PODCAST | #134 – Cuidado para a sua fatura de eletricidade não duplicar! (O que é o mecanismo de ajuste)

Escrito por Pedro Andersson

17.10.22

}
2 min de leitura

Publicidade

CUIDADO COM O AJUSTE MIBEL NA FATURA DE ELETRICIDADE

Milhares de clientes estão a ser surpreendidos com uma nova linha na fatura de eletricidade que quase duplica o valor do kWh. Atenção que há pessoas que estão a receber faturas de luz de mais de 200 euros e vão ter mesmo de pagar porque é tudo legal. É o chamado Mecanismo de ajuste MIBEL (ou de produção de energia).

O nome varia de empresa para empresa. No caso da GALP são mais 19 cêntimos (em Outubro) para além do preço “normal” do kWh. A Iberdrola também já está a aplicar este mecanismo de ajuste, e outras pequenas empresas também. A EDP, a Endesa e a Goldenergy para já ainda não a estão a aplicar, mas no futuro não sabemos.

Neste episódio explico-lhe o que é esta linha, quem vai (ou pode) ser afetado e o que pode fazer para evitar que esta nova despesa o venha a afetar no futuro. Oiça este episódio porque é MESMO importante para poupar muito dinheiro.

Aproveite a minha boleia para melhorar a sua vida financeira e partilhe este podcast com os seus amigos.

Veja todas as dicas de poupança em www.contaspoupanca.pt
Assine a Newsletter no blogue

YouTube https://www.youtube.com/channel/UCP1NJYImfFMSEkQdlFlbFMA
Facebook facebook.com/contaspoupanca
Instagram www.instagram.com/pedroandersson_contaspoupanca/

O que é um podcast?

Aproveite a minha boleia financeira (gravo em áudio uma “conversa” no carro enquanto faço as minhas viagens e faço de conta que você vai ali ao meu lado) e veja como pode aumentar-se a si próprio. São uma espécie de programas de rádio para escutar enquanto faz outras coisas.

Subscreva o podcast na plataforma em que estiver a ouvir para ser avisado sempre que houver um episódio novo. Não estranhe ouvir o motor do carro, buzinadelas e o pisca-pisca. Faz parte da viagem.

Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro

Tem a seguir os links para o Spotify, Soundcloud e iTunes. Para quem não percebe nada disto, deve ir à loja de aplicações do seu telemóvel e instalar gratuitamente a app “Spotify” ou “iTunes” ou outra que dê para ouvir Podcasts. No caso do SoundCloud basta clicar e começa logo a ouvir.


Boa viagem e boas poupanças!

Subscreva o Podcast e partilhe-o com os seus amigos ou familiares que se queixam de ter pouco dinheiro e muitas despesas.

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PPR | Mês #24 e #25 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Outubro e Novembro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Neste momento, as perdas já estão mais reduzidas. Estive a "perder" 560 euros em Setembro, mas passados estes dois meses, os meus PPR já recuperaram cerca de metade. Ainda tenho a soma dos meus PPR com valores negativos, mas...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Outubro de 2022 (Mês #71)

Balanço de Outubro de 2022 Estou a tentar recuperar os meus balanços perdidos. Segue agora o balanço de produção dos meus painéis solares em Outubro e dentro de 15 dias faço o de Novembro. E depois - espero - volto a entrar no ritmo mensal normal. Para os que chegaram...

PODCAST | #142 – Conheça a lei que obriga os bancos a renegociar o crédito à habitação

Conheça os seus direitos se precisar renegociar o seu crédito à habitação A lei que tantos esperavam já está em vigor. Foi publicada em Diário da República e agora os bancos têm até meados de Janeiro de 2023 para fazer a lista dos clientes que preenchem os requisitos...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (5 a 11 de dezembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

EURIBOR | Prestação da casa sobe entre 108 e 251 euros em Dezembro

Prestação da casa pode subir 250 euros em dezembro A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir acentuadamente este mês nos contratos indexados à Euribor a 3, 6 e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #8 a #11 – Agosto a Novembro 2022)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço #8 a #11 (Agosto a Novembro de 2022) Fui ver há quanto tempo não fazia este balanço de quanto estou a ganhar ou a perder com o meu "investimento" em criptomoedas e apercebi-me que já não fazia este balanço mensal desde...

