VÍDEO – Dicas para começar a fazer uma horta em casa e poupar

Escrito por Pedro Andersson

11.06.21

}
4 min de leitura

Publicidade

Como fazer uma horta em casa e poupar na carteira e no ambiente

Há cada vez mais portugueses que querem regressar às coisas simples da natureza. Gostavam de ter uma horta ou de ter a certeza de que o que comem está livre de produtos químicos. Na reportagem desta semana do Contas-poupança, no Jornal da Noite, na SIC, explicamos-lhe como é cada vez mais simples ter uma horta num apartamento ou até na janela da cozinha.

Para ver como é possível ter uma horta num espaço muito pequeno visitámos a casa de Bruno Alves. Ele vive num apartamento no centro de Lisboa. Na varanda tem couves, alho francês, cenouras, hortelã, chuchu, tomateiros, morangueiros e muito mais. Tudo numa caixa de madeira que ele próprio construiu.

Mais do que uma moda

Cada vez mais portugueses aproveitam o espeço de uma varanda ou até a janela da cozinha para cultivar alguns dos alimentos que consomem. Alguns experimentam apenas algumas ervas aromáticas, como salsa, coentros, hortelã ou manjericão, mas outros querem ir mais longe.

Foi o caso de André Maciel. Nasceu em Setúbal, mas ganhou o gosto pela terra quando ia ao Norte visitar os familiares que viviam numa quinta. Agora adulto, percebeu que se a cidade não vai à natureza, tem de vir a Natureza à cidade.

O projeto profisisonal de André Maciel, que se chama Hortas_LX, consiste em ajudar particulares e empresas a cultivar horas em casa ou nos edifícios. Mas qualquer pessoa pode fazer isso de uma forma simples. Basta um local onde bata o sol e o resto arranja-se facilmente.

Pode começar por comprar um saco de terra em qualquer loja de jardinagem ou hipermercado ou simplesmente pedir a alguém que tenha um pouco de terreno para trazer um ou dois dois sacos de terra.

Depois pode comprar um pé de alface em lojas de rua por 5, 6 ou 7 cêntimos cada um, ou um pacote de sementes em qualquer hipermercado ou mercearia. Pelo preço de uma alface num hipermercado pode cultivar em casa dezenas ou até centenas de alfaces em casa. Depois delas espigarem (secarem) tira as sementes e planta novas alfaces. E assim sucessivamente. Tornam-se “eternas”.

Como plantar a sua primeira alface

Basta um pacote de leite vazio, faz uns furos em baixo para a água sair, enche com terra, coloca uma semente em cada buraquinho, tapa e borrifa com água. Uma ou duas vezes por dia até a semente germinar. Depois rega com mais intensidade, mas sem nunca exagerar. E já está. Dentro de algumas semanas tem uma alface pronta a comer.

André explica que a fórmula “secreta” é misturar duas porções de terra com uma porção de fertilizante natural (também à venda em muitos sítios). Disse-me ele que o ideal é humus de minhoca. Procure por esse nome ou então use um outro qualquer ferilizante que pode até ser caseiro. Tem muitas “receitas” na internet (casca de ovo triturada, cascas de banana, etc).

Uma dica importante é nunca regar demais. Faz apodrecer a planta.

A prova de que realmente funciona está em vários vídeos e fotografias que espectadores do Contas-poupança partilharam na página de facebook. O limite é a imaginação. Desde garrafas vazias até a caixas de esferovite, tudo pode servir para iniciar uma horta em casa. Por exemplo um garrafão de 5 litros cortado em cima, cheio de terra, e furado por baixo é o suficiente para cultivar um tomateiro. Deve plantá-lo em fevereiro ou março e dá frutos no verão.

A alface cresce todo o ano, tal como o rabanete e a cenoura.

Quanto custa fazer uma mini horta

Investir numa horta em casa tanto pode custar-lhe centenas de euros, com sistemas de regas automatizados e gota a gota, ou pode custar-lhe zero usando materiais reciclados. Mas avance. Vai ver que o difícil depois vai ser parar.

Até os meus filhos comem legumes com outra vontade quando sabem que foram eles que os cultivaram.

Qualquer dúvida que tenha sobre hortas em casa tem vídeos no Youtube que ensinam tudo e mais alguma coisa. Basta pesquisar um pouco.

Veja ou reveja a reportagem em vídeo aqui na página da SIC Noticias.

https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2021-06-09-Dicas-para-comecar-uma-horta-em-casa-c96dd909

 


autores-billboard

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PodTEXT Vamos a Contas | Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Isenção de IMT e Imposto de Selo para jovens oficialmente aprovada

Medida para ajudar jovens a comprar casa vai avançar Há cerca de três semanas, o Governo aprovou em Conselho de Ministros diversas medidas para facilitar a compra de habitação aos jovens até aos 35 anos. Entre elas, além da garantia pública de até 15% do valor do...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (17 a 23 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | Como perder o medo de investir e começar a ganhar dinheiro?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Apanhei um Uber… e o motorista “ganhou” 4.797 euros

Uma viagem que deu lucro... Apresento-vos o José Silva. É condutor de Uber. O meu carro (um GOLF IV que tem 22 anos e está aí para as curvas) foi pintado todo de uma ponta à outra e ficou pronto hoje. Chamei um Uber para o ir buscar à oficina. Assim que entro no Uber,...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #248 – Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? (A pergunta do João Paulo)

Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? O João Paulo este ano quase que pagou IRS em vez de receber reembolso. Ele está preocupado com o ano que vem, porque tem feito muitas horas extraordinárias. Uma das possíveis estratégias dele é amortizar o crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (10 a 16 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Georgete

    Aparentemente devo ter percebido mal, porque segundo as minhas contas fica mais caro plantar (tempo, custo de oportunidade) e regar (água e tempo gasto com a rega) do que ir ao supermercado comprar, neste ultimo caso até a deslocação é a mesma para comprar outros produtos.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. As minhas contas: sementes grátis porque estou a usar as da alface anterior que expigou. Uma alface dá dezenas de sementes. Água (água que sobrou dos copos das refeicoes) no caso de ter 3 alfaces na janela da cozinha. Tempo: 30 segundos por dia. Prazer com que o faço: sem preço 🙂

      Responder
  2. Maria Cecilia Ramos Elias

    Bom Dia Pedro
    É com imenso gosto que leio e acompanho as suas publicações, desde já os meus parabéns pelas abordagens que faz a inúmeros aspetos da nossa vida em que se estivermos atentos e quisermos, podemos sempre poupar algum dinheiro.
    Foi com muito agrado que vi o programa e li o artigo sobre hortas urbanas; sou uma fã em produzir parte daquilo que consumo, também porque posso ( tenho terreno que o permite) e tenho algum tempo disponível. Mas o que dá mais prazer é ir colher na altura em que preciso, os legumes ou ervas aromáticas para confecionar as minhas refeições. Poderia simplesmente comprar….mas não é a mesma coisa!
    Durante o período de convalescença de uma doença oncológica à 14 anos, comecei a procurar consumir legumes, frutas e compotas com maior segurança de que estavam isentas de pesticidas e aditivos( caso das compotas). Como nem sempre tinha essa segurança e alguns eram extramente caros, passei a cultivar a maioria dos produtos que consumo. Por isso tudo, recomendo vivamente que quem possa, dedique algum tempo a esta prática pois só tem a ganhar em qualidade na alimentação ainda que por vezes não exista um lucro significativo. O tempo que se dedica vai depender muito da quantidade de produtos que tem. Recomendo vivamente a quem gostar que o façam e se possível envolvam os vossos filhos ou netos nestas pequenas tarefas, é qualidade de tempo e de relação familiar também.
    Continuação de ótimos programas e muito sucesso1

    Responder
    • Pedro Andersson

      Muito obrigado, Cecília. Confirmo tudo o que diz :).

      Responder
  3. Hugo

    Caro Pedro uma correcção: na frase “O projeto profisisonal de André Maciel, que se chama Hortas_LX, consiste em ajudar particulares e empresas a cultivar horas”, creio que queria dizer cultivar “hortas” e não horas. Resta-me dizer para continuar o bom trabalho! Cá em casa temos hortelã e manjericão!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.