IMI – Só tem até 31 de dezembro para baixar o seu IMI no ano que vem (VÍDEO)

Escrito por Pedro Andersson

11.12.21

}
6 min de leitura

Publicidade

Só tem até ao fim do mês para baixar o IMI

Só tem mais cerca de 2 semanas para baixar o seu IMI no ano que vem. De 3 em 3 anos, qualquer contribuinte pode pedir às Finanças para reavaliarem a sua casa (ou casas). Se o valor baixar, paga menos IMI. Mas se o valor subir, o IMI também vai subir. Na reportagem da semana que passou do Contas-poupança, expliquei-lhe como pode fazer a conta para saber se pode poupar dezenas ou centenas de euros todos os anos daqui para a frente.

Este cidadão acaba de saber que pode poupar 300 euros no IMI, se for às Finanças pedir a reavaliação da casa onde vive. Comprou a casa há mais de 15 anos e NUNCA pediu às Finanças para calcularem outra vez o valor patrimonial tributário, o chamado VPT. Portanto, para as Finanças a casa está praticamente novinha em folha como no ano em que a comprou.
Milhares de portugueses nunca fizeram este pedido, por ignorância ou preguiça, ou se o fizeram, já foi há muito tempo e nunca mais se lembraram de o voltar a fazer. De 3 em 3 anos deve simular para ver se vale a pena fazer novo pedido às Finanças. Eu acabei de simular novamente o valor patrimonial da minha casa e verifiquei que devo ficar quieto, porque não iria poupar nada se pedisse a reavaliação. em 2022 voltarei a simular. Já fiz o pedido de reavaliação duas vezes e neste momento estou a poupar 160 euros por ano.
Tem de perceber que a poupança não é garantida. Por exemplo, este outro cidadão preencheu todos os dados do simulador da DECO e o resultado foi que devia estar quieto porque ou não poupava nada ou ia pagar mais de IMI, como aconteceu no meu caso.

Como é calculado o IMI

Vamos então por partes. Se é dono de uma casa, e não está isento, paga IMI. O Imposto Municipal sobre Imóveis vai de 0,3% a 0,45% (cada Câmara Municipal escolhe o valor dentro deste intervalo). A tal percentagem é calculada sobre o valor que estiver neste primeiro rectângulo da sua Caderneta Predial. Portanto, interessa-lhe que este valor para as Finanças seja sempre o mais baixo possível.
Como é que as Finanças decidem o valor da sua casa? Multiplicam o preço do m2, pela área da sua casa, vezes 1 se for habitação ou 0,7 se for comércio, vezes o valor do seu bairro ou rua (o valor de cada rua está no Portal das Finanças, vezes os luxos ou conforto, como piscina ou garagem ou ar condicionado (cada “luxo” vale umas décimas), e pelo quociente de vetustez que é a idade do imóvel. 1 é novinho em folha e vai descendo conforme a antiguidade (0,98, 0,95, 0,90, etc.).  A multiplicação de todos estes retângulos dá o VPT. O problema é que cada fator vai mudando ao longo do tempo, logo, o resultado da conta também vai mudando para cime e para baixo.
O simulador da DECO ajuda-o – passo a passo – a fazer a conta para saber se vale a pena pedir – no momento que quiser – para atualizarem todos os fatores. Não pode pedir para atualizarem só um deles. Está em www.paguemenosimi.pt. Não tem de ser sócio da DECO para fazer esta simulação, embora tenha de dar o seu e-mail para depois receber o resultado da simulação (provavelmente vai receber publicidade da DECO, mas é o preço a pagar pela disponibilização do simulador, que de facto funciona muito bem, na minha opinião).
http://www.paguemenosimi.pt
O alerta que lhe queremos deixar é que para poupar no IMI do ano que vem, vai ter de fazer este pedido até 31 de dezembro. Se deixar passar um dia, já só vai poupar daqui a 2 anos. Sugiro sempre que o faça de forma presencial, embora possa fazer o pedido online. Na página da DECO tem o link para descarregar o Modelo 1 do IMI para fazer o pedido, mas também pode descarregá-lo no Portal das Finanças.
É importante fazer isto porque o Estado atualiza o seu IMI de 3 em 3 anos, mas sempre para cima. Se nunca fizer nada, vai pagar sempre mais imi porque o Valor Patrimonial Tributário é atualizado pela inflação, mas não mexem nos tais 6 rectângulos que lhe mostrámos. Só mexem se você pedir.
Um truque muito simples para peceber se está a pagar imi a mais é olhar para o último rectângulo da fórmula. Se for próximo de 1 e já vive nessa casa há vários anos, é porque para as Finanças é como se o imóvel ainda fosse novo a estrear. Só para ter uma ideia, passados 2 anos já deveria ter 10% de desconto nesse fator específico. A poupança média, calculada pela DECO é de 50 euros por proprietário. Há, obviamente quem poupe muito mais, quem não poupe nada e quem até passaria a pagar mais se pedisse a reavaliação. É por isso que tem de simular primeiro antes de pedir.
A DECO aconselha a não atrasar o pedido de poupança à espera que no ano que vem a casa fique um ano mais velha, porque a qualquer momento, o governo pode mudar as regras e aumentar ainda mais algum dos outros valores da fórmula. E o que poupar agora é o valor que fica para os próximos anos até que peça nova reavaliação.

