Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

COMBUSTÍVEIS | Imposto desce hoje 2 cêntimos na gasolina e 1 cêntimo no gasóleo

Escrito por Pedro Andersson

15.10.21

}
4 min de leitura

ISP desce hoje 2 cêntimos por litro na gasolina e 1 cêntimo no gasóleo

O Imposto sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos (ISP) diminuiu hoje (desde a meia-noite) dois cêntimos por litro na gasolina e um cêntimo no gasóleo, descida que os operadores podem agora refletir no preço de venda ao público, segundo o Governo.

Na sexta-feira à tarde, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais anunciou que o Governo vai repercutir na diminuição das taxas de ISP os 63 milhões de euros de IVA arrecadados face ao aumento do preço médio de venda ao público dos combustíveis.

“O Governo tomou hoje a decisão de reinstituir um modelo de devolução de receita de imposto que obtém por via do preço dos combustíveis. Em face do aumento do preço médio de venda ao público dos combustíveis, o Estado arrecada um valor superior a 60 milhões de euros de IVA e, por isso, vai repercutir na diminuição das taxas de ISP este valor de acréscimo que aufere”, avançou o governante na sexta-feira, acrescentando que a medida se iria traduzir “numa descida de dois cêntimos no ISP da gasolina e um cêntimo no ISP do gasóleo”.

No global, o montante que o Governo vai devolver atinge os 90 milhões de euros, já que aos 63 milhões pelo IVA acrescem 27 milhões de euros pelo arredondamento do alívio do ISP.

“Estes 63 milhões de euros são, na realidade, 90 milhões de euros anuais, na medida em que a repercussão da receita adicional que nos faríamos com os combustíveis, faria com que a taxa unitária do ISP do gasóleo apenas fosse aliviada em menos de um cêntimo, e nós arredondámos para o cêntimo”, explicou aos jornalistas António Mendonça Mendes, em conferência de imprensa no Ministério das Finanças, em Lisboa.

O governante explicou também que o Governo irá monitorizar a evolução dos preços médios de venda ao público e – caso seja necessário – “fazer a revisão em alta”, “no sentido de devolver todo o valor de acréscimo de IVA que se recebe”.

Em 2016, o Governo já tinha utilizado um mecanismo semelhante quando os preços dos combustíveis estavam mais baixos, aumentando o ISP para compensar a descida do IVA.

“Agora, usamos o mesmo mecanismo, mas para fazer ao contrário, uma vez que estamos a ter mais receita de IVA do que aquela que era esperada. Vamos devolver essa receita do IVA integralmente aos consumidores, diminuindo temporariamente aquilo que é a taxa unitária de ISP da gasolina e do gasóleo, na respetiva proporção”, sendo que os operadores podem agora refletir aquela descida no preço de venda ao público, sublinhou António Mendonça Mendes.

O Governo apontou ainda que os indicadores que tem são de que haverá uma descida do preço nos mercados de combustíveis, tratando-se de uma situação extraordinária.

Independentemente de uma eventual descida dos preços nos mercados de combustíveis, a medida entra em vigor hoje e prolonga-se até 31 de janeiro de 2022. 

Também na sexta-feira, o governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, referiu que o aumento dos preços, nomeadamente dos combustíveis, deverá ser temporário, apesar de “aparentemente descontrolado”, lembrando que o petróleo negociou a preços negativos durante a crise.

É bom, mas…

É um pequeno alívio nesta escalada de preços. Obviamente é bem-vindo do ponto de vista dos consumidores. Mas quero alertar-vos que embora esta descida de 2 e 1 cêntimo na fatura seja real e obrigatório, cada revendedor (mesmo que seja da mesma marca) pode fazer os preços que quiser. 

Ou seja, nada impede que qualquer posto de combustível baixe o tal 1 ou 2 cêntimos do ISP já e na segunda-feira (ou terça, ou quarta, ou quinta, etc) aumente 2 ou 3 cêntimos em vês dos 1,5 que esperamos. É mesmo assim. E atenção que o governo está atento às margens dos combustíveis mas de uma média nacional. Não vai andar a ver posto a posto.

É VOCÊ que tem de estar atento ao valor que paga pelos combustíveis e usar a concorrência a seu favor. Não se resigne ao preço que está na “bomba”. Procure ativamente a mais barata na sua cidade. E use os descontos adicionais a seu favor. Um cupão ou um cartão de uma empresa ou clube ou associação ou o dia da semana em que abastece pode fazer uma diferença muito grande.

