Goldenergy, EDP Comercial e Endesa são as mais baratas na eletricidade (ERSE)

Escrito por Pedro Andersson

29.07.21

}
4 min de leitura

Publicidade

As empresas mais baratas na eletricidade – Estudo da ERSE

A Goldenergy, a EDP Comercial e a Endesa são os comercializadores de eletricidade que apresentam, atualmente, as ofertas mais competitivas, segundo uma análise efetuada pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), hoje divulgada.

Poupança conforme os perfis

Os dados referem-se à data de 22 de julho. De acordo com o regulador da energia, num perfil de consumo de um casal sem filhos, com faturas mensais na ordem dos 33 euros, a Goldenergy e a EDP Comercial apresentam tarifários 11% mais baratos, seguindo-se a Endesa, com uma poupança de 8%. 

Já num perfil de consumo de um casal com dois filhos, com faturas na ordem dos 81 euros, a Goldenergy e a EDP Comercial apresentam ofertas que permitem poupar 12%, face aos preços regulados, seguindo-se a Endesa e a Coopérnico, com poupanças de 7%.

Por fim, no perfil de consumo de um casal com quatro filhos, com faturas mensais na ordem dos 174 euros, a EDP Comercial apresenta a oferta mais competitiva, que permite poupar 13% face às tarifas reguladas, seguida da Goldenergy (poupança de 11%) e da Endesa (poupança de 9%).

A ERSE aconselha, porém, os consumidores “a verificarem nas faturas se o valor que pagam é maior ou menor que o do mercado regulado” e “a consultar e comparar as novas ofertas de mercado e, caso sejam mais favoráveis que os seus contratos históricos, a contratar uma nova oferta/comercializador”.

A análise do regulador já teve em conta a atualização da tarifa aplicada aos clientes do mercado regulado, que subiu no início do mês, devido à “subida dos preços da energia elétrica nos mercados grossistas”.

Como é que sei no meu caso qual é a mais barata?

Estes estudos da ERSE são interessantes, mas como vos tenho dito ao longo de todos estes anos, os perfis são o que são. A única coisa que realmente interessa é o valor do kWh e da potência contratada (e entre estes dois, o do kWh). Sempre que encontrar uma empresa com o valor do kWh mais baixo do que o que tem na sua fatura pondere seriamente mudar (apesar dos seus receios naturais). É o que tenho feito ao longo dos anos e todos os anos pago menos de eletricidade em relação ao ano anterior. Basta pesquisar o mercado e mudar sempre que encontrar melhor.

E não tem de esperar pelo fim do ano completo, até pode mudar de 2 em 2 meses se estiver na disposição de ter esse “trabalho”. Coloquei “trabalho” entre aspas com alguma ironia porque o trabalho é fazer um telefonema. 

Já tive problemas com algumas empresas? Claro que sim. Mas sempre os resolvi. E quando achei que estavam a ser incompetentes, mudei e “resolvi” o problema também. 

Leia também: Como saber em 30 segundos se estou a pagar demais na eletricidade

A eletricidade continua a subir

Entretanto, a eletricidade continua a subir sem parar no mercado ibérico (onde estas empresas vão comprar a eletricidade para lhe vender a si). Veja este gráfico dos últimos meses e assuste-se. Já ultrapassa os 100 euros por megaWatt. Isto não vai ser bom para nós.

Prepare-se para um aumento na eletricidade mais ou menos semelhante ao dos combustíveis, se esta escalada não parar. Os nossos orçamentos familiares vão emagrecer quase sem nos apercebermos. Mais 20 euros nos combustíveis e mais 20 euros na eletricidade por mês, significa um rombo de 40 euros nos orçamentos das famílias. Estamos a falar de 480 euros por ano que desaparecem das nossas carteiras se não estancarmos estas despesas, renegociando e escolhendo as empresas mais baratas do mercado.

