim direito ao Complemento?

    Com os Meus Melhores Cumprimentos,
    Luís

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.