EURIBOR | Taxa a 6 meses caiu hoje para novo mínimo histórico

Escrito por Pedro Andersson

06.12.21

}
3 min de leitura

Publicidade

Taxas Euribor caem para novo mínimo a 6 meses e sobem a três e a 12 meses

Hoje, a taxa Euribor desceu a 6 meses para um novo mínimo de sempre. Por outro lado, subiram hoje a 3 e a 12 meses, mas continuam baixíssimas.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, recuou hoje para -0,543%, menos 0,006 pontos e um novo nível mínimo de sempre.

Em resumo, como poderá ver a seguir com os valores de hoje, todas as 3 taxas Euribor mais importantes estão a rondar -0,5%. Isto é um “desconto” de mais de 50% nos juros de quem tem 1% de spread. É surreal.

Por outras palavras, quem tem um spread de 1,5% só está a pagar na prática 1% (1,5%-0,5%) e quem tem 1% só está a pagar 0,5% de juros.

No meu caso pessoal, que tenho um spread de 0,3%, tenho um juro negativo de 0,2%, ou seja, o banco (CGD) paga-me cerca de 27 euros por mês pelo meu crédito à habitação.

Esta situação da Euribor negatova está a manter-se desde 2015 e não sabemos quando terminará. Tanto pode demorar mais alguns anos, como pode acabar a qualquer momento. Deve estar sempre preparado para o aumento gradual ou brusco da sua prestação. O que está a acontecer NÃO É NORMAL e deve ter consciência disso.

A três meses, a Euribor subiu, ao ser fixada em -0,562%, mais 0,001 pontos, contra o atual mínimo de sempre, de -0,583%, em 24 de novembro.

No mesmo sentido, no prazo de 12 meses, a taxa Euribor avançou, para -0,499%, mais 0,001 pontos, contra o atual mínimo, de -0,515%, verificado em 02 de fevereiro.

As taxas Euribor a três, a seis e a 12 meses entraram em terreno negativo em 2015, em 21 de abril, 06 de novembro e 05 de fevereiro, respetivamente.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Aqui nesta página do blogue Contas-poupança tem a página atualizada com os valores fechados do mês anterior, para fazer as contas a se a sua prestação vai subir ou descer no mês que vem.

Prepare-se

Dou sempre este conselho e tenho a certeza de que se vai lembrar daqui a uns tempos quando isto acontecer: prepare um fundo de amortização com o que está a pagar a menos agora para compensar a prestação quando a Euribor subir; e quando fizer um crédito à habitação tenha a consciência de que a prestação agora é baixa mas pode perfeitamente subir 20 ou 30% nos próximos anos. E não pode dizer que não foi avisado. Aquela ideia muito portuguesa do “Depois logo se vê”, pode correr mal. Seja prudente e não compre casas que mais à frente não vai conseguir suportar.

Explico neste artigo como pode fazer as contas para saber se a sua prestação vai subir ou descer nas próximas mensalidades, com base no comportamento da Euribor.

Leia mais:
Como a Euribor afeta a minha prestação do Crédito à habitação?

Em resumo, a prestação da casa vai continuar muito baixa durante mais alguns anos. Aproveite esta “folga” para criar o seu Fundo de Emergência ou para investir para ter margem para lidar com o aumento da prestação daqui a algum tempo, porque isso vai acontecer. Isto não vai durar para sempre.

(VÍDEO) EURIBOR | Porque é que a Euribor está negativa mas a minha prestação não desce

Natal2021-billboard

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Fundo Ambiental já começou a reembolsar beneficiários

Pagamentos deviam ter começado em janeiro Os beneficiários do programa Edifícios mais Sustentáveis de 2023 do Fundo Ambiental vão finalmente ser reembolsados, segundo anunciou o Ministério do Ambiente e Energia numa nota de impresa enviada à Agência Lusa. Os...

Taxa de juro na habitação voltou a baixar em junho

Trata-se da quinta descida consecutiva da taxa de juro A taxa de juro implícita no crédito à habitação tem vindo a cair lentamente depois de ter atingido um pico em janeiro de 2024, atingindo uma média de 4,657%. De acordo com o Instituto Nacional de Estatística...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #259 – O que já fez para melhorar a sua vida financeira?

Estamos a meio do ano - O que já fez até agora? Chegámos a meio do ano. Normalmente, em dezembro ou janeiro decidimos uma série de coisas e traçamos objetivos que depois desaparecem como que por "magia" à espera do ano seguinte. Porquê, se hoje é um bom dia para...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #34 – Junho 24)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? Nos últimos anos, com o aumento da literacia financeira (e aqui no Contas-poupança orgulhamo-nos de fazer paret desse percurso), milhares de portugueses descobriram que os PPR podiam servir para ganhar dinheiro e...

FRAUDE | Fisco alerta para e-mails falsos com imagem da AT

Fisco alerta para e-mails fraudulentos com recurso à imagem da Autoridade Tributária A Autoridade Tributária e Aduaneira emitiu um alerta de segurança sobre mensagens de correio eletrónico fraudulentas, pedindo que sejam ignoradas. "A Autoridade Tributária e Aduaneira...

PodTEXT | Quantas vezes posso trocar de Crédito à habitação e de seguro de vida?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (22 a 28 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Quais as regiões mais caras e mais baratas para comprar casa?

Grande Lisboa e Algarve dominam entre regiões mais caras Esta semana, o Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou dados relativos ao primeiro trimestre de 2024 que revelam que o preço mediano de habitação em Portugal subiu 5%, colocando o valor mediano por...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. Paula

    Parabéns pelo seu contributo de verdadeiro serviço público!
    O seu artigo é muito interessante!
    Pode, por favor, elucidar como é que a CGD lhe paga cerca de 27 euros por mês pelo seu crédito à habitação? Estou numa situação muito semelhante à sua e não me parece que a CGD ( também é o meu banco) me esteja a pagar seja o que for! Aliás, imputa é custos administrativos!
    Antecipadamente grata pela sua atenção.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Em vez de pagar uma mensalidade “normal” de 300 euros, só me cobra 300-27.

      Responder
  2. Sérgio

    Olá Pedro
    Recordo-me de si….velhos tempos na UBI….

    No meu caso, eu tenho spread de 0,25%, como chego a um valor que terá de me ser “creditado” mensalmente?
    Depende do capital (ainda) em dívida?
    Pode responder-me e elucidar-me com um exemplo prático/simples com valores fictícios?

    Obg

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.