ANÁLISE | Mês #8 – Como estão a correr os meus investimentos nos robôs financeiros?

Escrito por Pedro Andersson

18.09.21

}
5 min de leitura

Publicidade

Como estão os meus investimentos “automáticos”?

Ao longo destes últimos 3 anos, comecei a investir parte das minhas poupanças. Tenho recebido muitas perguntas sobre como começar a investir. Estes artigos sobre investimentos “automáticos” têm por objetivo mostrar que qualquer pessoa sem nenhum conhecimento sobre bolsas ou produtos financeiros mais complicados pode ter acesso a juros dezenas de vezes superiores aos normais depósitos a prazo.

Claro que é óbvio que são produtos sem capital garantido e são para investir o seu dinheiro e não para ter o seu fundo de emergência.

Tenho plena consciência de que este produtos rendem menos do que se subscrevesse individualmente cada um dos produtos que fazem parte destes “cabazes” dos bancos, mas são tão fáceis de subscrever e de mudar o grau de risco (do mais conservador, para moderado ou para mais agressivo, sem nenhuma despesa adicional) que acho que podem ser uma primeira opção para quem não quer meter-se sozinho em fundos de investimento, e com o apoio do seu banco de sempre. Ligue para o seu gestor de conta e pergunte-se se têm algum “robô de investimento” e peça informações sobre isso.

O que são robôs de investimento

Em Abril, tive a oportunidade de lhe mostrar neste artigo AQUI, que por curiosidade decidi colocar uma parte das minhas poupanças nos chamados robôs de investimento.

Estes produtos estão suportados pelo desempenho das bolsas. A grande vantagem é que fica exposto (no bom sentido) ao mercado bolsista mas sem ter de perceber nada daquilo e sem ter de comprar e vender ações, ETF e fundos de investimento.

Passados 8 meses, vou dizer-lhe como está a correr este meu pequeno investimento. Compare com o que ganhou com o seu depósito a prazo ou à ordem desde o início do ano.

Como expliquei no artigo, subscrevi esses robôs no Openbank e no banco Invest. A CGD também tem um (mas neste momento estou sem capacidade financeira para mais investimentos, infelizmente). Vamos a contas.

Robôadvisor do Openbank

Como pode ver no gráfico abaixo, os 540 euros que investi sofreram muitos altos e baixos ao longo destes meses (o risco preto é o valor que investi). Houve dois períodos (um mais longo do que o outro) em que estive a “perder” dinheiro. De facto, para os mais inexperientes, ver o saldo e ter lá menos do que o que investiram pode ser assustador. É só não fazer nada e esperar. O meu objetivo é que perceba que isso é perfeitamente normal. Neste momento está a crescer 6,84%. É praticamente o mesmo que no mês passado.

Atenção que só deve colocar dinheiro seu que não precisa para outras coisas. Mas como já percebeu também, pode colocar nestas ferramentas valores pequenos. A poupança dos seus filhos poderia ser uma hipótese para estes investimentos? Como já lhe disse, as poupanças dos meus estão todas em PPR. Estes robôs também são uma hipótese.

Com esta partilha “real” pretendo desmistificar estes investimentos e mostrar-lhe que qualquer português (mesmo que ganhe só o salário mínimo nacional) pode ter acesso a ferramentas que lhe podem aumentar o rendimento e o património desde que conheça os riscos e os benefícios. Por exemplo, estes 500 euros que investi há 8 meses se os resgatasse hoje render-me-iam 37 euros para comprar material escolar para os meus filhos. Não chegava para tudo, mas era uma ajuda. Caso estivesse negativo, teria de me aguentar e esperar que recuperasse.

O Smart Invest do banco Invest

O outro robô de investimento que subscrevi foi no banco Invest, porque tenho lá conta aberta por causa do PPR e vi esta possibilidade enquanto andava a espreitar a publicidade aos produtos deles.

Como pode ver, está a crescer 3,96%. Menos do que no mês passado. Baixou um pouco a rentabilidade. Este robô tem uma vantagem: é simultaneamente um PPR, portanto tem toda a fiscalidade boa dos PPR. Ao fim de 8 anos só paga 8% sobre as mais valias.

Tal como o robô do Openbank, também neste pode alterar o perfil de mais conservador para mais agressivo as vezes que quiser sem qualquer penalização. Até pode começar pelo mais conservador e depois de ver como funciona, arriscar um pouco mais, alterando para moderado e depois regressar ao conservador depois, de ter ganho (eventualmente) algum dinheiro.

 

Em resumo, no seu banco também tem produtos destes. Por exemplo, na Caixa Geral de Depósitos também tem um produto semelhante. Ligue ao seu gestor de conta e peça mais informações. Suponho que todos os outros bancos também tenham. Pergunte pelos robôs de investimento e peça que lhe expliquem como funcionam.

E experimente. São uma peça importante da literacia financeira. Se nunca fizer perguntas, nunca vai perceber como é possível fazer dinheiro com o seu dinheiro.

Fico sempre com a sensação de muitos portugueses estão a perder a oportunidade de fazer crescer o seu dinheiro por puro desconhecimento. Não é preciso ter uma fortuna para começar a investir. Claro que ceve conhecer os riscos e as vantagens de cada produto, mas não tenha é medo só porque não conhece. Experimente com 100 euros e veja o que acontece. Foi o que eu fiz e isso abriu os meus olhos para um mundo que desconhecia completamente.

Não estou a tentar “evangelizá-lo” a nada, nem ganho nada com isto. Mas como mudou a minha vida financeira (até ao momento, para melhor) quero partilhar este conheciemento consigo.

Gostava, aliás, que nos comentários dessem sugestões de outros “robôs” de investimento de todos os bancos que conhecem e quanto estão a render, para que outros possos aprender também com as vossas experiência reais.

Daqui a um mês, digo-lhe novamente como estão a correr estas ferramentas financeiras. Mais uma vez recordo-lhe que é dinheiro real meu, não é publicidade a nada e que o meu objetivo é mostrar-lhe como funcionam estes investimento. Depois de saber que estas coisas existem, tem de pensar pela sua própria cabeça.



 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

SENHORIOS | Tribunal decide que caução de rendas não paga IRS

Tribunal decide que caução de rendas deve estar isenta de IRS. Estará aberto um precedente? Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Tribunal Arbitral, a propósito de um processo que estava em curso no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD), decidiu, em...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem a três meses e descem nos prazos de seis e 12

Euribor subiram hoje a três meses, mas desceram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (19 a 25 de fevereiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

7 Comentários

  1. David

    Olá Pedro, que comissões estão associadas a este produto? Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Fiz essa análise em detalhe no primeiro link do artigo que está a comentar :).

      Responder
  2. Carla Silva

    Infelizmente subscrevi o agressivo no banco Invest em meados/finais de agosto e estou a perder dinheiro…estou a aguardar…

    Responder
  3. João Oliveira

    Olá Sr. Pedro. Relativamente a este tipo de investimentos em ETF´s, tem algum conhecimento sobre “brokers” online como a Degiro ou a XTB?
    Penso que a maior vantagem destas, será as taxas mais baixas que os bancos.

    Responder
  4. Ana Patrícia Santos

    Olá Sr. Pedro, pode ensinar qual a melhor forma de fazer uma folha de excel onde se consegue comparar a evolução dos diferentes PPR ao longo de tempo?
    Muito obrigada
    Cumprimentos

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.