REFORMAS | Quem se reformar antecipadamente em 2023 vai ter uma corte de “apenas” 13,8%

Corte nas pensões pelo fator de sustentabilidade recua para 13,8% em 2023 O corte das pensões por via do fator de sustentabilidade, aplicado a algumas reformas antecipadas, vai ser de 13,8% em 2023, recuando face aos 14,06% deste ano, segundo cálculos com base em...

EURIBOR | Lei da renegociação do crédito à habitação já está em vigor – Como funciona?

Conheça as regras para a renegociação dos créditos à habitação A lei acaba de ser publicada (na sexta-feira) e entrou em vigor no sábado passado (dia 26 de Novembro). É a famosa lei que vai “obrigar” os bancos a renegociar os créditos à habitação sempre que a taxa de...

EURIBOR | Taxas sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos (2009)

Taxas Euribor sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses. A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação avançou hoje para 2,436%,...

PODCAST | #141 – Se baixar o spread, o banco pode subir a minha prestação da casa? (A pergunta do Bruno)

O BANCO PODE AUMENTAR A MINHA PRESTAÇÃO SE EU PEDIR PARA BAIXAR O SPREAD? Esta foi a pergunta do Bruno, à qual respondo neste episódio do podcast. A esta pergunta juntam-se muitas outras, porque os bancos estão a receber uma verdadeira enxurrada de pedidos de...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

34 Comentários

  1. Luís Gomes

    Boa tarde Pedro,

    Parabéns pelo seu trabalho e muito obrigado pelas dicas que nos passa.

    O Mecanismo de ajuste MIBEL (ou de produção de energia) pode ser cobrado na fatura da GALP? No fim da minha fatura refere o seguinte (com grafismo): “A eletricidade faturada foi produzida a partir das seguintes fontes de energia: Eólica 32,65%, Hídrica 14,93%, Outras Renováveis 52,42%.
    Ora, se este Mecanismo é para compensar as empresas face aos custos que tiveram na produção da energia elétrica mediante o uso de gás natural, e se na minha fatura refere que essa energia foi produzida por fontes de energia renováveis, não há aqui uma incongruência?

    Obrigado.

    Com os melhores cumprimentos,
    Luís Gomes

    Responder
    • Manuela

      O problema agora é que mesmo o mercado regulado vai aumentar é muito a partir de 2023 devido ao aumento do preço do gás da Nigéria! O Governo faz o povinho andar feito barata tonta que não vai dar em nada! Pagar e pagar é a única opção, pois não querem diminuir o IVA como já fizeram em outros países!

      Responder
  2. Pedro Sousa

    Olá Pedro, eu era cliente da edp e mudei para a endesa em abril deste ano, tive a sorte do contrato entrar em vigor alguns dias antes do dia 26 de abril e por isso estou “livre” até abril do próximo ano da aplicação do mecanismo ibérico. A endesa baixou-me o preço do kwh de 0.15€ para 0.12€, penso que se deveu ao mecanismo ibérico, não sei, sei que poupo cerca de 15€ mês em relação à su. Aproveito a oportunidade para agradecer-lhe ter-me fornecido o seu código de amigo. Abraço
    Pedro Sousa

    Responder
  3. vitor barbosa

    Sou cliente da GOLDENERGY, e recebi anteontem a minha factura referente ao período de 11SET a 10OUT.
    Pois bem… não consta da factura o tal “linha” MIBEL.
    Mas consta outra coisa alarmante: a GOLDENERGY actualizou com efeitos a 01 de OUT, o preço do kWh do gás de uma forma exorbitante: o preço referência passou de 0,0879 €/kwh, para 0,1594!!, ou seja um aumento de 81%( oitenta e um por cento!)

    Responder
    • Hugo

      Agradeço a informação, hoje fechei o meu mês também para a Goldenergy e segundo o que disse também deverei levar com o aumento… Vou ver como será… No seu caso, o que vai fazer quanto a isso? Vai manter-se aí ou mudar para outro?

      Responder
      • Maria Monteiro

        Olá Sr Pedro, tenho algum dinheiro a prazo, na sua opinião vale a pena pôr em certificados de aforro? Obrigada pelas suas dicas.

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. Sim. É uma opção melhor. Informe-se e decida 🙂

          Responder
  4. João Rocha

    Gosto imenso de ler os seus artigos(conta poupança).
    À conta deles, já transferi os meus contratos de luz e gás, para o mercado regulado, seguindo as suas dicas e conselhos.
    Muito obrigado e bem haja.

