Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

NOVO VÍDEO NO YOUTUBE – É uma boa altura para fazer um PPR?

Escrito por Pedro Andersson

28.04.20

}
2 min de leitura

Em plena crise, vale a pena pensar em fazer um PPR?

Mas que pergunta. Então as pessoas estão aflitas para pagar as contas ao fim do mês e fazem uma pergunta destas? Sim, têm-me feito esta pergunta várias vezes nas últimas semanas.

Para estar dentro do contexto, é importante que perceba que sim, dezenas de milhares de famílias estão em graves dificuldades financeiras, mas não se esqueça também que 80% das empresas estão a funcionar, embora muitas delas com quebras de rendimento mas os trabalhadores estão a receber. Há centenas de milhares de funcionários públicos e muitas pessoas que têm poupanças que podem rentabilizar melhor para (também elas) enfrentarem melhor a crise se ela se prolongar.

E quem está em crise agora, dentro de alguns meses já não estarão e nessa altura já poderão ter algum capital disponível para porem o dinheiro a trabalhar para elas. Até podem, (e devem) aproveitar este tempo em que estão parados para criarem alguma literacia financeira, ou seja, para perceberem como o dinheiro funciona a seu favor pensando na próxima crise que chegará depois desta sem qualquer dúvida.

Tenho recebido centenas de mensagens. Não consigo ler todas. Muito menos responder. Assim, pego nas mais repetidas e decidi começar a responder aqui no YouTube a essas perguntas. Esta é só a primeira de muitas. Subscreva o canal para acompanhar. Vou começar a fazer assim porque não dá para responder pessoalmente a todos os que me contactam.

Veja como funcionam os PPR e avalie se podem ser uma boa ferramenta de poupança e de investimento para si.


mae-billboard


Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Painel solar fotovoltaico – Balanço de março de 2021 (mês #52)

Balanço do mês de março de 2021 "Não há fome que não dê em fartura". Quase que se podia aplicar o provérbio. Em Março a produção do painel foi mais do dobro de fevereiro, que foi de facto muito má. Março de 2021 foi melhor do que março do ano passado. Não por muito,...

Painéis solares afinal não são dedutíveis no IRS de 2020

Painéis solares afinal não são dedutíveis no IRS de 2020 Já tenho a resposta do Ministério das Finanças. Se comprou em 2020 um ou vários painéis solares a contar com uma dedução de 1.000 euros pode esquecer. Não vai acontecer. Vários leitores do blogue fizeram-me esta...

Os meus fundos de investimento – Balanço da semana #38 (9 de abril)

Fundos de investimento - Balanço semanal Esta foi a melhor semana de sempre dos meus fundos de investimento. Em apenas 9 meses, os 3 fundos, em média, estão a crescer 22%. A semana passada tinha sido de queda, devido a uma semana má nas bolsas mundiais. Agora...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (12 a 18 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

VÍDEO | Dicas fundamentais para aumentar o seu reembolso do IRS este ano

Não deixe dinheiro seu nos cofres do Estado Antes de mais, obrigado ao milhão e 100 mil espectadores que viram o Contas-poupança ontem, apesar de estar a dar o futebol na concorrência. Um em cada 5 portugueses viram a reportagem sobre algumas dicas fundamentais para...

COVID-19 | Há novidades no Apoio Extraordinário ao Rendimento dos Trabalhadores (AERT)

Governo alterou a condição de recursos para acesso ao novo apoio social O apoio vai estar acessível a mais pessoas e com efeitos retroativos. O Conselho de Ministros aprovou hoje alterações ao Apoio Extraordinário ao Rendimento dos Trabalhadores (AERT) que alargam a...

PODCAST | #49 – Porque é que eu não recebo reembolso do IRS (ou pouco)?

Como se calcula o reembolso do IRS? Neste episódio explico-lhe porque é que há pessoas que recebem reembolso de IRS de centenas ou até milhares de euros e outros recebem muito bouco ou mesmo nada. Parece, por vezes, que quem mais precisa é quem menos recebe. Porque...

Dicas para aumentar o seu reembolso do IRS este ano

Pode aumentar o seu reembolso do IRS este ano? Não perca a reportagem do Contas-poupança, mais logo no Jornal da Noite na SIC. Tem explicações importantes que deve ver com muita atenção para receber o máximo possível no seu IRS deste ano (referente a 2020). Eu sei que...

FRAUDE | Fisco alerta para e-mails falsos sobre reembolsos do IRS

Fisco alerta para e-mails falsos sobre reembolsos do IRS A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou hoje para a existências de 'emails' fraudulentos que estão a ser enviados, solicitando dados bancários para posterior reembolso do IRS. "Se recebeu um 'email'...

Covid-19 | Portugal inicia hoje segunda fase do plano de desconfinamento

Segunda fase do plano de desconfinamento entrou hoje em vigor Hoje a vida começa a ser uma pouco mais "normal" do que até agora. Mesmo assim ainda com bastantes limitações. Este é um breve resumo do que pode fazer a partir de hoje e durante os próximos 15 dias....

Publicidade

Artigos relacionados

17 Comentários

  1. Carla Nobre

    Belíssima explicação Pedro.
    Agora uma pergunta mais complicada, posso pedir que me sugira algum fundo em concreto?
    Para quem não percebe nada do assunto, ligar para o Banco é levar uma lavagem cerebral e ficamos sempre de pé atrás, assim e já que o Pedro domina o assunto, em que fundo ou que tipo de fundo sugeria que investisse?
    Muito Obrigada

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Carla. Não me atrevo a fazer isso. Não sou profissional dessa área. Sou apenas um cidadão curioso. Liguei para o meu gestor de conta e ele deu-me várias opções e escolhi o que achei melhor. Os primeiros foram assim. Agora já escolho sozinho, mesmo fazendo algumas “asneiras”. Nos comentários alguns espectadores sugeriam alguns. Eu não quero assumir essa responsabilidade. Acho que compreende :).

