Covid 19 – Os cuidados e conselhos para amanhã MUITO IMPORTANTE




Cuidados e conselhos para amanhã

Estive a ouvir atentamente a Conferência de Imprensa da Direção Geral de Saúde e da Ministra da Saúde e faço questão (embora não tenha aqui nenhuma dica de poupança financeira) de os partilhar convosco. FAÇA ISTO E PARTILHE ESTES CONSELHOS COM TODOS OS QUE PUDER PELAS REDES SOCIAIS. Não pense que são conselhos ridículos.

A segunda-feira ideal (livre de coronavirus)

Se vai ter de sair de casa para ir trabalhar

(Dito pela Diretora Geral da Saúde e acrescentei algumas recomendações gerais das autoridades)

  1. Tratar da sua higiene pessoal e tomar o pequeno almoço
  2. Lavar EXTRAORDINARIAMENTE bem as mãos imediatamente antes de sair de casa
  3. Usar um lenço de papel para abrir a maçaneta da porta de casa e fechar a porta
  4. Usar o lenço de papel para carregar nos botões do elevador e na porta do prédio
  5. Usar um lenço de papel para carregar em qualquer botão pelo caminho até ao seu transporte
  6. Usar o lenço de papel no que tocar em transportes públicos
  7. Se viajar em transportes públicos e nos elevadores vire as costas a qualquer pessoa
  8. Não fale com NINGUÉM (mesmo que pareça má educação)
  9. Quando chegar ao trabalho lave muito bem as mãos novamente
  10. Toque apenas no essencial, limpe o seu teclado e monitor
  11. Coma sozinho, se possível
  12. Fale e contacte o mínimo indispensável com os seus colegas e clientes
  13. Mantenha pelo menos 1 metro de distância com qualquer pessoa
  14. Lave frequentemente as mãos enquanto está no trabalho e mais uma vez antes de sair do local
  15. No regresso a casa, use o lenço de papel da mesma maneira que fez no início do dia em todos os botões que carregar
  16. Ao chegar a casa lave imediatamente EXTRAORDINARIAMENTE bem as mãos

Vamos fazer isto com um sorriso?

Parece um filme de ficção científica/terror mas se todos fizermos isto e levarmos isto de forma bem disposta podemos baixar a curva de infetados que já está em fase de subida.

A Ministra da Saúde prevê que o pico vai ser no fim de Abril. Vão ser semanas muito difíceis. Não as tornemos mais difíceis ainda. Não podemos travar a onda, mas podemos abrandá-la. Mas temos de o fazer TODOS. Só um não chega. Não tenha medo de ser o único. Se fizer bem, outros irão imitá-lo.

E o Brufen?

Nas redes sociais está a circular a informação de que o Brufen é prejudicial no tratamento da Covid 19. A Diretora Geral da Saúde DESMENTE  ESSA INFORMAÇÃO. Isso vai ser anunciado amanhã pelo Infarmed. NÃO TEM NENHUM FUNDAMENTO.

E os avós?

Não deixem os vossos filhos com os avós. É um perigo para os avós. Não facilite. Faça das tripas coração.

No caso dos profissionais de saúde e das forças de segurança, a Ministra da Saúde acabou de anunciar que podem indicar uma terceira pessoa (sem ser os avós) para ficarem com eles e receber por isso. Vai ser publicado no Diário da República. Aguardemos pelos detalhes. É uma alternativa a deixar os meninos nas escolas públicas que vão ficar abertas para os filhos dos profissionais que estão a trabalhar para nós com enorme risco e esforço.

E a Páscoa?

Este ano não há viagens de Páscoa pelo país para ninguém. Não façam viagens de passeio e lazer e para visitar familiares. Não espalhem o vírus. Podem achar que não estão infetados, mas podem estar neste momento.

Tem tosse ou febre?

Livre-se de ir trabalhar. Não vai ajudar nada. Só vai piorar a situação de todos. Mesmo que não seja o vírus e seja só uma constipação normal, NÃO ARRISQUE. Fique em casa e não saia por nada. Contacte a linha Saúde 24.

Sente-se bem?

