Afinal quanto vão baixar a eletricidade e o gás? (As minhas contas)

Escrito por Pedro Andersson

24.10.18

}
3 min de leitura

Publicidade

Afinal quanto vão baixar a eletricidade e o gás?

O ministro Mário Centeno tem vindo a anunciar que a redução do IVA na eletricidade vai chegar a mais de 3 milhões de famílias no próximo ano. Muito bem. Fui fazer contas.

Baixar não é mau, mas quanto?

De acordo com a proposta do Orçamento do Estado, o IVA da componente fixa para os consumidores com potência contratada mais baixa (só quem tem até 3,45 kVa) deverá baixar de 23% para 6%. Esta descida vai abranger mais de três milhões de famílias no fornecimento de eletricidade e 1,4 milhões no gás.

Mário Centeno disse ontem (citado na LUSA) na comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, que nas suas estimativas – dependendo dos consumos – “as reduções podem ir entre 10 a 20% naquilo que é o imposto total pago pelas famílias na sua fatura”. O “segredo” da correção desta frase é “dependendo dos consumos”. Se o consumo for ridiculamente baixo, o ministro terá razão. Numa família normal não será assim tão “maravilhoso”.

Quanto vou poupar com a descida do IVA na luz

A medida de baixar o IVA de 23% para 6% na potência contratada da eletricidade e no termo fixo do gás será aplicada a quem tem potências contratadas de eletricidade até 3,45 Kva e consumos em baixa pressão de gás natural que não ultrapassem os 10.000m3 anuais.

O consumo de eletricidade e gás continua a ter IVA de 23%.

As contas na Eletricidade

Como habitualmente, as minha contas a seguir não têm nada de político, de crítica ou de elogio. São pura matemática. Só para sabermos o que de facto está em causa.

Quem tem 3.45 kVa de potência contratada paga 4,86 € por mês sem IVA.
Com 23% de IVA, tem pago todos os meses nesta parcela da fatura 5,97 €.
Ao baixar o IVA desta “linha” para 6% vai pagar apenas 5,15€.
Ou seja, menos 0,82 € por mês. Dá 3 cêntimos por dia.
Pode parecer pouco ou ridículo, mas multiplicado por todos os que têm esta tarifa representa menos 86,4 milhões de euros nos cofres do Estado. Se é muito ou pouco depende da opinião de cada um.

As contas no Gás

Provavelmente paga 4,41€ por mês só para ter gás (sem IVA).
Com IVA a 23%, tem pago todos os meses 5,42€.
Com as descida do IVA para 6% nesta parcela vai pagar apenas 4,67€. Ou seja
menos 0,75 € por mês. Dá menos 2,5 cêntimos por dia.
Esta medida representa 36,3 milhões de euros a menos nos cofres das Finanças.

Neste último caso do gás, há empresas que “oferecem” o termo fixo. Portanto, nestes casos específicos a descida do IVA é completamente irrelevante.

É bom ou mau?

São as contas que fiz, apenas para terem ideia do que estamos a falar nas vossas faturas quando os políticos se referem à descida do IVA na eletricidade e no gás.
A avaliação se é bom ou mau, terá de ser cada um a fazer.

Eu, por princípio, acho que qualquer descida por pequena que seja não pode ser má. Mas gosto sempre de deixar claro às empresas e ao Estado que sei fazer contas e que não é por me dizerem que baixou que eu acredito que fico a ganhar imensamente com isso.

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA”

34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018.

É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Se quiser um resumo claro e prático das dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”.

É só clicar AQUI abaixo.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (22 a 28 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Quais as regiões mais caras e mais baratas para comprar casa?

Grande Lisboa e Algarve dominam entre regiões mais caras Esta semana, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou dados relativos ao primeiro trimestre de 2024 que revelam que o preço mediano de habitação em Portugal subiu 5%, colocando o valor mediano por...

Já pode subscrever CERTIFICADOS DE AFORRO na app dos CTT

CTT já permitem a subscrição de Certificados de Aforro através da app A partir de hoje já pode subscrever online Certificados de Aforro (CA) usando a app CTT (atenção que não é o banco CTT): é mesmo a aplicação dos Correios. Subscrever os CA online já não é novidade,...

BCE mantém taxas de juro inalteradas

Depois da descida em junho BCE decide manter valores O Banco Central Europeu (BCE) anunciou esta quinta-feira que as taxas de juro não vão sofrer nenhuma alteração, isto é, não há subida, mas também não há descida. No passado mês de junho, o BCE anunciou a descida em...

Combustíveis | Os 5 postos mais baratos e mais caros para abastecer

Saiba quais são os cinco postos mais baratos e os cinco mais caros para abastecer em Portugal Todas as semanas, o Contas-poupança publica os preços dos combustíveis para a semana seguinte, além de partilhar também o preço eficiente estabelecido pela ERSE. A intenção é...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e mantêm-se a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PodTEXT | Você tem medo de ganhar dinheiro?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

TOP 10 | Qual a marca de COMBUSTÍVEIS mais barata esta semana? (15 a 21 de julho)

Quem subiu e quem desceu os preços esta semana A ERSE definiu para esta semana como preço eficiente (que traduzo livremente por preço "justo") uma descida de 2,5 cêntimos/l no gasóleo simples e de 1,1 cêntimos na gasolina simples. Abaixo tem os preços que as várias...

PODCAST | #258 – Quantas vezes posso trocar de Crédito à habitação e de seguro de vida?

A Daniela pergunta se pode trocar todos os anos de banco de crédito à habitação e o respetivo seguro de vida. Com a crise, os portugueses perceberam que afinal é possível transferir o crédito à habitação, desde que encontre melhores condições e eles suportem todas as...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 6 e 12 meses e sobem a 3

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

8 Comentários

  1. Isaura

    O artigo é muito esclarecedor, porque quando ouvi nas notícias que a taxa de IVA na eletricidade vai baixar tinha ficado com a ideia que era no total da despesa mas afinal é só na potência contratada. Nada de admirar pois é só mais um ”tapar o sol com a peneira” ao zé povinho

    Responder
  2. Luís Reis

    Pensamento positivo:

    0,82€ + 0,75€ = 1,57€ mensais

    O melhor depósito a prazo da CGD rende agora 0,10% ao ano, portanto:

    26.167,00€ (aplicados) x 0,001 (taxa de juro de 0,10%) x 0,72 (Retirando os 28% de retenção na fonte) / 12 meses = 1,57€ mensais

    Não estou a dizer que vamos poupar uma fortuna, mas estou a dizer que teríamos de ter 26.167,00€ do nosso dinheiro numa conta a prazo da CGD para ter esse “rendimento”.

    Como você mesmo disse, é só matemática.

    Responder
    • Victor ARAÚJO

      Bem visto, pois migalhas são pão! E não há como pôr na perspetiva certa para se ter a noção exata do que está em causa. Olhão, bem haja!

      Responder
  3. Júlio

    Grande mentira deste governo. É só eleitoralismo.

    Responder
  4. Armindo Duarte

    Fiquei esclarecido. Obrigado

    Responder
  5. João Rio

    Não percebo porque é que dizem na potência contratada ATÉ 3,45 kVa, quando não há potencias contratadas abaixo dessa, só acima. Seria mais correcto dizer SÓ na potência contratada 3,45 kVa.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.