Reavalie o seu VPT

Leia AQUI o caso de um espectador que deixou de pagar IMI porque pediu a reavaliação.

O IMI anda sempre um ano atrasado (quem tem de pagar é o proprietário do imóvel a 31 de Dezembro do ano anterior, mesmo que já lá não more), e incide sobre o valor patrimonial dos imóveis (VPT) com a avaliação feita ou pedida até 31 de Dezembro do ano anterior. No caso dos imóveis urbanos, a taxa do imposto é fixada anualmente pelas autarquias num intervalo entre 0,3% e 0,45% do valor patrimonial. É por isso que é muito importante que peça de 3 em 3 anos para a AT reavaliar o valor patrimonial dos seus imóveis, desde que antes tenha simulado e confirmado que essa avaliação vai baixar, se a pedir. Quanto mais baixo for o VPT de cada imóvel, menos IMI paga.

Pode ver our ever a reportagem em VÍDEO aqui:

https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2021-12-08-Tem-menos-de-um-mes-para-baixar-o-IMI-em-2022-f7b84838


Natal2021-billboard


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PPR | Mês #24 e #25 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Outubro e Novembro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Neste momento, as perdas já estão mais reduzidas. Estive a "perder" 560 euros em Setembro, mas passados estes dois meses, os meus PPR já recuperaram cerca de metade. Ainda tenho a soma dos meus PPR com valores negativos, mas...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Outubro de 2022 (Mês #71)

Balanço de Outubro de 2022 Estou a tentar recuperar os meus balanços perdidos. Segue agora o balanço de produção dos meus painéis solares em Outubro e dentro de 15 dias faço o de Novembro. E depois - espero - volto a entrar no ritmo mensal normal. Para os que chegaram...

PODCAST | #142 – Conheça a lei que obriga os bancos a renegociar o crédito à habitação

Conheça os seus direitos se precisar renegociar o seu crédito à habitação A lei que tantos esperavam já está em vigor. Foi publicada em Diário da República e agora os bancos têm até meados de Janeiro de 2023 para fazer a lista dos clientes que preenchem os requisitos...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (5 a 11 de dezembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

EURIBOR | Prestação da casa sobe entre 108 e 251 euros em Dezembro

Prestação da casa pode subir 250 euros em dezembro A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir acentuadamente este mês nos contratos indexados à Euribor a 3, 6 e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #8 a #11 – Agosto a Novembro 2022)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço #8 a #11 (Agosto a Novembro de 2022) Fui ver há quanto tempo não fazia este balanço de quanto estou a ganhar ou a perder com o meu "investimento" em criptomoedas e apercebi-me que já não fazia este balanço mensal desde...

REFORMAS | Quem se reformar antecipadamente em 2023 vai ter uma corte de “apenas” 13,8%

Corte nas pensões pelo fator de sustentabilidade recua para 13,8% em 2023 O corte das pensões por via do fator de sustentabilidade, aplicado a algumas reformas antecipadas, vai ser de 13,8% em 2023, recuando face aos 14,06% deste ano, segundo cálculos com base em...

EURIBOR | Lei da renegociação do crédito à habitação já está em vigor – Como funciona?

