VÍDEO | O que é e como funciona o Porta 65 (Apoio às rendas)

Escrito por Pedro Andersson

30.11.23

}
5 min de leitura

Publicidade

“Porta 65” e “Porta 65 +” – O que são?

As rendas de casa estão cada vez mais altas e muitos jovens têm dificuldade em sair da casa dos pais. Famílias monoparentais e desempregados também estão a ter dificuldade em encontrar casas a valores razoáveis. Na reportagem desta semana do Contas-poupança explicámos-lhe como podem recorrer ao apoio ao arrendamento “Porta 65”. 

O que é o Porta 65

As rendas de casa dispararam nos últimos anos. Atualmente é quase impossível encontrar uma habitação digna a um preço razoável.

Há um apoio do Estado – que já antigo, mas que muitos ainda desconhecem – que agora já não é só para jovens. O Porta 65 foi criado em 2008 e desde então tem sido uma ajuda sobretudo para jovens que querem ter a sua própria casa e independência.

É para jovens entre os 18 e os 35 anos, que têm rendimentos próprios e um contrato de arrendamento registado nas Finanças. Tem um valor máximo de renda por concelho e a taxa de esforço não pode ultrapassar os 60%. Ou seja, se ganha 1.000 euros, a renda não pode ultrapassar os 600 euros.

O Porta 65 é um apoio renovável até 5 anos, que é uma percentagem da renda, que varia ao longo do tempo e que pode chegar aos 95% em casos muito específicos como para famílias monoparentais e em zonas no interior do país.

O valor médio do apoio está nos 260 euros, ou seja, estamos falar de um apoio que pode ser superior a mais de 3 mil euros por ano.

O “Porta 65 +” é para todas as pessoas

É para todos. Aplica-se a famílias monoparentais independentemente da idade e a cidadãos que tenham tido uma quebra de rendimentos de pelo menos 20% face ao ano passado ou nos últimos 3 meses. O apoio vai dos 50 aos 200 euros por mês. Feitas as contas, pode ir até um máximo de 2.400 euros por ano.

Até agora, como não havia dinheiro que chegasse para todos, era feito uma espécie de sorteio entre os candidatos ao apoio. Com o aumento das verbas, o orçamento tem chegado para todas as candidaturas. É muito importante que peça este apoio se tem direito a ele. Estamos a falar de centenas ou até milhares de euros por ano.

Até junho de 2023, havia 4 momentos de candidatura por ano. Agora isso mudou. Basta ir ao Portal da Habitação e preencher o formulário.

Mas há mais novidades. A casa arrendada já não ter de ser a residência fiscal (ou seja, pode continuar a ser a morada dos pais, por exemplo) e basta ter o contrato de promessa de arrendamento. O prazo previsto de análise é de 60 dias e se for aprovado recebe o valor do apoio com retroativos à data do pedido.

Como saber até que renda pode ir

Tem de descobrir até que valor de renda pode pedir o apoio ao arrendamento Porta 65. Vai ao portal da Habitação na internet e escolhe o link “Rendas máximas por município”. Descubra o seu concelho e o valor máximo por tipologia.

Tem também o simulador, na mesa página, que lhe permite logo saber o valor que vai receber se o apoio for aprovado. Por exemplo, um jovem com um rendimento de 1.100 euros por mês, com uma renda de 600 euros, receberia no primeiro ano mais de metade do valor da renda. Isto é para saber se reúne os requisitos. 

Se verificar que sim, vamos ser otimistas e imaginar que conseguimos uma casa até estes limites e que já fizemos o contrato de arrendamento ou o contrato de promessa de arrendamento.

Regressamos à página Portal da Habitação, no separador “Arrendamento”, e depois “Porta 65”. Em baixo tem a pasta “Candidaturas” e clica em “Apresentar”. Tem de ter à mão o NIF e a senha das Finanças ou Chave Móvel Digital. Insere os dados de identificação da pessoa e da habitação e tudo o resto.

Todos os dados são cruzados automaticamente com as Finanças assim que coloca o seu NIF. Se tiver uma incapacidade, pais que tenham rendimentos baixos – mas que não vivam com os filhos ou se for uma família monoparental – recebe um apoio maior. Anexa a declaração de IRS, confirma e já está. Dois meses depois, se tudo correr bem, tem o resultado e o dinheiro na conta todos os meses…

O Porta 65+

Vamos agora ao Porta 65 +. A candidatura também é feita no Portal da habitação. Escolhe igualmente “Arrendamento”, mas tem um formulário diferente para a candidatura. Identifica-se, preenche todos os dados e submete o documento. Esta opção só começou em Junho.

As novidades

Em resumo, em relação ao Porta 65, já não há prazos. Pode candidatar-se em qualquer dia e em qualquer hora. Os valores máximos de renda foram aumentados recentemente e já não precisa ser a sua morada fiscal.  

O Porta 65 + agora aplica-se a todas as idades, já não é só para jovens até aos 35 anos. E, em ambos os casos, recebe com retroativos à data da apresentação da candidatura.

São boas razões para fazer a simulação e ver se tem direito, mesmo que tenha sido recusada no passado. Desde o Verão que as regras são diferentes. 

Portanto, se tem até 35 anos ou é mais velho mas teve uma quebra de rendimentos de 20% ou mais, pode pedir este apoio do Estado para o ajudar a pagar a renda de casa. Simule para ver se tem direito e, se sim, faça o pedido porque não é automático. Pode ser uma boa ajuda.

Pode ver ou rever a reportagem em vídeo neste link na página da SIC Notícias.

https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2023-11-29-Apoios-ao-arrendamento-Porta-65-e-Porta-65–tem-novas-regras-87f556dc


GANHAR DINHEIRO – Como criar riqueza com um salário normal

Finalmente, um livro que ensina tudo o que a Escola, o Estado e as famílias não ensinam sobre Dinheiro. Em apenas 5 passos, tem o caminho com a estratégia mais eficaz para criar riqueza com o seu salário. Pode comprar aqui o livro que vai mudar a sua vida financeira (Já na 7ª Edição):

https://bit.ly/GanharDinheiro_ComoCriarRiquezaComUmSalárioNormal

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

ÚLTIMO AVISO | Já só tem 1 dia para validar as suas faturas para o IRS!

Já validou as faturas pendentes de TODO o seu agregado familiar? Já só tem até amanhã (meia-noite de segunda-feira, dia 26 de fevereiro de 2024), para validar as suas faturas pendentes do portal e-fatura. É muito importante que o faça. Quando fui ver o e-fatura dos...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Tiago Silva

    Como é que este apoio é útil?
    Maior parte das rendas das casas estão acima das rendas máximas!
    Mais uma palhaçada de medida.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Tenho colegas que têm este apoio… Em Lisboa.

      Responder
      • João Filipe

        No artigo diz que podem ser apresentadas candidaturas em qualquer altura do ano.

        Com 3 simples clicks abre-se a página da submissão de candidaturas e temos a mensagem neste momento não está a decorrer nenhum prazo para submissão de candidaturas, pelo que não podemos candidatar.

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. Nao estará a fazer a candidatura no sítio errado? Testei e deu…

          Responder
    • Pedro Andersson

      … Mas nao estou a dizer que é fácil encontrar. É agulha em palheiro. Mas se nao tentar…

      Responder
  2. Sílvia Santos

    gostava de saber se percebi bem. No caso do porta 65+, a tipologia da casa nao é considerada para dar o apoio? ou seja… não ha tipologia maxima? No meu caso sou monoparental, mas a casa é um T3, nao pelo facto de precisar de um t3 mas porque foi a mais em conta que arranjei.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.