Óptimo. Se está em casa com os filhos fique o maior número possível de horas em casa. Se sair à rua não contacte com outras pessoas. Leve os miúdos à rua e volte rapidamente. Não toque em nada. Lave muito bem as mãos ANTES de sair de casa e DEPOIS de regressar a casa. Atenção ao lenço de papel nas maçanetas e elevadores. É a mesma coisa como se fosse trabalhar. Limpe bem a sua casa e todas as superfícies.

Sente-se mal?

Se está de quarentena ou infetado tem de OBRIGATORIAMENTE FAZER ISTO EM CASA:

  1. Dormir num quarto separado
  2. Ficar SEMPRE no quarto (sim, 14 dias).
  3. Se sair do quarto, use máscara, não toque em nada e mantenha-se afastado da família
  4. Leia muitos livros e mantenha-se ocupado como puder
  5. Deve receber a sua comida num tabuleiro e deve comer no quarto isoladamente
  6. Todos os utensílios devem ser muito bem lavados e deve usar preferencialmente sempre esses durante a doença
  7. O quarto deve ser limpo pelo próprio frequentemente
  8. Deve ter, se possível, uma casa de banho só para si
  9. Se usarem todos a mesma casa de bano, sempre que a utilizar deve ser desinfetada com detergente normal
  10. CUMPRA o isolamento
  11. Não partilhe telemóveis, talheres, comandos de TV, etc.

A Diretoria Geral da Saúde resumiu tudo numa frase:

“Estamos em guerra”. Estamos. Leve isto a sério. Por todos nós.

O país tem de continuar a trabalhar. Com estes comportamentos estamos a contribuir para manter o emprego de milhares e os rendimentos das famílias.

Boa segunda-feira!



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

11 comentários em “Covid 19 – Os cuidados e conselhos para amanhã MUITO IMPORTANTE

  1. Avatar
    paula Reply

    boa tarde,
    alguem me poderá indicar qual o formulario para apoio social aos trabalhadores independentes. não o encontro no Site S. Social
    Obrigado.

  2. Avatar
    Ana Soares Reply

    Tenho uma grande dúvida, um trabalhador que tem um Atestados Médicos de Incapacidade Multiuso, pertence a grupo de risco. Embora tenha essa incapacidade ( obstrução bronquica crónica) trabalha. Será que perante este perigo do COVID 19, não deveria ter o direito de ficar em casa? Já pesquisei a internet toda e não encontrei nada! Se me puder esclarecer fico muito agradecida.

  3. Avatar
    Zélia Cardoso Reply

    Olá Pedro Andersson. Obrigada por este verdadeiro serviço público. Tenho aprendido imenso consigo.
    Escrevo-lhe para lhe relatar uma situação. Hoje fiquei em casa, em regime de assistência à família. Telefonei para a minha entidade empregadora a informar. Perguntei também, se se importavam que para a outra semana, trabalhasse em casa. O meu trabalho assim o permite, desenvolvo programas informáticos e faço assistência à qualidade. Se tiver mail e um telemóvel, é perfeitamente possível. A minha patroa disse que teria de pensar, não achou boa ideia pois seria difícil para ela distribuir me o trabalho… O meu marido ainda foi trabalhar, mas também vai ficar em casa a partir de amanhã. Que sentido tem estar ele e os nossos 2 filhos em casa, e eu a sair de casa, apanhar transportes públicos e correr o risco de me infectar e infectar família e colegas?? Há alguma forma legal de dizer não à minha patroa, para além de prolongar a assistência à família? Pois eu queria trabalhar, não queria era ter de sair de casa! Obrigada.

