Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Preço por metro quadrado para efeitos de IMI sobe para 640 € em 2022

Escrito por Pedro Andersson

20.12.21

}
3 min de leitura

Preço por metro quadrado para efeitos de IMI sobe para 640 € em 2022

Era o que eu lhe dizia nesta reportagem: ou pede agora a reavaliação antes de 31 de dezembro ou se esperar pelo ano que vem pode já ser tarde demais para poupar no IMI. Cá está, o preço do m2 vai aumentar para 640 euros.

Ou seja, se simular até 31 de dezembro e pedir a reavaliação até ao último dia deste ano pode ainda poupar no IMI no ano que vem; se só fizer o pedido em 2022 já será com este valor e poderá já não poupar nada.

Valor mais alto desde 2003

É um aumento de 25 euros face ao valor em vigor em 2021, segundo um diploma hoje publicado. Este valor corresponde ao valor médio de construção por metro quadrado, que em 2022 é fixado em 512 euros, adicionado de 25%, segundo prevê o Código do Imposto Municipal sobre os Imóveis (CIMI).

Trata-se do valor mais alto desde que em 2003, quando o IMI substituiu a Contribuição Autárquica. O preço por metro quadrado de construção é um dos elementos que integra a fórmula de cálculo do sistema de avaliação dos prédios urbanos e, consequentemente, da determinação do seu valor patrimonial tributário (VTP), sobre o qual incide a taxa do IMI.

O preço por metro quadrado de construção é fixado anualmente por portaria do Governo, sob proposta da Comissão Nacional de Avaliação de Prédios Urbano (CNAPU). Apesar de ser um dos elementos que concorre para a determinação do VPT dos imóveis, este preço não é de aplicação automática, sendo apenas refletido nas construções novas ou nos imóveis alvo de modificação ou de reconstrução ou na sequência de uma nova avaliação, ou seja, aplica-se aos prédios urbanos cujas declarações Modelo 1 sejam entregues a partir de 01 de janeiro de 2021.

O preço por metro quadrado para efeitos do valor base dos prédios edificados foi fixado nos 600 euros em 2003 e 2004, tendo subido para os 612,5 euros em 2005 e para os 615 euros em 2006 — valor em que se manteve até 2008. Em 2009, devido aos efeitos da crise financeira e económica que já se começavam a sentir baixou para os 609 euros. Um ano depois, registava nova descida, para os 603 euros, patamar onde se manteve congelado até 2018, tendo avançado para os 615 euros em 2019, valor que se manteve até 2021.

É a confirmação de que o preço das casas nunca esteve tão alto.
Aproveite estes últimos dias para pedir a reavaliação do valor patrimonial da sua casa, se valer a pena no seu caso. Tão depressa não vai ter outra oportunidade de baixar o seu IMI.


Natal2021-billboard


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Prestação da casa sobe em julho nos contratos com Euribor a 3 e 6 meses

Mais quase 50 euros por mês na Taxa Euribor a 6 meses A prestação da casa paga no crédito à habitação vai subir significativamente em julho nos contratos indexados à Euribor a 3 e 6 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos,...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (4 a 10 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Inflação sobe para 8,7% em junho e atinge máximo desde dezembro de 1992

Inflação sobe para 8,7% em junho - A mais alta dos últimos 30 anos A taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá aumentado para 8,7% em junho, face aos 8,0% de maio, o valor mais alto desde dezembro de 1992, estimou hoje o Instituto Nacional...

PODCAST | #116 – O preço das casas vai baixar com esta crise? (A pergunta do Rodrigo Martins)

VAMOS TER UMA ONDA DE CASAS BARATAS ESTE ANO? Será que o aumento da Euribor e a previsível subida das prestações das casas vai levar a que haja mais oferta de casas baratas no mercado português? Será que vamos voltar a ver o que aconteceu em 2008 e 2011, com muitas...

PPR | Mês #20 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Junho 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Não está fácil. Tenho praticamente todos os meus 7 PPR negativos. Os resultados negativos agravaram-se em junho. Se resgatasse neste momento todos os PPR perderia cerca de 600 euros, depois de ter estado a "lucrar" - antes...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (27 de junho a 3 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

APOIOS | Segurança Social dá mais 60 € às famílias com menos rendimentos

Segurança Social dá mais 60 euros às famílias com menos rendimentos O prolongamento do apoio de 60 euros para famílias vulneráveis vai ser novamente pago em julho, aos beneficiários da tarifa social e da eletricidade e, em agosto, a quem recebe prestações sociais...

PODCAST | #115 – A Euribor a 6 meses também já está positiva – O que é que eu faço?

A Euribor continua a subir - O que posso fazer? A Euribor a 6 meses acaba de entrar também em terreno positivo. A Euribor a 12 meses foi a primeira. Foram 7 anos de descontos inesperados na nossa prestação do crédito à habitação. Acabou, e agora vamos voltar aos...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (20 a 26 de junho )

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

GÁS | A lista das 10 empresas mais baratas (Junho de 2022)

GÁS | As 10 empresas mais baratas este mês Este é o terceiro mês em que faço este TOP 10 das empresas de gás mais baratas em Portugal. Comecei a fazê-lo a pedido de muitos de vocês, depois de terem visto que estava a fazer um comparativo mensalmente com os preços da...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

14 Comentários

  1. Fabio

    Olá! Sabe se o simulador da Deco já está actualizado para este novo valor? Ou o melhor será fazer as contas manualmente? Obrigado

    Responder
    • Jorge

      Boa noite

      Gostaria de saber se alguém recebeu resposta a avaliação de IMI através do portal das Finanças
      Fiz pedido no site das Finanças em 20/12 agora pedem mais dados sendo que em 2014 também já tinha pedido, então as finanças não têm já todos os dados ou isto é para atrasar o processo…e a avaliação incidir em 2022?

      Esta foi a resposta das finanças alguém recebeu igual?

      Esta é a informação no meu portal das Finanças

      “A sua declaração Modelo 1 do IMI foi submetida com êxito. Deverá imprimir esta informação e enviá-la pelo correio para o serviço de Finanças da área de localização do prédio, acompanhada dos seguintes anexos em papel (Portaria nº 1282/2003 de 12 de Novembro), conforme o caso:

      – Licença de Utilização
      – Planta de Localização / Croquis
      – Planta de Implantação do(s) Edifício(s)
      – Projecto ou viabilidade construtiva
      – Planta dos Edifícios
      – Alvará de licença ou autorização de construção
      – Alvará de Loteamento
      – Contracto de arrendamento

      Só após a recepção desses documentos naquele Serviço de Finanças a sua declaração se considera entregue. Após a confirmação da receção dos documentos pelo Serviço de Finanças, pode imprimir o comprovativo de entrega da declaração. No caso de, após a submissão da declaração, constatar que a mesma tem incorreções, deverá dirigir-se àquele Serviço de Finanças a fim de retificar a informação agora enviada.
      Muito obrigado pela sua colaboração.”

      Responder
  2. Marta

    Boa noite! Como posso simular e saber se o valor patrimonial não vai aumentar?

    Responder
    • Nídia

      Boa tarde
      Posso pedir reavaliação de imi apesar de estar isenta, devido à aquisição de imóvel à menos de 3 anos.

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Eu fiz isso. Assim, quando comecei a pagar paguei logo menos 🙂

        Responder
        • Catarina Carvalho

          Bom dia.
          Eu estive isenta até 2018, ou seja para começar a pagar o valor correto, fiz o pedido para reavaliar em Dezembro 2018. Já posso pedir reavaliação novamente?

          Responder
          • Pedro Andersson

            Olá. Se usar o simulador tem logo a resposta. Depende rigorosamente do dia do pedido anterior.

          • Maria

            Como pedir reavaliação?

  3. Felipe Loureiro

    Olá,
    Como e onde posso fazer a simulação?
    Comprei o imóvel em junho de 2021 e não sei se cabe redução.

    Agradeço orientação.
    Parabéns pelo ótimo trabalho para informar a população dos seus direitos!

    Responder
  4. Ana

    Trago uma questão:

    Já fiz as simulações e em quase todas elas indica “não há poupança”. Como não há alteração gradual dos coefecientes imagino que isto indica que não há poupança porque a revisão bate certo com as últimas avaliações que datam de 2016.

    No entanto pergunto: se a avaliação é feita de 3 em 3 anos, pela AT, não fará mesmo assim proceder à avaliação, para que o preço, para os próximos anos, não suba?

    Agradecida*

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Se não lhe dá poupança, não faça nada :).

      Responder
  5. Maria Vieira

    Boa tarde! A minha dúvida é, como a da Ana, sobre a avaliação automática das finanças. E’ feita de 3 em 3 anos com base em que data? O valor patrimonial do meu apartamento foi determinado em 2018, pelo que o metro quadrado ainda está em €603,00. Vai ser “mexido” pelas finanças? E’ que se for eu a pedir a atualização fico sempre a pagar muito mais do que o que pago agora. Mas se vier a ser atualizado pelas finanças automaticamente para o próximo ano, ainda mais pago…
    Só não entendo a questão da reavaliação automática pelas finanças. Consegue esclarecer-me? Mil obrigadas,
    Maria vieira

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ola. As Finanças só atualizam coma inflação. Não mexem nos “rectângulos”.

      Responder
  6. jorge

    Boa noite

    Gostaria de saber se alguém recebeu resposta a avaliação de IMI através do portal das Finanças
    Fiz pedido no site das Finanças em 20/12 agora pedem mais dados sendo que em 2014 também já tinha pedido, então as finanças não têm já todos os dados ou isto é para atrasar o processo…e a avaliação incidir em 2022?

    Esta foi a resposta das finanças alguém recebeu igual?

    Esta é a informação no meu portal das Finanças

    “A sua declaração Modelo 1 do IMI foi submetida com êxito. Deverá imprimir esta informação e enviá-la pelo correio para o serviço de Finanças da área de localização do prédio, acompanhada dos seguintes anexos em papel (Portaria nº 1282/2003 de 12 de Novembro), conforme o caso:

    – Licença de Utilização
    – Planta de Localização / Croquis
    – Planta de Implantação do(s) Edifício(s)
    – Projecto ou viabilidade construtiva
    – Planta dos Edifícios
    – Alvará de licença ou autorização de construção
    – Alvará de Loteamento
    – Contracto de arrendamento

    Só após a recepção desses documentos naquele Serviço de Finanças a sua declaração se considera entregue. Após a confirmação da receção dos documentos pelo Serviço de Finanças, pode imprimir o comprovativo de entrega da declaração. No caso de, após a submissão da declaração, constatar que a mesma tem incorreções, deverá dirigir-se àquele Serviço de Finanças a fim de retificar a informação agora enviada.
    Muito obrigado pela sua colaboração.”

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.