Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Apoio de 20 € por mês do Autovoucher mantém-se em abril

Escrito por Pedro Andersson

25.03.22

}
2 min de leitura

Apoio de 20 € por mês do Autovoucher mantém-se em abril

O Governo vai manter durante o mês de abril o apoio de 20 euros por mês no âmbito do programa Autovocher, disse hoje o ministro das Finanças.

O prolongamento da medida, traduz-se num reembolso de 20 euros por contribuinte inscrito no AUTOvoucher após o primeiro abastecimento.

Ou seja, no meu caso (inscrevi-me logo em Novembro), vou receber 60 euros no total. Como a minha mulher também se inscreveu, juntos vamos receber 120 euros. Quem tiver um filho que também se tenha inscrito, passa a 180 euros no total. E se um pai ou mãe também se tiver inscrito, passa a 240 euros.

Avisei logo em Novembro para se inscreverem. Muitos acharam que 5 euros era pouco e não se inscreveram. Agora teriam todos esses meses como retroativos, a multiplicar pelos membros da família. Pensem nisso para a próxima. Se se inscreverem agora, só vão apanhar 20+20 euros (Março e abril). Não é mau, mas podia ser quase o dobro.

Como faço para receber os 20 € do AUTOvoucher? 

Lançado no início de novembro, o Autovoucher começou por consistir na atribuição de um reembolso de 5 euros por mês. A medida foi desenhada para durar durante cinco meses – de novembro de 2021 a março de 2022 – tendo ficado definido que, caso o consumidor não faça qualquer abastecimento num mês, o apoio previsto ‘desliza’ e acumula com o valor do(s) mês(es) seguinte(s).

Porém, perante a nova escalada de preços registada após a invasão da Ucrânia pela Rússia, o Governo decidiu aumentar de cinco para 20 euros o valor do subsídio atribuído com o primeiro abastecimento de março.

O despacho foi hoje publicado em Diário da República e refere que a comparticipação do benefício “opera em qualquer consumo elegível (…) dispensando-se um montante mínimo de consumo”. Ou seja, basta beber um café num posto aderente com um multibanco com o seu nome, de um banco aderente, que recebe os 20 euros na sua conta dois dias depois.

A par desta medida de mitigação do aumento do preço dos combustíveis dirigida às famílias, o Governo avançou ainda com um mecanismo de compensação, ajustado semanalmente, através do qual reduz em sede do ISP o acréscimo de receita do IVA causado pelo aumento do preço de venda ao público do gasóleo e da gasolina e que significa um “desconto” de 2 ou 3 cêntimos por litro ao preço praticado por cada posto de combustível.

 



Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 de outubro a 9 de outubro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

PODCAST ESPECIAL | #131 – O que tenho de fazer para receber o apoio dos 125 euros do Estado?

O QUE TENHO DE FAZER PARA GARANTIR QUE RECEBO OS APOIOS DO ESTADO PARA COMBATER A INFLAÇÃO? Será que tenho de registar o meu IBAN para receber os 125 euros do Estado em outubro? A resposta é sim e não, depende se vai receber os 125 euros através das Finanças ou da...

Já pode mudar ONLINE o seu contrato de gás para a EDP do mercado regulado

EDP Serviço Universal é a primeira a ter o formulário online pronto Recordo-lhe que o Governo deu 45 dias para todas as 12 empresas do mercado regulado do gás terem uma plataforma online para fazer a mudança do contrato de gás do mercado livre para o mercado regulado....

VÍDEO | Como vão ser pagos os apoios do Estado em Outubro para ajudar a combater a inflação?

Como vão ser pagos os apoios do Estado em Outubro para ajudar a combater a inflação? Embora não seja nenhuma fortuna, os 125 euros por pessoa e os 50 euros por filho, e a meia pensão adiantada para os reformados e pensionistas, vão ser uma boa ajuda para pagar algumas...

APOIOS DO ESTADO | Tenho de registar o meu IBAN para receber os 125 euros do Estado?

Tenho de registar o meu IBAN para receber os 125 € do Estado em outubro? A resposta é sim e não, depende se vai receber os 125 euros através das Finanças ou da Segurança Social. Para ajudar a combater a inflação, o governo vai oferecer 125 euros a cada cidadão e mais...

PODCAST | #130 – Qual é o primeiro passo para vencer a inflação?

Como faço para superar a INFLAÇÃO? Muitas pessoas olham para os preços altíssimos e sentem-se perdidas porque acham que não há outra solução a não ser aceitar os preços cada vez mais altos e esperar pelos apoios do Estado ou por aumentos salariais que compensem o...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de setembro a 2 de outubro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

VÍDEO | Como faço para mudar o gás para o mercado regulado?

Como se faz para mudar para o mercado regulado do gás? Se é cliente de gás natural da EDP ou da GALP, a sua fatura vai disparar a partir de outubro. As outras empresas do mercado livre ainda estão à espera para ver o que acontece, mas deve estar atento porque a...

GÁS | Como é que sei se estou no mercado regulado e se vale a pena mudar?

O que é isso do "mercado regulado"? A partir de 1 de outubro, algumas empresas (não são todas) vão aumentar o preço do gás natural quase para o dobro ou o triplo. A melhor opção para fugir a esses aumentos é mudar o gás para o mercado regulado. Vou explicar-lhe mais...

GÁS | A lista das 10 empresas mais baratas (Setembro de 2022)

GÁS | As 10 empresas mais baratas este mês Sim, vem aí um autêntico tsunami nos preços do gás natural para quem é cliente da EDP e da GALP. Se é o seu caso, aconselho-o fortemente a mudar o mais depressa possível para o mercado regulado (presencialmente, por e-mail ou...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

33 Comentários

  1. Ana Costa

    Boa tarde.
    Após ler a vossa informação gostaria de saber se quem não tem viaturas registadas no portal das finanças também recebe 20€?

    Porque registei a família toda e existem pessoas que abastecendo, colocando o contribuinte, pago com cartão multibanco e está registado desde Novembro não receberam.

    Qual a justificação?

    Obrigada

    Responder
    • JRJordao

      Nem precisa ter veículo ou carta de condução.
      Qualquer cidadão com cartão bancário a seu nome de um dos bancos aderentes pode beneficiar do programa. Tem de fazer compras num posto aderente.
      Note que tem de estar registado em ivaucher.pt, não (apenas) no portal das finanças.
      Informação sobre bancos e postos aderentes em http://ivaucher.pt

      Responder
  2. Francisco Emílio

    Basta beber um café ou basta meter um litro de gasolina? O Autovoucher é extensivo a qualquer despesa num posto de combustíveis?

    Responder
    • Pedro Silva

      Sim , em teoria basta beber um café ou meter um litro de gasolina. Mas atenção que na prática poderá não ser assim tão simples , pois é bem frequente os estabelecimentos comerciais só deixarem pagar com cartão bancário a partir de determinado valor , geralmente 5 eur . Pelo que será melhor , antes de consumir , perguntar qual o valor mínimo a partir do qual deixam pagar com multibanco.

      Responder
      • Fernanda

        Boa tarde, tenho também eu e o meu marido recebido o ivaucher, mas qual não é o meu espanto que no mês de Março pagaram-me 15€, gostava de saber onde reclamar os 5€ em falta obrigada.

        Responder
    • Alexandra Braga

      No caso de 2 contribuintes utilizarem a mesma conta/cartão, mesmo ambos aderentes ao ivaucher, o reembolso é feito apenas uma vez e no único valor por contribuinte?
      Obrigada

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Têm de ter cartões diferentes, mesmo que sejam da mesma conta.

        Responder
  3. Pedro Silva

    Um familiar meu , aderiu em Fevereiro . Logo na primeira compra , recebeu 20 eur , o que nos pareceu normal , pois obviamente foram buscar os meses em atraso . No mês de Março fez 2 consumos , e só recebeu 5 eur . Logo enviamos um email para as reclamações , pois na nossa opinião deveriam ter dado 20 eur . Eles responderam à reclamação e disseram que o crédito de 20 eur que fizeram em Fevereiro , foi por engano , poi na realidade só deveriam ter creditado 5 eur . Por isso agora em Março só creditaram 5 eur , para que as contas fiquem certas . Não vou discutir se é justo ou não ! Apenas me parece que alguém alterou as regras a meio do jogo . Acho difícil eles nos terem dado mais 15 eur em Fevereiro do que tínhamos direito , por se terem enganado … Parece-me mais credível que houve uma alteração das regras a meio do jogo ! Fiquei com a ideia que quem aderisse até Fevereiro tinha direito a ir buscar os meses em atraso. Sabem alguma coisa acerca disto ? Muito obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. O que lhe disseram está correto, na minha opinião.

      Responder
      • Sofia Nascimento

        Boa tarde,
        Por acaso há mais uma condicionante. É preciso que a nossa entidade bancária a quem entregamos a gestão do nosso dinheiro adira ao programa. Infelizmente o meu banco, o ABANCA, por decisões estratégicas deles, decidiram não aderir e portanto o meu dinheiro está acumulado na nuvem e nunca chegará a minha conta.
        Obviamente mudar de banco ou arranjar um novo custa dinheiro e acaba por não compensar.
        Parece-me profundamente estúpido que o Estado esteja disponível para ajudar o contribuinte, mas deixe a decisão na mão de instituições que nunca funcionam em favorecimento do cliente.
        Resta-me aceitar e esperar para que o estado seja responsável e justo e faça com o AUTOvoucher o que fez com o IVA VOUCHER… descontar no IRS.
        Bem hajam…

        Responder
        • Pedro Andersson

          Olá Sofia. Para casos como o seu, já sugeri abrir conta no ActivoBank. É tudo gratuito. Usa o cartão uma vez e recebe 60 euros. Parece-me uma boa alternativa. Pelo menos era o que eu faria.

          Responder
        • JRJordao

          Abrir conta com cartão gratuitos (ActivoBank, moey) ou aderir a cartão de crédito gratuito (Cetelem Black, Unibanco, Universo).
          Caso contrário, não obterá qualquer benefício específico no IRS por despesas de combustível.

          Responder
          • FlorMendes

            Boa tarde.
            Tenho a minha filha como dependente, por motivo de ser estudante. Como já tem viatura inscreveu-se no AutoVoucher.
            Inseriu no Portal das Finanças o IBAN da conta dela e conferiu que o Banco era aderente.
            Após estes passos, apareceu na plataforma do AutoVoucher um crédito de 20 euros.
            De seguida foi abastecer e o saldo ficou a 0,00 sendo que nunca foi creditado na conta bancária.
            Contactada a plataforma, informaram que o problema era do banco, após o que apurei junto da instituição bancária que não havia problema da parte deles.
            Resumindo: onde creditaram o valor ?
            Foi abastecer, pagou com o cartão MB dessa conta bancária

          • Pedro Andersson

            Olá. Experimente comprar qualquer coisa noutro posto para testar.

    • Nuno Chaves

      O valor que foi creditado em fevereiro foi referente aos meses de novembro, dezembro, janeiro e fevereiro, 5€ euros por cada mês.
      Em março o valor dos 20€ apenas entrou em vigor a 7/8 de março.
      Se fez uma compra antes dessa data recebeu os 5€ de março, contudo ao efetuar uma nova compra após essa data são dados os restantes 15€.
      A situação que relata é igual á minha e comigo correu desta forma.
      Cumprimentos.

      Responder
      • Pedro Silva

        Também aderiu em Fevereiro ? Se sim, parece-me provável que em Abril lhe acertem as contas . Depois se possível , diga-me por favor se consegui obter 5 eur referente a cada mes entre Novembro e Fevereiro , 20 eur em Março e 20 eur em Abril. Muito obrigado

        Responder
      • Sofia Nascimento

        Boa tarde,
        Por acaso há mais uma condicionante. É preciso que a nossa entidade bancária a quem entregamos a gestão do nosso dinheiro adira ao programa. Infelizmente o meu banco, o ABANCA, por decisões estratégicas deles, decidiram não aderir e portanto o meu dinheiro está acumulado na nuvem e nunca chegará a minha conta.
        Obviamente mudar de banco ou arranjar um novo custa dinheiro e acaba por não compensar.
        Parece-me profundamente estúpido que o Estado esteja disponível para ajudar o contribuinte, mas deixe a decisão na mão de instituições que nunca funcionam em favorecimento do cliente.
        Resta-me aceitar e esperar para que o estado seja responsável e justo e faça com o AUTOvoucher o que fez com o IVA VOUCHER… descontar no IRS.
        Bem hajam…

        Responder
    • Carlos Gomes

      Obrigado Pedro por mais este post, por acaso uso o ivaucher desde que foi criado e sempre achei uma boa ideia e no meu caso como gasto em volta de 60€ a 80€ de combustível por mês até que me compensa. No mês de março recebi os meus 20€ e parecendo que não é uma boa ajuda.

      Responder
    • JRJordao

      De facto, as adesões após Novembro tiveram direito aos 5€ dos meses anteriores, mas percebe-se agora que foi por erro.
      Após o registo, já há acumulação de saldo não utilizado para o mês seguinte (enquanto o programa estiver ativo!)

      Responder
      • Jaime Quitério

        Eu aderi em Dezembro, no dia 23 meti 20 euros e recebi 10.

        A 2 de Janeiro meti 30 e recebi 5, a 12 de Fevereiro a mesma coisa.

        Dia 2 de Março paguei com o cartão uma lavagem de 4,45 na Galp e recebi logo os 5 euros (nem me lembrava, só quando vi o saldo é que percebi, a lavagem funcionou como o exemplo do café ou da pastilha elástica, apenas porque paguei com o cartão mesmo sem pôr o NIF).

        Depois, na sexta 4 de Março, se não me engano o dia das filas nas bombas quando se anunciou o grande aumento da semana seguinte, meti 50 euros mas pus outro NIF, para ajudar uma pessoa amiga, e não me apareceu nada no extracto do Autovoucher, o que me parece um erro pois se foi pago com o cartão devia aparecer mesmo que já tivesse recebido os 5 de Março, como foi o caso.

        Entretanto, meti 20 ou 30 mais uma ou duas vezes e nada. Enviei uma mensagem a perguntar porque não enviaram os 15 de diferença a que teria direito em Março mas responderem esquece…

        Finalmente, dia 26 meti 30 e já me devolveram os 10, ou seja, no total 35.

        Pergunto, e os 5 que faltam?

        Ou já não tenho direito porque recebi 5 a mais em Dezembro, é isso?

        Ou seja, a história de que o valor não gasto transita para o mês seguinte só funciona se a pessoa se registou em Novembro?

        Responder
  4. Vanda Martinho

    Eu aderi em Fevereiro. Em 06/03/2022 fiz uma compra e recebi 25€. Já fiz mais compras depois e não recebi nada de adicional. Em Março registei o meu pai, e ele recebeu 20€ com a primeira compra que fez.

    Responder
    • JRJordao

      Está correto.
      Aderiu em Fevereiro, teve direito a 5€ (fev) + 20€ (mar).
      O pai aderiu em Março, teve direito a 20€ (mar).
      Em Abril terão ambos direito a mais 20€.

      Responder
  5. Cecilia Marques

    só aderi agora, mas ainda não utilizei. Mas tenho uma duvida, basta pagar com o meu multibanco? ou tenho que pedir fatura com contribuinte?

    Responder
  6. Carlos Manuel Palma Neves

    Ora viva, não sendo necessário pedir fatura (portanto sem NIF) como podem validar a unicidade do sujeito? Será que podemos usar vários cartões próprios para duplicar/triplicar… o benefício?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Ola. O seu multibanco está associado ao seu NIF. Se o usar o banco sabe que o seu NIF foi usado.

      Responder
  7. José Gonçalves

    Engraçado, tenho lido em alguns ‘sítios’ que muitas pessoas se estão nas tintas para o IVAucher e Autovoucher, que é isto que é aquilo. Afinal verifico que ainda há pessoas com senso.
    Obrigado Pedro.
    Boa saúde a todas/os.

    Responder
  8. Fernanda

    Boa noite , aderi ao autovocher em novembro e usei o cartao multibanco no mes de Novembro e dezembro recebi na conta os 5€ de cada mês. Em janeiro Fevereiro e marco usei o cartao auchan e recebi 5+5+20 ficou acumulado no cartao. O meu marido aderiu em marco , abasteceu no dia 12 com cartao multibanco e nada,voltou a abastecer no dia 26 novamente com o cartao multibanco e nada. O que estará errado?

    Responder
  9. Conceição Olim

    Boa noite.
    Gostaria que informa-se para onde se pode reclamar sobre o autovocher, site ou email? O meu marido aderiu ao autovocher em novembro e até fevereiro recebeu os 5 euros, fez um abastecimento de 60€, a 7 de março e nada recebeu na conta, nem 5€ nem 20€, voltou a colocar no dia 24 de março e nada, isto é muito estranho. Conferi se o posto de combustivel é aderente e, sim, é. Foi colocado na fatura contribuinte e pago com o cartão multibanco, mas nada. Onde ou para onde se reclama esta situação.

    Responder
  10. Jorge

    Boa tarde,

    E quem utiliza o cartão Jumbo/Oney, como tem de proceder para receber o reembolso?
    No site do Ivaucher aparece lá o saldo, mas não o recebi na conta…
    Obrigado

    Responder
  11. Claudia

    Boa tarde,
    Aderi ao Ivaucher em março/22, e nesse mês fiz uma compra de 20€ e recebi os 20€. Em abril, coloquei combustível de 20€, mas ainda não recebi os 20€. Usei sempre cartão multibanco de banco aderente e fatura com NIF. Sabem dizer-me o que se poderá ter passado? E onde poderei reclamar estes 20€ referentes ao mês de abril. Obg

    Responder
  12. Cláudia Brites

    Olá,

    Gostaria de saber se me poderiam elucidar: aderi ao Ivaucher em março/22, fiz uma compra de combustível de 20€ em março e recebi os 20€ a que tinha direto. No mês de abril, fiz igualmente uma compra, mas nunca cheguei a receber os 20€. Nos dois casos, fatura com NIF e pagos com cartão de banco aderente. Não percebo o porquê de não ter recebido os 20€ referentes a abril. Onde poderei reclamar este valor? Obrigada

    Responder
  13. Ana Rodrigues

    Olá! Boa tarde!
    Eu fiz um abastecimento de combustível no valor de 20€ em Abril e ainda não fui reembolsada. Fiz o abastecimento num posto aderente, paguei com multibanco e pedi fatura com contribuinte.
    Agora não sei a quem reclamar o reembolso prometido…
    Agradeço aquém me possa ajudar.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.