Comércio tradicional ou hipermercados – Onde é mais barato

Escrito por Pedro Andersson

25.09.17

}
3 min de leitura

Publicidade

No bairro ou no Hiper – Onde é mais barato?

Esta pergunta é um clássico. E, como deve imaginar a resposta é: Depende! Mas eu tenho um truque que vai resolver a sua dúvida.

Vantagens e desvantagens

Em primeiro lugar, é preciso dizer que falar de comércio tradicional é uma generalização que na prática não diz nada, tal como falar em hipers também o é.

Basta que um hiper faça uma promoção de 50 ou 60% de um produto que nos interessa para mudar toda uma teoria sobre onde é mais barato. O mesmo se aplica a um talho, peixaria ou mercearia de bairro. Se naquela semana estiverem a fazer uma promoção específica para um determinado produto pode valer a pena alterar os nossos hábitos por mais arraigados que estejam.

Talho tradicional

Mas vamos a algumas “teorias” que o devem fazer pensar. A ideia geral é de que os preços do comércio tradicional são mais caros do que nos hipermercados. Vamos até admitir que sim (não é verdade em muitas situações). Quantas vezes não acontece irmos ao hiper para comprar um saco de batatas ou carne/peixe para o jantar e saímos de lá com um carro cheio de coisas que não pensávamos comprar?

Imagine que preciso de comprar 4 pêras. Na frutaria da rua estão a 1,75 € (inventado). Achei caro. No hiper deve ser mais barato e passo por lá porque calha em caminho. E são de facto mais baratas. Compro um saco com 1,5 kg, a 0,89 € (inventado). Mas paguei 1,35 € pelo saco.

E saio de lá satisfeito porque fiz uma boa compra. Mas como passei pelo corredor dos chocolates e me apetecia um, comprei uma tablete que custava “apenas” 1 €. A compra total ficou em 2,35 €. Mas eu não precisava só de 4 pêras?!

Estão a ver? E chegando a casa, tenho outro problema: É que eu não como 1,5 kg de pêras. Ao fim de 4 dias metade já não está comestível e vão para o lixo.

A qualidade

Depois há a qualidade do produto. Nem todos os talhos de rua são bons e nem todos os talhos de hipermercado são maus. Tem de experimentar para saber. Comprar uns bifes de vaca baratos num hiper ou num talho e chegar a casa e ninguém os conseguir comer será uma boa compra?

Por vezes vale a pena comprar um pouco mais caro mas ser bem servido.

Mas e o truque?

Como cada caso é um caso, só deve comparar entre o que conhece e confia. Durante um mês ou dois vá ao seu talho/peixaria/frutaria/supermercado de rua e guarde todas as faturas. Vai ficar com uma espécie de “Folheto de compras” do seu bairro. Mesmo que “perca” algum dinheiro fica com uma ideia clara dos preços REAIS que vai pagar ao longo do ano com algumas oscilações.

Quando voltar ao hipermercado leve essas faturas consigo e escreva à frente os preços do hiper e compare quando chegar a casa. Pode ter algumas surpresas.

Por exemplo, esta é a minha fatura do talho onde costumo ir.

Verifico que há vários itens que são bastante mais baratos do que no hipermercado. E há outros que são mais caros mas prefiro pela qualidade. E há outros que compro no hipermercado.

E quando encontrar excelentes preços quer num lado quer no outro não tenha medo de comprar em quantidade (sem exagerar) para congelar. Vai saber bem nas semanas seguintes não ter de comprar e saber que poupou dinheiro nessas compras. Vai saber-lhe bem a dobrar.

Portanto, já sabe, quando for às compras no comércio tradicional peça e guarde as faturas na carteira para comparar quando for ao hiper.

Assim deixa de ter uma ideia genérica, para passar a ter CERTEZAS. É assim que se poupa com qualidade.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

1 Comentário

  1. JFM

    Gostei do artigo principalmente porque nos chama a atencao de no hipermercado comprar, por ex fruta, mais barata mas a quantidade e tal que “metade” vai para o lixo porque nao se consegue consumir em tempo util….ou seja, sai-nos ao dobro do preco!!!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.