EURIBOR | Prestação da casa sobe em junho para todos os contratos

Escrito por Pedro Andersson

01.06.22

}
2 min de leitura

Publicidade

Prestação da casa sobe em junho para contratos indexados à Euribor a 3, 6 e 12 meses

Não trago boas notícias. Tal como se previa, a Euribor continua a subir, e muito rapidamente.

A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir em junho nos contratos indexados à Euribor a três, seis e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos, citada pela LUSA.

Um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros, a 30 anos, indexado à Euribor a 6 meses e com um ‘spread’ (margem de lucro do banco) de 1%, passa a pagar a partir de junho 472,60 euros, o que traduz uma subida de 26,05 euros face à última revisão em dezembro.

Já no caso de um empréstimo nas mesmas condições (valor e prazo de amortização), mas indexado à Euribor a 3 meses, o cliente passa a pagar 456,33 euros, mais 9,65 euros do que paga desde março.

Estes valores foram calculados tendo em conta as médias da Euribor no mês de maio, tendo sido a 6 meses de -0,144% e a 3 meses de -0,386%.

Os aumentos que vão ocorrer em junho para quem tem empréstimos indexados à Euribor a 6 e 3 meses comparam com as subidas de, respetivamente, 14,32 euros e 7,36 euros registadas nos créditos cuja revisão ocorreu no mês de maio.

Já nos empréstimos indexados à Euribor a 12 meses, a prestação da casa – para um empréstimo nas condições referidas – será de 502,49 euros a partir de junho, o que traduz uma subida de 52,45 euros mensais. Neste caso, este valor foi calculado tendo em conta a média da Euribor em maio, que a 12 meses foi de 0,287%.

Desde final de 2021 que acabaram as moratórias do crédito das famílias, que foram uma importante ‘folga’ para as famílias nos momentos mais agudos da crise da pandemia da covid-19.

As taxas Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A Euribor a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses. Desde 2015 que as taxas de juro estão em terreno negativo e espera-se que todas as taxas estejam positivas nos próximos meses.

Explico neste artigo como pode fazer as contas para saber se a sua prestação vai subir ou descer nas próximas mensalidades, com base no comportamento da Euribor.

Leia mais:
Como a Euribor afeta a minha prestação do Crédito à habitação?


MW 0106 - bill

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Acrescente uma linha no IRS e receba mais 10% de dedução em educação (Interior e ilhas)

SABIA QUE se vive no interior do país (ou ilhas) tem mais 10% de dedução nas suas despesas de Educação? Isto é muito importante para TODAS as famílias com filhos na escola, nos distritos do interior e nos Açores e na Madeira. Eu não sabia disto. Quando menos...

PodTEXT Vamos a contas | Fiz retenção na fonte, mas tenho de pagar IRS. Porquê?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

O Governo vai baixar o IRS – O que muda no meu salário?

O meu salário vai subir quanto? O Governo aprovou hoje o famoso “alívio fiscal” de que tanto se tem falado nas últimas semanas. Vou tentar traduzir para “dinheirês” o que acaba de ser decidido. Conheça a nova tabela dos escalões do IRS O Conselho de Ministros desta...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses e sobem a seis e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (22 a 28 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #31- Março 24)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? Nos últimos anos, com o aumento da literacia financeira (e aqui no Contas-poupança orgulhamo-nos de fazer paret desse percurso), milhares de portugueses descobriram que os PPR podiam servir para ganhar dinheiro e...

PodTEXT| Como vai usar de forma (mais) inteligente o seu reembolso do IRS?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

VÍDEO | Como funciona o IRS Jovem e quem tem direito?

Aproveita o IRS Jovem Os jovens que acabaram os estudos e começaram a trabalhar desde 2020, têm direito a descontos muito grandes no IRS. Na reportagem esta semana do Contas-poupança explicámos-lhe quem tem direito ao IRS Jovem e como funciona. Quem tem direito Se...

Portugal em 13º lugar entre 39 países na literacia financeira

Tendência para criar poupanças tem vindo a diminuir desde 2020 O Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (CNSF) - composto por representantes do Banco de Portugal (BdP), da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF) e pela Comissão do Mercado...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Paulo

    Boa tarde
    Sr., Pedro, aproveito desde já para agradecer o que tem feito por todos nós cidadãos.
    Gostava de saber se uma pessoa com crédito habitação com euribor a 12 meses também sofrerá aumento, em regime de incapacidade acima de 60%, só por dizer que o spread nesse regime é 0%
    Agradecido

    Responder
  2. LP

    Eu estou curiosa é se, com a subidas dos spread, os bancos vão deixar de nos cobrarem taxas de manutenção da conta (“roubalheira”) e os depósitos a prazo deixam ter as taxas de juro de 0%, como é o caso do meu banco onde tenho o CH (BBVA).

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.