Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

CRECHES | Mensalidades deverão baixar se teve quebra de rendimentos

Escrito por Pedro Andersson

30.06.20

}
4 min de leitura

Mensalidades das creches deverão baixar

ATUALIZAÇÃO

Depois desta aprovação, o PSD recuou e o essencial da medida foi chumbado. Caiu, por exemplo, a referência à redução proporcional à perda de rendimentos.

________________

O Parlamento acaba de aprovar a revisão do valor das mensalidades das creches das famílias com quebra de rendimentos na sequência da pandemia de covid-19.

As propostas foram aprovadas no âmbito da discussão e votação na especialidade da proposta de Orçamento do Estado Suplementar, tendo de acordo com a LUSA registado o voto contra do PS.

As medidas defendidas pelo PCP e pelo BE contêm algumas diferenças entre si, com o Bloco de Esquerda a propor uma redução da mensalidade das creches proporcional à perda de rendimentos para as famílias confrontadas com uma perda de rendimentos em pelo menos 20% desde o início da pandemia.

Além disso, a proposta do BE determina que nenhuma criança possa perder a vaga na creche que frequenta por causa de eventual não pagamento das mensalidades devidas no período de confinamento recomendado ou obrigatório, em particular quando está em causa uma família confrontada com quebra de rendimentos.

O BE defende ainda que durante o período de encerramento das creches e jardins de infância não possam ser cobradas despesas de alimentação e transportes, nem prolongamentos, e que o Estado garanta um apoio para pagamento das despesas de funcionamento e de salários dos funcionários das creches nesta fase excecional.

Este apoio fica condicionado à não existência de despedimentos ou recurso ao apoio do ‘lay-off’.

a proposta do PCP, igualmente aprovada, aponta para a revisão do valor da comparticipação familiar nas valências de apoio à infância “cujas atividades estiveram ou se encontrem suspensas”. Esta revisão é feita mediante requerimento das famílias.

A medida prevê também que neste processo de revisão sejam considerados os rendimentos auferidos pelo agregado desde o dia 1 de Março de 2020, para definição do rendimento per capita.

A proposta contempla ainda a elaboração de um plano de pagamento para as famílias que tenham mensalidades em dívida e proíbe a anulação de matrículas ou a cobrança de penalidades ou juros por falta ou atraso no pagamento das mensalidades.

O Governo tinha já determinado que Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e outras procedam à revisão das mensalidades a pagar pelas famílias que frequentem respostas sociais em função dos rendimentos mais recentes do agregado.

Portanto, no caso das IPSS deve contactar os serviços com a prova da sua quebra de rendimentos para rever as mensalidades. No caso das outras creches deverá aguardar que a lei final seja aprovada. Ainda vai demorar algum tempo. O ideal e tratar já do seu caso pessoal com a sua creche “a bem”, chegando a acordo se possível de forma a manter o serviço a uma mensalidade comportável. A falar é que a gente se entende. Se depois a lei for melhor do que aquilo que conseguia reavalia a situação. Mas fica a saber que dentro e alguns dias ou semanas haverá novidades a este respeito.

Pela minha experiência, às vezes as leis acabam por sair diferentes daquilo que foi aprovado em plenário devido a várias concessões e negociações entre os partidos. Às vezes sai melhor, às vezes sai pior.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Prazo para pós-pagamento das portagens das ex-SCUT passa para 15 dias

Prazo para pós-pagamento de portagens eletrónicas alargado de 5 para 15 dias O Governo alargou o prazo de pós-pagamento de portagens eletrónicas dos atuais 5 para 15 dias úteis, de forma a facilitar “a realização atempada dos pagamentos pelos utentes”, segundo uma...

Reformas que baixaram com os aumentos vão ser corrigidas com retroativos

As tabelas de retenção na fonte foram corrigidas As tabelas de retenção na fonte do IRS vão ser retificadas para salvaguardar que a atualização das pensões, que começou a ser processada em janeiro, não é absorvida pelo imposto, garantindo um aumento líquido do...

PODCAST | #90 – Como ajudar alguém a gerir melhor o dinheiro? (Pergunta da Paula)

- "Quero ajudar os meus amigos a gerir melhor o dinheiro, mas eles não querem saber..." O que pode fazer se algum amigo ou familiar seu está sempre a queixar-se de que não tem dinheiro, tenta ajudá-lo mas eles não só recusam a sua ajuda como ainda pensam que está a...

A resposta do Banco CTT à minha reclamação sobre a app id.gov.pt

A resposta do Banco CTT à minha reclamação Como expliquei neste artigo (é só clicar AQUI), encerrei a minha conta no banco CTT porque não é do meu interesse (financeiro) pagar comissões de manutenção de conta sem necessidade. Recordo que quem já paga a anuidade do...

PPR | Mês #15 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Janeiro 2022)

Vale a pena fazer um PPR como investimento? Janeiro está a ser um mês péssimo para os meus PPR. Num deles, o que desvalorizou só nas primeiras 3 semanas deste ano, fê-lo regressar aos valores de abril do ano passado.  Apesar disso, ainda mantenho um lucro razoável....

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (24 a 30 de janeiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

A minha aventura com o fecho da conta do Banco CTT

Banco CTT - Capítulo encerrado (com pena minha) Como expliquei neste artigo AQUI, o banco CTT decidiu deixar de ser um banco ZERO e vai começar a cobrar comissões de manutenção de conta a partir de março. Há exceções, mas apenas para quem pagar de outra maneira (por...

O que acontece à minha prestação se a Euribor subir 1%? (Simulação)

Muitas famílias vão ficar aflitas se a Euribor subir 1% Eu sei que provavelmente só pensa nisto lá muito ao longe, mas convém estar preparado para a subida da Euribor daqui a algum tempo. Não será para já, mas é importante saber o que o espera porque não é uma questão...

PODCAST | #89 – Como posso combater a inflação em 2022? (Pergunta II do André)

Como posso evitar que a inflação "coma" o meu orçamento mensal e as minhas poupanças? A inflação está a 5% na europa e atingiu os 1,3% em Portugal. É um avanço galopante e que está a gerar uma enorme preocupação. Há várias razões para o crescimento da inflação, mas o...

Banco CTT vai passar a cobrar comissão de manutenção de conta 

Banco CTT vai passar a cobrar comissão de manutenção de conta - O fim do banco ZERO E assim acabou mais uma boa ideia.  Foi bom enquanto durou. Quando o Banco CTT surgiu, foi uma lufada de ar fresco na banca nacional. Prometia ser um banco  ZERO (nenhuma comissão). Um...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.