Conheça as regras para a renegociação dos créditos à habitação A lei acaba de ser publicada (na sexta-feira) e entrou em vigor no sábado passado (dia 26 de Novembro). É a famosa lei que vai “obrigar” os bancos a renegociar os créditos à habitação sempre que a taxa de...

EURIBOR | Taxas sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos (2009)

Taxas Euribor sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses. A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação avançou hoje para 2,436%,...

PODCAST | #141 – Se baixar o spread, o banco pode subir a minha prestação da casa? (A pergunta do Bruno)

O BANCO PODE AUMENTAR A MINHA PRESTAÇÃO SE EU PEDIR PARA BAIXAR O SPREAD? Esta foi a pergunta do Bruno, à qual respondo neste episódio do podcast. A esta pergunta juntam-se muitas outras, porque os bancos estão a receber uma verdadeira enxurrada de pedidos de...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

40 Comentários

  1. Nuno Costa

    Viva,

    Tenho uma situação estranha… A caderneta predial indica “Ano de inscrição na matriz: 1984” mas o prédio é da década de 60… que valor afinal coloco no campo da idade do imóvel? porque 37 anos não tem de certeza 🙂

    Obrigado.

    Responder
  2. Diogo

    Pedro, sabe se existe também a possibilidade desta revisão para lojas?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Creio que sim. Confirme junto das finanças 217 206 707

      Responder
  3. Vitor

    Boa tarde, fui ao simulador da DECO e o simulador diz que não há poupança.. mas num dos links do simulador (na parte do coef. de localização), vai-se ter a um simulador das finanças e tenho duas situações em que o único coef. que muda em relação aos coef. da última caderneta predial é apenas o Cf (na caderneta tenho o valor 1,090 e numa simulação do site das finanças deu-me um Cf de 1,050 e nesta situação o Vt baixa-me cerca 1700€). Vai-me reduzir o IMI em alguma coisa com esta diferença?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Por estranho que lhe possa parecer confio mais na simplicidade do simulador escrevo do que complexidade do simulador das finanças. O Vítor é que sabe se quer arriscar…

      Responder
  4. Paulo

    Uma habitação com Cave, RC, primeiro andar e sotão (só para arrumos), é considerado habitação com 3 pisos? (pode incluir-se a opção de não elevador em habitações de 3 pisos, no simulador das finanças a partir do link que está no coeficiente de localização no simulador da DECO)?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Deve fazer essa pergunta às Finanças 217 206 707. O meu conhecimento não chega a esse detalhe. Não quero induzir em erro sem querer.

      Responder
  5. carlos dinis

    boa tarde Pedro

    no meu caso tenho rendimento anual bruto inferior aos 15.295€ e valor imovel inferior aos 66.500€,portanto permitia beneficiar da isencao de IMI.
    no entanto pago 2x 87,45€.
    nas financas dizem que e porque tenho poupancas no banco
    sera assim?
    se realmente e assim,nao se pode fazer conta so aos 2 valores…
    tem alguma informacao que me possa ajudar?
    cumprimentos

    Responder
  6. Jason Cruz

    Não estou a conseguir apresentar os documentos no portal das finanças. Actualmente os browsers já não suportam Java e não consigo instalar a aplicação… Precisamente por causa do Java, e já testei em dois computadores diferentes. Alguma idea de como contornar esta situação?

    Responder
    • Simone

      Estava a dar-me o mesmo problema. Basta mudar o browser. Estava a usar o google chrome e não dava. Então copiei o link para o internet explorer e funcionou. Terá de fazer o login novamente mas vai funcionar.

      Responder
    • Jorge Moura

      Boa tarde

      Já está atualizado para funcionar no chrome também

      Responder
  7. Simone

    Bom dia.
    Já fiz uma simulação para mim, que segundo o simulador, poupava aproximadamente 100 euros e também fiz para a casa do meu pai que poupava apenas 26 euros. Submeti ambos os pedidos de revisão online, no entanto, um colega referiu-me que deveria ter cuidado porque caso o pedido não fosse diferido (ou seja, se o resultado concluísse que não tinha razão) eu teria um custo pela avaliação que podia ser bastante elevado. Fui pesquisar algo sobre assunto mas como não sou advogada não consigo perceber se irei ou não pagar pela re-avaliação. Estou preocupada sobretudo com o meu pai porque ele não pode pagar esse custo. Este foi o texto que vi na internet
    “(…) Os proprietários de imóveis que contestarem a avaliação dos mesmos feita pelas Finanças para efeitos fiscais e quiserem ver as suas propriedades reavaliadas podem incorrer em custos elevados.