Estamos numa altura em que cada cêntimo volta a contar para muitas famílias. Tome conta das suas finanças. Isso dá trabalho? Dá!

Mas é a diferença entre chegar aflito ao fim do mês ou chegar só ao fim do mês naturalmente ou com algumas sobras.



Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

TABELAS DE RETENÇÃO NA FONTE DE IRS | Saiba quanto pode receber a mais por mês em 2022

Novas tabelas do IRS isentam de imposto salários e pensões até 710 € Esta era a informação que faltava, depois do anúncio do aumento do salário mínimo. Se este ajuste nas retenções na fonte não fosse feito, corríamos o risco das pessoas serem aumentadas e ficarem a...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (6 a 12 de dezembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Salário mínimo sobe para 705 € a partir de janeiro

Salário mínimo nacional sobe 40 euros em 2022 O Governo aprovou hoje a subida do salário mínimo para 705 euros a partir de 1 de janeiro, bem como os apoios às empresas para estes aumentos, adiantou o executivo, no final do Conselho de Ministros. Na conferência de...

ELETRICIDADE | A lista das 10 empresas mais baratas este mês (Dezembro 2021)

A Lista das 10 empresas mais baratas Uma das perguntas que mais vezes me fazem é: "Qual é a empresa de eletricidade mais barata?". Respondo sempre que a resposta não é fácil porque depende muitos dos seus gastos, potência contratada, tarifa simples ou bi-horária e...

CRISE DA ELETRICIDADE | Coopérnico deixa de ter tarifas de eletricidade fixas e passa a ter apenas Indexado

Mais uma empresa não aguentou os preços da eletricidade no mercado grossista É mais uma empresa (a quarta) a abandonar as tarifas fixas de eletricidade, porque não aguentam os preços de compra no mercado grossista. A Coopérnico deixou de ter tarifas fixas de...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #5 – Novembro 2021)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? (Mês #5) Passou mais um mês e continuo surpreendido com a diferença de desempenho entre os meus 2 ETF (SP500 e World) e o PPR "Save&Grow" da Casa de Investimentos. No dia em que fiz o "retrato" (ontem, dia 30...

REFORMAS | Idade da reforma recua para 66 anos e 4 meses em 2023

Idade da reforma recua para 66 anos e 4 meses em 2023 Há uma pequena boa notícia para quem espera reformar-se em 2023 (mas não é por um bom motivo). A idade da reforma deverá recuar para 66 anos e quatro meses em 2023 e o fator de sustentabilidade aplicado às pensões...

Tarifa social de Internet entra em vigor em janeiro e vai custar 6,15 euros

Tarifa social de Internet vai custar 6,15 € e vai ter 15 GB/mês A tarifa social de Internet, destinada a consumidores com baixos rendimentos, entra em vigor em janeiro e terá um valor de 6,15 euros (IVA incluído), disse à Lusa o secretário de Estado para a Transição...

Reembolso de 85% para fazer obras em casa prolongado até 31 de Março 

Edifícios + sustentáveis | Mais 15 milhões de euros e mais 4 meses para se candidatar Foi publicado esta sexta-feira (26 de novembro) em Diário da República o novo regulamento para a atual 2ª fase do Programa “Edifícios + Sustentáveis”. E são boas notícias para quem...

Validade dos Atestados de incapacidade prolongada (outra vez) por causa da Covid-19

Validade dos Atestados de incapacidade prolongada até 2022 É menos uma preocupação para quem tem Atestados multiuso. Acaba de ser publicado em Diário da República o prolongamento da validade dos Atestados de incapacidade multiuso, até 30 de junho ou 31 de dezembro...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Carla Tomás

    ATENÇÃO: que dia 18 já levam com os novos preços. É logo à 2ªfeira para começar bem a semana 🙁 🙁 🙁 🙁

    Responder
  2. José Pimpão

    Quando os impostos são mais de 60% sobre um litro de combustível, estamos à espera de o que? A realidade é um Estado parasita e um povo subalterno.

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. IVAucher | Desconto de 10 cêntimos por litro de combustível até 50 litros/mês - […] desconto nos combustíveis através do IVAucher surpreendeu-me. O governo baixou recentemente o ISP em 2 cêntimos na gasolina e…

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.