VÍDEO – Confirme se não tem a sua casa paga e não sabe


Tinha a casa paga e não sabia

Daniel Pedrogam, um espectador do Contas-poupança acaba de ganhar uma casa por ter visto uma das dicas do programa “Contas-poupança”. Depois de ter visto a reportagem sobre crédito à habitação, foi ao banco tentar baixar o spread e descobriu que tinha a casa paga. Veja ou reveja a reportagem (tem o link para a página da SIC Notícias mais abaixo) e confirme se você ou um familiar seu ou um amigo pode estar na mesma situação.

A vida muda num instante

Pode acontecera qualquer um de nós. Daniel Pedrogam tinha um trabalho estável na Câmara Municipal de Lisboa, como guia turístico (bem, era um guia surpreendente porque trabalhava no Cemitério dos Prazeres) e começou a ter sucesso como fotógrafo.

A história tinha tudo para correr bem, mas algum tempo depois um problema de saúde acabou por interromper a nova carreira de Daniel. Em 2013 foi-lhe diagnosticado um transtorno afetivo bipolar. Esteve internado um mês e meio e esteve 5 anos de baixa.
Foi nessa altura que começou a descobrir que há direitos que as pessoas desconhecem.

Atestado médico de incapacidade multiuso

Descobriu por mero acaso que, como tinha mais de 60% de incapacidade, não precisava pagar taxas moderadoras, IUC e que podia ter um crédito bonificado. Nunca ninguém o informou disso. O atestado médico de incapacidade multiuso deve ser pedido no Centro de Saúde e é atribuído a quem tenha uma incapacidade superior a 60%. Dá-lhe vários benefícios previstos por lei e falaremos dele mais profundamente no futuro aqui no Contas-poupança.

O importante, para já, é que isto foi o princípio de um processo que acabou por lhe pagar a casa.

Viu o Contas-poupança, o banco pagou-lhe 92 mil euros…

Em 2015, Daniel estava a ver o Contas-poupança na SIC e percebeu que podia negociar o spread do crédito à habitação, trocando para um banco que suportava todas as despesas da transferência. Pediu ajuda a uma das empresas mencionadas na reportagem. Ficou boquiaberto quando lhe disseram que tinha a casa paga pelo seguro de vida, porque o grau de incapacidade definitiva era de 80%.

Depois de muitas voltas e reviravoltas com informações erradas pelo caminho, Daniel finalmente compreendeu que precisava estar reformado por invalidez para o seguro lhe pagar a casa. Meteu os papéis para a reforma, com os tais 80% de incapacidade, e dois anos depois recebeu resposta positiva. No final de 2018, ficou com a casa paga. Já tem os papéis todos assinados.

Falta tanta informação

O que mais magoa Daniel é que antes de tudo isto foi ao banco e mostrou o documento com 80% de incapacidade para pedir um desconto no spread e ninguém o avisou sequer da possibilidade do seguro lhe pagar a casa.

A lição que pode tirar do exemplo de Daniel é que enquanto cidadãos e consumidores temos de conhecer os nossos direitos e lutar por eles. A primeira vez que foi à Segurança Social também lhe disseram que não tinha direito à prestação social para a inclusão e afinal tinha. E, foi ao banco pedir um crédito bonificado por ter uma incapacidade superior a 60% e ninguém o informou que podia ter a casa paga.

Se tem uma incapacidade comprovada, ou conhece alguém que tenha, verifique se tem direito ao Atestado multiuso e, se a incapacidade for superior a 66% (algumas seguradoras dão a partir dos 60%) avalie se vale a pena pedir a reforma. Se a receber, pode acionar o seguro de vida que lhe pagará o valor em dívida nesse momento ao banco, se tiver o seguro ITP (o IAD não paga nada).

Seria uma enorme satisfação para nós aqui na SIC saber que há mais pessoas que não sabiam que tinham este direito e que agora já sabem. Sei que não afetará uma quantidade enorme de pessoas, mas o importante é que saiba disto e conheça os seus direitos caso um dia esteja nesta situação (ou um conhecido seu).

É sempre bom saber estas coisas.

Entretanto já comecei a receber dezenas de mensagens de pessoas a perguntar se têm direito a alguma coisa com esta ou com aquela situação. Meus amigos, agora cada um tem de fazer a sua parte. Ligue para o banco, a seguradora, a Segurança Social, para o seu Centro de Saúde. Despiste todas as possibilidades. Informe-se ainda mais sobre os seus direitos. Gostava de ajudar pessoalmente todos os portugueses (e não portugueses) mas não é viável. Sou só jornalista e (com a equipa do Contas-poupança e da SIC) fazemos o que conseguimos fazer e o melhor possível: INFORMAR.

Depois, cada um tem de se mexer o melhor que puder para defender os seus direitos.

Pode ver ou rever a reportagem desta semana AQUI:

https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2019-03-13-Espectador-percebeu-pelas-dicas-do-Contas-Poupanca-que-afinal-tinha-a-casa-paga

Obviamente, ajudaremos no que pudermos, mas não conseguimos responder a todos. Relembro que amanhã (quinta-feira) no programa “Contas-poupança” na SIC Notícias em direto entre as 15h e as 16h responderemos às vossas dúvidas se ligarem para lá pelo telefone ou se mandarem mensagens gravadas em vídeo pelo Whastapp para o nosso número.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI abaixo.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.


20 comentários em “VÍDEO – Confirme se não tem a sua casa paga e não sabe

  1. Avatar
    Manuel Reply

    Olá Srº Pedro Andersson
    Antes de mais, muitos parabens pelo seu programa.

    O que acontece é o seguinte, tenho um atestado multiusos passado por junta medica de 80% e recebo ( 273.39€) Prestação Social para a Inclusão ( não sei se é a mesma coisa da pensão de invalidez )
    Vou ao Banco dizem que não tenho direito, o meu seguro de vida do credito é ITP, o estranho é que um funcionario do banco disse-me que eu reunia condições para ativar o respetivo seguro, já levei todos os papeis que me pediram, e nada

    Comprimentos
    Obrigado

    Existe alguma entidade particular onde se possa tratar estes assuntos??

  2. Avatar
    Manuel Reply

    Boas
    Tenho uma Doença Rara Hematologica ( desde 2009)tenho um atestado multiusos com 80% desde 2013, tenho credito habitação no Bcp desde 2004, fui ao bcp e passaram-me o credito para o regime de dificientes, ou seja, não pago juros e nem tenho spreed , tenho o seguro no Bcp ( ocidental) e com ITP, desde 2004,( inicio do credito) já falei por diversas vezes no banco, mas nada, e qualquer dia deixo de pagar a prestação a ver se eles se mexem
    Existe alguma entidade particular onde se possa tratar estes assuntos??
    Em 2014 tentei fazer um seguro de vida no mesmo banco e da mesma companhia e foi recusado pela seguradora por eu ter essa doença

  3. Pingback: Telespectador descobriu que a casa estava paga E NÃO SABIA | BENS PENHORADOS - PENHORAS FINANÇAS

  4. Avatar
    Paulo Fernandes Reply

    Boa tarde Pedro,
    Em 2014 tive uma paragem cardio respiratória, fiquei com uma incapacidade de 77% permanente e claro com algumas sequelas a nível neurológico e cognitivo, o meu Banco o Santander baixou-me a prestação da prestação da casa, terei direito a beneficiar e ter o empréstimo bancário pago?

      • Avatar
        Paulo Fernandes Reply

        Boas Pedro,

        Não, não fiquei reformado por incapacidade, sou reformado das Forças Armadas que não me reconheceram como deficiente das Forças Armadas.

  5. Avatar
    Mário Reis Reply

    Tenho insuficiência renal crónica, já faço hemodiálise, sou diabético, tenho doença pulmonar obstrutiva crónica. Tenho incapacidade definitiva de 76%. Tenho dois créditos, um na cofidis e outro no santander totta. Será que posso fazer uso do atestado multiusos? se sim, como o posso fazer?

  6. Avatar
    Patrícia Martins Pereira Reply

    Boa noite! Os meus pais tem um crédito à habitação, minha mãe está reformada por invalidez desde 2012, meu pai trabalha por conta de outrem. Como o crédito e o seguro está em nome dos dois, tem algum direito? Se sim, poderão pedir devolução dos valores desde que minha mãe é reformada? Muito obrigada pelo excelente trabalho que realiza.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá. Eu ia ver isso já amanhã com a máxima urgência. Não sei se pode pedir retroativos. Eu pediria mesmo que entrasse numa “guerra”. Tem de ler com TODA a atenção a sua apólice antes de ir ao banco. Não vá pelo que lhe dizem nas sim pelo documento que assinaram.

  7. Avatar
    Emilia Reply

    O meu marido tem 81 % de incapacidade e cego duma vista tem iplepsia uma depressao muito grave com demência está num centro de dia para eu poder trabalhar pedi a reforma por invalidez mas foi negada será que tenho direito a casa paga pelo seguro de vida

  8. Avatar
    Carla H. Reply

    Gostaria de saber qual a cláusula que o seguro deve mencionar? Total permanente ou outra coisa?
    Obrigada
    Carla H.

  9. Avatar
    João Fernando Francisco Bernardes Reply

    Boa tarde e se for o conjuge que tem um grau de incapacidade de 62% mas o empréstimo não está no nome desse conjuge também é válido? Obrigado

  10. Avatar
    Maria Reply

    A minha Mãe teve uma doença oncológica em 2014. Tinha um crédito pessoal (com seguro de vida). Em 2016 meteu a seguradora em tribunal porque ninguém a avisou que teria o direito de ficar com o crédito liquidado. Foi à médica de família, foi chamada a uma junta médica, que lhe deu uma incapacidade de mais de 70%.. Ficou resolvido este ano, tendo a seguradora assumido a culpa. Ficou com crédito pago, e reaveu todas as prestações que tinha pago indevidamente.
    É necessário dar conhecimento a essas entidades (Bancos e Seguradoras) das doenças/incapacidades e lutar pelos direitos contidos nos contratos.

  11. Avatar
    Maria Amélia dos Reis Perez Reply

    Digam-me por favor se na caderneta predial tem lá registado se a casa está paga.Em 1993/94 foi paga ,mas não lembro se ficou comprovado para mim que tudo estava regularizado. Agradeço e obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *