EURIBOR | Prestação da casa sobe em junho para todos os contratos

Escrito por Pedro Andersson

01.06.22

}
2 min de leitura

Publicidade

Prestação da casa sobe em junho para contratos indexados à Euribor a 3, 6 e 12 meses

Não trago boas notícias. Tal como se previa, a Euribor continua a subir, e muito rapidamente.

A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir em junho nos contratos indexados à Euribor a três, seis e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos, citada pela LUSA.

Um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros, a 30 anos, indexado à Euribor a 6 meses e com um ‘spread’ (margem de lucro do banco) de 1%, passa a pagar a partir de junho 472,60 euros, o que traduz uma subida de 26,05 euros face à última revisão em dezembro.

Já no caso de um empréstimo nas mesmas condições (valor e prazo de amortização), mas indexado à Euribor a 3 meses, o cliente passa a pagar 456,33 euros, mais 9,65 euros do que paga desde março.

Estes valores foram calculados tendo em conta as médias da Euribor no mês de maio, tendo sido a 6 meses de -0,144% e a 3 meses de -0,386%.

Os aumentos que vão ocorrer em junho para quem tem empréstimos indexados à Euribor a 6 e 3 meses comparam com as subidas de, respetivamente, 14,32 euros e 7,36 euros registadas nos créditos cuja revisão ocorreu no mês de maio.

Já nos empréstimos indexados à Euribor a 12 meses, a prestação da casa – para um empréstimo nas condições referidas – será de 502,49 euros a partir de junho, o que traduz uma subida de 52,45 euros mensais. Neste caso, este valor foi calculado tendo em conta a média da Euribor em maio, que a 12 meses foi de 0,287%.

Desde final de 2021 que acabaram as moratórias do crédito das famílias, que foram uma importante ‘folga’ para as famílias nos momentos mais agudos da crise da pandemia da covid-19.

As taxas Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A Euribor a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses. Desde 2015 que as taxas de juro estão em terreno negativo e espera-se que todas as taxas estejam positivas nos próximos meses.

Explico neste artigo como pode fazer as contas para saber se a sua prestação vai subir ou descer nas próximas mensalidades, com base no comportamento da Euribor.

Leia mais:
Como a Euribor afeta a minha prestação do Crédito à habitação?


MW 0106 - bill

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PPR | Mês #24 e #25 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Outubro e Novembro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Neste momento, as perdas já estão mais reduzidas. Estive a "perder" 560 euros em Setembro, mas passados estes dois meses, os meus PPR já recuperaram cerca de metade. Ainda tenho a soma dos meus PPR com valores negativos, mas...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Outubro de 2022 (Mês #71)

Balanço de Outubro de 2022 Estou a tentar recuperar os meus balanços perdidos. Segue agora o balanço de produção dos meus painéis solares em Outubro e dentro de 15 dias faço o de Novembro. E depois - espero - volto a entrar no ritmo mensal normal. Para os que chegaram...

PODCAST | #142 – Conheça a lei que obriga os bancos a renegociar o crédito à habitação

Conheça os seus direitos se precisar renegociar o seu crédito à habitação A lei que tantos esperavam já está em vigor. Foi publicada em Diário da República e agora os bancos têm até meados de Janeiro de 2023 para fazer a lista dos clientes que preenchem os requisitos...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (5 a 11 de dezembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

EURIBOR | Prestação da casa sobe entre 108 e 251 euros em Dezembro

Prestação da casa pode subir 250 euros em dezembro A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir acentuadamente este mês nos contratos indexados à Euribor a 3, 6 e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #8 a #11 – Agosto a Novembro 2022)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço #8 a #11 (Agosto a Novembro de 2022) Fui ver há quanto tempo não fazia este balanço de quanto estou a ganhar ou a perder com o meu "investimento" em criptomoedas e apercebi-me que já não fazia este balanço mensal desde...

REFORMAS | Quem se reformar antecipadamente em 2023 vai ter uma corte de “apenas” 13,8%

Corte nas pensões pelo fator de sustentabilidade recua para 13,8% em 2023 O corte das pensões por via do fator de sustentabilidade, aplicado a algumas reformas antecipadas, vai ser de 13,8% em 2023, recuando face aos 14,06% deste ano, segundo cálculos com base em...

EURIBOR | Lei da renegociação do crédito à habitação já está em vigor – Como funciona?

Conheça as regras para a renegociação dos créditos à habitação A lei acaba de ser publicada (na sexta-feira) e entrou em vigor no sábado passado (dia 26 de Novembro). É a famosa lei que vai “obrigar” os bancos a renegociar os créditos à habitação sempre que a taxa de...

EURIBOR | Taxas sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos (2009)

Taxas Euribor sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses. A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação avançou hoje para 2,436%,...

PODCAST | #141 – Se baixar o spread, o banco pode subir a minha prestação da casa? (A pergunta do Bruno)

O BANCO PODE AUMENTAR A MINHA PRESTAÇÃO SE EU PEDIR PARA BAIXAR O SPREAD? Esta foi a pergunta do Bruno, à qual respondo neste episódio do podcast. A esta pergunta juntam-se muitas outras, porque os bancos estão a receber uma verdadeira enxurrada de pedidos de...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Paulo

    Boa tarde
    Sr., Pedro, aproveito desde já para agradecer o que tem feito por todos nós cidadãos.
    Gostava de saber se uma pessoa com crédito habitação com euribor a 12 meses também sofrerá aumento, em regime de incapacidade acima de 60%, só por dizer que o spread nesse regime é 0%
    Agradecido

    Responder
  2. LP

    Eu estou curiosa é se, com a subidas dos spread, os bancos vão deixar de nos cobrarem taxas de manutenção da conta (“roubalheira”) e os depósitos a prazo deixam ter as taxas de juro de 0%, como é o caso do meu banco onde tenho o CH (BBVA).

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.