Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Em Março vou pagar mais 23% de fatura de eletricidade. E você?

Escrito por Pedro Andersson

05.04.20

}
4 min de leitura

A fatura da eletricidade vai disparar

Já o avisei em vários artigos, assim que as instruções foram para ficar em casa com os filhos. É uma questão de senso comum, mas como tenho vários medidores de eletricidade em casa, confirmei e quero partilhar consigo as minhas contas para saber com o que pode contar na fatura deste mês e nos próximos.

É perfeitamente normal que a conta suba. Estamos em casa todo o dia com as crianças. Várias refeições em casa. Muitos bolos no forno para enganar o tempo e o estômago. Estar sempre com a TV ligada com os desenhos animados ou as notícias. As luzes ligadas até mais tarde. Muitas limpezas ao longo dos dias, com o respectivo consumo de eletricidade.

Este é o gráfico agora “normal” dos meus dias em casa. Onde estão a ver os picos do gráfico, entre as 9 da manhã e as 5 da tarde, eram iguais ao mar raso que encontra nas horas da madrugada. A casa estava vazia.

Estes são os gráficos do consumo, dia a dia, durante mês de Março. Sabendo eu o que gasto, ultrapasso os valores normais todos os dias. Tal como esperava.

As contas da subida no consumo

Em Março do ano passado (2019), consumi 335,555 kWh. Ou seja, consumi em eletricidade 60,14 € (mais IVA e mais as taxas todas).

No mês de Março, que agora terminou (2020), o consumo foi de 421,56 kWh. Representa um gasto de 73,91 € (falta o IVA e as taxas todas).

Fazendo a conta dá um aumento de consumo aqui em casa de mais 23%. Atenção que estamos a falar apenas de duas semanas, porque isto começou por volta de 13 de Março.  Portanto, a minha expectativa é que em Abril – se a situação continuar – o aumento será do dobro, ou seja, um aumento de 46% na minha fatura de eletricidade.

Tenho um medidor de consumo de eletricidade só ligado à tomada onde tenho todos os equipamentos do escritório (PC, monitor, impressora, candeeiro) e vejam só o que disparou em relação aos meses anteriores. Mais do que duplicou.

Como pode reduzir/controlar a sua fatura de eletricidade?

Alguns conselhos básicos e urgentes

Tem este artigo aqui em que a ERSE diz que pode pedir já para pagar em prestações. Antecipe-se se estiver com dificuldades financeiras. Não deixe que chegue à dívida.

  1. Dê a contagem pelo telefone, telemóvel, app, ou página de internet da sua fornecedora de eletricidade. Não espera pelas estimativas. Vai ser pior. Relembro-o que as contagens presenciais não estão a ser feitas. Quando chegar a conta vai ser a doer. Peça ajuda se não o souber fazer.
  2. Evite ao máximo consumos desnecessários de energia. Se puder, por exemplo, faça duas refeições no forno ao mesmo tempo.
  3. Explique às crianças que todos temos de poupar energia. Desligar todas as luzes desnecessárias. Aproveite ao máximo a luz do dia.
  4. Agora é tarde, porque não irá às compras para comprar lâmpadas LED, mas assim que terminar o Estado de Emergência mude todas as suas lâmpadas para LED. Vê logo a diferença na fatura.
  5. Aproveite, já que tem algum tempo livre, para mudar para uma empresa de eletricidade e gás mais barata. Pode fazer essa mudança pelo telefone.
  6. Desligue da tomada todos os equipamentos que não está a usar. Os standby são um sorvedouro de eletricidade.
  7. Acabe imediatamente com o bi-horário se está todo o dia em casa. A sua fatura da luz ainda vai disparar mais se não fizer essa mudança já. Vai estar a pagar tudo o que gastar de dia em dobro. É um disparate.

Isto vai passar. Entretanto aproveite alguma da sua disponibilidade de tempo para pôr as suas contas e as suas finanças pessoais em ordem. É uma oportunidade única para as pessoas que estão sempre a dizer que não têm tempo para tratar “disso”.

Estou aqui para ajudá-lo. Basta usar o motor de busca neste blogue e escrever o que o preocupa. É um rectângulo com a pergunta “Onde quer poupar?”. Está na coluna da direita nos computadores e no fim dos artigos nos telemóveis.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

IRS | Coimas perdoadas para quem entregou o IRS fora de prazo

Contribuintes que entregaram IRS até 26 de julho podem ter dispensa de coima Os contribuintes que entregaram a declaração de IRS entre 1 e 26 de julho e que foram multados por este atraso podem beneficiar de dispensa de coima, devendo, para tal, apresentar defesa no...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (27 de setembro a 3 de outubro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Contribuintes com atividade aberta podem validar faturas para IVAucher até hoje

"Recibos verdes" podem validar faturas para IVAucher até hoje Os contribuintes com atividade aberta têm até esta sexta-feira para validar, no Portal das Finanças ou na aplicação, as suas faturas elegíveis para o programa IVAucher, cujo saldo pode ser utilizado a...

VÍDEO | Como pode poupar centenas de euros ao fazer a escritura da casa

Como pode poupar centenas de euros ao fazer a Escritura da casa Fazer a escritura de uma casa é sempre um momento marcante na nossa vida. Mas poucos dão importância ao preço que estão a pagar pelo documento. Na reportagem desta semana do Contas-poupança, no Jornal da...

Como poupar centenas de euros quando fizer a escritura da sua casa

Quanto custa fazer uma Escritura? (SIM! OS SOLICITADORES também fazem DOCUMENTOS PARTICULARES AUTENTICADOS). E por vezes mais baratos que todos e com igual competência. Obrigado a todos os solicitadores que estão a criticar (e bem) o facto de eu não ter dito que os...

CRECHES | Creche gratuita para todas as crianças de famílias até ao 2º escalão de rendimentos

Creche gratuita para todas as crianças de famílias até ao 2º escalão de rendimentos A creche passa a ser gratuita para todas as crianças de famílias até ao segundo escalão de rendimentos a partir de quarta-feira e com efeitos a 1 de setembro, segundo portaria hoje...

PODCAST | #72 – Como posso evitar os aumentos da eletricidade?

Prepare-se para aumentos na sua fatura de eletricidade. No mercado regulado, já aumentaram duas vezes este ano e a 1 de Janeiro provavelmente vai aumentar outra vez. E algumas empresas no mercado liberalizado também já estão a avisar que vão aumentar e em janeiro...

ANÁLISE | Mês #8 – Como estão a correr os meus investimentos nos robôs financeiros?

Como estão os meus investimentos "automáticos"? Ao longo destes últimos 3 anos, comecei a investir parte das minhas poupanças. Tenho recebido muitas perguntas sobre como começar a investir. Estes artigos sobre investimentos "automáticos" têm por objetivo mostrar que...

PODCAST | #71 – O que tem de fazer para gastar o saldo do IVAucher?

Acumulei saldo no IVAucher. E agora? No episódio #67 expliquei-lhe como devia fazer para acumular dinheiro no IVAucher para gastar no fim do ano. Agora essa fase já acabou e já tem ideia do saldo que vai poder gastar. Mas como é que isso se faz? Tenho de me inscrever...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (20 a 26 de setembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Publicidade

Publicidade

Artigos relacionados

11 Comentários

  1. Albertina

    Porque não tiram os impostos da luz e da água..é uma vergonha com essa situação de pandemia e o Estado não se sencibilizou para retirar essas taxas absurdas…façam como outros países que deixaram de cobrar agua e luz até que passe a crise.

    Responder
    • Nuno

      Atenção às rendas nas faturas luz na grande maioria são 45% + na fatura ,uma vergonha

