ERSE – A Endesa tem a eletricidade mais barata

A ERSE fez as contas e deu o 1º lugar à Endesa

A ERSE fez as contas. A fatura de luz para um casal com filhos é mais barata na Endesa, com custo anual de 822 euros.

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) concluiu que, entre julho e setembro deste ano, a oferta comercial de eletricidade mais barata era da Endesa, com um custo anual de 822 euros para um casal com dois filhos, com um consumo anual de 5.000 kWh.

A ERSE vai começar a publicar esta análise trimestralmente para informar os consumidores. Parece-me uma boa iniciativa.

Pelas contas da ERSE, a oferta da Endesa em relação à oferta comercial mono eletricidade mais cara é de menos 174 euros/ano (-17%).

Em relação à tarifa simples do mercado regulado, a poupança na Endesa é de 116 euros por ano, enquanto na tarifa bi-horária a diferença é de 78 euros por ano, que paga a menos.

Na luz e gás também ganha a Endesa

Conjugando a luz com o gás natural, a ERSE aponta que, mais uma vez, a Endesa é a empresa comercializadora mais barata, com valores que rondam também os 822 euros por ano, e que, face à opção mais cara, representam uma poupança anual de 116 euros (menos 12%).

Juntado luz e gás, a Endesa também é mais barata do que no mercado regulado: menos 116 euros por anos na tarifa simples e 76 euros na tarifa bi-horária.

Quanto a outros tipos de consumidores, a ERSE refere que, tanto no caso de um casal sem filhos com um consumo anual de 1.900 kWh como de um casal com dois filhos que gasta 10.900 kWh por ano, a Endesa continua a apresentar os preços mais baratos.

Há números e mais números no relatório da ERSE, e para todos os casos que são enumerados, a Endesa ganha.

O “problema”, digo eu, é que existem quase 130 ofertas diferentes no mercado, tendo em conta o perfil de consumidor. Existem 17 empresas que comercializam eletricidade e sete que disponibilizam luz e gás natural.

Ou seja, é preciso muita paciência e perceber muito bem o que se quer e o que se gasta para fazer uma “boa” escolha.

Cada caso é um caso

No meu caso pessoal, fiz as contas aos meus consumos e cheguei à mesma conclusão da ERSE. Depois do Verão juntei a luz e gás na Endesa, depois de ter passado pela Galp on, Endesa, Edp Comercial, GoldEnergy e agora voltei à Endesa. E só estarei com a Endesa até que me ofereçam mais barato noutro lado. Já disse várias vezes que não tarda nada experimento um dos “pequeninos”. Atualmente estou a pagar na Endesa 0,1546 € o kWh e 0,2187 pela potência contratada de 4,6 kVa. Compare com o que está a pagar. Se for mais do que isso pondere mudar para a empresa que entender, desde que seja inferior ao que paga atualmente.

Cada um tem de fazer as suas contas. Há dezenas de opções diferentes. O que é bom para mim, pode não ser para si e vice-versa. Mas não estou a ver porquê tanto interesse em voltar para o mercado regulado. Na EDP Comercial vão aumentar 2,5%. Só lá fica quem quiser… Há tantos que fazem mais barato do que no regulado.Podem trocar as vezes que quiserem. Uma vez por mês se for preciso. Tratam de tudo pelo telefone. A sério que não percebo.



35 comentários em “ERSE – A Endesa tem a eletricidade mais barata

  1. Luis Reply

    Nota sobre o meu comentário anterior, os preços indicados pela Endesa têm desconto válido por um ano, pelo que é sempre preciso estar atento á data de fim dos descontos e fazer nova análise nesse momento.

  2. Luis Reply

    Sempre fui cliente EDP até hoje, tenho tarifa bi-horaria e conta certa há já alguns anos.
    Fui contatado pela Endesa hoje disseram que tinham a energia mais barata do mercado… peguei na última factura de acerto de contas da EDP que tem os preços KW fora de dentro vazio e taxa de potencia e comparei valores do ultimo ano, cheguei á conclusão de que na Endesa, apesar da taxa de potencia ser um pouco mais alta o preço por KW mais baixo na Endesa acaba por compensar no meu caso que tenho tudo elétrico, no último ano cerca de menos 186 euros que na EDP.
    Acabei de mudar para a Endesa e estou convencido de que vou poupar!
    As únicas reservas que coloco são:
    -sobre o horário do bi-horario, o ciclo semanal da EDP permite maior flexibilidade e fazer máquinas durante o dia no fim de semana e na Endesa só mesmo á noite.
    -se não haverão problemas de faturação e conta certa como já li em algumas queixas.
    Daqui a um ano já terei com certeza dados para alguma conclusão concreta.

  3. José Coelho Reply

    Boa noite.
    Fui contactado hoje pela Endesa por causa de um desconto de 12% permanentes em luz e gás + a taxa de ocupação de subsolo. Tenho contrato com a EDP Comercial (2%+5%). Pelos vistos tudo fica na mesma apenas deixo de pagar á EDP e passo a pagar à Endesa.
    Contas feitas e parece-me vantanjoso com uma poupnça na ordem dos 110-130€/ano. No entanto, não encontro nada no site deles sobre isto. Devo confiar?
    Grato pela ajuda.

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Ola José. Tem de comparar é o preço do kWh e da potência contratada e não o desconto em percentagem. Os valores base são diferentes.

  4. Helder Reply

    Ainda com dúvidas se adiro ou não á Endesa Aniversario. E hoje é dia 29. Fui sempre EDP Regulada e agora a Comercial. É o peso da antiguidade. Tenho medo da Endesa. Posso revelar que fui contatado há uns anos para mudar. Por telefone. Que sim senhor. Tratariam de tudo. Enviaram rapidamente um estafeta a minha casa para assinar os contratos. Prontinho, disse eu. Até hoje, passados cerca de 4 ou 5 anos.Nada. Pelo meio, outra experiência, com a Endesa ou as suas empresas contratadas para este tipo de serviço. Contato telefónico. Mais uma vez!!??? disse que sim. Que mudaria para a Endesa. Ficaram de enviar os contratos para casa para assinar. 🙂 🙂 . Estou a sorrir mas na altura não me apeteceu. Continuo ainda na EDP. Mas porque será que ainda tenho dúvidas se mudo para a Endesa Aniversário ? 🙂

  5. Nuno Fernandes Reply

    Estou na YLCE também é para já satisfeito! O apoio a clientes e que deixa algo a desejar mas pronto.

  6. Carlos Franco Reply

    Olá todos(as)
    Pois eu a muito que estou com a Ylce
    E vou me manter porque eu estou com uns excelentes preços.
    Potência simples: 4.6
    Preço 0,2085.
    Energia Simples
    Preço 0,1574.
    Por agora vou me mantendo na YLCE

    Cfranco

  7. Nuno Proença Reply

    Olá a todos. Mudei de fornecedor de eletricidade no final do ano. Sempre em busca do melhor preço, usando os critérios que considero do meu interesse.
    Mas não considerei a Endesa. Enquanto for proprietária da Central Nuclear de Almaraz, não contem comigo.

  8. Vitor Arieiro Reply

    Hoje aconteceu um fato curioso de hoje. Recebi a factura da Luz (EPP Comercial)
    No ano 2017 pagava:
    Potência simples: 6.9 Kva: 0.3063€ – 2% (desconto comercial)
    Energia Simples: 0.1622€ – 2% (desconto comercial)

    Em 27/12/2017, a EDP enviou uma carta a informar dos aumentos de tarifas a partir do dia 18.01.2018
    Energia Simples 0.16190000 € /kWh
    Potência simples 0.37940000 € /dia

    Na fatura de hoje:
    Dezembro 2017
    Potência simples: 6.9 Kva: 0.3063€ – 2% (desconto comercial)
    Energia Simples: 0.1622€ – 2% (desconto comercial)

    Janeiro 2018
    Potência simples: 6.9 Kva: 0.3063€ – 2% (desconto comercial)
    Energia Simples: 0.1588€ – 2% (desconto comercial) —————— Valor menor que 2017 e menor que o valor anunciado na carta?!?!

    Aguém pode informar do porquê da diferença de preços?

    • Daniel Reply

      Simples, isso ainda é relativo a consumos de 2017 (ou então, copiou mal o termo de potência no último parágrafo). E o preço em 2018 essencialmente via termo da potência – se consumir muita energia até vai pagar menos do que em 2017.

      • Vitor Arieiro Reply

        Obrigado Daniel.
        Mas fui verificar se copiei mal, e não. São esses os valores.

        Depois encontrei a seguinte informação que cito: “Isso acontece porque até dia 17 de Janeiro, devido à ERSE ter baixado o preço do acesso à rede, a EDP Comercial teve de baixar os preços.
        No entanto, a EDP Comercial decidiu aumentar os preços a partir de 18 de Janeiro, em vez de manter a baixa no preço”

        Está explicado!

  9. Vitor Daniel Reply

    Venho apenas partilhar o meu caso pois ninguém me paga para mais…
    Feitas as minhas contas, considerando a média de consumos dos últimos anos e que pelo menos 50% dessa média diz respeito a horas econômicas (cada um sabe dos seus hábitos), passei da EDP Comercial para a ENDESA (e-luz Bi-horária 2017), único comercializador que me permitiu uma poupança de +/- 50Eur/ano (desconto de 12% incluido) sem a obrigação de subscrever serviços de que não tenho necessidade.
    Tendo conhecimento pelas redes sociais das más práticas da ENDESA (longos períodos sem facturação, facturação por estimativa não condizente com as médias reais de consumo, etc), tomei a iniciativa de os informar logo após a efetivação do contrato de que não toleraria de forma alguma o não cumprimento do período de faturação acordado e que qualquer tentativa de liquidação por Débito Direto de valores não previamente comunicados ou resultantes de estimativas desconformes com a legislação aplicável, resultariam no imediato pedido, junto do prestador de serviços de pagamento, da devolução do débito efetuado bem como a inclusão da ENDESA em lista negativa de credores.
    A contagem sempre foi fornecida por mim, no período recomendado, quer à ENDESA como à EDP Distribuição, para que não se escudem nos erros uma da outra.
    Até a data e já lá vai quase um ano, tudo certinho!
    Até me ligaram de um call center ao serviço deles, oferecendo-me um desconto de 10% que obviamente recusei por não ser acumulável com os 12% entretanto já em vigor… 😉

  10. Daniel Reply

    Olá Pedro,

    Há um detalhe importante que creio que deve ser mencionado no artigo. Daquilo que conheço (não sei se depende da tarifa escolhida, mas também deve ser relevante), a Endesa vende energia que, tipicamente, é gerada em 40% por centrais a carvão. Por outro lado, para a EDP este valor deve rondar, em média, os 5%. – mas, atenção, não conheço os números com rigor absoluto. Pode não parecer importante agora, mas será cada vez mais no futuro e por isso também este tipo de informação devia ser publicitada quando se pretende contratar um novo operador – não sei se há algum que o faça. São os consumidores que têm o poder de mudar o estado das coisas, parece-me que ter acesso a energia mais limpa é algo a que devemos aspirar.

  11. Lígia Almeida Reply

    Boa tarde Pedro, e muito obrigada pelo excelente artigo que nos proporcionou.
    A Endesa contactou-me hoje e ouvi a proposta deles.
    Sou actualmente cliente da EDP Comercial enegia e gás.
    Proposeram-me:
    Na electricidade, 0,1564€ de consumos (na EDP passaria este mês para 0,1538€) e 0,1683€ de potência (na EDP passaria este mês para 0,2138€).
    No gás, 0,05377€ de consumos (na EDP 0,0601€) e 0,055€ de termo fixo (na EDP 0,0646€).
    Simulei com os meu consumos as 2 situações e verifiquei que na ENDESA terei uma pupança mensal de quase 1,50€. E se os meus consumos aumentarem a poupança não aumenta.
    As minhas dúvidas são:
    – vale a pena mudar por estes consumos?
    – é seguro fazer a mudança pelo telefone? eles vão-me ligar amanhã para foramlizar o contrato.
    Pelo feed back que tem tido, acha seguro avançar? É que alguns comentários são tão negativos…
    Obrigada desde já.
    Cumprimentos

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      A Lígia é que tem de decidir. No meu caso, como já disse em alguns artigos, compensa a endesa neste momento. Se amanhã de manhã me dizerem mais barato noutro lado e me convencerem que são “bons” mudo sem pestanejar. Já vou prai na 5 empresa. Estou sempre a mudar.

