Apoio de 60 euros alargado a todas as famílias que recebem prestações sociais mínimas

Escrito por Pedro Andersson

11.04.22

}
3 min de leitura

Apoio para compras alargado a todas as famílias que recebem prestações sociais mínimas

O Governo anunciou hoje o alargamento do apoio ao cabaz alimentar, de 60 euros mensais, a todas as famílias titulares de prestações sociais mínimas, face ao atual regime que abrangia apenas as que tinham tarifa social de eletricidade.

Em conferência de imprensa hoje, a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, explicou que o Governo iria avançar para um “alargamento do universo de beneficiários face ao definido” das medidas de apoio ao preço do cabaz alimentar a todas as famílias titulares de prestações sociais mínimas.

Questionada sobre a margem para ajustamento do valor, a governante disse que “estará sujeito a avaliação conforme a situação evoluir. Quando aprovámos dissemos que depois faríamos uma avaliação”, frisou.

De acordo com a LUSA, Mariana Vieira da Silva precisou que em abril será pago o apoio que já estava decidido e que o alargamento ocorrerá em Maio.

Neste respeito fico com um dúvida: Quando a medida foi anunciada, fiquei com a ideia de que era um apoio único. Ou seja, estas famílias recebiam os 60 euros e que isso não se repetiria. Mas, com esta informação, fico sem saber se os 60 euros continuam para todos ou se só as outras famílias (dos apoios sociais além da tarifa social) é que recebem os 60 euros em maio.

Se este apoio de 60 euros for mensal é uma boa ajuda para as famílias. Equivale a um aumento de 8,5% num salário mínimo nacional. Se receber menos do que isso, o “aumento” ainda é maior. Se devia ser mais ou se as outras famílias “normais” deveriam ter também apoios é uma outra questão.

O Governo anunciou também o alargamento das medidas de apoio à aquisição de botija de gás, no valor de dez euros, a todas as famílias titulares de prestações sociais mínimas. Ou seja, os 60 euros acumulam com mais estes 10, passando a 70 euros por mês enquanto o governo decidir. Tudo isto é, como diz o governo, temporário e excecional.

O apoio extraordinário para as famílias mais vulneráveis foi criado pelo Governo com o objetivo de compensar o aumento nos preços dos bens alimentares de primeira necessidade, devido ao conflito na Ucrânia. Até agora apenas tinham direito ao apoio ao preço do cabaz as famílias abrangidas pela tarifa social de eletricidade em março, mês em que o número de beneficiários abrangidos era em março de 762.320.

O governo anunciou ainda a descida do IVA em aparelhos elétricos, mas fiquei na mesma. Não percebi ainda o que isso significa. Já pedi informações mas ainda não tive resposta.

Recordo que os 60 euros são colocados automaticamente na conta dos abrangidos (ou por vale, suponho) e o apoio do gás tem de ir aos correios com a fatura da botija de gás, como expliquei neste artigo.


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #122 – Em qual destes 4 estados financeiros está neste momento?

Qual é o seu estado financeiro atual? Em qual destes 4 estados financeiros você está neste momento? É muito importante fazer esta avaliação pelo menos uma vez por ano. As opções vão do "saudável" ao "sobreendividado". Talvez fique supreendido por verificar que muitos...

FUNDO AMBIENTAL | Já recebi o reembolso de 85% dos 4 painéis solares fotovoltaicos

Já recebi o reembolso de 85% do Fundo Ambiental Estava eu de férias, quando recebi uma SMS do banco a dizer que tinha uma transferência nova no valor de 1.224,10 €. Já ando há tanto tempo à espera deste valor específico que percebi logo que era o reembolso de 85% do...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (8 a 14 de agosto)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

RESULTADOS PRELIMINARES | Compensa abastecer com o diesel aditivado de marca?

Diesel aditivado de marca | O resultado do meu teste Neste artigo AQUI, expliquei que estou a tentar tirar a dúvida se compensa pagar mais por combustível aditivado de marca porque compensaria no maior número de quilómetros percorridos. Basicamente, pago mais...

Como mudar para uma conta de serviços mínimos bancários e poupar 80 € por ano

Como mudar para uma conta de Serviços Mínimos Bancários Fiz um post ontem muito simples no facebook a dizer que ia mudar uma conta para conta de serviços mínimos bancários para poupar 80 euros por ano. E prometi que ia depois contar como correu. Mas não estava à...

PODCAST | #121 – Compensa pagar mais por combustíveis aditivados de marca?

COMPENSA PAGAR MAIS POR COMBUSTÍVEIS ADITIVADOS? Esta é uma das grandes dúvidas dos portugueses. Eu sempre abasteci combustíveis simples ou low cost ao longo dos últimos anos e sempre me senti confortável com isso. Para mim, a grande questão é a poupança. Por outro...

EURIBOR | Prestação da casa sobe em média entre 39 e 104 euros em agosto

Prestação da casa sobe em média entre 39 e 104 euros em agosto para contratos com Euribor A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir acentuadamente em agosto nos contratos indexados à Euribor a três, seis e 12 meses, face às...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (1 a 7 de agosto)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (1 a 7 de agosto)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

PPR | Mês #21 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Julho 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Talvez não se aperceba disto, mas este artigo que está agora a ler pode ser um dos mais importantes que vai ler nos próximos anos para melhorar a sua vida financeira. Ao mostrar-lhe como funcionam os fundos PPR (com as suas...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

23 Comentários

  1. Carlos Brandão

    Mais uma trapalhada, a ministra fala em “prestações minimas”, nunca disse todas as prestações sociais. Mais uma vez a classe média que não tem sequer abono para os filhos fica a ver navios!

    Responder
    • Anabela Lourenço

      E pena quem tem reforma de invalidez de 299.97 não tem direito a nadab

      Responder
      • Maria Silva

        Por favor eu tou reformada por invalidez tenho tarifa Social eletricidade minha reforma é 357euros mais complemento solidário que faz 390 euros so renda são 200 euros vivo sozinha tenho 64 anos doente crônica ja fui operada a cervical medula a estrangular por 3 vezes será que terei esse apoio obrigada

        Responder
      • Gonçalo Emanuel Gomes Fonseca

        Gostaria de saber se tenho o meu filho o quarto escalão do abono se tem direito a alguma coisa…parece tudo muito confuso.

        Responder
        • Alda sobral

          Gostaria de saber se eu que estou desempregada a mais de 10 anos e não disconto, nunca recebi nada, nenhuma ajuda nem subsidios da parte de alguma instituição, tenho direitos a este tal 60 euros e se é até quando vai se receber este valor.

          Responder
  2. Hélder Gaspar

    Será que vou receber os 60 euros pois eu estou a receber a prestação social para a inclusão

    Responder
    • Marcela Ribeiro Ferreira Lino

      Será que tenho direito aos 60€ tou no fundo desemprego.

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Presumo que não. Não é um apoio mínimo. Se for o subsídio social de desemprego, suponho que abrange. Há desempregados a receber 1000 euros. Porque descontaram sobre isso, evidentemente.

        Responder
  3. maria victoria sereno roxo morais

    Boa tarde, eu não entendi quem são as pessoas beneficiadas com estes 60 euros. Os reformados terão direito? ou só vai ser dado aqueles que passam o dia nos cafés. Nao trabalham e são sempre os beneficiados ( em tudo) tudo para eles é de borla. Este País não valoriza quem trabalhou ou ainda trabalha. Eu trabalhei e descontei 37 anos, recebo uma miséria de reforma, não tenho direito a nada. Pessoas que nunca descontaram recebem mais do que eu. Francamente, não entendo .

    Responder
    • zhelyazko Evdokimov

      bom dia. qomu poso resaber esa apoio obrigada.

      Responder
      • Miguel Cunha

        Olá eu estou a a receber o desemprego será que abrange a mim esta ajuda como saber mais informações obrigado

        Responder
      • Maria de Lurdes Pinto Malheiro

        O ordenado do meu marido é de 705E tem tarifa social será que recebe o que posso fazer.eu naoy recebo nada.

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá. É automático. Recebe na conta bancária. Só um recebe por agregado familiar e tem de ter o contrato de luz em nome dele.

          Responder
  4. Isabel Pinto

    Boa tarde. Tenho a tarifa social na electricidade, como faço para receber os 60€? Obrigada

    Responder
  5. Claudia Fernandes

    Gostava de saber se todas as pessoas têm direito a receber o apoio dos 60euros ou só as que têm tarifa social

    Responder
  6. Ana Mónica da Silva Amorim

    Onde podemos requerer? Obrigada!

    Responder
      • Fernanda Branco

        Boa tarde,desde já agradeço as preciosas dicas que têm partilhado,será que o apoio é so para um mês ou vai funcionar tipo autovoucher?Ja agora se tiver informação sobre o porquê do atraso do cartão do antigo combatente e para quando o envio do mesmo as pessoas que ja pediram desde o inicio do ano 2021 e ainda não chegou.Acho que talvez a si lhe dêem alguma resposta pois a mim não respoderam e não atendem o telefone.Muito obrigado pelo extraordinário serviço público que têm prestado.

        Responder
          • Fernanda Branco

            Ola, sendo um apoio unico não chega para um pão (custa 15 cêntimos) com manteiga.Todas as semanas vou as compras e em todos os produtos ha 10,20 ou+ de aumento.Nos mesmos produtos gastava 40€ agora 50€ 60€.O apoio deveria ser mensal.

  7. Electra

    Atenção que sendo um apoio único são:
    16 cêntimos por dia,
    5 Euros por mês,
    ou então o tais 60 Euros anuais.
    16 cêntimos é o preço de um ovo classe small! …e era Pascoa!!!

    Responder
  8. A. Castro

    Boa tarde,
    Este apoio de 60€ mensais é uma grande treta tendo em conta que há muitos a receberem sem precisarem rigorosamente desse dinheiro, nomeadament ex. imigrantes que têm cá uma pequena reforma mas uma boa reforma do estrangeiro e outros com um bom património sem precisarem esse dinheira para nada e outros com baixos rendimentos não têm direito a nada. Como é que fazem os rastreio para saberem quem mais precisa? Também há pequenos empresários em nome individual que trabalham sem pagarem impostos e estão bem na vida. O que eu acho é que esta situação seja verificada com rigor.

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Apoio de 60 euros para famílias com tarifa social já está a ser pago - […] recebem apoios sociais mínimos da Segurança Social, mas que não têm tarifa social de energia, como expliquei AQUI. Não…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.