Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Vale a pena ter uma pequena horta em casa?

Escrito por Pedro Andersson

09.06.21

}
2 min de leitura

Dicas para qualquer pessoa começar uma horta em casa

Há cada vez mais portugueses que querem regressar às coisas simples da natureza. Gostavam de ter uma horta ou de ter a certeza de que o que comem está livre de produtos químicos.

Mais logo, no Contas-poupança, no Jornal da Noite, na SIC, vamos explicar-lhe como é cada vez mais simples ter uma horta num apartamento e como pode poupar o ambiente e a carteira.

Vamos conhecer o Bruno Alves, que vive num apartamento no centro de Lisboa. Nesta varanda tem couves, alho francês, cenouras, hortelã, chuchu, tomateiros, morangueiros e muito mais. Tudo aqui, neste cantinho, numa caixa de madeira que ele próprio construiu.

Vamos plantar 3 alfaces com ele numa antiga embalagem de 1 litro de uma bebida qualquer, daquelas tipo pacote de leite. E vamos ver como estavam uma semana e meia depois da reportagem.

Muitas pessoas acham que por viverem na cidade ou não terem um bocadinho de terra não é possível cultivarem os seus próprios alimentos. Talvez alguns se surpeendam como pode ter 3 ou 4 alfaces sempre disponíveis num vaso de plantas na janela da cozinha ou na varanda. Sabia que basta colher as folhas que precisa para a salada e ela continua sempre a crescer?

Sabia que é uma excelente forma de ensinar os seus filhos a gostarem de legumes? E que pode poupar imenso dinheiro por exemplo em ervas aromáticas (salsa, coentros, manjericão e orégãos)?

Devo confessar-vos que eu próprio tenho a janela da minha cozinha bem plantada e ganhei o gosto pela terra. Já tiro uns quilos valentes de legumes todos os anos da minha pequena horta. E vivo num apartamento, na cidade.

Há até pessoas que na internet criaram pequenos negócios em que ensinam particulares e empresas a criarem pequenas hortas. Vamos conhecer o André Maciel, das Hortas_LX.

Ter uma pequena horta em casa tanto pode custar-lhe zero, como pode investir em equipamentos que custam centenas de euros.

Garanto-vos por experiência próprio que nada sabe melhor do que comer algo que fomos nós a cultivar. E depois há a questão da poupança: pelo valor de uma alface num hipermercado consigo plantar 20 ou 30 alfaces. Vou mostrar-vos fotos das hortas de alguns de vocês que partilharam como fazem na página de Facebook do Contas-poupança. Como poderão ver, não só é possível, como podem ter resultados extraordinários.

Sinto que esta reportagem tem tudo para iniciar ou contribuir para o aumento do movimento “Hortas em casa”. Viva você onde viver.

Pode começar já amanhã a cultivar a sua “alface de estimação”.

Espero por si mais logo, no Jornal da Noite.

Quarta-feira é dia de Contas-poupança.


autores-billboard

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Como comprar 22 bolos e salgados por 3 euros e lutar contra o desperdício

Como lutar contra o desperdício alimentar e poupar ao mesmo tempo Acabo de passar por uma pastelaria perto de minha casa, a poucos minutos dela fechar, para ir buscar uma caixa com pães, bolos e salgados que iriam literalmente para o lixo. Paguei 3 euros através da...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (21 a 27 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

As exceções para entrar e sair da Área Metropolitana de Lisboa durante os fins-de-semana

Quem pode entrar e sair de Lisboa durante o fim-de-semana Como expliquei neste artigo ontem, a partir das 15h desta sexta-feira, dia 18 de junho, e até nova ordem está proibida a circulação de pessoas de e para fora dos concelhos da Grande Lisboa. Acaba de ser...

ÚLTIMA HORA – Proibição da circulação de e para fora na área metropolitana de Lisboa este fim de semana

Proibido circular de e para fora na área metropolitana de Lisboa este fim de semana O Governo acaba de anunciar que a partir das 3 da tarde de amanhã (sexta-feira) não é possível entrar e sair da área metropolitana de Lisboa. A proibição termina às 6 da manhã de...

Os meus fundos de investimento – Balanço da semana #47 (17 de junho)

Fundos de investimento - Balanço semanal Passou mais uma semana. Estou praticamente a voltar a tocar no máximo que já tive até hoje, na média dos 3 fundos. Estou a ganhar uma média de 26% com os 3 fundos que subscrevi em julho do ano passado com o dinheiro que poupei...

JUNHO – Tarifa indexada de eletricidade continua acima do mercado regulado

Este mês é MAU para aderir à tarifa indexada de eletricidade Este mês de junho está a ser o mês mais caro dos últimos 3 anos no mercado OMIE (onde as empresas vão comprar a eletricidade para lhe vender a si). É, portanto, um mau mês para começar um contrato de tarifa...

ELETRICIDADE | Preço da eletricidade sobe 3% em julho para famílias no mercado regulado

Preço da eletricidade sobe a 1 de julho para famílias no mercado regulado As tarifas da eletricidade vão subir a partir de 1 de julho para os clientes domésticos em mercado regulado, refletindo a subida dos preços da energia nos mercados grossistas, anunciou ontem a...

Painel solar fotovoltaico – Balanço de maio e junho de 2021 (mês #53 e #54)

Balanço dos meses de abril e maio de 2021 Olá! Acabo de verificar que não fiz aqui o balanço da produção do meu painel solar em abril. Peço desculpa se estiveram à espera dele. Mas não se perde pela demora. Ficam aqui os dois juntos.  Entrámos nos melhores 4 meses do...

As taxas Euribor continuam muito negativas

Taxas Euribor continuam muito negativas São boas notícias para quem tem crédito à habitação associado às taxas Euribor. Todas as 3 taxas (3, 6 e 12 meses) continuam a rondar os -0,50% (sim, negativos). O que é que isso significa? Significa que o seu banco lhe está a...

Os meus fundos de investimento – Balanço da semana #46 (10 de junho)

Fundos de investimento - Balanço semanal A recuperação continua em relação aos máximos de abril. Como já percebeu, subscrever fundos de investimento implica ver com toda a normalidade o valor do seu investimento subir e descer. O único "segredo" é não fazer nada...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Isabel Pires dos Santos

    Se em vez de varanda tiver uma marquise, tb dá para plantar alguma coisa? Há muito menos “ar livre”…

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá.claro que sim. Melhor ainda. É tipo estufa :). Mas se plantar frutos não nasce nada porque as abelhas não polinizam. Alfaces e ervas aromáticas crescem muito bem.

      Responder
  2. Susana Giménez

    Olá pedro. Só para lhe dizer que não me esqueci das plantas de tomate. Infelizmente este ano e sem recurso a químicos nada feito…está cada x mais difícil. Para o ano terei de tentar outras soluções.menos mal q já me inscrevi no curso dos fitoquimicos na Agrobio mas mm só Bio por aqui. Se para o ano tiver mais sorte, aviso! Boas colheitas.

    Responder
  3. Daniel Gonçalves

    Olá Pedro, mais uma vez excelente reportagem. Já tentei criar a minha horta na varanda, mas deparei-me com um problema. Num garrafão de 5litros plantava entre 2 a 3 alfaces, depois de as colher, as próximas que plantava não cresciam. Cheguei à conclusão que teria de trocar de terra. Será que há formas de reaproveitar a terra? Parei de plantar pelo trabalho de ter que estar sempre a trocar de terra.

    Responder
    • Pedro Andersson

      O segredo aí é acrescentar fertilizante :). Duas partes terra, uma parte fertilizante (húmus)

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.