PODCAST | #106 – (CONCLUSÃO) Como obter o complemento por dependência (106 € por mês)

Escrito por Pedro Andersson

25.04.22

}
2 min de leitura

Publicidade

O PEDIDO FOI ACEITE E JÁ ESTÁ A RECEBER

No episódio #96, expliquei-lhe que pedi o Complemento por Dependência para a minha mãe. É um apoio mensal de 106 euros da Segurança Social para pessoas que dependem da ajuda de alguém (neste caso, dos filhos) para deslocações e outras situações.

Passadas umas semanas depois de ter ido a uma Junta médica com a minha mãe, chegou a resposta. Partilho consigo a conclusão do processo e as lições que aprendi pelo caminho.

De facto há muitos direitos que não usufruímos por ignorância (e preguiça por vezes, também).

Aproveite a minha boleia para melhorar a sua vida financeira e partilhe este podcast com os seus amigos.

Veja todas as dicas de poupança em www.contaspoupanca.pt
Assine a Newsletter no blogue

YouTube https://www.youtube.com/channel/UCP1NJYImfFMSEkQdlFlbFMA
Facebook facebook.com/contaspoupanca
Instagram www.instagram.com/pedroandersson_contaspoupanca/

O que é um podcast?

Aproveite a minha boleia financeira (gravo em áudio uma “conversa” no carro enquanto faço as minhas viagens e faço de conta que você vai ali ao meu lado) e veja como pode aumentar-se a si próprio. São uma espécie de programas de rádio para escutar enquanto faz outras coisas.

Subscreva o podcast na plataforma em que estiver a ouvir para ser avisado sempre que houver um episódio novo. Não estranhe ouvir o motor do carro, buzinadelas e o pisca-pisca. Faz parte da viagem.

Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro

Tem a seguir os links para o Spotify, Soundcloud e iTunes. Para quem não percebe nada disto, deve ir à loja de aplicações do seu telemóvel e instalar gratuitamente a app “Spotify” ou “iTunes” ou outra que dê para ouvir Podcasts. No caso do SoundCloud basta clicar e começa logo a ouvir.

Boa viagem e boas poupanças!

Subscreva o Podcast e partilhe-o com os seus amigos ou familiares que se queixam de ter pouco dinheiro e muitas despesas.


 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Apanhei um Uber… e o motorista “ganhou” 4.797 euros

Uma viagem que deu lucro... Apresento-vos o José Silva. É condutor de Uber. O meu carro (um GOLF IV que tem 22 anos e está aí para as curvas) foi pintado todo de uma ponta à outra e ficou pronto hoje. Chamei um Uber para o ir buscar à oficina. Assim que entro no Uber,...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #248 – Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? (A pergunta do João Paulo)

Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? O João Paulo este ano quase que pagou IRS em vez de receber reembolso. Ele está preocupado com o ano que vem, porque tem feito muitas horas extraordinárias. Uma das possíveis estratégias dele é amortizar o crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (10 a 16 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Nova versão do Cartão de Cidadão já está disponível

Cartão de Cidadão é agora mais tecnológico e seguro A nova versão do Cartão de Cidadão, anunciada em março ainda pelo anterior governo, está oficialmente disponível a partir desta terça-feira. As alterações estão em linha com a mais recente legislação europeia e com...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PPR | Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Maio de 2024)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? (Mês #43) Maio foi o melhor mês de sempre na soma dos meus 10 PPR. Até ao momento tenho uma valorização de quase 11%. Não consigo neste momento fazer uma conta exata ao juro anualizado ao longo destes 3 anos porque subscrevi...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

GÁS | A lista das 10 empresas mais baratas (Junho de 2024)

GÁS | As 10 empresas mais baratas este mês Em Junho, o preço do gás natural no mercado regulado continua a ser o mais barato em Portugal. Chega a ser quase metade em relação às marcas mais caras. Está a aproveitar esta poupança? As grandes empresas este mês baixaram...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. Maria

    Olá!Vou partilhar um pouco da experiência que eu tenho dos últimos meses relacionado com os apoios para pessoas com invalidez. A minha mãe além de outros problemas saúde, Cardiovasculares, é bipolar e tem Parkinson bastante avançado. Não consegue fazer nada sozinha e passa as 24 horas deitada, pois custa-me muito
    estar sentada. Não é considerada acamada e por isso não tem direito a vários benefícios ou apoios! Já pedi ao tribunal para reconhecer o meu pai com o tutor…(. é ele quem cuida da minha mãe)mas como é tudo tão demorado
    ainda não obtivemos qualquer resposta!
    Posto isto, como a minha mãe não
    consegue deslocar-se mesmo
    acompanhada, ainda não conseguiu
    obter o cartão de débito que pretendia para usufruir do
    AUTOvoucher!..Tentamos Durante
    meses, com informações sempre
    erradas da CGD ,( já fizemos queixa no
    livro de reclamações) mas sempre foi recusado…. a Informação que passavam
    sempre é que a minha mãe tinha que
    fazer o pedido presencialmente! ! Isto é
    inadmissível!! mostramos o atestado
    Multiusos, mostramos relatórios
    médicos, fiz uma procuração em meu
    nome e em nome do meu pai para
    podermos tratar de toda a
    documentação em todas as instituições
    em nome da minha mãe e foi-nos
    recusado sempre na Caixa Geral de
    Depósitos!! Sendo uma instituição do
    estado, não compreendo como é que é
    a única instituição bancária a levantar
    tantos problemas e para tudo! Têm
    regulamentos estúpidos e
    completamente desatualizados ao
    século em que vivemos! Ficaram de
    analisar a procuração e andamos nisto
    há semanas !…Consegui que o diretor se
    deslocasse a casa dos meus pais para
    que a minha mãe pudesse assinar
    porque graças a Deus ela, muito mal,
    mas ainda consegue ,caso contrário
    nada poderia ser feito!.. E tudo foi feito
    debaixo de ameaças, reclamações e
    queixas… pois nunca nos tinham dado
    nenhuma alternativa até á duas
    semanas atrás!…e estamos à espera do
    cartão que nunca mais chega… está a
    terminar o prazo do AUTOvoucher e a
    minha mãe não consegue levantar os
    €60 que tem disponível na conta! Este
    foi uma dos problemas que encontrei
    nesta instituição… mas houve muitos
    mais que vim a descobrir… abertura da
    caixa direta sem o conhecimento dos
    meus pais, quando tentei aderir a caixa Directa para poder por aí fazer os
    pedidos e levantamentos , sem que a
    minha mãe tivesse de deslocar-se à
    CGD, mas sempre sem sucesso, porque
    indicava que já estava criada uma!
    Recusaram-se a dar-me informações sobre isso e andamos assim a tentar resolver esta palhaçada! Estamos à espera que tratem da anulação para
    podermos criar uma Caixa Directa em
    nome da minha mãe! não entendo
    como é que isto foi feito uma vez que os
    meus pais nunca receberam os códigos
    e nem sequer tem internet, nem e-mail! Como é possível?! Enfim , a par disto tenho encontrado inúmeros obstáculos para que a minha mãe possa usufruir dos Diretos que como doente com invalidez reconhecida teria! O Atestado Multiusos dá-lhe 76% de invalidez!! (E nem faz referência à invalidez motora!!.) Imagine!! Com isto perde alguns benefícios atribuídos peloMunicípio! Este ano também vão pagar IMI quando, nos anos anteriores ao
    Atestado , eram isentos!…Ja pedi Esclarecimentos às finanças estou à espera da resposta…ainda!
    Se não fosse eu a ajudar os meus pais nesta palhaçada burocrática, não conseguiriam sozinhos… já perdi imenso tempo e ganhei montes de dores de cabeça nisto! Imagino quem não tem ninguém!… Infelizmente é o País que as pessoas pelos vistos querem!… Saiem as Leis mas depois na prática Nada resulta…e o pouco que possa resultar, é as custas de muito trabalho, tempo, conhecimentos, e desgaste,
    principalmente psicológico!…

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Porque não abre conta no ActivoBank, por exemplo? Tudo online e grátis.

      Responder
  2. Luís

    Caro Sr. Pedro Andersson,

    Tive a ler o guia da Segurança Social sobre o Complemento de Dependência. Fiquei com uma dúvida sobre a seguinte frase “Desde 1 de janeiro de 2019, de acordo com o artigo 115.º da Lei n.º 71/2018, de 31 de dezembro (LOE para 2019), foi anulada a condição de recursos aplicada aos pensionistas com pensão superior a 600€.” Se a pessoa em causa receber mais do que esse valor em pensão, têm ainda assim direito ao Complemento?

    Com os Meus Melhores Cumprimentos,
    Luís

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.