Finanças lançam app IRS 2016 para entregar e ver estado

Escrito por Pedro Andersson

09.05.17

}
2 min de leitura

Publicidade

Nova app IRS 2016

O anúncio foi feito em comunicado há minutos. A Autoridade Tributária (AT) acaba de lançar a app IRS 2016 para entregar o IRS automático e ver o estado em que está a sua liquidação e reembolso do seu IRS, mesmo que não seja IRS automático. Tudo ao alcance dos seus dedos no seu smartphone.

Se a app funcionar (eu ainda não entreguei o IRS, por isso não me deixa ver) deixa de ser preciso abrir o computador, abrir o portal das Finanças e andar à procura da informação. É só abrir a app enquanto bebe um café e fica logo a saber se o seu IRS “andou” ou não. Parece-me bem!

Partilho convosco o comunicado do Ministério das Finanças com as funcionalidades que a app tem. Já a instalei e funciona: diz-me que como ainda não entreguei tenho ainda até ao fim do mês para o fazer.

A Autoridade Tributária (AT) acaba de lançar uma nova App do IRS que permite a entrega da declaração automática de rendimentos (IRS automático). Além dos contribuintes que estejam abrangidos pelo regime do IRS Automático, a nova App pode também ser utilizada por todos os que queiram consultar o estado da sua declaração de IRS de 2016. A disponibilização desta nova App é mais um passo no sentido da modernização das formas de interação com os contribuintes, através do desenvolvimento de aplicações móveis que tornem mais fácil, cómodo e intuitivo o cumprimento das obrigações fiscais.

A App, gratuita, é compatível com os sistemas operativos Android e IOS e está disponível em:

App IRS 2016 para IOs

https://itunes.apple.com/pt/app/irs-2016/id1229082064?mt=8

App IRS 2016 para Android

https://play.google.com/store/apps/details?id=pt.gov.portaldasfinancas.irs

Qualquer dia entregamos o IRS por SMS :).

Mas já alertei que o facto das coisas serem cada vez mais automáticas torna também cada vez mais necessário que saibam como confirmar se as contas e as deduções estão bem feitas. Como são máquinas a fazer isto é muito fácil perderem-se deduções por causa de uma cruzinha ou de um anexo que devia estar lá mas que o computador da AT não foi buscar ou não sabe que existe. Muito cuidado.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. NICOLE RIBEIRO

    Boa tarde Pedro,
    O meu IRS 2017 já será entregue como divorciada com 4 filhos dependentes ( não há guarda partilha). A duvida que tenho é em relação a item ” despesas gerais familiares”: basta 2/3 meses de compras de supermercado chegar ao valor máximo ( 250.00 de 715.00) no meu contribuinte, pelo que vale a pena passar a pedir facturas com o nr. de contribuinte de cada um dos dependentes para atingir o valor máximo em cada um, ou sendo dependentes é completamente irrelevante pois terá outro método de calculo?
    obg

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Se já atingiu o máximo é irrelevante.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.