Subsídio de desemprego prolongado mais 6 meses com pagamentos em fevereiro

Escrito por Pedro Andersson

14.01.21

}
2 min de leitura

Publicidade

Subsídios de desemprego prolongados serão pagos a partir de fevereiro com retroativos

Os subsídios de desemprego que terminem este mês serão prolongados automaticamente por mais seis meses, mas o pagamento só será feito a partir de fevereiro, com retroativos, segundo o Instituto da Segurança Social (ISS).

Numa nota publicada no site da Segurança Social, citada pela LUSA, o ISS começa por lembrar que, com a publicação do Orçamento de Estado para 2021 (OE2021), os subsídios de desemprego que terminam durante este ano serão, excecionalmente, prolongados por mais seis meses.

Assim, o subsídio de desemprego que termine em janeiro será prolongado por seis meses, sendo “prolongado automaticamente a partir de fevereiro”, indica o instituto.

“Juntamente com a prestação de fevereiro o beneficiário irá receber os dias de janeiro a que tenha direito e que ainda não tenham sido pagos”, lê-se na nota.

Em 16 de dezembro, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, explicou que os subsídios de desemprego que terminarem em 2021 serão prorrogados por seis meses de forma “automática” não sendo necessário entregar um pedido para esse efeito.

“As pessoas não precisam de fazer nada, a prorrogação será automática”, afirmou a governante numa conferência de imprensa no Ministério do Trabalho, em Lisboa.

A ministra adiantou que o ISS já estava naquela altura “a programar todos os sistemas para quem termine o subsídio de desemprego a partir de janeiro, em qualquer um dos meses, tem uma prorrogação automática”.

O Orçamento do Estado não prevê regulamentação e, portanto, terá aplicação imediata mal entre em vigor.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” – Dezenas de dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2021. Estes 3 livros vão ajudá-lo a vencer qualquer crise financeira na sua vida. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (17 a 23 de junho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

PodTEXT | Como perder o medo de investir e começar a ganhar dinheiro?

O podcast de sempre, agora mais inclusivo! Como a literacia financeira é um aspeto fundamental para a boa gestão das finanças pessoais, os podcasts do Contas-poupança tornam-se agora mais inclusivos e passarão a ser publicados também em texto, nomeadamente para...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Apanhei um Uber… e o motorista “ganhou” 4.797 euros

Uma viagem que deu lucro... Apresento-vos o José Silva. É condutor de Uber. O meu carro (um GOLF IV que tem 22 anos e está aí para as curvas) foi pintado todo de uma ponta à outra e ficou pronto hoje. Chamei um Uber para o ir buscar à oficina. Assim que entro no Uber,...

EURIBOR HOJE | Taxas descem em todos os prazos

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

PODCAST | #248 – Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? (A pergunta do João Paulo)

Amortizar o Crédito à habitação faz baixar o IRS? O João Paulo este ano quase que pagou IRS em vez de receber reembolso. Ele está preocupado com o ano que vem, porque tem feito muitas horas extraordinárias. Uma das possíveis estratégias dele é amortizar o crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (10 a 16 de junho)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de retalho de cerca de 10% para as...

Nova versão do Cartão de Cidadão já está disponível

Cartão de Cidadão é agora mais tecnológico e seguro A nova versão do Cartão de Cidadão, anunciada em março ainda pelo anterior governo, está oficialmente disponível a partir desta terça-feira. As alterações estão em linha com a mais recente legislação europeia e com...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a 3 meses e sobem a 6 e 12

Euribor Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um indicador precioso para perceber a tendência...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Vitor manuel dias Baptista

    Boa noite eu gostaria de saber se me pode ajudar eu tou desenpregado nao consigo aranjar traballo eu tenho poucos descontos na seguransa sosial sera que eu tenho direito a algum subsidio

    Responder
  2. Ana Santos

    Desde que tenha trabalhado 360 dias seguidos, sim.

    Responder
  3. Ana Santos

    Isto para o subsidio de desemprego.

    Responder
  4. Mónica Rocha

    Boa noite
    Peço por favor se me podem ajudar eu estou desempregada e o meu subsídio de desemprego terminou a 37 de outubro mas a segurança social porrogou até 31 de dezembro e já me enviaram a carta a informar alegando umque se tratava da medida de apoio COVID ao qual foi de 6 meses.
    Se assim for por norma será até abril de 2022 certo?
    Houve uma notícia na SIC que exponha exatamente está situação de um exemplo de um subsídio de desemprego que terminava em novembro e a ministra respondeu que no caso se porrogava até 2022
    Gostava de saber se é ou não verdade
    Visto que houve denúncia nessa mesma notícia que a segurança social informava não se teria direito
    Por favor se me puderem exclarecer fico imensamente grata
    Beijinhos e bom Natal para toda a família do contas poupança

    Hou

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.