APOIOS DO ESTADO | Prestação Social para a Inclusão aumenta para 298 € por mês

Escrito por Pedro Andersson

20.01.23

}
2 min de leitura

Publicidade

Prestação Social para a Inclusão aumentada para 298 €

A Prestação Social para a Inclusão, para pessoas com deficiência, tem, a partir de hoje, a componente base aumentada para 298 euros, enquanto o valor do complemento, para situações de pobreza, sobe 50 euros.

“Passamos a ter uma atualização de 8,4% na componente base, que vai passar dos 275 euros para 298 euros”, disse a secretária de Estado da Inclusão, em declarações à agência Lusa, ressalvando que a publicação da respetiva portaria era aguardada desde dezembro.

Ana Sofia Antunes acrescentou que serão feitas outras duas atualizações, desde logo em relação ao limiar de acumulação da componente base com rendimentos do trabalho.

VÍDEO | Pode pedir a Prestação Social para a Inclusão mesmo DEPOIS dos 55 anos (275 €/mês)

A governante explicou que esta componente base da PSI é paga a 100% a quem tem 80% ou mais de incapacidade, sendo que nos casos de incapacidades entre os 60% e os 79%, a componente base é paga em função dos rendimentos do trabalho que a pessoa possa ou não ter.

“O limiar de acumulação com rendimentos do trabalho passa agora dos anteriores 658 euros para o valor da remuneração mensal mínima garantida, que é de 760 euros, e, por isso, todos aqueles que auferiam um rendimento de trabalho inferior ao salário mínimo, por trabalho a tempo parcial ou outra razão, poderão sempre receber uma parcela da componente base”, apontou.

Por outro lado, revelou que o complemento, criado especificamente para combater a pobreza das pessoas com deficiência e que é calculado tendo por base os rendimentos do agregado familiar, será também atualizado de maneira a aproximar-se do “que se considera o mínimo de existência”.

“Ao longo dos próximos anos vamos fazer essa equiparação e em função disso o valor do complemento é atualizado este ano em 50 euros, o valor máximo, passando dos atuais 438 euros para os 488 euros”, adiantou.

Significa, por isso, que quem tenha direito ao pagamento da componente base e do complemento, poderá receber um valor máximo de 786 euros, mais 73 euros do que até agora.

De acordo com Ana Sofia Antunes, estas atualizações já não vão a tempo de serem processadas para os pagamentos no mês de janeiro, mas em fevereiro serão feitos os devidos acertos com retroativos a janeiro.

Disse ainda que há atualmente 130 mil beneficiários da PSI, dos quais 26.700 com direito ao pagamento do complemento, e 6.200 crianças e jovens com menos de 18 anos.


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (6 a 12 de fevereiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Qual é o valor do mecanismo MIBEL este mês? (Janeiro de 2023)

Valor do ajuste MIBEL em Janeiro de 2023 Quem quer poupar na eletricidade vai ter de se habituar a fazer as contas ao mecanismo de ajuste MIBEL (pelo menos até Maio). Isto não é para todos. Creio que a maior parte não está para se preocupar com isto e só quer é que...

PODCAST | #151 – Como posso poupar nas comissões bancárias?

Como posso poupar nas comissões bancárias? Se tem uma conta bancária (ou várias) quase de certeza que paga comissões bancárias. Em muitos casos, isso significa que está a pagar cerca de 100 euros por ano só para ter e movimentar a sua conta bancária. Se tem várias...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Novembro e Dezembro de 2022 (Mês #72 e #73)

Balanço de Novembro e Dezembro de 2022 Estes são os piores meses do ano, no que diz respeito à produção de eletricidade dos meus painéis solares. Para os que só chegarem agora a esta página quero recordar que instalei o meu primeiro painel solar em dezembro de 2016....

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (30 de janeiro a 5 de fevereiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

VÍDEO | COMO POUPAR DEZENAS DE EUROS NAS COMPRAS DE SUPERMERCADO

Uma app que o ajuda a poupar nas compras Com o aumento dos preços, é um desafio poupar nas compras em super e hipermercados.  Um grupo de portugueses juntou-se para criar uma aplicação que compara em tempo real o preço do mesmo produto nos vários hipermercados para...

VÍDEO | Como reduzir os gastos com alimentação (e comer melhor)?

Como reduzir os gastos com alimentação (e comer melhor)? Com a subida da inflação para os valores mais altos dos últimos 30 anos, as despesas com a alimentação passaram a ser uma preocupação para muitas famílias. Na reportagem do Contas-poupança, fomos saber como...

PODCAST | #150 – Devo subscrever Certificados de Aforro agora?

Devo colocar as minhas poupanças em Certificados de Aforro? Com a subida da Euribor, as prestações do crédito à habitação aumentaram mas, por outro lado, fez aumentar o rendimento dos Certificados de Aforro. Pode ganhar dinheiro com o seu dinheiro, aproveitando a...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (23 a 29 de janeiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

CRÉDITO À HABITAÇÃO | Renegociação de crédito por aumento dos juros não é incumprimento (Banco de Portugal)

Renegociação de crédito por aumento dos juros não é incumprimento, mas... Afinal vai parar ou não à "lista negra" do Banco de Portugal, se acionar o Decreto-lei 80-A/2022? Alguns bancos dizem que sim, mas agora o Banco de Portugal veio dizer que não. Mas atenção a um...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

8 Comentários

  1. Abel da Silva Gonçalves Gonçalves

    bom dia será que tembém tenho direito aos 50 € tenho 60 por cento de incapacidade e minha mulher, se tem direito aos 50€ não tem incapacidade reformada com 321€ –e eu reformado com 937€ agradeço a resposta obrigado.

    Responder
  2. Jorge B.

    Contas-poupança/Pedro Andersson

    Têm que corrigir a informação relativamente ao valor a receber caso um beneficiário receba a componente base mais o complemento da Prestação Social de inclusão.
    O valor máximo será os 488,22€ e não como indica 298,42€ ( base) + 488,22€ (complemento).

    Responder
    • Ana Ramalho

      Boa tarde
      Nunca percebi o seguinte;
      Uma
      Pessoa com 60% de incapacidade decorrente da lei “do cancro” (porque a juntaedoca para aumentar a incapacidade, dado a existência de cancro terminal há meses
      que se aguarda) e sem rendimentos nem patrimonio, nem agregado tem 50€ de componente base e 300 e tal de complemento
      Publidde enganos

      Responder
    • Ana Ramalho

      Ou seja:
      O valor máximo nunca é 700 e tal €, mesmo sem rendimentos, património ou agregado, mas sim 488€!
      Alguém averiguou isto ou ficamos nos pelo que diz a ministra e reproduzimos os 700€?

      Responder
      • maria manuela Gonçalves

        Concordo !
        Estou na mesma situação
        Na tenho nada de bens , casa carro nem a carta tenho , dinheiro no banco
        Tenho uma deficiência visual congenita
        Bao trabalho sou separada e vivo sozinha 😪

        Responder
  3. Almerindo Pereira

    Boa noite . em 2018 foi-me dada incapacidade de 70% , desloquei-me á segurança social a fim de requerer a prestação social para inclusão, sendo que não foi aceite, pois a informação foi que ganhava mais que ordenado mínimo sendo eu cabo da GNR, será que tinha direito? E agora passaram os cinco anos e vou de novo a revalidação da incapacidade, faço 55 anos em maio. Gostaria que me dessem resposta, obrigado.
    Com os melhores cumprimentos,

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ola Almerindo. Teve direito à PSI, mas com o valor zero, certo?

      Responder
      • Almerindo Pereira

        Boa tarde Sr: Pedro obrigado por ter recebido resposta, sim tive 70% de incapacidade , mas nada me deram sou cabo da GNR, será que é por ganhar mais que o ordenado minimo? e agora vou ter que me prepor de novo á junta pois está a fazer os cinco anos ,e faço 55 em Maio será que desta terei Hipotese, e quanto á carta de condução deram com restrição 137 , o qual a renovei este Mês , com 70 % poderei ficar sem carta? O meu problema foi infarte e grau 2 de psiquiatria ,mais uma vez obrigado?

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.