Qual é o melhor seguro de saúde para si?

Escrito por Pedro Andersson

17.02.21

}
2 min de leitura

Publicidade

Que cuidados devo ter ao escolher um seguro de saúde?

Mais de 3 milhões de portugueses já têm um seguro de saúde. Com a pandemia, esse número tem vindo a crescer. Mas a pergunta que todos fazem é “Qual é o melhor seguro de saúde?”. Mais logo no Contas-poupança, no Jornal da Noite na SIC, vamos tentar dar algumas respostas que o podem ajudar a fazer boas escolhas.

As perguntas

O medo de não ter acesso ao SNS está a empurrar cada vez mais pessoas para o sistema de saúde privado. Mas há tantos seguros e planos de saúde que é difícil saber qual é o melhor para cada um. E qual é a grande diferença entre eles?

A partir de que valores de despesas anuais com saúde é que compensa fazer um seguro de saúde, se só estiver a pensar em consultas e não em situações imprevistas (urgências e cirurgias)?

Sabia que há 22 seguradoras em Portugal que fazem seguros de saúde? Tem a certeza de que o seguro de saúde que tem é mesmo o melhor que poderia ter? Há quanto tempo não compara as coberturas que tem com o que as outras seguradoras estão a oferecer?

Sabia que nada o obriga a ficar toda a vida com o mesmo seguro de saúde (tem de ter atenção aos períodos de carência cada vez que muda, obviamente)?

Há seguradoras que podem ter produtos excelentes de saúde e que você se calhar nem conhece o nome. Eu, por exemplo, descobri seguradoras que nem sequer sabia que existiam em Portugal. E que tal pedir-lhes uma simulação para saber se consegue melhor pelo mesmo preço ou menos?

Qual será o valor que deve ter na apólice para a maior parte das cirurgias que possa vir a fazer no futuro para depois não lhe aparecer uma conta de centenas ou milhares de euros para pagar sem estar à espera, porque ultrapassou o plafond?

Sabia que há uma seguradora em Portugal que não tem exclusões nem limites de idade e que não lhe corta o seguro se começar a dar-lhes despesa? Mas também tem desvantagens.

Mais logo no Jornal da Noite

Tenho a resposta a estas perguntas mais logo no Contas-poupança, no Jornal da Noite na SIC. Conto consigo.

Se ainda não tem seguro de saúde, é importante que veja para fazer logo um bom seguro de saúde desde o início. Se já tem um seguro de saúde, espero que a reportagem o ajude a reavaliar se ainda é o melhor seguro de saúde para si ou para a sua família. Está sempre a tempo de mudar para melhor.
Até logo!

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PPR | Mês #24 e #25 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Outubro e Novembro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Neste momento, as perdas já estão mais reduzidas. Estive a "perder" 560 euros em Setembro, mas passados estes dois meses, os meus PPR já recuperaram cerca de metade. Ainda tenho a soma dos meus PPR com valores negativos, mas...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Outubro de 2022 (Mês #71)

Balanço de Outubro de 2022 Estou a tentar recuperar os meus balanços perdidos. Segue agora o balanço de produção dos meus painéis solares em Outubro e dentro de 15 dias faço o de Novembro. E depois - espero - volto a entrar no ritmo mensal normal. Para os que chegaram...

PODCAST | #142 – Conheça a lei que obriga os bancos a renegociar o crédito à habitação

Conheça os seus direitos se precisar renegociar o seu crédito à habitação A lei que tantos esperavam já está em vigor. Foi publicada em Diário da República e agora os bancos têm até meados de Janeiro de 2023 para fazer a lista dos clientes que preenchem os requisitos...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (5 a 11 de dezembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

EURIBOR | Prestação da casa sobe entre 108 e 251 euros em Dezembro

Prestação da casa pode subir 250 euros em dezembro A prestação da casa paga pelos clientes bancários no crédito à habitação vai subir acentuadamente este mês nos contratos indexados à Euribor a 3, 6 e 12 meses, face às últimas revisões, segundo a simulação da...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #8 a #11 – Agosto a Novembro 2022)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço #8 a #11 (Agosto a Novembro de 2022) Fui ver há quanto tempo não fazia este balanço de quanto estou a ganhar ou a perder com o meu "investimento" em criptomoedas e apercebi-me que já não fazia este balanço mensal desde...

REFORMAS | Quem se reformar antecipadamente em 2023 vai ter uma corte de “apenas” 13,8%

Corte nas pensões pelo fator de sustentabilidade recua para 13,8% em 2023 O corte das pensões por via do fator de sustentabilidade, aplicado a algumas reformas antecipadas, vai ser de 13,8% em 2023, recuando face aos 14,06% deste ano, segundo cálculos com base em...

EURIBOR | Lei da renegociação do crédito à habitação já está em vigor – Como funciona?

Conheça as regras para a renegociação dos créditos à habitação A lei acaba de ser publicada (na sexta-feira) e entrou em vigor no sábado passado (dia 26 de Novembro). É a famosa lei que vai “obrigar” os bancos a renegociar os créditos à habitação sempre que a taxa de...

EURIBOR | Taxas sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos (2009)

Taxas Euribor sobem a 3, 6 e 12 meses para máximos de 14 anos As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses. A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação avançou hoje para 2,436%,...

PODCAST | #141 – Se baixar o spread, o banco pode subir a minha prestação da casa? (A pergunta do Bruno)

O BANCO PODE AUMENTAR A MINHA PRESTAÇÃO SE EU PEDIR PARA BAIXAR O SPREAD? Esta foi a pergunta do Bruno, à qual respondo neste episódio do podcast. A esta pergunta juntam-se muitas outras, porque os bancos estão a receber uma verdadeira enxurrada de pedidos de...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Cristiana Alves

    Fiz um seguro saúde com a Medicare em Fevereiro de 2020. tentei cancelar ir informaram que tenho fidelização de 1ano e que sou obrigada a pagar até ao fim. Tenho ou não fidelização este tipo de seguros?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Não é um seguro, é um plano de saúde. O que está no contrato que assinou?

      Responder
  2. Pedro Lago

    Fiquei curioso com a reportagem sobre seguros de saúde e em particular com os seguros da MGEN que não conhecia. À partida pareceu-me interessante, mas a avaliação de um serviço deste tipo exige mais profundidade e cuidado. Dei uma vista de olhos pelo Portal da Queixa e a avaliação da MGEN é francamente má. E no TrustedPilot a avaliação da MGEN en França também é particularmente má.

    Responder
    • Pedro Lago

      Correcção: Trustpilot e não TrustedPilot

      Responder
    • Pedro Andersson

      Deve continuar a avaliar. E depois decidir. Ouça opiniões de outros clientes. Eu não sou cliente, por isso não posso ajudar. O que deve ter em atenção são as coberturas e o prémio. Há pessoas que assinam um contrato de cruz e depois percebem que não era aquilo que pensavam que era… Se souber o que contratou não se sentirá enganado.

      Responder
    • Pedro Coimbra

      Por norma essa avaliação tem a ver com o atendimento. Muitas pessoas contratam com o mediador mas depois nem pedem a ajuda deste para ajudar na resolução. Depois há a questão das pessoas não perceberem o conceito mutualista. Em França o estado delega na MGEN a gestão do serviço publico destinado aos professores e funcionários publicos. É uma espécie de ADSE privada. Pergunte a quem tem uma doença pré existente ou a quem, com 80 anos lhe surge um problema congénito ( malformação de nascença mas que se pode manifestar tarde) se acha que as condições da MGEN são más. Conheço muita gente se não fosse a MGEN teriam uma proteção miserável. Agora vir a publico dizer mal é fácil dizer bem é mais dificil. Muitas pessoas reclamam porque a seguradora aumentou o preço. Veja bem na MGEN não transferimos o risco partilhamos o risco entre todos. O aumento de preços é feito na assembleia de representantes ( o seguro da MGEN é um seguro de grupo onde estão representados os vários grupos desde a associações, sindicatos, empresas). A MGEN não tem acionistas por isso a sua forma de gestão é diferente.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.