  4. Avatar
    Miguel Reply

    É nestes momentos que vemos a importância nas nossas vidas de ter um crédito a 10 anos para pagar uma viatura topo de gama, com ordenados mínimos de 550euros, médicos e enfermeiros a ganharem menos que árbitro de futebol. Vamos ver quando esta pandemia passar se temos a coragem de ir para rua agradecer aos médicos enfermeiros polícias, da mesma maneira que fizemos quando fomos campeões da europa, que apesar do mérito, está mto longe de salvar vidas…as crianças precisam de perceber o que realmente são heróis…

  5. Avatar
    Miguel Martins Reply

    eu faco a minha parte mas a cada dia me irrito mais em ver navios atracar em cadiz e 51 autocarros vieram e largram os passageiros 1800 no aeorporto de lisboa acham eles, aqui ja nada do descrito alguem fez, espanhois que vem nao tarda muito ate de trotinetes ca chegam pois em portugal a menos casos vem ca se tratar ou seja tratar= ja estao infectados, e nada do descrito alguem fez, os comboios as portas sao abertas com as maos dos utilizadores mais palavras para que? ninguem anda a desinfentar as ruas os comboios etc alias parabens aos metros estes estao a limpar desinfestar etc, a carris tambem esta de parabens, depois centros comerciais mesmo metade da lotacao os elevadores andam cheios, as pessoas vao aos 5 nos carros para la a serio de cima tem de vir o exemplo e sim muda-se um general a meio da batalha a ver se a ganhamos, nao e perdera batalha porque nao se quiz mudar os generais.

  6. Avatar
    Carmo andrade Reply

    Sejamos solidários em compreensão, aceitação das circunstâncias, facilitadores da vida alheia. Estamos todos no mesmo barco. Menos legalismos. É tempo de colocar-se no lugar do outro. É tempo de pôr a funcionar o que de melhor temos no coração – AMOR.

  7. Avatar
    Ana Oliveira Reply

    Bom dia, o meu filho tem febre, depois de falar com a saude 24 e ficar sinalizada sob vigilancia por eles, aguardando o tlf deles como combinado, nada.
    Ninguem me contacta, ninguem me atende o tlf, nao querem que saia parabuma urgência para evitar contavtos e fico aqui em casa.Assim
    Com uma criança doente e sem saber o que tem.Nem sei se fico em quarentena, se a febre passar vou trabalhar…ninguem está a ajudar!
    Estou a fazer a minha parte, mas sosinha, os compromissosda saude 24 perante nös estão a falhar e muito.
    Até ja enviei um email ha mais de 36h e.ninguem responde!
    Calamidade

  8. Avatar
    Mariana Cura Reply

    Será que me consegue responder a esta dúvida? Eu e o meu marido somos ambos funcionários do SNS, eu Terapeuta Ocupacional e ele Enfermeiro. Temos um filho de 4 anos que não frequenta Jardim de infância por opção nossa, ficando com a minha mãe de 62 anos. Como podemos fazer para ter direito a um de nós ficar em casa? Ainda não nos responderam dos recursos humanos e duvido que o façam, por isso peço -lhe a sua ajuda.

  9. Avatar
    Carla Domingues Reply

    É lamentável que não se sigam os bons exemplos para minimizar as consequências. Quando começar a haver anunciados de morte, implementa se uma quarentena obrigatória e pronto, vamos esperar pelas consequências da inércia de quem manda e sabe na realidade, o que se está a passar!!!

  10. Avatar
    Vitor Madeira Reply

    Obrigado Pedro Andersson.

    Há que fazer a nossa parte.

    E sim, é óbvio que para muitos de nós irá ser muito mais difícil do que para outros.

    Ao fim e ao cabo, isto acaba por ser uma espécie de lembrete por parte da natureza para que os seres humanos se recordem de que vivem num planeta imperfeito e em constante mutação onde todas as formas de vida concorrem freneticamente pela subsistência e melhor adaptação possível ao meio em que se inserem. (Evolução das espécies.)

    Vingam as espécies que melhor conseguem adaptar-se.

  11. Avatar
    Filipe Reply

    Infelizmente começam outras guerras também …conheço lojas em centros comerciais que viram a sua faturação reduzida em 80%, por isso para evitar mais prejuízo dado nem ganharem para a renda, pelo desemprego e aumento da propagação do vírus entre as pessoas, decidiram encerrar temporariamente.
    O que acontece é que acabam multados pelo próprio centro comercial por encerrar fora das condições do contrato…
    Pedro…insto não deveria acontecer, é uma “Pandemia”, dizem para as pessoas ficarem em casa, somos humanos, ou nos entendemos ou infelizmente vem a caminho o efeito dominó….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *