Contas-poupança – O mais visto… e teremos "dado" mais duas casas a espectadores?

Escrito por Pedro Andersson

14.03.19

}
3 min de leitura

Publicidade

Obrigado!

Antes de mais obrigado aos 1.220.000 espectadores que viram com (muita) atenção a reportagem desta quarta-feira. Foi o “programa” mais visto de todos os canais no dia inteiro. Teve 25,6 de share (ou seja, 1 em cada 4 portugueses viu a reportagem). É extraordinário, uma vez que não se tratava de futebol ou de crime. Simplesmente os nossos direitos enquanto cidadãos.
Se tem uma incapacidade superior a 60% pode ter a casa paga. Confirme. Pode rever a reportagem AQUI.

Mais casas “pagas”?

Logo a seguir à reportagem comecei a receber dezenas de mensagens. Pelo menos duas delas dão-me a entender que podem estar nestas condições. O seguro de vida poderá ter de pagar o valor em dívida ao banco.
Recebi também mensagens de pessoas que já acionaram esta cobertura no passado e que, após muita luta, conseguiram. Leiam este caso que acabei de ler aqui no blogue.:

A minha Mãe teve uma doença oncológica em 2014. Tinha um crédito pessoal (com seguro de vida). Em 2016 meteu a seguradora em tribunal porque ninguém a avisou que teria o direito de ficar com o crédito liquidado. Foi à médica de família, foi chamada a uma junta médica, que lhe deu uma incapacidade de mais de 70%.. Ficou resolvido este ano, tendo a seguradora assumido a culpa. Ficou com crédito pago, e reaveu todas as prestações que tinha pago indevidamente.
É necessário dar conhecimento a essas entidades (Bancos e Seguradoras) das doenças/incapacidades e lutar pelos direitos contidos nos contratos.

Se conhece alguém a quem esta reportagem possa ser útil, reencaminhe. A ideia é ser útil para as pessoas. As audiências são só um bónus :).
Relembro que hoje (quinta-feira, 14 de Março) no programa “Contas-poupança” na SIC Notícias em direto entre as 15h e as 16h responderemos às vossas dúvidas se ligarem para lá pelo telefone ou se mandarem mensagens gravadas em vídeo pelo Whastapp para o nosso número.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI abaixo.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 e 6 meses e sobem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Devolução de propinas – Prazo termina esta sexta-feira

Mais de 165 mil jovens já pediram o Prémio salarial Atenção ao prazo! O prazo para pedir o Prémio Salarial, que prevê a devolução aos jovens do dinheiro que investiram na sua educação superior, termina esta sexta-feira, dia 31 de maio. Os licenciados e mestres que...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 a 9 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PODCAST | #244 -Vale a pena investir em ouro? (A pergunta do Pedro)

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Jovens vão poder decidir a cada ano que regime de IRS preferem

Opção pelo IRS jovem é anual e poderá ser alterada ou renovada O novo modelo de IRS Jovem aprovado recentemente pelo governo é diferente daquele que ainda vigora atualmente, na medida em que prevê uma redução das taxas do imposto que incidem sobre os escalões de...

Rendas de pessoas deslocadas em trabalho vão poder ser deduzidas

Medida aplica-se a deslocados a mais de 100 quilómetros de casa As pessoas que tenham de ir trabalhar para mais de 100 quilómetros de distância da sua residência habitual e pretendam rentabilizar a sua habitação enquanto estão fora vão poder deduzir a esse rendimento...

Garantia pública extingue-se quando jovens pagarem primeiros 15% do empréstimo

Garantia pública de até 15% aplica-se a casas até 450 mil euros O governo aprovou recentemente uma garantia pública de até 15% para ajudar os jovens até aos 35 anos a conseguir financiamento para comprar casa. Na segunda-feira, ao terminar o Conselho de Ministros...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (27 de maio a 2 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

7 Comentários

  1. Miguel Machado

    Bom dia Pedro e restantes, como estão?
    Em 2016 tive um acidente de trabalho que resultou numa incapacidade parcial permanente ainda a ser decidido no Tribunal de Trabalho de V N Gaia a respetiva desvalorização; contudo já possuo uma declaração do médico de trabalho a informar que estou inapto definitivamente para a função que desempenhava e nesta altura saí da empresa por acordo mútuo, porque não existia uma função/vaga para onde pudesse existir uma reconversão o que acabou por não se verificar.
    Será que com este documento é o suficiente para acionar o seguro que possuo associado ao empréstimo à habitação?
    Cumprimentos
    Miguel Machado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Não. Tem de estar reformado definitivamente.

      Responder
  2. Lucília Gomes

    Mas a reforma tem de ser por invalidez ou pode ser a reforma normal antecipada?

    Responder
  3. André carvalho

    Olá Pedro sou um fanático pelo contas poupança em relação a ultima reportagem tenho 63 incapacidade e a minha esposa 73 mas já tínhamos essa incapacidade quando fizemos o imprestimo neste caso já não há nada a fazer? Obrigado Pedro chelente trabalho

    Responder
  4. Luz gois

    Gostei de ver o programa não sabia que quem tem esses graus de incapacidade tinha esses direitos…

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.