    Tudo porque a proposta do Orçamento do Estado para 2009 prevê alterações no artigo 76º do Código do Imposto Municipal sobre Imóveis (CIMI).

    De acordo com a alteração, prevê-se que o contribuinte que discorde da primeira avaliação e peça uma segunda, passe a pagar pela segunda avaliação, a não ser que na mesma se demonstre ter existido na primeira avaliação um desvio de pelo menos 15% face ao valor de mercado do imóvel. (…)”

    Podem por favor esclarecer se vou ou não pagar para a reavaliação (quer exista ou não diferenças de valores)?

    Obrigada.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Sugiro que tire essa dúvida diretamente com as Finanças 217 206 707. Assim não falha 🙂

      Responder
      • Andreia Ferreira

        O Pedro teve que pagar por essa reavaliação quando pediu?
        Obrigada.

        Responder
        • Andreia Ferreira

          Conhece alguém que teve que pagar por essa reavaliação? Paga-se ou não?
          Obrigada.

          Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. Nunca paguei nada. Porque sempre baixou.

          Responder
          • Andreia

            Obrigada pela sua atenção caro Pedro. Teve que entregar algum documento ou apenas a declaração do Modelo 1?
            Grata

          • Pedro Andersson

            Olá. No meu caso foi só o modelo 1. Mas depende dos dados que a repartição de Finanças tem e da burocracia que eles querem ter…

  8. Jorge Moura

    Bom dia
    Que documentação lhe pediram? Teve que preencher todo o Modelo 1?
    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Sim. O que não soube preencher o senhor na repartição de Finanças ajudou a preencher.

      Responder
  9. Catarina Carvalho

    Boa noite.
    Eu também não consegui preencher o modelo 1 através do portal. Então imprimi e agendei presencialmente. É só o modelo 1 que tenho que apresentar?
    Obrigada pela ajuda.

    Responder
    • Andreia

      Também gostava de saber se é apenas o Modelo 1 para entregar ou mais documentos…

      Responder
  10. António sousa

    Alguém consegue confirmar o que meter nos campos “Motivo” e “Subdivisão”?
    O primeiro parece claro: “Pedido Avaliação”
    O segundo menos, penso que é o primeiro:
    – Pedido de Avaliação – VPT desatualizado (art.º 130º, n.º 3, a) CIMI)
    – Pedido de Avaliação – VPT excessivo (art.º 30º, CIMT)

    Já agora, eu tenho um apartamento e uma garagem, cada um com sua caderneta predial distinta. Tenho que fazer dois pedidos, ou pode ser tudo feito num? No site do Portal das Finanças parece que dá para pôr dois, mas tenho dúvidas.

    Responder
  11. António Sousa

    Já preenchi os dados todos, mas agora obriga-me a preencher as confrontações (a Norte/Sul/Nascente/Poente). Esses dados nem sequer aparecem na Caderneta Predial Urbana…
    Estes formulários online devem estar feitos para que não seja possível preenchê-los…
    Parte da pergunta anterior também se responde facilmente: devo ter que preencher um por cada, porque pede os dados detalhados de cada um… Mais uma forma de dificultar a tarefa!

    Responder
    • António Sousa

      Bem, fui ver a versão de papel, e lá se descobre porque estava a pedir as confrontações:
      “Caso o prédio tenha número de polícia (campo 33), fica o contribuinte dispensado de preencher os campos 41 a 44”
      Não tinha preenchido o campo de número de porta…
      Não sei quantos mais truques terá 😉

      Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. O que não soubercredponder pede ajuda ao funcionário das Finanças. Pelo menos é o que eu faço…

      Responder
  12. Ricardo M

    Boa noite! Consegui preencher e submeter o modelo 1 através do portal mas ao que parece é necessário enviar por correio ou entregar presencialmente um serie de documentos complementares para que o processo de. Só após a recepção desses documentos pelo Serviço de Finanças é que a declaração se considera entregue. Quais os documentos essenciais para essa reavaliação?? No site das finanças pede os seguintes documentos
    – Licença de Utilização
    – Planta de Localização / Croquis
    – Planta de Implantação do(s) Edifício(s)
    – Projecto ou viabilidade construtiva
    – Planta dos Edifícios
    – Alvará de licença ou autorização de construção
    – Alvará de Loteamento
    – Contrato de arrendamento

