Prestação da casa sobe ligeiramente em agosto para quem tem Euribor a 3 e 6 meses

Escrito por Pedro Andersson

08.08.21

}
2 min de leitura

Publicidade

Prestação da casa paga ao banco sobe ligeiramente este mês

A prestação paga ao banco pelo crédito à habitação subiu ligeiramente este mês tanto nos contratos indexados à Euribor a seis meses como a três meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos (citada pela LUSA).

Um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a 6 meses e com um ‘spread’ (margem de lucro do Banco) de 1%, passa a pagar a partir deste mês 447,73 euros, o que traduz uma ligeira subida, 0,85 euros, face à última revisão (fevereiro).

Já no caso de um empréstimo nas mesmas condições (valor e prazo de amortização), mas indexado à Euribor a três meses, o cliente passa a pagar 445,83 euros, mais 0,46 euros do que pagou desde maio.

Estes valores foram calculados tendo em conta as médias da Euribor no mês de julho, tendo sido a seis meses de -0,516% e a três meses de -0,545%. A um ano a média de julho foi de ‑0.491%. Se a sua prestação vai ser revista em agosto, basta que veja a sua taxa atual (do mês passado, por exemplo) e compara com o valor de ‑0.491%. Se for mais baixo (mais negativo) do que o que tem atualmente, a sua prestação vai baixar; se for superior (menos negativo do que o seu), a sua prestação vai subir. Nesta fase, estamos a falar de cêntimos ou de poucos euros, porque as taxas estão estabilizadas nos -0,0500%.

No meu caso, que tenho um spread de 0,3%, significa que o banco me paga por ter lá o crédito.

Atenção ao fim das moratórias

Desde abril de 2020 que milhares de famílias não estão a pagar o crédito à habitação, fazendo uso do decreto-lei do Governo que permite moratórias nos créditos (suspendendo capital e/ou juros). A generalidade das moratórias de crédito à habitação termina em 30 de setembro.

Os principais bancos têm dito que não estão preocupados com o incumprimento das famílias após o fim das moratórias dos créditos à habitação.

As taxas Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A Euribor a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses.

As taxas Euribor estão em terreno negativo desde 2015 e a expectativa é que se mantenham negativas ou perto de 0% nos próximos anos devido sobretudo à política de estímulos monetários do Banco Central Europeu (BCE), o que tem impacto positivo nos créditos bancários, que estão mais baratos.

(VÍDEO) EURIBOR | Porque é que a Euribor está negativa mas a minha prestação não desce

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a 3 e 6 meses e descem a 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (3 a 9 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PODCAST | #244 -Vale a pena investir em ouro? (A pergunta do Pedro)

Subscreva a nossa Newsletter, para não perder nenhuma dica *Ao subscrever, a informação partilhada será usada de acordo com os nossos Termos e Condições e a nossa Política de...

Jovens vão poder decidir a cada ano que regime de IRS preferem

Opção pelo IRS jovem é anual e poderá ser alterada ou renovada O novo modelo de IRS Jovem aprovado recentemente pelo governo é diferente daquele que ainda vigora atualmente, na medida em que prevê uma redução das taxas do imposto que incidem sobre os escalões de...

Rendas de pessoas deslocadas em trabalho vão poder ser deduzidas

Medida aplica-se a deslocados a mais de 100 quilómetros de casa As pessoas que tenham de ir trabalhar para mais de 100 quilómetros de distância da sua residência habitual e pretendam rentabilizar a sua habitação enquanto estão fora vão poder deduzir a esse rendimento...

Garantia pública extingue-se quando jovens pagarem primeiros 15% do empréstimo

Garantia pública de até 15% aplica-se a casas até 450 mil euros O governo aprovou recentemente uma garantia pública de até 15% para ajudar os jovens até aos 35 anos a conseguir financiamento para comprar casa. Na segunda-feira, ao terminar o Conselho de Ministros...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (27 de maio a 2 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Medicamentos grátis a partir de 1 de junho para quem tem CSI

Publicada em Diário da República comparticipação a 100% em medicamentos para idosos com Complemento Solidário O diploma que estabelece que os idosos que recebem complemento solidário passam a partir de 1 de junho a ter direito a medicamentos comparticipados sujeitos a...

Prazo para pedir devolução de propinas termina esta sexta-feira

Mais de 158 mil pessoas já pediram o prémio salarial O prazo para pedir o Prémio Salarial, que prevê a devolução aos jovens do dinheiro que investiram na sua educação superior, termina esta sexta-feira, dia 31 de maio. Os licenciados e mestres que tenham concluído os...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.