Viu o Contas-poupança… vai poupar 53.900 euros




Fábio vai poupar 53.900 euros no crédito à habitação

Como já sabem, são estas mensagens de espectadores/leitores que me incentivam a continuar. É verdade que nem todas as dicas se aplicam a todas as pessoas, mas há sempre uma que se aplica como uma luva a alguém. Fico muito feliz quando vemos o reflexo do nosso trabalho na vida “real” das pessoas. Partilho convosco o e-mail que recebei do Fábio Teixeira (ele autorizou a publicação do nome) e vejam se isto se pode aplicar ao vosso caso.

Ele fez uma coisa que nunca falei aqui no blogue e não me tinha de facto ocorrido. Pode parecer muito estranho, mas para ele poupar este valor teve de pedir um crédito que não precisava. Acha estranho? Não é. Quando começamos a desenvolver a nossa inteligência financeira conseguimos ver mais longe e tomar decisões que podem parecer esquisitas para alguns, mas nós sabemos muito bem o que estamos a fazer. Ora leiam:

Boa Tarde Sr. Pedro Andersson,o meu nome é Fábio Teixeira, sou da Margem Sul, Seixal e tenho 30 anos.

Sigo o seu trabalho já há alguns anos e tenho a “vaidade” de poder dizer que já segui praticamente TODOS os seu conselhos e dicas! São todos perfeitamente exequíveis. Como disse na sua mais recente entrevista no programa matinal da SIC, as dicas que dá são boas, exequíveis, mas não é num estalar de dedos. Exige empenho e, mais difícil, tempo.

Senti-me na “obrigação” de lhe vir contar um pouco do que já meti em prática na minha vida, graças às suas valiosas informações. Há cerca de 2 anos que, seguindo um conselho seu, contactei uma Empresa para me ajudar na mudança de crédito habitação para outro Banco. Estava com um Spread de 2,35%. Estava claramente a mandar dinheiro para o lixo!

Contactei a Empresa Reorganiza e tive a Sorte e Felicidade de “conhecer” o Sr. (—), funcionário dessa Empresa que me esteve a “aturar” durante 2 anos! Troca de emails, troca de opiniões, troca de números e possibilidades infinitas. 2 longos Anos! Na semana passada, finalmente, concretizei a transferência para outro Banco e poupei / pouparei muito dinheiro, graças a SI! Passei de 2.35% de Spread para 1,1%! Antes da mudança de Banco, mensalmente saía da minha conta:

Empréstimo Habitação: 271,54€ Empréstimo Multi Opções: 92,84€ Seguro Multiriscos: 17,97 Seguro Vida: 8,27€ Manutenção da Conta: 5,72€ Seguro de Recheio, associado ao Cartão 123= 10,80€   Total: 407,14€ por Mês!  

Com a transferência, os valores desceram consideravelmente: Empréstimo Habitação (já com seguros) = 225,77€ Empréstimo Multi Opções (já com seguros) = 68,90€   Total = 294,67€   Poupo por mês 112,47€, por Ano 1.349,64€  e em 40 Anos 53.985,60€

Como devia menos de 100.000€ ao Banco (Santander Totta) e o Banco CTT pagava a transferência acima dos 100.000€, depois de pensar muito decidi pedir um reforço do crédito Multiopções, assim ficava com a dívida acima dos 100.000€ e depois poderia mudar de Banco, ficava com muito melhores condições e com o dinheiro do reforço do multi opções, concluída a mudança de Banco, irei amortizar o Empréstimo.

Em relação a todas as outras dicas e conselhos que deu, desde Electricidade, Gás em casa, já meti tudo em prática e tenho poupado bastante dinheiro. Como costumo dizer, um Amigo não é o que dá o peixe, é o que ensina a pescar!

Já encomendei o seu 3º livro e espero que venham muitos mais. Mais uma vez, agradeço o seu contributo, e quero que saiba que, pelo menos falando em mim, tem um fã. Tanta gente que é condecorada por serviço público (e não só) e você nunca foi. Mas enfim, foi só um desabafo. Desejo-lhe tudo de bom! Um Obrigado do Tamanho da sua generosidade!

Cumprimentos, Fábio Teixeira

  Obrigado, Fábio e desejo-lhe igualmente as maiores felicidades.

