PODCAST | #84 – Porque devo fazer um PPR antes do fim do ano?

Escrito por Pedro Andersson

16.12.21

}
2 min de leitura

Publicidade

Posso ganhar (mais) dinheiro no IRS por fazer um PPR?

A resposta é sim. É o equivalente a ter uma conta bancária que rende 20% de juros. Claro que tem algumas condições: tem de fazer retenção na fonte para o IRS e tem de ter ainda margem para mais esta dedução para além das deduções normais no IRS, como educação e saúde.

Em determinados contextos, qualquer cidadão pode ir buscar mais 300 a 400 euros todos os anos no IRS (aumentar o seu reembolso ou pagar menos imposto ao Estado).

Explico-lhe como funciona esta forma simples de fazer dinheiro com o seu dinheiro e que cuidados deve ter se decidir fazer ou reforçar um PPR todos os anos. Na maior parte dos casos é uma estratégia excelente.

(Não falei nisso neste episódio, mas também pode usar o valor investido no PPR 5 anos depois – com a condicionante de ter de investir vários anos – para pagar a prestação da casa ao banco).

Aproveite a minha boleia para melhorar a sua vida financeira e partilhe este podcast com os seus amigos. Não ligue aos barulhos da viagem. É mesmo assim.

Veja todas as dicas de poupança em www.contaspoupanca.pt
Assine a Newsletter no blogue
Facebook facebook.com/contaspoupanca
Instagram www.instagram.com/pedroandersson_contaspoupanca/

O que é um podcast?

Aproveite a minha boleia financeira (gravo em áudio uma “conversa” no carro enquanto faço as minhas viagens e faço de conta que você vai ali ao meu lado) e veja como pode aumentar-se a si próprio. São uma espécie de programas de rádio para escutar enquanto faz outras coisas.

Subscreva o podcast na plataforma em que estiver a ouvir para ser avisado sempre que houver um episódio novo. Não estranhe ouvir o motor do carro, buzinadelas e o pisca-pisca. Faz parte da viagem.

Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro

Tem a seguir os links para o Spotify, Soundcloud e iTunes. Para quem não percebe nada disto, deve ir à loja de aplicações do seu telemóvel e instalar gratuitamente a app “Spotify” ou “iTunes” ou outra que dê para ouvir Podcasts. No caso do SoundCloud basta clicar e começa logo a ouvir.

Boa viagem e boas poupanças!

Subscreva o Podcast e partilhe-o com os seus amigos ou familiares que se queixam de ter pouco dinheiro e muitas despesas.

 


Natal2021-billboard

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Fundo Ambiental já começou a reembolsar beneficiários

Pagamentos deviam ter começado em janeiro Os beneficiários do programa Edifícios mais Sustentáveis de 2023 do Fundo Ambiental vão finalmente ser reembolsados, segundo anunciou o Ministério do Ambiente e Energia numa nota de impresa enviada à Agência Lusa. Os...

Taxa de juro na habitação voltou a baixar em junho

Trata-se da quinta descida consecutiva da taxa de juro A taxa de juro implícita no crédito à habitação tem vindo a cair lentamente depois de ter atingido um pico em janeiro de 2024, atingindo uma média de 4,657%. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #259 – O que já fez para melhorar a sua vida financeira?

Estamos a meio do ano - O que já fez até agora? Chegámos a meio do ano. Normalmente, em dezembro ou janeiro decidimos uma série de coisas e traçamos objetivos que depois desaparecem como que por "magia" à espera do ano seguinte. Porquê, se hoje é um bom dia para...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #34 – Junho 24)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? Nos últimos anos, com o aumento da literacia financeira (e aqui no Contas-poupança orgulhamo-nos de fazer paret desse percurso), milhares de portugueses descobriram que os PPR podiam servir para ganhar dinheiro e...

FRAUDE | Fisco alerta para e-mails falsos com imagem da AT

Fisco alerta para e-mails fraudulentos com recurso à imagem da Autoridade Tributária A Autoridade Tributária e Aduaneira emitiu um alerta de segurança sobre mensagens de correio eletrónico fraudulentas, pedindo que sejam ignoradas. "A Autoridade Tributária e Aduaneira...

PodTEXT | Quantas vezes posso trocar de Crédito à habitação e de seguro de vida?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (22 a 28 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Quais as regiões mais caras e mais baratas para comprar casa?

Grande Lisboa e Algarve dominam entre regiões mais caras Esta semana, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou dados relativos ao primeiro trimestre de 2024 que revelam que o preço mediano de habitação em Portugal subiu 5%, colocando o valor mediano por...

Publicidade

Artigos relacionados

18 Comentários

  1. Ana Jardim

    Um reformado mas que tambem ainda trabalha por conta d’outrem pode subscrever um PPR? De entrega unica? E tem direito aos beneficios fiscais? Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Pode fazer um PPR, mas já não tem o benefício fiscal à entrada no IRS.

      Responder
  2. Franclim Mendes

    Qual o ppr que lhe dá taxa de juro de 20%?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. O Stoik por exemplo está com 19,6%. Obviamente isto não acontece todos os anos. Está a ser um ano excecional.

      Responder
      • Cristina

        Estas instituições são seguras? Como são desconhecidas (pelo menos para mim) questiono-me sobre as garantias que possam dar.

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. Todos os bancos têm PPR. A que instituições se refere?

          Responder
    • Bruno César Mendes

      A optimize.pt tem um slogan e dá 20%.

      “Já só tem até ao dia 30 de Dezembro de 2021 para subscrever o seu PPR e poupar 20% no seu IRS! “

      Responder
  3. Rui

    Não foi referida a possibilidade de resgatar para pagar mensalidades do crédito habitação

    Responder
    • João Gomes

      Olá Pedro, antes de mais muito obrigado, pela partilha e pelas sempre muito boas dicas!! 👌🙏
      Excelente trabalho.
      Fiquei com uma dúvida, então mas não é suposto, ser possível resgatar para abater no crédito habitação?! 🤔
      Não percebo porque disse não aproveitar o IRS, se quer aproveitar para pagar o crédito habitação…
      Obrigado pela ajuda.
      Bom fim de semana e boas festas 🎄🎁

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Não dá para amortizar o crédito à habitação. Só dá para pagar a prestação “normal”. E o que eu quero é chegar lá e dizer: “Obrigado, tem aqui o que falta. Adeus e um queijo” 🙂

        Responder
        • Renata

          Olá Pedro, e como se faz isso? No meu caso tenho dois PPR, um que reforço todos os anos e coloco no IRS, outro que fiz este ano.
          Obrigada

          Responder
          • Pedro Andersson

            Olá Renata. Não percebi a sua questão. Pode ser mais específica?

          • Renata

            Desculpe a demora Pedro. O que quis perguntar é: tenho 2 PPR’s, um deles na instituição onde tenho o empréstimo da casa (não foi feito para obter beneficios no spread), tenho feito entregas anuais nos últimos 4 anos e declarado no IRS. Se bem percebi, e entretanto me informei junto do banco, o PPR só pode ser utilizado em situações específicas e para pagar prestações do crédito habitação. Assim, não percebi como faz para chegar ao banco e dizer “Obrigado, tem aqui o que falta, Adeus e um queijo” 🙂 isto consegue-se se não declarar no IRS? Uma coisa está ligada à outra, é isso? se declarar só pode usar naquelas situações específicas? Foi isso que entendi. Já o outro PPR que não declaro no IRS, posso pegar nele e se não tiver penalização, amortizar o crédito habitação? Percebi bem?
            Só mais uma questão: obrigada pela informação que partilha 🙂

  4. Jorge

    Olá Pedro,

    Obrigado pelos seus conselhos, mas há uma dúvida que gostaria de ver esclarecida e desde já agradeço.
    Podem os dois membros de um casal, casados em regime de comunhão geral de bens, com crédito habitação no nome dos dois e dois PPR distintos (em nome de cada um), pagar as prestações do crédito habitação alternadamente no mesmo ano?
    Existe algum limite anual de prestações pagas com PPR?
    A intenção seria criar um ciclo vicioso, ou seja, pagar prestações anualmente retirando até 1750€+1750€ de cada PPR (dada a nossa idade), para voltar a investir os 1750€+1750€ em cada um dos PPR e obter o máximo beneficio fiscal 300€ + 300€ no IRS.

    Penso que me fiz entender,
    Mais uma vez, muito obrigado.

    Responder
    • Jorge

      Olá novamente,

      Corrijo o lapso, 1750€ + 1750€ investidos em cada um dos PPR = 350€ + 350€ de benefício fiscal no IRS

      Boas festas

      Responder
  5. Sílvia Maria Esteves Maçorano

    Bom dia,
    Peço desculpa, mas não percebi muito bem porque é que a dedução no IRS é impedimento de fazer posteriormente o resgate antecipado do empréstimo à habitação.
    Muito obrigada pela partilha de conhecimentos.
    Boas festas!

    Responder
  6. Maria André

    Boa tarde, Pedro.
    Tenho um PPR (capital garantido) desde 2009 na Fidelidade, subscrito na CGD. Todos os anos faço o reforço anual. Agora em dezembro deparei-me com o facto de não me autorizarem a fazer mais reforços. Pedi informações à Fidelidade e dizem-me que o produto foi descontinuado em dezembro do ano 2020. Nunca fui informada. Costumo usar o PPR para dedução no IRS. Agora deparei-me com o facto de ter mais de 10 000€ a render 0€ e não me permitem nem fazer reforço para deduzir, nem posso levantar sem a penalização (que não tenho interesse, nem necessidade). Sinto-me defraudada pelo grupo Fidelidade.
    Que sugere? Mudar o PPR para outro sitio? Penso que haverá sempre penalização pela transferência, mas não me apetece ter aquele dinheiro parado por mais 6 anos até completar os 60 anos.
    Grata por todas a dicas que vai deixando em todos os seus podcast, posts e programas.
    Boas Festas e bons investimentos!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.