      Responder
  2. Leticia Matthioli Mateus

    Eu, Leticia Matthioli Mateus, vivo sózinha em casa,é um duplex e tenho 2 fornecedores de Electriciada – edp comercial- é a que gasto mais, pois tenho 2 quadros e ela conta o do 4ºandar que é onde ando, e a Galp que também tenho o gás e Electricidade do 5º andar——–onde praticamente não vou, pois não cosigo subir as escadas devido a várias doenças( a electricidade dá sempre as mesmas leituras, mas tenho que pagar taxas).Á edp comercial até devia passar a gastar menos, pois só acendo a luz bastante tarde e só no compartimento onde estiver, deixei de ver televisão, pois não dão nada de interesse e só dão disparates acerca do corna virus…..eu sou Médica, e vejo perfeitaente que quer a Sra Graça da DGS, quer a advogada que é Ministra da Saúde só querem meter mentiras nas cabeças dos portugueses, assim como o 1º Ministro e o Presidente(este eu não esperava). Mandam para casa pessoas sem terem resultados de testes, que ficam em quarentena em casa…..onde?Eu tenho uma casa grande(não saiu há anos á rua pois não tenho estabilidade…não dou festas, raramente alguém agora que estou doente e abandonada pela minha Filha que mora no mesmo condomínio, a cerca de 50 metros….compro o que consigo online, até a porcaria da comida já feita do Continente….sei que estou a gastar muito menos quer de gás quer de electricidade……também me vão aumentar a factura? Não dei a última leitura da edp comercial, pois estava internada devido a insuficiência cardiaca com edema pulmonar……menos gastei durante 3 semanas…….Já parti uma costela por cair na banheira, pelo que me estão agora a fazer obras numa das casas de banho.
    Voltando aos que vêm para casa ainda não curados, têm que ter um quarto só para eles, que eles próprios têm de limpar, luvas, máscaras(que não se encontram em lado nenhum)e uma casa de banho que também mais ninguém pode usar, e mesmo assim podem infectar a restante familia…..quantas familias têm casa para isto…..Acho que querem é que cada vez existam mais infectados.
    Em relação a Médicos, Enfermeiros, em muitos hospitais, SNS, não são protegidos….a minha Filha é Médica nas Díálises, local onde os doentes têm multiplas doenças e baixa imunidade……só há muito pouco tempo a vi numa foto com máscara, e deve ter sido ela que a comprou. Eu não vivo, não durmo, não vejo pessoas para falar e pior, como a minha Filha me bloqueou todos os contactos, passo dia e noite a pensar se ela estará bem!………isto não é viver, e ainda querem roubar-me mais dinheiro????

    Responder
  3. João Gouveia

    Pedro, pode ser que agora aproveite toda a energia produzida pelos paineis… será um bom teste/ artigo!

    Responder
  4. Armando

    Boa tarde Pedro,
    Ao ver o seu post e para além de alguns comentários, que têm mais a ver com visões partidárias do que concretamente com o consumo de energia, porque é disso que o Pedro está a falar – mais tempo em casa logo mais consumo, lembrei-me de o alertar, ou melhor, pedir-lhe que perca um pouco do seu precioso tempo e verificar o operador de mercado Luzboa, que tem um tarifário (Luzboa Spot BTN) indexado ao preço de mercado. Dê uma espreitadela, se assim o entender.
    Abraço, fique bem,
    Armando Gonçalves

    Responder
  5. maria da afonso

    Deixar de cobrar água e luz não adianta porque vamos ter sempre de pagar , qualquer bem que usufruímos ,temos que pagar por esse serviço , não cai do céu , mas a taxa de 23% de impostos é desmesuradamente incompreensível só continua porque há interesses……… NÂO CONCORDO.

    Responder
  6. maria da afonso

    Cuidado com os iluminados que dizem ser comentários partidários os pedidos de baixar imposto de 23 % na luz , não vendo que estes 23 % encarece e muito a energia independentemente da empresa, meu Deu não sabe ler por linhas tortas.

    Responder
    • Armando

      Maria Afonso, O que aqui está em causa não é pedir-se para baixar o IVA da luz de 23% para uma taxa reduzida, mas sim algumas dicas que o Pedro nos transmite, para reduzirmos o consumo agora que a maior parte de nós está em casa. O azar de todos nós é que o Pedro fez contas e concluiu que este maior número de horas em casa conduzia a um aumento no consumo de 23% e aí é que, aqueles que não são iluminados, pensaram que estava a falar do IVA e mais impostos e por aí fora. Espero que estas linhas não tortas, a esclareçam Maria Afonso e que neste período, difícil para todos nós, mantenhamos a calma suficiente para respeitar a interpretação de cada um acerca dos assuntos para aqui trazidos. Fique bem.
      Armando Gonçalves

      Responder
      • Pedro Andersson

        Foi só o meu caso. Há famílias que vão pagar o mesmo ou até menos. Basta não ter filhos em casa 🙂

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.