CTT – Os carteiros vão a casa entregar o dinheiro das pensões a 100 mil pessoas




O carteiro entrega o dinheiro da pensão em mãos

Os CTT, para manter a segurança e bem-estar dos pensionistas portugueses no atual contexto de pandemia CoViD-19 e do Estado de Emergência, vão implementar uma série de medidas de proteção no pagamento das pensões no mês de abril.

Num comunicado, os CTT informaram que vão antecipar a emissão e pagamento dos vales em 2 dias úteis e fasear a distribuição, durante 8 dias, de modo a minimizar o risco de afluência aos locais de pagamento e de contágio. Os vales serão emitidos no dia 1 de abril e serão distribuídos até 9 de abril.

Horários alargados para receber a pensão

Neste período de pagamento de vales, de 1 a 9 de abril, os CTT terão 34 lojas com horários alargados, a funcionar das 9h00 às 13h30 e das 14h30 às 17h30, para fazer face à afluência.

O carteiro leva o dinheiro a casa

Os CTT vão reforçar o serviço de pagamento de Vales ao Domicílio pelo carteiro, permitindo que cerca de 100 mil dos 370 mil pensionistas que recebem mensalmente os vales não tenham de se deslocar para fazer o recebimento da sua pensão.

Com esta medida evita-se a saída dos pensionistas do seu domicílio, que será levada a cabo pela rede de carteiros dos CTT gratuitamente, assumindo os CTT integralmente este custo, nas zonas do País onde têm uma maior capacidade operacional para realizar a entrega em casa.

Contactei os CTT que me explicaram que não é possível “encomendar” este serviço de entrega da pensão em dinheiro. Será feito com os critérios dos CTT conforme a disponibilidade de recursos financeiros e humanos. Mas pelos valores que mencionaram acima, será 1 em cada 3 pensionistas por todo o país. Não há hipótese de marcar. Ou batem à porta e entregam o dinheiro ou deixam o vale na caixa do correio. É só para não estranhar se isso acontecer.

Os CTT lembram que os vales têm a validade de um mês, pelo que os pensionistas que não necessitem poderão não efetuar o levantamento nos primeiros dias. Além disso, os pensionistas em caso de necessidade, podem pedir através da linha CTT a substituição do respetivo vale, por um novo período de 30 dias, fazendo a troca do mesmo numa loja CTT.

Os CTT lembram ainda que os vales são um meio de pagamento endossável, por isso, com a assinatura do pensionista no verso do vale e fazendo-se acompanhar do documento didentificação do pensionista e da sua própria identificação é possível que um terceiro (familiar, cuidador, amigo) possa efetuar o levantamento do vale.

Os vales, devidamente endossados, podem ser depositados na conta do próprio ou em conta de terceiros, sendo possível estes disponibilizarem as verbas aos pensionistas, mesmo que para isso tenham de aguardar a liquidez em conta, evitando a saída de casa destes cidadãos.

Os CTT pagam cerca de 370 mil vales por mês. Um deles pode ser do seu pai, mãe ou avô.

Avise-os de que se o carteiro lhe quiser entregar o dinheiro em mão sem ter pedido será “normal”.

Cuidado com as burlas

Avise-os também para terem cuidado com as burlas. Só abra a porta ao carteiro SE O CONHECER. Pelo que me explicaram, vai ter de abrir a porta e assinar um documento em conforme recebeu o dinheiro. Isso não será uma desvantagem, porque se tivesse de ir ao posto passaria por muitos mais locais infetados e contactaria com mais pessoas do que “apenas” o carteiro. E teria de assinar na mesma o papel. Use uma caneta sua.

Se a pessoa recusar abrir a porta e receber o dinheiro da pensão em mãos, o carteiro respeitará e deixará o vale na caixa do correio como é costume e levantará o dinheiro como entender. Não há problema.

Lista de Lojas CTT com horário alargado:

– Loja CTT Avenida (Braga)

– Loja CTT Barcelos

– Loja CTT Boavista (Porto)

– Loja CTT Bonfim (Porto)

– Loja CTT Bonfim (Setúbal)

– Loja CTT Calouste Gulbenkian (Funchal)

– Loja CTT Cartaxo

– Loja CTT Covilhã

– Loja CTT Ermesinde

– Loja CTT Espinho

– Loja CTT Faro

– Loja CTT Fernão Magalhães (Coimbra)

– Loja CTT Gondomar

– Loja CTT Guimarães

– Loja CTT Guarda

– Loja CTT Lousada

– Loja CTT Marquês de Pombal (Porto)

– Loja CTT Maximinos (Braga)

– Loja CTT Monte Belo (Setúbal)

– Loja CTT Paços de Ferreira

– Loja CTT Palmela

– Loja CTT Paivas

– Loja CTT Paredes

– Loja CTT Penafiel

– Loja CTT Ribeira Brava (Madeira)

– Loja CTT Santana (Sesimbra)

– Loja CTT Santarém

– Loja CTT Torre da Marinha

– Loja CTT Torres Vedras

– Loja CTT Vale das Flores (Coimbra)

– Loja CTT Valongo

– Loja CTT Vila Nova Famalicão

– Loja CTT Vila Nova de Gaia

– Loja CTT Zarco (Funchal)



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

6 comentários em “CTT – Os carteiros vão a casa entregar o dinheiro das pensões a 100 mil pessoas

  1. Avatar
    Teresa Reply

    Pois, e uma boa medida, mas, e a saúde dos carteiros, em contacto com todas estas pessoas e se hipótese de higienização adequada. Isto ninguém se lembra.

  2. Avatar
    Maria Nunes Reply

    Ola,sr Pedro a intenção é boa mas vai gerar muita desconfiança, por exemplo na zona onde vivo (Porto) nem sempre é o mesmo carteiro que vem.No mínimo vai ser estranho.Agora um aparte ;sobre o apoio/subsídio ao cuidador ainda nao se sabe quando vao disponibilizar os impressos na seg.social?Obrigado por nos manter informados

  3. Avatar
    Sergio Coelho Reply

    Tenho um mini-mercado, num meio pequeno, onde em tempos aceitava estes vales que depois depositava na minha conta MilleniumBcp. Há mais de 10 anos o banco impossibilitou estes depósitos, “obrigando” assim os pensionistas a engrossar a fila nos CTT para levantamento dos mesmos, com os riscos daí inerentes; roubos, perdas etc

  4. Avatar
    Luis Serra Reply

    Ou recebe o dinheiro, ou se não receber deixam o vale como habitualmente.

  5. Avatar
    Sara Silva Reply

    Desculpe, mas não percebi algo. Recebem o vale em mãos, mas depois não têm que voltar ao posto dos correios para buscar o dinheiro em si? Não percebi a vantagem… Peço desculpa pela ignorância. Obg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *