Saiba se está a pagar juros a mais no seu crédito (setembro 2021)

Escrito por Pedro Andersson

10.09.21

}
4 min de leitura

Publicidade

O que são juros máximos?

O Banco de Portugal decide de 3 em 3 meses os juros máximos que os bancos e financeiras podem pedir ao fazer qualquer tipo de empréstimo. É uma média com uma fórmula complicada (se quiserem saber qual é, está no site do Banco de Portugal) .

A questão é que às vezes pedimos um empréstimo ao banco para uma necessidade urgente (se não aconteceu, pode vir a acontecer) e ficamos a pagar um juro absurdo só porque não soubemos dizer à partida para que é que queríamos o dinheiro.

Cada finalidade do Crédito tem um juro diferente

Imagine que preciso pedir dinheiro ao banco ou a uma financeira para pagar as propinas da Universidade do meu filho ou para fazer um curso ou um mestrado. Ou para um instrumento musical ligado à educação artística. Ou para uma operação cirúrgica devido a problemas de saúde. Ou que quero comprar um painel solar ou outro equipamento ligado a energias renováveis.

Vou ao banco e peço um crédito pessoal. Vou pagar talvez 12, 13 ou 14% de juros. Bom, o que tem de ser, tem de ser.

Mas não é bem assim. Se for por uma destas razões que mencionei, os bancos são “obrigados” a fazer um juro de no máximo 6,2%. Menos de metade do que se não disser para o que é. Muitos portugueses, por não saberem deste pormenor, pedem dinheiro emprestado sem dizer mais nada e, lá está, não é o banco que lhe vai perguntar para que é que quer o dinheiro para lhe fazer um “desconto”. A iniciativa tem de partir da sua parte.

Muitas vezes deitamos dinheiro à rua simplesmente por falta de informação.

Leia também:

Baixe já a taxa de juro do seu Cartão de Crédito

PODCAST | #37 – Devo pedir um crédito para pagar outro crédito?

Taxas máximas em vigor

O Banco de Portugal acaba de divulgar as taxas máximas para o primeiro trimestre de 2020. Compare com o juro que está a pagar hoje e pondere liquidar esse crédito com outro (no mesmo banco ou noutro) com as novas taxas. Pode compensar. As taxas em vigor nos próximos 3 meses são estas:  E aqui com mais detalhe: 

Atenção à TAEG

Relembro que independentemente das taxas (TAE) que lhe prometerem no banco o que conta é a TAEG. É a taxa que são obrigados a dizer-lhe e que contempla TODAS as taxas e taxinhas e aberturas de dossiers e estudos e afins. É com essa taxa que deve comparar entre bancos para poder escolher o crédito mais barato.

Atenção também a quanto terá de pagar de penalização por liquidação antecipada do crédito. Quando pedir um crédito no futuro garanta (ou negoceie) que não é (muito) penalizado se amortizar antes o empréstimo.

Uma dica “milagrosa”

O truque para se livrar das dívidas de uma vez por todas é aproveitar a poupança na troca de um crédito em que fica a pagar menos para usar o dinheiro que poupar para amortizar a dívida mais depressa. A maior parte das pessoas assim que poupa 50 euros numa prestação gasta logo noutra coisa.

Pensemos racionalmente: Se estava a pagar uma mensalidade alta antes, é porque a podia pagar – vamos partir deste princípio, há excepções – então os 50 euros de “lucro” que passa a ter usa no fim do mês para amortizar (pagar antecipadamente) o que deve. Poupa nos juros e acaba mais rápido. Depois de pagar a dívida na totalidade, gaste o dinheiro que a partir daí lhe sobra como quiser :).

Deve amortizar sempre primeiro a dívida que tem o juro mais alto porque é a que lhe “rouba” mais dinheiro todos os meses (ou a menos volumosa, para ser mais motivador). Depois de pagar essa dívida, pegue no dinheiro que pagava antes com essa mensalidade e amortize com toda a motivação do mundo a dívida seguinte e assim sucessivamente até ser uma pessoa “LIVRE”! Se não fizer isto vai estar a pagar dívidas dezenas de anos. Livre-se o mais depressa possível. Só fazendo isto vai poder gastar o seu dinheiro como quiser e não como “eles” querem.  



 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

EURIBOR | Taxas sobem a três e 12 meses, mas baixam a seis

Euribor subiram hoje a três e 12 meses, mas recuaram no prazo de seis meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. João Rodrigues

    Olá Pedro,
    Tendo eu um crédito para automóvel novo com uma taxa de 5,3%, posso pedir outro crédito para automóvel novo com uma taxa inferior, com o intuito de liquidar o crédito atual?
    Obrigado.

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá.sim, mas a sua taxa é boa. Consegue mesmo melhor? Compensa a penalização da liquidação antecipada?

      Responder
    • Pedro Andersson

      Att que já não será automóvel novo. Só é novo uma vez 🙂

      Responder
      • João Rodrigues

        Pois, era essa a minha dúvida. Assim sendo, não compensa.
        Muito obrigado.

        Responder
  2. Alexandra Costa

    Olá Pedro,
    tenho um crédito auto usado no qual o contrato tem como TAN 8% e TAEG 9.80%, em função do capital em divida solicitei nova simulação de crédito ao qual a proposta passa para uma TAN de 5.80 e TAEG de 10.40%. Justificará realizar esta alteração sendo que também reduz o nº de meses de prestação mensal e o respetivo valor também é mais baixo?
    Obrigada.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.