  12. Joao Soares Reply

    A Galp On agora dá alem dos 40% nos termos fixos 5% nos termos variaveis. Pelo que estive a analisar fica mais barato que a Endesa Aniversario

  13. João Fernandes Reply

    Cada caso é um caso. E no meu caso, compensa mais a tarifa E-Luz bi-horário.
    Agarrando nas faturas de janeiro a dezembro de 2017 e utilizando apenas os valores da potência contratada e do kWh obtenho os seguintes custos anuais (fora impostos e taxinhas):
    EDP simples-988,76€ / EDP Bi-horário-940,05€ / Endesa Bi-horário (12% incluído)-854,56€ /
    Endesa Aniversário- 1000,20€ (sem a oferta da anuidade e já explico porquê) / Endesa simples-958,22€
    No caso da tarifa Endesa Aniversário só compensaria, no meu caso, se a oferta incidisse sobre as facturas de janeiro ou fevereiro, que foi o período homólogo onde tive o maior consumo de energia. E mesmo assim representaria uma poupança anual (fora impostos e taxinhas) de 5,46€. Caso a oferta incidisse sobre a factura de março estaria a perder 57,48€ face à tarifa E-Luz.
    Teria que andar a contar os dias no calendário para calcular ao milímetro a data da mudança de comercializador. E não me parece que a Endesa também não faça essas contas.
    O que resulta claro deste exercício é que a EDP é a mais cara em qualquer cenário…(utilizei valores de 2017 para a EDP que não contemplam os aumentos que aí vêm). Com os de 2018 seria claramente a Rainha!

  14. António Santos Reply

    Em 06/11/17 contratei os serviços da ENDESA. Até hoje nada me disseram, só ao fim de uns quantos telefonemas lá consegui descobrir que sou seu cliente desde 26/11/17,aguardo agora a 1ª factura.

    Deveria estar regulado por lei o modo da 1ª factura,ou seja, que quando se muda de prestador, este e após a assinatura do contrato, deveria contactar o cliente para este lhes fornecer a real contagem dos contadores, com isto evitar somas colossais no primeiro facturamento.

    De certeza que é o que me vai acontecer para além de não receber o contrato e o SEPA para assinar, ainda vou ter de pagar o que eles entenderem, já que desde novembro/17 não recebi factura alguma.

    Como a esperança é a última a morrer, ainda a mantenho em ver a obrigatoriedade da 1ª factura cliente/prestadores energéticos.

  15. Herberto Esteves Reply

    É bestial, não é? Gastar tempo a comparar ofertas do “mercado”? Não têm nada de mais útil para fazer? Ler um livro? Ouvir música? Passear? Comparar ofertas do “mercado”? É ótimo andar embalado na cantilena da liberdade de escolha, não é? E que tal uma tarifa regulada, sem o santo “mercado”, que vos canonizaram para vos embalarem, baseada nos custos reais, sem alimentar os lucros dos pançudos que vos esmifram e que vocês adoram?

    • Celso Reply

      Cada um é livre de aderir ao que quiser. Acho bem que se compare preços e não andar à sombra da bananeira das entidades reguladoras que, por vezes também falham. Se a entidade reguladora trabalhasse bem, não existia défice tarifário!

  16. luis Reply

    Pedi uma simulação à Endesa baseada nos meus consumos dos últimos 12 meses e ainda não obtive qualquer resposta passados meses.
    Será expectável esta demora ?

  17. Luizi Reply

    Interessante que no meu caso a Energia Simples continua a ser o mais barato e nunca vejo ninguém a falar sobre ela.
    Essas recomendações da ERSE e este artigo parecem Publicidade…

    • Júlio Reply

      Qual é o consumo mensal médio?

      Já fiz a comparação com a Energia Simples e YLCE mas, com a factura gratís, a Endesa ficava mais barato.

      A ERSE ou o Contas Poupança iam lá fazer publicidade à Endesa…

      • Pedro Andersson
        Pedro Andersson Post authorReply

        Algumas pessoas acham que fazer contas, chegar a conclusões é divulga-las é fazer publicidade. Estou a tentar mudar esse paradigma. Mas reconheço que é polémico. Aceito opiniões diferentes e críticas.

  18. Horácio Jesus Reply

    Muito obrigado pelo seu comentário, Marco Lopes.
    Estou na EDP Comercial com conta certa (50 euros/ mês e acerto de contas anual mais cerca de 30).
    Ia mudar porque a Endesa me oferece 50 × 11. Já não mudo.

    • Marco Lopes Reply

      ATENÇÃO!! Não vão na cantiga da tarifa de aniversário!!! 1 factura é grátis em 12?
      100 / 12 = 8,3 %!!! O contrato E-LUZ e E-GAS dá 10% para sempre!!!

      • Júlio Reply

        A tarifa de aniversário não é cantiga nenhuma. O contrato E-Luz até dá 12% (e não 10%) mas tem que ter em atenção o preço da energia bem como o preço do Termo Potência.

        Compensa largamente a tarifa Aniversário!

        • Júlio Reply

          Estive agora a fazer umas contas:

          No meu caso (potencia contratada de 6,90 kVA, média de consumo de 280 kWh por mês), a tarifa aniversário sai mais barata cerca de 30 € por ano comparando com a tarifa E-Luz, antes de impostos… com impostos a diferença será maior.

          Convem considerar o seguinte:
          – o preço da energia e do termo fixo é mais barato na tarifa Aniversário,
          – aderindo nestes meses de inverno, o desconto acabará por ser superior a esse 8,3%
          – pelo que percebo, na tarifa e-luz o deconto é antes de impostos enquanto que na tarifa aniversário temos a factura completamente grátis (inclui impostos)

          Ou seja a tarifa Aniversário é CLARAMENTE melhor!

          • Daniel

            Júlio,

            Antes ou depois de impostos é igual – faça as contas e verifique que assim é.

  19. Nuno Ferreira Reply

    Antes de mudar da edp comercial para a Endesa, comparei as últimas 6 facturas e fiz os cálculos ao que poupava se estivesse com os preços da Endesa. A média desses 6 meses dava uma poupança de cerca de €12/mês. Peguei no telefone e disse: quero mudar para vcs. E eles disseram: ok. Dia 1 já é nosso clt. Fácil 🙂

  20. Marco Lopes Reply

    Tem sim senhor! os contratos E-LUZ e E-GAS são bem vantajosos… (FEITOS POR INICIATIVA DO COMSUMIDOR!!! MUITO IMPORTANTE!!!! NÃO FAÇAM CONTRATOS quando forem contactados pela ENDESA!!! NÃO é o MESMO contrato! NÃO é o E-LUZ / GAS com 10% desconto PARA SEMPRE!!!).

    No entanto… ao fim de DOIS MESES de um processo burocrático indescritível (fiz um LOG das chamadas efectuadas para o centro de apoio, onde chegaram a descartar responsabilidades no intermediário EDP Distribuição – com quem falei para esclarecer que nada tinham a ver com os erros da endesa!) acabei por desistir… perdi DIAS (somando todas as horas de contactos) para migrar 3 contratos da EDP… Depois, em poucos dias estava de volta à EDP (incluindo conta certa, que a Endesa diz ter no momento da adesão, e depois vai dizendo que AFINAL afinal, não funciona!!)

    MUITO MUITO Burocrático! Muito problematico! Pode correr bem, pode correr muito mal! A mim correu muito mal e eu tão cedo não volto. Não por 10% de poupança… não… Desesperante!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *