Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Como pode recuperar centenas ou milhares de euros de impostos com a revisão oficiosa

Escrito por Pedro Andersson

10.03.21

}
2 min de leitura

O que é e como funciona a revisão oficiosa

Ao longo destes anos, milhares de portugueses descobriram, através do Contas-poupança, que andaram a perder milhares de euros no IRS porque não conheciam todos os direitos e as opções mais vantajosas para eles, ou que andaram a pagar IUC a mais ou identificaram um erro nas contas do IMI.

Assim que se apercebem disso, a primeira ideia é logo corrigir todos os IRS dos anos anteriores. Em muitos casos – que tenho relatado aqui – recebem centenas ou até milhares de euros sem estarem à espera. É o caso do englobamento, do entregar em separado ou em conjunto, ou da linha do IRS para pessoas com incapacidade, e em muitas outras situações.

Em alguns casos é fácil reclamar e receber esse dinheiro em poucos meses, mas há situações em que tem de se mexer mais para recuperar valores mais antigos.

Mais logo, no Contas-poupança no Jornal da Noite, vamos explicar-lhe como funcionam a Revisão oficiosa e a Reclamação graciosa.

Vou mostrar-lhe casos de pessoas que – por terem mandado um simples e-mail para o sítio certo, referindo a expressão legal correta – receberam 2 mil ou até 3 mil euros. Se não tivessem usado a figura da Revisão oficiosa não teriam recebido nada. Não é fácil, mas também não é nada de super complicado.

Em que situações é que pode valer a pena corrigir e entregar outra vez o IRS mesmo que já tenham passado vários anos?

Mesmo que neste momento não tenha nenhum conflito com a Autoridade Tributária, é muito importante que conheça este direito do contribuinte porque não sabemos o que nos espera o futuro.

Na reportagem do Contas-poupança vamos mostrar-lhe exatamente em que botões deve carregar no Portal das Finanças e como deve escrever o pedido para obter o melhor resultado possível.

É que é muito injusto as Finanças poderem corrigir 4 anos as nossas contas (a favor deles) para trás sem dar qualquer justificação, mas nós contribuintes só podemos corrigir automaticamnete dois anos para trás, mas os outros dois anos a seguir temos de pedir “por favor” e é só em determinadas condições.

Um contribuinte informado é um cidadão mais “rico”.

Explico tudo mais logo no Jornal da Noite, na SIC.

Espero por si. Até logo!



Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Painel solar fotovoltaico – Balanço de março de 2021 (mês #52)

Balanço do mês de março de 2021 "Não há fome que não dê em fartura". Quase que se podia aplicar o provérbio. Em Março a produção do painel foi mais do dobro de fevereiro, que foi de facto muito má. Março de 2021 foi melhor do que março do ano passado. Não por muito,...

Painéis solares afinal não são dedutíveis no IRS de 2020

Painéis solares afinal não são dedutíveis no IRS de 2020 Já tenho a resposta do Ministério das Finanças. Se comprou em 2020 um ou vários painéis solares a contar com uma dedução de 1.000 euros pode esquecer. Não vai acontecer. Vários leitores do blogue fizeram-me esta...

Os meus fundos de investimento – Balanço da semana #38 (9 de abril)

Fundos de investimento - Balanço semanal Esta foi a melhor semana de sempre dos meus fundos de investimento. Em apenas 9 meses, os 3 fundos, em média, estão a crescer 22%. A semana passada tinha sido de queda, devido a uma semana má nas bolsas mundiais. Agora...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (12 a 18 de abril)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

VÍDEO | Dicas fundamentais para aumentar o seu reembolso do IRS este ano

Não deixe dinheiro seu nos cofres do Estado Antes de mais, obrigado ao milhão e 100 mil espectadores que viram o Contas-poupança ontem, apesar de estar a dar o futebol na concorrência. Um em cada 5 portugueses viram a reportagem sobre algumas dicas fundamentais para...

COVID-19 | Há novidades no Apoio Extraordinário ao Rendimento dos Trabalhadores (AERT)

Governo alterou a condição de recursos para acesso ao novo apoio social O apoio vai estar acessível a mais pessoas e com efeitos retroativos. O Conselho de Ministros aprovou hoje alterações ao Apoio Extraordinário ao Rendimento dos Trabalhadores (AERT) que alargam a...

PODCAST | #49 – Porque é que eu não recebo reembolso do IRS (ou pouco)?

Como se calcula o reembolso do IRS? Neste episódio explico-lhe porque é que há pessoas que recebem reembolso de IRS de centenas ou até milhares de euros e outros recebem muito bouco ou mesmo nada. Parece, por vezes, que quem mais precisa é quem menos recebe. Porque...

Dicas para aumentar o seu reembolso do IRS este ano

Pode aumentar o seu reembolso do IRS este ano? Não perca a reportagem do Contas-poupança, mais logo no Jornal da Noite na SIC. Tem explicações importantes que deve ver com muita atenção para receber o máximo possível no seu IRS deste ano (referente a 2020). Eu sei que...

FRAUDE | Fisco alerta para e-mails falsos sobre reembolsos do IRS

Fisco alerta para e-mails falsos sobre reembolsos do IRS A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou hoje para a existências de 'emails' fraudulentos que estão a ser enviados, solicitando dados bancários para posterior reembolso do IRS. "Se recebeu um 'email'...

Covid-19 | Portugal inicia hoje segunda fase do plano de desconfinamento

Segunda fase do plano de desconfinamento entrou hoje em vigor Hoje a vida começa a ser uma pouco mais "normal" do que até agora. Mesmo assim ainda com bastantes limitações. Este é um breve resumo do que pode fazer a partir de hoje e durante os próximos 15 dias....

Publicidade

Artigos relacionados

13 Comentários

  1. Catarina Graça

    Boa tarde,

    Contraí um crédito a habitação em 2018, não há forma desse mesmo crédito, ou mesmo dos juros serem deduzidos no IRS?

    Responder
  2. Catarina Graça

    Boa tarde,

    Contraí um crédito habitação em 2018, gostaria de saber se de alguma forma nada o que envolva esta despesa familiar se não entrará para IRS?

    Obrigado

    Responder
  3. Rita

    Bom dia,

    Vi o seu programa de Contas Poupança de quarta-feira, dia 3 de março, onde referiu a possibilidade de alteração de despesas de saúde de modo a receber mais de reembolso do irs.
    Tenho uma filha com uma dislexia grave. Faz terapias duas vezes por semana. Anualmente o médico de família passa um atestado que lhe permite usufruir de subsídio por deficiência da Segurança Social, no valor de 85,06€, pago mensalmente.
    Embora tenha esta deficiência não tem atestado de incapacidade (nem sei se esta deficiência dá alguma incapacidade).
    Será possível dizer-me se nesta situação também está abrangida pelo artigo 87º do código do irs e é possível alterar o valor das despesas com as terapias da linha 651 para a linha 606?
    Obrigada!

    Cumprimentos

    Responder
  4. Ana lucia paiva

    Gostaria que fosse feito uma revisão oficiosa do meu IRS.o rihada

    Responder
  5. Rute Maria Faria Gaspar

    Bom dia!
    Tenho atestado de incapacidade multiusos de 60%, devido a um cancro da mama. O código 606 só se aplica a despesas de reabilitação e educação, ou também abrange despesas de saúde? Tenho feito todos os tratamentos e cirurgia no privado, tendo um valor elevado em despesas de saúde…
    Relativamente à revisão oficiosa, posso pedir a isenção do IUC pago em junho de 2019, mês em que foi diagnosticado o cancro apesar do atestado de incapacidade ter data de outubro?

    Obrigada!

    Responder
  6. Susana Maria de Sá Vendas

    Bom dia, pago anualmente o iuc da minha viatura que é768 euros, por ser importada . Ouve uma baixa de imposto automóvel mas a Suíça não faz parte desse acordo!
    Como posso fazer para que o imposto do meu carro seja deduzido no irs?
    Agradeço a vossa ajuda!
    Mesmo dos anos anteriores?
    Obrigada

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Os impostos não são dedutíveis no IRS, salvo raras exceções.

      Responder
  7. JLapa

    O meu contrato de arrendamento está registado nas finanças sendo emitidos por esta entidade os respectivos recibos electrónicos.
    Posso declarar esta despesa na declaração de IRS (anexo H-6C)?
    Se sim, posso pedir a revisão oficiosa dos ultimos anos?
    Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Pode e deve. Dois para trás é pacífico. Os outros dois tente a revisão oficiosa mas como é uma dedução deve ser recusado…

      Responder
      • JLapa

        Olá, boa tarde e obrigado pela rápida resposta.
        Confirme pf, para os dois últimos anos apenas será necessária a entrega da declaração de substituição.
        Obgd.

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.