      Responder
      • Rafaela Pereira

        Muito obrigada pela sua resposta! Tenho lido sobre o assunto e esse ppr tem sido o mais recomendado.
        Agora ‘tendo 4500’ significa que pode chegar aos 0€ e perder tudo? Não sei se está ou não numa idade próxima da reforma mas supondo que está, é muito chato perder dinheiro já sem ‘tempo’ para esperar pelo crescimento ds economia e conseguir recuperar.

        Por mim Pedro Andersen pode fazer mais vídeos e escrever mais sobre o assunto, continuam muitas dúvidas no ar

        Responder
  2. Carla Nobre

    Claro que sim…. 🙂 Muito obrigada!

    Responder
  3. Tiago Vieira

    Boa tarde Pedro,

    Tenho algum interesse por esta área financeira, que livros me sugeria para melhorar os meus conhecimentos?

    Obrigado

    Responder
  4. Pedro Soares

    Bom dia, os fundos de pensões FP aberto, enquadram-se nos fundos PPR? posso requisitar o pagamento da prestação da habitação, visto ter uma taxa de rentabilidade anual (-)4.82%, e estar a perder dinheiro, sem o poder resgatar. Agradecia os vossos inputs sobre o tema. Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Mas se está negativo é a pior altura para resgatar. É esperar que fique positivo… Se puder esperar, claro.

      Responder
  5. rafaela

    Boa tarde,
    Muito obrigada pela explicação! Fiquei com dúvida quanto aos fundos…. Se investir, por exemplo, 1000 euros anuais e se em Janeiro cair em vez de subir, significa que já não tenho os 1000euros e posso ter apenas 600euros? Sendo o PPR uma suposta “preparação” para a reforma, não será arriscado? Podemos chegar à reforma muito pouco dinheiro de parte..não?

    Rafaela

    Responder
    • João Soares

      Bom dia.
      Depende do PPR.
      Tenho dois. Um que fiz no BCP em 2009 a render 3% o qual não tem qualquer tipo de risco e agora em Janeiro último, subscrevi o Alves Ribeiro, com risco. Para ter um ideia, coloquei 5mil euros a “render” e neste momento tenho 4500€. Mas como estamos em tempos de “crise”, é natural esta situação.
      Melhores tempos virão.

      Responder
      • Rafaela Pereira

        Muito obrigada pela sua resposta! Tenho lido sobre o assunto e esse ppr tem sido o mais recomendado.
        Agora ‘tendo 4500’ significa que pode chegar aos 0€ e perder tudo? Não sei se está ou não numa idade próxima da reforma mas supondo que está, é muito chato perder dinheiro já sem ‘tempo’ para esperar pelo crescimento ds economia e conseguir recuperar.

        Por mim Pedro Andersen pode fazer mais vídeos e escrever mais sobre o assunto, continuam muitas dúvidas no ar

        Responder
        • João Soares

          Tenho 37 anos. Ainda tenho tempo, espero eu, de reaver o perdido e um bom retorno.
          Mas se lhe disser que noutro investimento, estive a perder cerca de 7mil euros… neste momento já estou com saldo positivo. Os mercados nesta altura estão bastante voláteis mas caminhão no sentido crescente.

          Responder
          • Pedro Andersson

            Certo. Uma senhora ligou-me a dizer que em pânico vendeu e perdeu 5 mil euros. Bastava esperar umas semanas…

      • Pedro Andersson

        Correto. Nunca resgate em perda. É perfeitamente normal. Estive a perder 40% em março nos fundos de investimento e estão já só a perder 10%. É continuar a aguardar. Os que subscrevi nessa altura estão com 16% positivos.

        Responder
        • Andreia C.

          Boa tarde! Estou a devorar os seus posts e o seu trabalho, roída por não o ter descoberto mais cedo.
          Uma dúvida concreta: o de pode seguir a evolução dos fundos ppr? Diz q sabe q agora só está a perder 10%. Onde encontra essa informação? Na página do a instituição?
          Tem/conhece algum artigo onde explica a forma de seguirmos a evolução?
          Agradeço toda a ajuda que já deu pelo que já escreveu, mesmo que a minha dúvida seja demasiado extensa para ser respondida aqui.

          Responder
  6. Manuel Valente

    Bom dia,

    Vi agora a reportagem sobre PPR e gostava de pedir a vossa opinião.

    Tenho um PPR, feito na compra de uma casa que entretanto já vendi. Depois da venda do imóvel nunca mais investi dinheiro no PPR por não ser obrigado, e entretanto emigrei para a Finlândia onde neste momento gostaria de comprar casa e o dinheiro do PPR daria uma grande ajuda, visto que aqui os bancos quem efectua um empréstimo tem de dar um valor de entrada de 5% do valor do imóvel.

    Visto já terem passados 5anos após a venda. Quais seriam as condições que poderiam dar liberdade para fazer o levantamento do PPR? Será que poderia pedir para levantar esse dinheiro para dar entrada para a compra da casa na Finlândia? Ou no caso de compra da casa o banco português poderia pagar as mensalidades até ao limite possível do PPR?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Manuel. Espero que esteja dar-se bem na terra do meu avô :). Na altura colocou esse valor no IRS para ter benefícios fiscais?

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.