PODCAST | #86 – Devo comprar ou arrendar casa? (O caso do João)

Escrito por Pedro Andersson

27.12.21

}
2 min de leitura

Publicidade

Devo comprar ou arrendar casa?

O João tem um dilema: ganha 1.200 euros líquidos e corre o risco de pagar 900 euros de renda muito brevemente. Até agora dividia a renda mensal com um amigo. O que deve fazer? Qual é a decisão mais inteligente do ponto de vista financeiro?

E como conseguir juntar dinheiro mais rapidamente para dar de entrada para uma casa?

Explico-lhe o que fiz quando era mais novo e tive um dilema semelhante. É muito importante que a compra de uma casa o ajude a alcançar os seus sonhos e objetivos e não o contrário. Ao comprar uma casa acima das suas possibilidades pode estar a pôr em causa todos os seus projetos de futuro. Já pensou nisso?

Aproveite a minha boleia para melhorar a sua vida financeira e partilhe este podcast com os seus amigos. Não ligue aos barulhos da viagem. É mesmo assim.

Veja todas as dicas de poupança em www.contaspoupanca.pt
Assine a Newsletter no blogue

YouTube https://www.youtube.com/channel/UCP1NJYImfFMSEkQdlFlbFMA
Facebook facebook.com/contaspoupanca
Instagram www.instagram.com/pedroandersson_contaspoupanca/

O que é um podcast?

Aproveite a minha boleia financeira (gravo em áudio uma “conversa” no carro enquanto faço as minhas viagens e faço de conta que você vai ali ao meu lado) e veja como pode aumentar-se a si próprio. São uma espécie de programas de rádio para escutar enquanto faz outras coisas.

Subscreva o podcast na plataforma em que estiver a ouvir para ser avisado sempre que houver um episódio novo. Não estranhe ouvir o motor do carro, buzinadelas e o pisca-pisca. Faz parte da viagem.

Aprenda a gerir melhor o seu dinheiro

Tem a seguir os links para o Spotify, Soundcloud e iTunes. Para quem não percebe nada disto, deve ir à loja de aplicações do seu telemóvel e instalar gratuitamente a app “Spotify” ou “iTunes” ou outra que dê para ouvir Podcasts. No caso do SoundCloud basta clicar e começa logo a ouvir.

 

Boa viagem e boas poupanças!

Subscreva o Podcast e partilhe-o com os seus amigos ou familiares que se queixam de ter pouco dinheiro e muitas despesas.

 


TOP 10 Wook

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Transferências bancárias passam a ter confirmação de beneficiário a partir de hoje

Transferências na app ou homebanking passam a ter confirmação de beneficiário a partir de hoje As transferências bancárias entre contas portuguesas passam a ter, a partir de hoje, a confirmação prévia do beneficiário antes de ser dada a ordem final da transferência do...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (20 a 26 de maio)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

FRAUDE | Fisco alerta para mensagens falsas sobre pagamento de coimas

Cuidado com o SMS das Finanças Alguns contribuintes estão a receber mensagens escritas (SMS) para pagarem determinada quantia a título de coimas ou contraordenações, o que levou a Autoridade Tributária e lançar um alerta avisando de que estas mensagens são falsas. "A...

PODCAST | #241 – Qual é a forma ideal de distribuir as minhas poupanças e investimentos?

Sempre que tiver algum dinheiro de lado, onde é que eu o coloco? Um dos maiores erros financeiros dos portugueses é esperar ter um "bolo" grande de dinheiro para depois decidir o que fazer com ele. Está a perder tanto dinheiro enquanto espera... E depois tenho outro...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 e 6 meses e sobem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PodTEXT Vamos a Contas | Devo amortizar o meu crédito à habitação agora ou devo esperar?

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Já sabe o que vai fazer sábado à noite? Há atividades gratuitas

Dia Internacional e Noite dos Museus promovem atividades grátis Se ainda não tem planos para sábado à noite, o Contas-poupança dá-lhe uma sugestão gratuita de atividades que pode fazer sozinho, em família ou com amigos, um pouco por todo o país. Amanhã, dia 18 de...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 meses e baixam a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (20 a 26 de maio)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT| Truques para conseguir o melhor crédito à habitação possível ou transferi-lo

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. maria lurdes cruz

    gerir melhor o dinheiro

    Responder
  2. Karim Mamad Aly Gulamhussein

    Outra hipótese é a de comprar a casa dos sonhos e alugar um dos quartos para baixar a despesa.
    Assim, pode ter uma casa que vá de encontro ao “status” que sonha, sem hipotecar demasiado o futuro. Isto para quem gosta de viver das aparências e dá mais importância aos outros do que ao seu projecto de vida.

    Responder
  3. Oscar Gouveia

    O caso do “João” é o típico tuga que planeia dia a dia. Partilhar casa com um “amigo” é um perigo (até rima), pois a qualquer momento o “amigo” passa-se ao fresco e o “João” fica aflito.
    Concordo plenamente com não compactuar com a fuga ilegal aos impostos (sim há formas legais de não pagar ou pagar menos impostos), é uma prática que tem de acabar, pois no final todos a pagamos essa fuga. Além do mais perde o possível retorno no IRS.

    No caso do “João” como será extremamente difícil viver com apenas 200€ (não é impossível pois há muito reformado a sobreviver com reformas de 200€ e menos), deverá ponderar algumas opções:

    1- Colocar um anúncio e ver se encontra um outro “amigo” com quem partilhar a casa. Creio que possam existir alguns jovens universitários dispostos a pagar 400 ou 500€ para partilhar uma casa do que pagar o mesmo por um quarto.

    2- Prescindir de viver numa casa e alugar um quarto, mas sinceramente os preços praticados em Lisboa é quase o mesmo que pagar um crédito á habitação.

    3- Procurar uma casa para arrendar mais barata fora de Lisboa e a diferença poupar e investir para mais tarde dar entrada para uma casa própria.

    4- Procurar uma casa modesta para comprar, mesmo que precise de obras e que não lhe rebente com o orçamento. Ir fazendo as obras, melhorando a casa e depois colocá-la à venda por um valor que lhe permita pagar o empréstimo atual e ficar com algum para dar entrada para uma casa melhor e para o futuro. Basicamente é fazer o flip da casa.

    Concordo com o Pedro quando diz que cada vez mais vai ser difícil obter crédito á habitação. o que se deve, na minha opinião a 3 fatores:
    1- O facto de a ganância dos bancos ter levado ao fim dos créditos a 100% do valor da casa (a não ser que seja imóvel de banco).

    2- Os bancos pedem cada vez mais dinheiro para a entrada. Uns é 15% outros é 25%, basicamente com menos de 20 mil leva-se com a porta na cara.

    3- Talvez o mais importante, a atual gigantesca sobreavaliação das casas no mercado português. A título de exemplo pedirem 500 mil euros, ou seja meio milhão de euros por uma ruína que não é mais do que 4 paredes num baldio só porque está a meia dúzia de km de Sintra é, na minha opinião, ridículo.

    Responder
  4. António Augusto

    Bom dia, Pedro

    Subscrevi 3 fundos na CGD, e agora estou a pensar em investir na plataforma Degiro e no Open Bank do grupo santander
    .
    No Open bank estou apenas limitado ao fundo CHangai em virtude do meu perfil cauteloso .
    No Legiro estou a pensar em negociar em ações da bolsa portuguesa. Tenho em mente 6 empresas cotadas no psi20.
    Como os depósitos só ficam creditados na conta em 48 horas no openbank e em 2 ou 3 dias uteis no Legiro, ( já fui informado), vou ter que aguardar para o princípio da próxima semana, para dar ordem.
    Estou indeciso entre aplicar neste fundo, ou teria que alterar o perfil para o Ações New York?
    No respeito á negociação em ações na Legiro, penso que as comissões são atrativas, e tambem não pretendo negociar com importâncias elevadas ( perfil pequeno investidor).

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.