A app eFatura já funciona outra vez (tem de reinstalar)





Nunca tenha faturas pendentes no e-fatura

Como já expliquei várias vezes, a app eFatura é uma das aplicações que mais uso no meu dia-a-dia. Uso-a há anos.

Podem ver AQUI EM VÍDEO a reportagem que fiz em Outubro de 2014 – foi há 5 anos – para o Contas-poupança quando a app apareceu e ainda não tinha muitas das funcionalidades que tem agora. Se ainda não usam, experimentem. Tem uma versão grátis e outra paga. Avaliem. Mas vamos ao problema.

O problema

Em Setembro do ano passado, o sistema informático do Google achou que o nome da app eFatura era parecido ou igual ao nome e-fatura do Estado e retirou-a a loja de aplicações. Isso afetou também quem já tinha a aplicação instalada no telemóvel e no tablet. Atenção que está escrito em todo o lado que esta app NÃO É OFICIAL. É feita por dois cidadãos que querem facilitar a nossa vida enquanto contribuintes. Entrevistei-os na reportagem com o link acima. Se acha que é um risco, não deve usar a app.

Por mim, uso-a sem problemas, porque me garantiram que não têm acesso a nenhum dos meus dados uma vez que é apenas uma forma de aceder ao e-fatura e não há dados descarregados para um servidor fora da AT – mas é obviamente uma decisão pessoal.

Muitas pessoas me têm contactado a perguntar o que se passa. A explicação é que o Google bloqueou a app e está a demorar a revalidá-la.

A alternativa

Caso tenha interesse em usar a app nesta altura antes do IRS deste ano (e que falta faz) tem neste link a explicação dos criadores da app e o ficheiro para a atualizar (caso já a tenha) ou para instalá-la (se quiser).

Têm AQUI o link para o artigo onde está a APP e as respectivas instruções para novos utilizadores e para os antigos que compraram a licença.

O futuro da app eFatura

A app eFatura

Uso esta aplicação desde o início, na altura em que só entravam as faturas de restaurantes, oficinas, hotéis e cabeleireiros. O Estado devolvia – e ainda devolve – 15% de todo o IVA que gastarmos nestes sectores. Para além dessa devolução, o Estado incluiu todos os outros sectores como Saúde, Educação, Lares de idosos, Imóveis e os restantes.

A app “eFatura” acompanhou a evolução do portal e é minha companheira semanal, para não dizer quase diária. Assim que uma fatura aparece como “pendente”, a app avisa-me. Basta-me abrir a aplicação no telemóvel, vejo qual é, valido-a, altero a categoria se estiver errada e tudo o que fizer na aplicação acontece no portal “oficial” da Autoridade Tributária. Às vezes estou na fila do café ou à espera de alguém e aproveito para ver se está tudo bem com as minhas deduções e as do meu agregado familiar.

Não tenho de esperar até chegar a casa, perder meia hora para abrir o computador, procurar a senha, entrar no portal, sair, entrar com outra senha, verificar, sair, entrar com outra senha (agora dos filhos) e assim sucessivamente. Com a app “eFatura”, pagando um pequeno valor (também tem uma versão gratuita, mas só dá para ver um contribuinte de cada vez), coloquei todos os NIF e passwords do agregado familiar e sempre que abro a aplicação tenho logo a visão do conjunto de todas as deduções ou se algum dos meus filhos tem alguma fatura pendente.

Não tenho nenhuma ligação à aplicação, OK? Não estou a tentar convencer ninguém. Só acho que é útil e por isso partilho.

Para além disso, como peço faturas sempre com NIF, a aplicação analisa os meus dados e diz-me quanto já gastei em restaurantes por mês e ao ano e compara os gastos com o ano anterior. Sei ao cêntimo quanto gastei este ano ou este mês no restaurante X ou na loja Y. Faz os gráficos com os meus gastos de luz, água, gás e combustíveis e tudo o resto onde gastei dinheiro e pedi fatura. Tenho ali todo o meu retrato financeiro (com 1 mês de atraso, porque as faturas só entram no portal passado um mês de terem sido emitidas).

É seguro?

Perguntam-me muitas vezes se é segura, porque não é uma aplicação do Estado. Os programadores, que entrevistei, garantem-me que sim: a aplicação é como o browser da internet, é apenas um instrumento para visualizar os dados que a aplicação importa do portal e-fatura para o seu telemóvel. Não têm acesso em nenhum momento aos dados privados do utilizador. Também não estou a vê-los a tentar pagar os meus impostos, nem podem colocar faturas no nome de outro contribuinte. Como disse, eu confio que será segura, mas isso cada um terá de avaliar por si. A mim, facilitou-me enormemente a gestão familiar das faturas com NIF com direito a deduções. Por me ter sido tão útil, partilho-a aqui para quem ainda não a usa. Se não confiar na aplicação, pode sempre continuar a ir ao portal da Autoridade Tributária na internet ou mesmo no seu telemóvel. O que é preciso é que vá… pelos seus dedos, porque ninguém vai verificar as suas faturas por si.

A app para iPhone continua a funcionar bem, sem problemas.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019.

É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”.

É só clicar AQUI abaixo.

 


6 comentários em “A app eFatura já funciona outra vez (tem de reinstalar)

  1. Alex Reply

    Obrigado pelo artigo esclarecedor.

    Fui à página que referiu (do programador), descarreguei e instalei o APK, e nem precisei de voltar a activar a versão paga visto que, como foi um “update”, a app iniciou já com a versão paga a funcionar.

  2. Alberto Sobral Reply

    O que devo fazer, tinha comprado a App do E-Fatura mas não tenho o referido código não será possível resolver isso com o email(na qual me foi fatura do 2 vezes)

  3. José Carlos Bastos Reply

    Obrigadao meu problema do efatura pro resolvido, ja posso exportar as faturas para o meu email e na mesma app validar as fatura do meu agregado familiar.
    Parabens ao contas poupança sempre disponíveis e útil.
    Os melhores
    E ja agora com a vossa reportagem do imi conseguir reduzir em +/-70 euros o meu. Parabens continuem assim

  4. José Carlos Reply

    Excelente noticia, ja voltei a instalar.
    Concordo com o pedro, aplicação muito útil, mas tem um problema, fiz a upgrade para pro a uns tempos atras e agora não tenho a chave de ativação, ja revi todos os email e nada. O que poderei fazer para ter novamente a chave, visto que neste momento nao há opçao para comprar novamente?
    Obrigado a quem me poder ajudar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *