APOIOS | Segurança Social dá mais 60 € às famílias com menos rendimentos

Escrito por Pedro Andersson

24.06.22

}
2 min de leitura

Publicidade

Segurança Social dá mais 60 euros às famílias com menos rendimentos

O prolongamento do apoio de 60 euros para famílias vulneráveis vai ser novamente pago em julho, aos beneficiários da tarifa social e da eletricidade e, em agosto, a quem recebe prestações sociais mínimas.

O Conselho de Ministros aprovou ontem (quinta-feira) o prolongamento do apoio de 60 euros às famílias mais vulneráveis, criado para atenuar o impacto do aumento dos preços dos bens alimentares.

Na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, explicou que o apoio extraordinário para mitigar o aumento do preço nos bens alimentares já tinha sido pago em abril e maio e vai agora repetir-se exatamente nos mesmos moldes.

20 euros por mês para ajudar nas compras

Assim, na prática, mais de 1 milhão de famílias vai receber na conta bancária (ou por vale) um total de 120 euros nestes primeiros 6 meses do ano. É o equivalente a 20 euros por mês para ajudar a combater a inflação.

O apoio irá, assim, abranger “o mesmo universo de agregados em abril e maio”, o que significa um milhão e 70 mil agregados em julho e agosto, acrescentou a ministra.

O apoio extraordinário foi anunciado em março e pago pela primeira vez em abril a mais de 762 mil famílias e, em maio, a medida foi alargada, abrangendo mais 280 mil agregados familiares, totalizando assim mais de um milhão de beneficiários.

No primeiro mês da sua aplicação, em abril, o apoio abrangeu apenas as famílias beneficiárias da tarifa social de eletricidade e em maio foi alargada aos beneficiários de prestações sociais mínimas não abrangidos pela tarifa social.

O valor do apoio extraordinário é de 60 euros por agregado familiar e é pago de uma só vez, sendo a sua atribuição pela Segurança Social automática.

Têm direito ao apoio as famílias abrangidas pela tarifa social de eletricidade em junho. Basta olhar para a sua fatura de eletricidade para saber se tem esta tarifa ou não.

Atualize os dados da sua Conta Bancária

O pagamento por transferência bancária é mais rápido e mais seguro. Se ainda não tem o seu IBAN registado, deve registá-lo através da Segurança Social Direta, no menu “Perfil”, opção “Conta bancária”. Aceda aqui.

Recordo também que quem tem tarifa social e usa botija de gás, vai ter direito a mais 10 euros por mês até junho, se preencher estes requisitos.

VÍDEO | Se tem tarifa social de energia pode receber um cheque de 1600 € para fazer obras em casa


 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

SENHORIOS | Tribunal decide que caução de rendas não paga IRS

Tribunal decide que caução de rendas deve estar isenta de IRS. Estará aberto um precedente? Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Tribunal Arbitral, a propósito de um processo que estava em curso no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD), decidiu, em...

Publicidade

Artigos relacionados

19 Comentários

  1. Tiago

    Concordo que haja apoios a quem de facto precisa, mas estas coisas têm de ser devidamente planeadas. Uma vizinha que mora e trabalha em França há mais de 10 anos tem estado a receber os seus vales de 60 € no correio. Com certeza é apenas um exemplo.

    Responder
    • Fernanda Branco

      Os vales? Só deram um a cada família e ate pode ter 10 pessoas que só dão 60€

      Responder
  2. Artur Gomes

    Cada vez mais há ajudas para as famílias carenciadas ou supostamente carenciadas. E as famílias que estão no limbo??? Que não recebem nada e ainda têm de suportar todos os impostos para ajudar os outros???

    Responder
  3. Ana Silva

    Onde a minha irmã vive, o contrato da luz têm de estar forçosamente no nome dos senhorios pois o contador é partilhado, portanto não pode ter tarifa social, recebe apenas uma pensão de sobrevivência, e não têm direito a receber este apoio.

    Responder
  4. Maria Fatima

    Boa tarde , eu recebo o PSI e em Maio nem soube que tinha havido esse apoio para as outras famílias de baixos rendimentos. Estou desempregada há 11 anos e não tenho mais rendimentos. Será que agora em Agosto vou receber ou deverei ir a Segurança Social saber porque não recebi em Maio ? Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. A PSI não está abrangida. Não é um apoio mínimo.

      Responder
    • Maria Nunes

      Ola desde já agradeço as dicas que partilha connosco.20€ por mês (0,66 /dia) para quem têm pensões mínimas é pouco (mas é melhor que nada),então comparado com o “cheque” (200€/mês )que vai ser dado em Espanha, é ridículo.Até porque os preços dos alimentos são similares cá e lá e os salários/pensões são o dobro lá.É muito poucochinho….

      Responder
    • Maria Rodrigues

      conheço um Sr que vive no estrangeiro há mais de 50 anos nem reforma recebe de Portugal porque não fez descontos e hoje recebeu um vale de 60 euros! alguém me pode explicar porquê?f

      Responder
  5. MANUELA B.

    Boa tarde, HÁ EMIGRANTES COM BOAS REFORMAS A RECEBER ESSES VALES. DEVIA HAVER CRUZAMENTO DE DADOS

    Responder
  6. José Gonçalves

    Boa tarde, acho muito bem que se ajude quem precisa de facto, mas com valores dignos, que poderiam ser caso não “ajudassem” os pobres emigrantes reformados dos EUA e da Europa e do resto do mundo. “Viva Portugal “

    Responder
  7. Nadine Santos

    Boa tarde,

    Apenas para esclarecer: são dois apoios de 60€ no total, correto?
    A quem tiver a Tarifa Social, foram pagos em Abril e serão agora em Julho novamente?
    A quem te prestações sociais mínimas foi em Maio e será novamente em Agosto?

    Porque eu tenho TS e estive a auferir desemprego até início deste mês.
    Os meus avós, tem a reforma + CSI + TS.

    Apenas para retificar se as coisas chegaram da forma correta.
    Desde já, muito obrigada pelo seu serviço público!

    Responder
    • Sónia Maria Felício Duarte

      Boa tarde.
      Eu recebi um apoio em Abril e recebi outro agora em julho por ter tarifa social.
      O apoio de Maio não recebi e não sei se tenho direito a receber também o de Agosto.
      A minha prestação de rsi é de 156€.
      Posso saber se tenho direito a estes dois últimos apoios a que me refiro?
      Grata pela atenção

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá
        Já recebeu tudo a que tinha direito. Não duplica.

        Responder
  8. Nilza trombas

    Boa tarde tenho o 2esclao é só meu marido a trabalhar ganha o ordenado mínimo não tenho direito ao apoio. Porque.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.