DEPÓSITOS A PRAZO | Taxa de juro dos bancos com a maior subida mensal em 11 anos, mas… 

Escrito por Pedro Andersson

03.03.23

}
2 min de leitura

Publicidade

… mas ainda a larga distância dos Certificados de Aforro

Apesar deste aumento das taxas de juro, mesmo assim não chega nem aos calcanhares dos Certificados de Aforro. Em todo o caso, o Banco de Portugal acaba de informar que finalmente – em Janeiro – os bancos “acordaram” para a enorme fuga de depósitos à ordem e a prazo e estão a começar a mexer-se.

Em Janeiro, a taxa de juro média dos novos depósitos a prazo de particulares aumentou para 0,56% (era de 0,35% em Dezembro), a maior subida em 11 anos, diz o Banco de Portugal. 

Como podem ver no gráfico abaixo (do Banco de Portugal), durante anos os bancos oferceceram zero ou perto de zero pelos depósitos a parzo. E muitos portugueses aceitaram isso (não compreendo) em vez de procurarem alternativas como os Certificados do Tesouro (na altura) e agora os Certificados de Aforro.

O montante de novos depósitos a prazo de particulares foi de 5727 milhões de euros (5156 milhões em dezembro). Os novos depósitos com prazo de 1 a 2 anos, remunerados a uma taxa de juro média de 1,13% (1,00% em Dezembro), corresponderam a 19% do montante de novos depósitos em Janeiro.

Fiz uma adaptação ao gráfico do Banco de Portugal, para perceberem a diferença abismal entre os juros dos bancos e os Certificados de Aforro. A diferença é o que não estão a ganhar por continuarem agarrados aos bancos.

O que vos quero dizer é que não tenho nada contra os bancos (até gosto deles), mas se tenho melhor fora porque ficaria lá o meu dinheiro? Quando a proposta deles for a melhor para mim, volto para eles. É simples. Pare com a preguiça de não fazer nada!

Com este aumento das taxas de juro, Portugal deixou de ser o país da área do euro com a taxa de juro de novos depósitos mais baixa, mas permanece abaixo da média (na zona euro é de 1,64% em janeiro).


Este gráfico ajuda a entender o que se passa lá fora. Cá em Portugal, os bancos aceitam alegremente o aumento dos juros do crédito à habitação, mas estão a atrasar compensar os clientes com uma remuneração maior os depósitos a prazo. Não se esqueça de que você é que é o dono do seu dinheiro e não o banco, OK?

PODCAST | #150 – Devo subscrever Certificados de Aforro agora?

 


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 a 9 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PODCAST | #244 -Vale a pena investir em ouro? (A pergunta do Pedro)

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Jovens vão poder decidir a cada ano que regime de IRS preferem

Opção pelo IRS jovem é anual e poderá ser alterada ou renovada O novo modelo de IRS Jovem aprovado recentemente pelo governo é diferente daquele que ainda vigora atualmente, na medida em que prevê uma redução das taxas do imposto que incidem sobre os escalões de...

Rendas de pessoas deslocadas em trabalho vão poder ser deduzidas

Medida aplica-se a deslocados a mais de 100 quilómetros de casa As pessoas que tenham de ir trabalhar para mais de 100 quilómetros de distância da sua residência habitual e pretendam rentabilizar a sua habitação enquanto estão fora vão poder deduzir a esse rendimento...

Garantia pública extingue-se quando jovens pagarem primeiros 15% do empréstimo

Garantia pública de até 15% aplica-se a casas até 450 mil euros O governo aprovou recentemente uma garantia pública de até 15% para ajudar os jovens até aos 35 anos a conseguir financiamento para comprar casa. Na segunda-feira, ao terminar o Conselho de Ministros...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (27 de maio a 2 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Medicamentos grátis a partir de 1 de junho para quem tem CSI

Publicada em Diário da República comparticipação a 100% em medicamentos para idosos com Complemento Solidário O diploma que estabelece que os idosos que recebem complemento solidário passam a partir de 1 de junho a ter direito a medicamentos comparticipados sujeitos a...

Prazo para pedir devolução de propinas termina esta sexta-feira

Mais de 158 mil pessoas já pediram o prémio salarial O prazo para pedir o Prémio Salarial, que prevê a devolução aos jovens do dinheiro que investiram na sua educação superior, termina esta sexta-feira, dia 31 de maio. Os licenciados e mestres que tenham concluído os...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.