Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

ERSE limita cortes de eletricidade por falta de pagamento e proíbe juros de mora por 30 dias

Escrito por Pedro Andersson

17.03.20

}
4 min de leitura

ERSE fixa regras excecionais para evitar interrupções
de fornecimento de energia durante o COVID-19

A ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos, atendendo à emergência de saúde pública de âmbito internacional suscitada pela pandemia de COVID-19, decidiu fixar condições excecionais de prestação dos serviços de fornecimento de energia para evitar interrupções de fornecimento de eletricidade, gás natural e de gases de petróleo liquefeito (GPL) canalizados.

Porque são considerados serviços públicos essenciais, os serviços de fornecimento de eletricidade, de gás natural e de gases de petróleo liquefeito (GPL) canalizados, só podem ser interrompidos após pré-aviso adequado, salvo caso fortuito ou de força maior.

A regulamentação da eletricidade e do gás natural prevê que a interrupção do fornecimento por facto imputável ao cliente só pode ter lugar após pré-aviso, por escrito, com uma antecedência mínima de 20 dias relativamente à data em que irá ocorrer, salvo nos casos em que a interrupção deva ser imediata.

Mais 30 dias para pagar

Face aos planos de contingência adotados pelos prestadores dos serviços públicos essenciais e antecipando possíveis dificuldades de pagamento motivadas por isolamento, falta de acesso a meios alternativos de pagamento a partir de casa ou por uma perda abrupta e inesperada de rendimento por parte dos consumidores, a ERSE determina que o prazo de pré-aviso de interrupção de fornecimento para os clientes domésticos (em Baixa Tensão Normal) seja, desde já, alargado por 30 dias adicionais.

A ERSE decidiu também estabelecer regras excecionais relativamente ao pagamento fracionado de dívidas geradas neste período excecional de 30 dias, que pode vir a ser prorrogado pela ERSE.

Pode pedir para pagar em prestações

Os consumidores que, por dificuldade de pagamento, gerem dívidas em relação aos seus fornecedores de energia, podem pedir o pagamento fracionado das mesmas, não havendo lugar à cobrança de juros de mora por parte das empresas durante um período de 30 dias.

Com exceção das situações de comprovada urgência e junto de clientes prioritários, a ERSE estabelece que os operadores das redes de distribuição, comercializadores de último recurso e comercializadores devem evitar as ações que impliquem deslocação e contacto direto em casa do consumidor e devem reforçar os meios de comunicação à distância, para a comunicação de leituras, o esclarecimento de dúvidas ou o estabelecimento de planos de pagamento.

Dê as contagens

A ERSE também apela aos consumidores para que comuniquem as suas leituras, de modo a evitar as estimativas de consumo.

A aplicação das regras previstas entra em vigor no dia seguinte à sua publicação em Diário da República e produz efeitos desde o passado dia 13 de Março.

2 avisos sérios

Quero deixar 2 avisos a quem segue o blogue e que vou repetir em vários artigos daqui para a frente. Avisos muito sérios.

  1. Se acha que não vai conseguir pagar alguma conta (seja de bens essenciais, seja do banco) AVISE JÁ a empresa ou o banco. Não deixe de pagar NENHUMA prestação. É o pior que pode fazer. Peça ajuda antes. Há mecanismos legais que o podem ajudar, mas tem de os acionar antes de falhar uma prestação.
  2. NUNCA faça créditos para pagar dívidas. Pagar juros exorbitantes para pagar outras dívidas é uma bola de neve que só vai cavar um buraco mais fundo. Não caia nessa armadilha.

Não julgue estou a ser pessimista. Tenho falado com muitas pessoas que com um corte de 33% no salário já este mês vão ter dificuldades em pagar as suas contas porque não têm um fundo de emergência para 6 meses, como ando a falar convosco há vários anos.

Mas estamos cá para ajudar, à medida que as coisas forem acontecendo. Para já o importante é não entrar em pânico. Mantenha-se calmo. Não faça é asneiras financeiras que piorem a situação.

Peça ajuda o quanto antes, admita que tem um problema financeiro. É o primeiro passo. Neste caso específico, se acha que vai ter dificuldades em pagar as próximas faturas peça já para flexibilizarem o pagamento.

Tome a iniciativa. Eles terão de ir atrás de si. Já estou a ver o filme todo. Mas vai correr tudo bem. Seja prudente.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

IRS | Coimas perdoadas para quem entregou o IRS fora de prazo

Contribuintes que entregaram IRS até 26 de julho podem ter dispensa de coima Os contribuintes que entregaram a declaração de IRS entre 1 e 26 de julho e que foram multados por este atraso podem beneficiar de dispensa de coima, devendo, para tal, apresentar defesa no...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (27 de setembro a 3 de outubro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Contribuintes com atividade aberta podem validar faturas para IVAucher até hoje

"Recibos verdes" podem validar faturas para IVAucher até hoje Os contribuintes com atividade aberta têm até esta sexta-feira para validar, no Portal das Finanças ou na aplicação, as suas faturas elegíveis para o programa IVAucher, cujo saldo pode ser utilizado a...

VÍDEO | Como pode poupar centenas de euros ao fazer a escritura da casa

Como pode poupar centenas de euros ao fazer a Escritura da casa Fazer a escritura de uma casa é sempre um momento marcante na nossa vida. Mas poucos dão importância ao preço que estão a pagar pelo documento. Na reportagem desta semana do Contas-poupança, no Jornal da...

Como poupar centenas de euros quando fizer a escritura da sua casa

Quanto custa fazer uma Escritura? (SIM! OS SOLICITADORES também fazem DOCUMENTOS PARTICULARES AUTENTICADOS). E por vezes mais baratos que todos e com igual competência. Obrigado a todos os solicitadores que estão a criticar (e bem) o facto de eu não ter dito que os...

CRECHES | Creche gratuita para todas as crianças de famílias até ao 2º escalão de rendimentos

Creche gratuita para todas as crianças de famílias até ao 2º escalão de rendimentos A creche passa a ser gratuita para todas as crianças de famílias até ao segundo escalão de rendimentos a partir de quarta-feira e com efeitos a 1 de setembro, segundo portaria hoje...

PODCAST | #72 – Como posso evitar os aumentos da eletricidade?

Prepare-se para aumentos na sua fatura de eletricidade. No mercado regulado, já aumentaram duas vezes este ano e a 1 de Janeiro provavelmente vai aumentar outra vez. E algumas empresas no mercado liberalizado também já estão a avisar que vão aumentar e em janeiro...

ANÁLISE | Mês #8 – Como estão a correr os meus investimentos nos robôs financeiros?

Como estão os meus investimentos "automáticos"? Ao longo destes últimos 3 anos, comecei a investir parte das minhas poupanças. Tenho recebido muitas perguntas sobre como começar a investir. Estes artigos sobre investimentos "automáticos" têm por objetivo mostrar que...

PODCAST | #71 – O que tem de fazer para gastar o saldo do IVAucher?

Acumulei saldo no IVAucher. E agora? No episódio #67 expliquei-lhe como devia fazer para acumular dinheiro no IVAucher para gastar no fim do ano. Agora essa fase já acabou e já tem ideia do saldo que vai poder gastar. Mas como é que isso se faz? Tenho de me inscrever...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (20 a 26 de setembro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

1 Comentário

  1. André Coelho

    Se for decretado o estado de emergência como é que ficam os ordenados? Quanto recebemos?

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.