Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Covid-19 | Possibilidade de moratórias de crédito serem prolongadas é muito escassa – APB

Escrito por Pedro Andersson

21.04.21

}
3 min de leitura

As moratórias de crédito dificilmente serão prolongadas – APB

Quem ainda mantém a esperança de que as moratórias do crédito à habitação e outras sejam prolongadas mais 6 meses, deve preparar-se para procurar outras alternativas.

O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Faria de Oliveira, afirmou ontem ser “muito escassa” a possibilidade de extensão das moratórias bancárias adiantando serem muito baixas as situações de incumprimento devido ao fim das moratórias privadas.

“Neste momento todas as indicações que temos é que não existe praticamente possibilidade nenhuma disso acontecer “, referiu Faria de Oliveira durante uma audição na comissão de Orçamento e Finanças, salientando que tal possibilidade é mesmo “muito escassa”.

Esta audição à APB foi requerida pelo PS no âmbito da discussão na especialidade de um projeto do PCP que prevê o prolongamento por mais seis meses das moratórias e para a extensão do prazo para adesão à moratória pública até 30 de abril.

Faria de Oliveira disse ainda que as moratórias não “são o fim da linha” e que as informações que lhe chegam dos bancos é de um “impacto muito reduzido” desde que terminaram as primeiras moratórias, o que aconteceu em 31 de março, com cerca de 86 mil famílias a retomarem o pagamento dos seus créditos à habitação este mês de abril.

Faria de Oliveira lembrou que o tema das prorrogações das moratórias não está a ser equacionados pela generalidade dos restantes Estados-membros e que a duração média das moratórias é em Portugal de 18 meses, tanto no caso dos particulares como das empresas, o que excede os nove meses médios registados na União Europeia (para particulares) e os seis meses de duração média da UE para as moratórias das empresas.

“Temos aqui uma situação de grande diferença em relação aos outros Estados-membros e isto pode ter outro tipo de implicações designadamente pela perceção de aumento do risco que pode trazer em relação aos supervisores, agências de rating e mercados”, afirmou.

Neste contexto, precisou que qualquer extensão teria “de compreender todos os Estados-membros” e de incidir sobre setores que os afetam a todos, como os que estão relacionados com o turismo que foram dos mais atingidos pela pandemia.

Ainda sobre os primeiros efeitos do fim das moratórias privadas, o presidente da APB referiu que a informação aponta para “um número muito baixo” de casos de particulares atingidos pelo fim das moratórias, sublinhando que, neste momento, os bancos consideram que a situação está sob controlo.

Além disso, sublinhou, os bancos estão a ser proativos no acompanhamento dos clientes, fazendo monitorização das situações e tentando antecipar eventuais dificuldades e soluções para lhes fazer face.

Num quadro em que as moratórias gerais não podem ser prolongadas, a solução passa por esta análise “caso a caso”, em que se procura “antecipar problemas” e evitar que os créditos entrem em situação de incumprimento, e propondo soluções concretas que podem passar pela concessão de novas carências.

Relativamente às empresas — numa altura em que já há algumas que retomaram o pagamento dos juros, mas continuam ainda a beneficiar da moratória no que diz respeito à amortização do capital -, o presidente da APB referiu que os bancos estão disponíveis para dar o seu contributo, podendo esse contributo ter várias configurações “e é isso que está a ser trabalhado”.

Faria de Oliveira afirmou ainda estar confiante que vão ser encontradas medidas que permitam uma “saída ordeira” das moratórias, ou seja, uma saída que preserve as empresas viáveis e que é necessário ser seletivo nas medidas, devendo estas “cada vez mais ser orientadas para os que necessitam e para os setores mais afetados”.

Que alternativas há para quem terminar as moratórias (VÍDEO)


vidasaudavel-billboard

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Os meus fundos de investimento – Balanço da semana #43 (15 de maio)

Fundos de investimento - Balanço semanal Esta semana foi péssima para os meus fundos de investimento. Andei para trás cerca de 2 meses, em relação ao que já tinha "ganho". É um bom exemplo do que lhe tenho explicado sempre que lhe falo deste tipo de investimentos....

FRAUDE | Fisco alerta para um e-mail falso sobre reembolsos do IRS

Fisco alerta para e-mails falsos sobre reembolsos do IRS Este e-mail é diferente do habitual. É quase "perfeito". Normalmente, vêm cheios de erros e aquilo cheira logo a esturro desde o primeiro instante. Este (embora lhe faltem os acentos) parece estar escrito em...

PODCAST | #53 – Vale a pena ser poupado?

Ser poupado é bom, ou pode ser melhor? Recebo muitas mensagens de pessoas que começam por dizer que "sempre foram pessoas poupadas". Consideram que isso é um aspeto positivo, e é. Se nunca se considerou uma pessoa poupada, é mesmo por aí que deve começar. Ser poupado...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (17 a 23 de maio)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Este mês é MAU para aderir à tarifa indexada de eletricidade

Este mês é MAU para aderir à tarifa indexada de eletricidade Este mês de maio está a ser o mês mais caro no mercado OMIE (onde as empresas vão comprar a eletricidade para lhe vender a si) dos últimos 2 anos. É, portanto, um mau mês para começar um contrato de tarifa...

Multas até 100 euros se não usar máscara nos acessos à praia no próximo verão

Regras nas praias sem alterações mas com multas para casos de desrespeito O governo anunciou hoje que as regras nas praias vão ser as mesmas do ano passado, embora adiantando que na nova época balnear estará em vigor um regime de contraordenações que não existia em...

Covid-19 | Teletrabalho mantém-se obrigatório em todo o território continental até final de maio

Teletrabalho mantém-se obrigatório em todo o território continental até final de maio O teletrabalho vai continuar a ser obrigatório em todos os concelhos de Portugal continental até ao final de maio indicou hoje a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva....

VÍDEO – Ganhe dinheiro a alugar o que tem em casa parado 

Ganhe dinheiro a alugar o que tem em casa... e poupe dinheiro a alugar em vez de comprar Em primeiro lugar obrigado por ter visto ontem o Contas-poupança, no Jornal da Noite na SIC. Foi o programa mais visto em Portugal nos minutos em que foi emitido. Quase um milhão...

Faça dinheiro com as coisas que tem paradas em casa e poupe dinheiro a alugar

Faça dinheiro com as coisas que tem paradas em casa... ...e poupe dinheiro a alugar em vez de comprar Esta reportagem surpreendeu-me muito. Achei uma deia genial. A ideia surgiu a Guilherme Guerra quando estava de férias em Bali, na Indonésia, e queria fazer surf...

Endesa limita “códigos amigo” a desconto de 25 euros por mês

Já não vou conseguir ter eletricidade grátis para o resto da vida Como vos expliquei neste artigo aqui, tinha a expectativa de deixar de pagar eletricidade para o resto da minha vida. Costumo aproveitar sem receios as ferramentas de marketing das empresas para, por...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.