Leia também: Como preparar-se para os aumentos da eletricidade

Não pago nada de eletricidade pelo segundo mês consecutivo

Aproveito para lhe dizer que graças às ferramentas de marketing que as empresas colocam ao nosso dispor (mais até do que os valores do kWh) já consegui atingir o meu objetivo de pagar zero de eletricidade. No meu caso é graças ao “código amigo” da Endesa. Como podem ver, em julho só vou pagar 1,59 € de CAV (Contribuição Audio Visual). O resto é pago pelos descontos dessa promoção que entretanto foi limitada a 25 amigos. Eu cheguei a ter 60. Agora já não posso acrescentar mais, embora mantenha os que entretanto usaram o meu código.

Faça as suas contas e veja qual é a empresa onde pode pagar menos, aderindo ou não a descontos suplementares. Só você pode saber qual é a melhor no seu caso. Mas creio que já percebeu que se não fizer nada e não andar sempre nesta pesquisa de encontrar mais barato, vai sair muito prejudicado nas suas finanças pessoais. 


Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (15 a 21 de abril)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #231 – Como vai usar de forma (mais) inteligente o seu reembolso do IRS?

Como posso rentabilizar o reembolso do IRS Milhares de famílias contam com o reembolso do IRS como fonte de rendimento extra todos os anos. Quase como se fosse um décimo quinto mês. Mas, como é um dinheiro que aparentemente não nos sai do esforço diário, é visto quase...

PPR | Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Março de 2024)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? (Mês #41) Em Março atingi o máximo de valorização histórica com o conjunto dos meus 10 PPR.  A minha "história" com Planos Poupança Reforma como forma de investimento tem cerca de 3 anos. Comecei em finais de 2020, e durante...

PodTEXT Vamos a Contas | Onde invisto 100€ todos os meses para os meus filhos?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (15 a 21 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | 5 sinais de alerta de que as suas finanças não estão bem

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

Quer fazer um Workshop gratuito de finanças pessoais? (Inscrições abertas)

Aprenda finanças pessoais gratuitamente Estão abertas as inscrições para a próxima edição do Finanças para Todos, da universidade NOVA SBE. O curso tanto pode online, como presencial (em Carcavelos) ou na área metropolitana do Porto. O curso terá lugar entre Outubro...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. Filipe Florindo

    Boa tarde Pedro,
    Agradeço os seus precioso comentários, que têm esclarecido muitas das duvidas que vão aparecendo na nossa gestão familiar.
    Ao ler o artigo surgiu-me a questão quando referiu que o valor que iria pagar da fatura, corresponderia à CAV (Contribuição Audio Visual). Esse valor ( 1,59 €) não corresponde ao valor em vigor, para 2021. Deveria ser 2,85€ + IVA(6%). A diferença são mais de 15 euros anuais.
    Para pagar esse valor teve que fazer alguma coisa?
    Sempre me custou ter que pagar a televisão por cabo e a CAV ao mesmo tempo…
    Imagino que esta questão irá ser referida por mais leitores.
    Mais uma vez desejo a continuação do excelente trabalho…

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Não sei o motivo. Vou perguntar à Endesa. Mas de vez em quando fazem acertos e pago a diferença. Suponho que seja assim. Essa taxa nunca fica por pagar.

      Responder
  2. Luís

    Nisso não me posso queixar a endesa nessa promoção que faz do plano amigo permite a todos os os familiares e amigos que quiseram seguir o meu conselho

    Responder
  3. Emília Teixeira

    Boa noite!
    Obrigada pelas informações que tem partilhado connosco ao longo de tanto tempo.
    Estou num dilema, pois queria poupar, mas, sinceramente, a oferta é tanta, que não consigo chegar a conclusão nenhuma.
    Neste momento, estou divorciada e tenho um filho que passará uma semana comigo e outra com o pai (sem ser necessariamente assim tão rigoroso, claro).
    Já pensei na Endesa, mas também queria agregar à eletricidade o gás…
    O que lhe parece pessoalmente? Poderia fazer o favor de me ajudar?

    Com os melhores cumprimentos

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. O conselho que lhe posso dar é que mude sempre que encontrar mais barato. Mesmo com medo. Se depois encontrar melhor, muda outra vez 🙂

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.