Afinal como é que vai funcionar o IVAucher?

Escrito por Pedro Andersson

02.06.21

}
2 min de leitura

Publicidade

Vale a pena aderir ao IVAucher?

Desde ontem (dia 1 de junho) que todo o IVA que gastar em restaurantes, alojamento e cultura durante os meses de verão, vai poder ser devolvido nos últimos 3 meses do ano em compras dos mesmo setores.

Mais logo, no Jornal da Noite, na SIC, o Contas-poupança vai explicar-lhe com detalhe como vai funcionar o IVAucher.

É uma medida do governo para estimular o consumo nas 3 das áreas mais afetadas pela pandemia da Covid-19. São 200 milhões de euros que vão ficar no bolso dos portugueses para voltar a gastar mais tarde. Mas há várias condições que tem de preencher. Não é tudo automático.

Mesmo assim acredito que com esta medida, muitas pessoas vão passar a pedir fatura com número de contribuinte porque já estamos a falar de valores relevantes.

Se já conhece o Contas-poupança sabe que é contra os princípios financeiros saudáveis gastar sem necessidade só para “poupar”. O que vejo nesta medida é a oportunidade para (gastando o que gastaria de qualquer maneira) suportar gastos “grátis” lá mais para a frente em gastos que teria de qualquer maneira.

Obviamente não é esse o objetivo do governo, mas para usar bem esta oportunidade temos de a conhecer para obtermos os objetivos que pretendemos.

A minha intenção é aproveitar esta medida do IVAucher para almoçar de “graça” na cantina da SIC durante quase um mês inteiro. Ou pagar-me 3 faturas de eletricidade ou para me “pagar” metade do seguro automóvel.

Vou dar-lhe vários exemplos de contas possíveis e vamos ver na prática quanto dinheiro é que vai “ganhar” em cada fatura que pedir com número de contribuinte.

Só para lhe dar um exemplo, numa fatura de um almoço que custou 52,80 €, o cliente vai acumular um IVA de 6,68 €. É muito? É pouco?

Acumular o IVA é fácil. A partir de setembro é que as coisas se complicam um bocadinho. Para gastar o saldo que tem, é preciso aderir ao IVAucher. Tem várias maneiras de o fazer e tem de saber escolher os locais onde vai poder gastar esse saldo.

Vamos a contas. Imagine que acumulou 100 euros de IVA durante o verão. Se em outubro for ao cinema e os bilhetes custarem 20 euros, saem 10 euros da sua conta do IVAucher e os outros 10 euros da sua conta bancária. Basicamente, vai ter um desconto de metade em cada compra que fizer nos tais 3 setores.

Não perca a reportagem mais logo no Jornal da Noite.
Quarta-feira é dia de Contas-poupança!
Espero por si mais logo. Se não puder ver em direto, não se esqueça de andar com a box para trás quando chegar a casa porque assim conta para as audiências. Para si não é importante, mas para nós é :).
Até já.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

PODCAST | #217 – Qual é a forma mais simples de poupar na eletricidade?

A ouvinte Ana nunca mudou de empresa de eletricidade em toda a sua vida. Faz-lhe confusão mudar e acha que dá muito trabalho e sente que as outras empresas não lhe inspiram confiança. Este é um perfil muito típico dos consumidores portugueses. No episódio desta...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

5 Comentários

  1. CRISTÓVÃO CRUZ

    Boa tarde,

    Vou de férias aos Açores, no próximo mês de Julho, a despesa que efetuar na restauração nos Açores também vai aparecer no IVAucher?

    Obrigado pela atenção prestada,

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Que eu saiba os Açores ainda são Portugal 😉

      Responder
      • Micaela Oliveira Castelo Branco Medeiros

        Olá. Não se esqueçam que o IVA na RAA é de 18% e não de 23%.

        Responder
  2. Patrick Pereira

    Muito boa tarde Sr. Pedro. Antes de mais agradeço o tudo que tem feito por nós portugueses, relativamente à nossa vida financeira.
    Relativamente a esta medida, e apesar de não concordar muito com ela (pois se o governo quisesse mesmo ajudar teria reduzido o IVA destas atividades diretamente, o que me leva a crer que se trata de mera propaganda política), e uma vez que foi adotada, tenho alguma dúvidas:
    1 – O IVA remanescente não gasto no final do ano será adicionado às deduções à coleta específica de cada atividade?
    2 – Será que compensará mais não fazer o abate do IVA e juntar o mesmo à dedução anterior?

    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Sim, se não usar passa a dedução dos 15%. Eu gosto mais de ter 100% na minha mão do que 15% na mão do estado. Mas se gastar os 100% mal gastos mais vale os 15% :).

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.