Que lições pode aprender do exemplo do Fábio

  • Tem de estar atento às oportunidades de poupança
  • Não encolha os ombros com o que está a pagar (seja o que for)
  • Procure alternativas (o Fábio fez simulações noutros bancos)
  • Contactou uma empresa mas não se precipitou. Tirou dúvidas durante 2 anos (!!!) mas só avançou quando teve a certeza do que ia fazer, com os prós e os contras
  • Um banco disse-lhe que só aceitava transferir um crédito acima de 100.000 €. Como não tinha, podia ter desistido. Não! Fez as contas e pediu um crédito para fazer os 100 mil para aceder a melhores condições. Ou seja, investiu para poupar.
  • Mas não vai “gozar” esse dinheiro como se fosse uma prenda. Assim que estiver tudo acertado vai AMORTIZAR o que teve de pedir com o crédito. Muito inteligente!
  • Cada caso é um caso. Por exemplo, no caso do Fábio até pagava pouco de seguro de vida do crédito à habitação, mas há casos de pessoas que pagam 100, 200 ou até 300 euros de seguro de vida todos os meses. Conheço situações em que mudaram de banco sem poupar “nada” mas deixaram de estar presos ao seguro de vida e mudando de seguradora conseguem poupar metade ou mais do que o que estavam a pagar. Pode até acontecer – em casos extremos – ficar a pagar mais de mensalidade a um banco mas poupar bastante no seguro de vida com melhores coberturas. Eu mais uma vez (já é a terceira vez) consegui baixar o meu seguro de vida. Contarei como num outro artigo.
  • O que fará o Fábio com os 1.300 euros que agora vai poupar todos os anos? Não lhe perguntei. Mas pelo texto dele, tenho a certeza de que o usará bem e não o usará para comprar um telemóvel novo que daqui a 6 meses será “velho”.´
  • Mexa-se. Se o Fábio não tivesse feito nada, esses 53 mil euros iriam para quem? Para o banco. Assim, ficam na carteira dele. Para fazer com ele o que quiser.

É por exemplos como este que lhe digo há anos que pode aumentar-se sem pedir ao patrão. No caso do Fábio foram 112 euros por mês. Um aumento assim, dava-lhe jeito? Tem muitas outras formas de encontrar dinheiro onde nem imagina que ele existe. Tem dezenas dessas dicas no meu livro novo. Está à venda a partir desta semana nas livrarias (FNAC, Bertrand, alguns hipermercados e online – tem o link abaixo se estiver interessado). Não deixe o dinheiro passar ao seu lado.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” – Dezenas de dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2020. Estes 3 livros vão ajudá-lo a vencer qualquer crise financeira na sua vida. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

 

4 comentários em “Viu o Contas-poupança… vai poupar 53.900 euros

  1. Avatar
    Maria João Reply

    Olá Pedro,
    Só queria deixar uma dica : eu também tinha o crédito habitação no Santander e também transferi para o Banco ctt no final do ano passado, com assistência do compara já. E transferi menos de 100000 euros e sem custos. Foi preciso um pouco de negociação e deixar bem claro que nunca iria transferir com custos para mim e acabaram por aceder! Não precisei de créditos extra nem mais nada. Até agora só bendigo a mudança!
    Estou sempre atenta aos seus conselhos! Bom trabalho

    • Pedro Andersson
      Pedro Andersson Post authorReply

      Olá Antônia. Se é um crédito muito antigo na altura não era obrigatório. Mas não considere isso um vantagem… É uma segurança que deve avaliar.

  2. Avatar
    Pedro Sousa Reply

    Olá Pedro, venho aqui alertar, porque aconteceu comigo logo, pode acontecer também a outras pessoas, o seguinte: tenho conta aberta no BCTT e quando saiu a noticia que a isenção do cartão de débito deixou de existir, eu cancelei o mesmo em março, abril, o prazo de validade do cartão era até julho deste ano. Em junho recebo um novo cartão de débito, sem o pedir, onde dizia na carta que o cartão, por razões de segurança, não estava ativo, para o ativar tinha que ir ao mb e introduzir o pin, nunca o fiz. Em Agosto verifico que me foi debitado 15€ + IS do cartão. Reclamei por email, porque se cancelei o cartão não me tinham que cobrar e também não tinham que me enviar um novo sem que eu pedisse. O valor foi-me devolvido, para o ano verei se voltam a fazer o mesmo, se o fizerem irei encerrar a conta.
    Cumprimentos, Pedro Sousa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *