Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

Dicas (algumas novas) para aumentar o seu reembolso do IRS

Escrito por Pedro Andersson

05.02.20

}
3 min de leitura

Aumente o seu reembolso do IRS

A entrega do IRS só começa em Abril. Pode achar que ainda falta muito tempo, mas há coisas que deve fazer já para receber o maior reembolso possível. Na reportagem desta noite do Contas-poupança (mais logo no Jornal da Noite, na SIC) vamos explicar-lhe a que pormenores deve estar muito atento para receber mais algumas centenas de euros, sobretudo se passa recibos verdes ou tem um atestado multiuso.

Não se esqueça de que o primeiro prazo que já está a decorrer é ATUALIZAR O AGREGADO FAMILIAR no Portal das Finanças. Já o avisei neste artigo. Se costuma aceitar o IRS Automático, é muito importante que não deixe passar este prazo. Vou explicar passo a passo em vídeo como o deve fazer .

Vou explicar-lhe também onde pode encontrar as rendas da casa, os seguros, as propinas e as taxas moderadoras que andam “desaparecidas”.

Vai aprender também (caso não saiba) em que circunstâncias deve fugir e recusar liminarmente o IRS Automático para não ser prejudicado.

Passa recibos verdes?

Vou dar também uma informação importantíssima para trabalhadores independentes, que estão no regime simplificado. Estamos a falar de médicos, advogados, engenheiros, jornalistas, formadores, canalizadores, eletricistas e de todas as profissões liberais que passam os chamados recibos verdes. Em muitos casos pagaram no ano passado e talvez este ano também algumas centenas de euros a mais de IRS porque não se preocuparam em ir ao e-fatura fazer uma coisa simples. É que a lei mudou em 2018 e muitos não deram por isso.

Tem atestado multiuso?

Se tem um Atestado Multiuso com pelo menos 60% de incapacidade deve mandar JÁ (ainda esta tarde) uma cópia do seu atestado para sua seguradora. Pode receber talvez mais 200 euros de reembolso no IRS se nunca fez isso. Quem sabe talvez até possa recuperar mais 200 euros de cada um dos 2 anos anteriores se corrigir o seu IRS. Vou explicar-lhe porquê mais logo.

Esta dica foi absolutamente nova para mim (pode ser que para si não seja, claro), e já ando a investigar os direitos das pessoas com incapacidade jhá cerca de 1 ano. Se está nesta situação, veja sem falta o Contas-poupança hoje. Se conhece alguém com Atestado multiuso partilhe com essa pessoa e avise-o para ver a reportagem.

O IRS é uma coisa complicada e não se fie no “Eu já faço isto há muitos anos”. Basta uma distração ou não conhecermos os nossos direitos para estarmos a perder dinheiro. Mas se seguirmos todos os passos, se nos informarmos bem e perguntarmos a quem sabe, podemos ficar com muito mais dinheiro na carteira. Não se esqueça de que estamos a falar do dinheiro que tanto lhe custou a ganhar.

Até logo, no Jornal da Noite na SIC. Conto consigo!

(Se tem dúvidas sobre o IRS, deve ligar o 217 206 707 das Finanças. Estou a ser inundado com perguntas e não deve esperar que eu responda porque chegam às dezenas e sou só um. Nem sequer as consigo abrir, OK?)



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

Mais 15 dias de confinamento e plano de desconfinamento a 11 de Março

Os pontos essenciais do confinamento nos próximos 15 dias Resumidamente, fica tudo exatamente como até agora com todo o comércio e restaurantes fechados (com as exceções conhecidas), fronteiras semi-fechadas e livros podem ser vendidos nos hipermercados. O Governo...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (1 a 7 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Os meus fundos de investimento – Balanço da semana #33 (25 de fevereiro)

Fundos de investimento - Balanço semanal Como já tinha avisado, este crescimento fantástico não podia continuar para sempre. Feitas as contas, esta semana "perdi" o que ganhei durante 1 mês. Regressei ao valor que tinha na semana de 2 de fevereiro. Foi uma semana má...

FRAUDE – Cuidado com e-mails com multas de trânsito da Autoridade Rodoviária

E-mails fraudulentos em nome da Autoridade Rodoviária A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) tem vindo a identificar, desde final do ano passado, a existência de vários emails fraudulentos enviados em nome deles, que notificam os cidadãos de um suposto...

O seu preço da eletricidade subiu e você não deu por nada? (VÍDEO)

Tem a certeza de que está a poupar na eletricidade? Eu diria - pela minha experiência - que milhares de vocês acham que estão a poupar na eletricidade por terem mudado uma vez para uma empresa mais barata, ou pensam que estão a poupar por se manterem na EDP "antiga",...

PODCAST | #44 – Exemplos reais (os meus) da importância de ter um fundo de emergência

Se não tivesse um Fundo de emergência agora estaria aflito Já lhe falei em vários episódios da importância de ter, antes de tudo o mais, um fundo de emergência. É a sua primeira rede financeira para o caso de lhe surgir um imprevisto na vida. No meu caso este mês...

Contribuintes têm até hoje para validar faturas no Portal das Finanças

Último aviso - Prazo para validar as faturas termina hoje à meia-noite Os contribuintes têm até hoje para validar e verificar as faturas de 2020 no Portal e-fatura e que vão servir de base no cálculo das deduções no IRS. Assim que passou a meia-noite passada o sistema...

Como baixar a sua fatura de eletricidade 70 euros este ano

Às vezes basta um telefonema para baixar a sua fatura de eletricidade Os portugueses queixam-se de que a eletricidade é muito cara, mas são poucos os que percebem como é que os preços são feitos e como são alterados ao longo do ano, muitas vezes sem se aperceberem. Um...

O que NUNCA deve fazer se está sem dinheiro para pagar as contas

A Deco recebeu 30.100 pedidos de ajuda da famílias sobre-endividadas em 2020 A DECO registou mais pedidos em 2020 do que em 2019, o que é perfeitamente explicável pela dura crise provocada pela pandemia da Covid-19. O desemprego aumentou, houve (e continua a haver)...

PPR | Mês #4 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (Fevereiro 2021)

Fazer PPR como investimento? Muitas pessoas, ao longo de décadas, sempre pensaram que os PPR eram apenas para a reforma e que servia para ir buscar entre 300 ou 400 euros ao IRS pela dedução fiscal, ou para baixar o spread do crédito à habitação. Foi só há cerca de 2...

Publicidade

Artigos relacionados

6 Comentários

  1. Paulo Oliveira

    A minha filha começou a emitir recibos verdes em Outubro de 2019.

    Terei que mudar o agregado familiar ou terei que fazer 2 IRS distintos para a minha filha sendo um como membro do agregado familiar e outro nao

    Responder
  2. Marco Neves

    A dedução parcial de despesas associadas à habitação (água e luz) na atividade de recibos verdes de engenharia, adogados… tem alguma armadilha fiscal?
    Pois li na billomat que “Se declarar as suas despesas como parciais, nomeadamente descontando despesas diretas que tenha na sua habitação, como eletricidade e água, por exemplo, está a indicar à Autoridade Tributária que usa a sua casa para desempenhar uma atividade profissional e, assim, na mesma percentagem de 25%, serão aplicadas as regras de mais-valias. Assim, sugerimos alguma cautela no momento em que optar pela classificação de despesas parciais.” Obrigado

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Lamento. Não sei. Sugiro que ligue para as finanças 217 206 707

      Responder
  3. Emilia Sampaio Nóvoa

    Eu, sou doente de Parkinson, já tenho o meu atestado multiusos, mas não tenho usado para quase nada.
    Não sei para serve.

    Responder
  4. JOÃO CARLOS ANTUNES BERNARDO

    Bom dia a minha filha começou a trabalhar em Novembro em part time e só recebe 300 € por mês mais subsídio de refeição e abono por falhas o que não chega a 400 € será que posso continuar a declara-la comigo no meu IRS ou devo fazer uma declaração sozinha.
    Obrigado

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.