    Responder
  5. Hélder dias

    Boa noite Pedro

    Antes de mais quero dar-lhe os parabéns pelo seu programa
    Quanto ao seu podcast sobre a ( taxa MiBEL ) fui muito esclarecedor, porque como muitos hoje fui apanhado também de supressa .O meu caso sendo eu cliente GALP fui ainda mais caricato pois já tinha pago a fatura
    do período de 14 AGO a 14 SET e agora recebi outra para pagar do mesmo período mas com a dita taxa que se esqueceram de meter !!
    Para cumulo juntaram o valor já pago mais a dita taxa e somaram sem sequer me descontarem o valor já pago .
    Já reclamei para la e exigi nova fatura .
    Pois para piorar a situação 7 de setembro entrei contato com a Galp para, uma questão de morada para me acrescentarem o Nª de porta a morada onde me propuseram novo contrato que me daria mais 3% de desconto o qual aceitei , findo isto tinha um contrato Antigo agora estou com um novo , ao qual pelo vistos podem aplicar a dita taxa.
    sinto-me enganado por parte da GALP .

    Entenda isto como uma espécie de desabafo ,não como alguma questão ,também serve para uma espécie de ALERTA para
    quem se der ao trabalho de ler isto.

    comprimentos
    obrigado
    Hélder dias

    Responder
      • José Barão

        Boa tarde
        Gosto de ouvir os seus podcasts
        E sao muito uteis
        Eu tenho contrato com a galp e no mes pasado por causa do imposto MIBEL tive um aumento de 35 euros nao fui informado de qualquer aumento
        A fatura pasou de 70 para 117 euros
        Agora renho estado a vereficar qual e a melhor companhia para mim
        Obrigado Pelo seu excelente trabalho
        Abraço

        Responder
      • Diana Teixeira

        Bom dia,

        Gostaria de saber se o mecanismo mibel se aplica a faturas de eletricidade a clientes que nao consomem gas natural? Que so consome eletricidade.
        Obrigada

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. Só se aplica a clientes de eletricidade.

          Responder
  6. Antonio

    EDP:

    >A emissão de faturas para potências até 6.9kVA encontra-se temporariamente suspensa. Iremos emitir a sua fatura em breve. Lamentamos o incómodo.<

    Segundo sms trata-se da atualização do IVA que aguarda publicação, será ?!…

    Responder
  7. Maria Helena da Cunha Ribeiro Gomes

    Na tentativa de mudar da EDP comerciar para a SU, a dada altura pedem a fração do imóvel. Sem isso não me deixa avançar. Pensava que obtinha esse dado na caderneta predial, mas não encontro. Agradecia, se me pudesse esclarecer.
    Cumprimentos
    Helena Gomes

    Responder
    • Nuno Miguel Monteiro Dias

      Boa noite Pedro
      Tenho um problema com a Iberdrola, não paguei a última fatura de Julho por informação da ERSE.
      Pois na fatura de Julho do dia 7 ao dia 20 ( o tempo que demorou de mudar de comercializador SU eletricidade) a empresa debitou o valor do mercado ibérico, quando não aceitei a renovação de contrato comunicado no dia 4 de Julho pela empresa.
      Como o meu contrato foi realizado antes do dia 26 de Abril, achei abusivo pela empresa estar a perder o cliente e aplicar essa taxa com mais de 24€ para pagar.
      Cumprimentos

      Responder
    • Ana Raposo

      Bom dia Helena
      Efetivamente esse dado relativo à fração deve aparecer na caderneta predial. Normalmente é uma Letra-exemplo Fração A

      Responder
  8. Fernando Reis

    Grato pelo esclarecedor conteúdo sobre o mecanismo de ajuste .Apenas acho que é uma tarifa e não uma taxa.A uma “taxa” anda associado um serviço.Neste caso temos um custo adicional e o serviço é o mesmo que anteriormente-fornecer eletricidade.Devia de haver informação prévia.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Concordo e vou corrigir. Também já tinha chegado a essa conclusão.

      Responder
  9. Ana Paula

    Olá Pedro gosto muito de acompanhar as suas sugestões pois sou cliente da galp e este mês fui surpreendido com119€de Agosto a Setembro e no geral custumo pagar 80+/- entretanto anulam essa factura dizendo que era engano e enviaram os 119 €como crédito e uma nova fatura com o valor de 137.90 para pagamento até dia 21 vamos ver qual o valor da próxima ma já tem uma grande diferença!…

    Responder
  10. Antoaneta Pinto

    Bom dia
    Não dá para escrever em lugar do podcast? Escrito vou ler nó diagonal. No podcast tenho que ouvir não sei quanto tempo.
    Cumprimentos,
    Antoaneta Pinto

    Responder
  11. Alda

    Se trocar agora para o mercado regulado fico sujeita à mibel?
    Obrigada.

    Responder
      • Alda

        Muito obrigada pela sua resposta.

        Responder
  12. Jorge André Martins Castanheira

    Boa tarde Pedro.
    Já me tinha estado a informar sobre esta taxa e depois de o ouvir fico com uma dúvida relativamente à legalidade desta taxa. Pelo que entendo a taxa deve-se ao aumento do gás, mas vários planos de energia disponíveis referem que essa energia é 100% renovável. Ora, no meu entender nestes casos a taxa deverá ser considerada ilegal visto energias renováveis não necessitarem de gás. Estarei enganado ao ter esta interpretação?
    Cumprimentos,
    Jorge Castanheira

    Responder
  13. Sandra

    Na EDP, pela menos na nossa Instituição, num contrato renovado em Agosto, vem com uma nova parcela “Componente Indexada OMEL”, e duplicou o valor habitualmente pago

    Responder
  14. Alexandre Santos

    Boa noite, Pedro!
    Muito obrigado pelo artigo e pelo ” heads up”!..
    Após ouvir fui confirmar a minha fatura… E eis que me aparece esse “Ajuste MIBEL”…
    Com a módica quantia de mais 114€ na fatura da eletricidade…
    Agora fica uma dúvida, se essa taxa é aplicada devido ao aumento do preço do gás natural utilizado para a produção de electricidade, porque é que as empresas podem cobrar essa taxa se enviam a fatura dizendo que a electricidade gerada provém apenas e só de energia hídrica??
    Ah e a empresa com quem tenho contrato é com a Iberdrola, mas amanhã já tratarei de tentar mudar e cessar o contrato.

    Responder
  15. Carlos Assis

    Bom dia Senhor Pedro Andersson:

    Tenho uma dúvida que gostaria que me esclarecesse caso lhe seja possível.
    Sou cliente de electricidade da Goldenergy desde Julho de 2022. Fiz um contrato com a tarifa do mercado regulado, que me tem vindo a ser aplicada nas três facturas que me foram enviadas até agora. Actualmente, segundo o portal da ERSE, apenas a empresa SU fornece energia com a tarifa regulada. Não era o caso em Julho, pois a Goldenergy também o fazia.
    No entanto o meu comercializador actua no mercado livre.
    Gostaria de saber se, nestas circunstâncias, e de acordo com a legislação, me poderá, ou não, vir a aplicar o tal “ajuste MIBEL” que decorre do DL 33/2022 de 14 de Maio.
    Muito obrigado

    Responder
  16. Rui Escudeiro

    Olá, apenas uma dúvida, na fatura da Galp em que aplicaram o “Mecanismo de Ajuste dos Custos de Produção”, estão discriminadas quais as fontes de energia usadas para produzir a eletricidade, nomeadamente, Eólica, Hídrica e Outras Renováveis. Se a aplicação deste mecanismo é justificada pelo aumento do preço do gás para a produção de eletricidade, então, onde está a justificação da aplicação deste mecanismo por parte da Galp se não foi utilizado gás?
    Obrigado

    Responder
  17. Joaquim Matias

    Bom dia Pedro,
    Acabo de receber a minha fatura só de eletricidade da GOLD ENERGY, e não vem lá alínea com a dita “MIBEL”, penso que aqui não tem razão de ser, pois a eletricidade produzida, e que eles próprios publicitam com frequência para cativar clientes, que a mesma advém das seguintes fontes de energia: Eólica 32,65%, Hídrica 14,93%, Outras Renováveis 52,42%.
    Agradeço o seu comentário

    um abraço
    Joaquim Matias

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. A razão não é essa. Eles é que decidiram não aplicar até janeiro. Depois não sabemos.

      Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. EDP ​​Comercial increases by 3% and applies MIBEL adjustment from January - […] PODCAST | #134 – Make sure your electric bill doesn’t double! (What is the adjustment mechan… […]
  2. Electricidade| A lista das 10 empresas mais baratas este mês (Outubro 2022) - QUICK MASSAGE PORTUGAL - […] Atenção a este detalhe do Mecanismo de ajuste. Vai fazer toda a diferença neste TOP 10, porque é um…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.