    Responder
    • Paulo

      Não tem lógica nenhuma! Porque é que o modelo online passou a ser mais complicado?! Não têm eles esses dados já validados no sistema, e no modo presencial submete-se a declaração sem esses documentos extras?! Então agora o modelo online virou mais burocrático que o modelo presencial em papel?! Ainda bem que não estamos perante uma pandemia virulenta a nível mundial!
      Só faltava começar a vender nacionalidade!
      Portugal no seu melhor…

      Responder
    • Pedro Martins

      Boa Tarde,

      Ao confirmar hoje o meu pedido vejo que também me pediram essa informação e tem de ser enviado “em papel” para serviço finanças.
      Neste momento estou com uma dúvida, meu apertamento foi comprado usado, tenho escritura e ficha técnica do apartamento onde constam plantas do prédio e apartamento.
      Serão estes documentos que devo apresentar?

      Obrigado desde já

      Responder
  13. Vitor

    Qual a relação entre o CIMI e o Vt na caderneta predial? (Tenho um CIMI superior ao Vt, ao simular nas finanças (naquele link que está no simulador da DECO, e sem login), o Vpt que devo comparar será com o CIMI ou o Vt da caderneta predial?

    Nas simulações no portal das finanças, o Vc é superior ao da caderneta, mas ao submeter agora a reavaliação, o Vc que fica é o actual (615) que é usado para a reavaliação do IMI ou é o Vc que vai ser actualizado em 2022 (os 640?!)

    Outra questão: No caso de comproprietário, cada um deles terá de pedir a respectiva reavaliação ou ao ser pedido por um, ficam todos em modo de reavalidação?

    Responder
  14. Paulo Alexandre Melo

    desde a reportagem na SIC que tento fazer a simulação mas dá sempre site indisponível. Liguei para a DECO e afinal temos de ser associados para obter a simulação.
    Há mais algum simulador que eu possa usar?

    Responder
  15. Pedro

    Bom dia. Gostava de saber onde está definido e qual o custo associado a pedir a reavaliação do imóvel (MOD 1) para atualização do Valor Tributário, caso este aconteça num período inferior a três anos.

    Responder
  16. Luís R. Gonçalves

    Infelizmente, este processo não me correu bem… Já o havia realizado em 2018 com poupanças para o meu lado. Indo de encontro aos valores do simulador da DECO. Após ter voltado a simular, agora em 2021, e com uma previsão de poupança em 28€, na realidade o IMI aumentou-me em 4€… Porque o valor base dos prédios edificados passou-se de 603 em 2018 para 615 em 2021… E tenho a certeza de que inseri os dados correctamente no simulador…

    Responder
  17. Hugo

    Nos últimos dias de dezembro foi-me impossível submeter o Modelo 1 no Portal das Finanças devido a um erro permanente.
    Contactei por duas vezes a Autoridade Tributária, mas sem qualquer retorno.
    Haverá, como já aconteceu, algum alargamento para a submissão do Modelo 1.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Sem ironia, teve 364 dias para fazer o pedido 🙂

      Responder
  18. Helder Cruz

    Pedi reavaliação de um imóvel em Oeiras pois o coeficiente de vetustez (em função da idade) deveria ser menor e o valor patrimonial subiu!! o valor base (Vc) subiu de €600 para €640 e o coeficiente de localização também subiu (de 1,48 para 1,85)! Conclusão: embora o coeficiente de vetustez tenha baixado de 0,75 para 0,65, o valor patrimonial tributável, e consequentemente o IMI, subiu!!
    A AT tinha um simulador de IMI – por que é que não está disponível? A AT deve servir os contribuintes ou deve servir-se dos contribuintes??

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Mas porque pediu a reavaliação antes de simular? Quando atualiza, atualiza tudo, não apenas a vetustez… Tem o simulador da deco que funciona muito bem.

      Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Preço por metro quadrado para efeitos de IMI sobe para 640 € em 2022 - […] Era o que eu lhe dizia nesta reportagem: ou pede agora a reavaliação antes de 31 de dezembro ou…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.