Viu o Contas-poupança… vai receber 1.324 € todos os anos

Escrito por Pedro Andersson

24.09.19

}
4 min de leitura

Publicidade

O pai tinha direito ao complemento… mas não sabia

Há informações que mudam a vida das pessoas. Estou este ano a descobrir que SABER é uma forma importantíssima de poupar e de investir. Fico especialmente feliz quando as informações que partilhamos beneficiam quem mais precisa.

Recebi recentemente uma mensagem de um espectador que descobriu, pela reportagem do Contas-poupança, que o pai (dependente de terceiros) tinha direito ao complemento por dependência. Ou seja, sempre cuidou do pai em casa, às suas custas, sem qualquer apoio do Estado porque simplesmente não conhecia que tinha direito a esta mensalidade. Estamos a falar de 94,64 € por mês vezes 14 meses. São 1.324,96 por ano. Olhem que é uma grande ajuda para quem tem de cuidar de uma pessoa completamente dependente.

Partilho convosco a mensagem que recebi:

Boa tarde, venho agradecer a informação preciosa da vossa reportagem. Sem esta não teria acesso ao Complemento por Dependência para o meu pai. Bem hajam pelo serviço público que prestam aos espectadores, Cumprimentos

O espectador, que vive na Beira Alta, não conhecia sequer este direito. Como nunca ouviu falar dele, também nunca fez perguntas em lado nenhum. Já imaginaram o tempo – e dinheiro – que perdeu ao longo dos anos?

Este assunto é muito sensível para mim. Cresci na Beira Baixa, numa aldeia perto da Covilhã chamada Paúl. Conheço o mundo rural e sei comparar com a vida na cidade porque vivo em Lisboa desde 1997. E a ideia que tenho é que, quer na cidade quer na aldeia, por razões diferentes, deve haver dezenas de milhares de idosos e não só (também crianças, jovens e adultos) que têm direito a estas ajudas e nem sequer vão à Junta de Freguesia pedir informações.

Mas também sei, que mesmo que vão à Junta de Freguesia muito dificilmente terão a “sorte” de que o funcionário saiba a diferença entre todas as dezenas de direitos e as suas respectivas regras. Nem na Segurança Social informam bem, quanto mais noutros locais mais perto das pessoas. Por isso é que é tão importante que partilhem ao máximo estas informações. Temos de ser nós, filhos e netos, a fazer pelos nossos familiares e até vizinhos.

No final do artigo tem o link para o “Manual” da Segurança Social para este benefício específicamente. Cada um tem um Manual. É só pesquisar no Google. Vejam o que o espectador acima fez, no caso dele.

No meu caso depois ver o programa foi muito fácil. Eu anteriormente já tinha o processo clínico do meu pai organizado com os vários relatórios de diversas especialidades médicas, porque anteriormente graças ao programa do “Contas poupança” também já tinha pedido o Atestado Médico de Incapacidade Multiuso, e foi atribuído ao meu pai uma incapacidade de 85%.

Assim para requerer o complemento de dependência foi só dirigir-me à Segurança Social, pedir o requerimento e o formulário Mod. SVI 7-DGSS. Este formulário é para ser preenchido pelo médico devidamente fundamentado relativamente à dependência do interessado. Depois dei entrada desta documentação na Segurança Social e aguardei pela convocatória para a realização da junta médica. No dia da junta médica fui com o meu pai e fiz me acompanhar do processo clínico onde tenho os vários relatórios médicos. No passado dia 2 de Setembro recebi a comunicação da Segurança Social a dizer que o pedido foi deferido.

Tem aqui a reportagem e mais informações sobre os seus direitos.

E aqui tem o link para o tal “Manual” GUIA COMPLEMENTO POR DEPENDÊNCIA que obviamente tem de ler para responder a todas as suas dúvidas para saber se tem direito ou não e se sim, como e quanto deve receber. Mexa-se. Vai demorar meses. Mas valerá a pena. Não pode fazer nada pela saúde dos seus, mas o dinheiro a que tem direito pode ajudá-los a suportar melhor a incapacidade.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (19 a 25 de fevereiro)

Qual deveria ser o preço "certo"? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem em todos os prazos

Euribor subiram hoje a três, seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua...

Segurança Social | Atribuição do Abono de Família já é automática

Segurança Social passa a atribuir automaticamente o Abono de Família, logo após registo do bebé na maternidade Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Desde a passada sexta-feira, 16 de Fevereiro, o Abono de Família passou a ser atribuído automaticamente pela...

BURLAS | Não atenda telefonemas do “Banco de Portugal”

Banco de Portugal alerta para telefonemas fraudulentos que imitam o seu número telefónico O Banco de Portugal emitiu um alerta sobre chamadas telefónicas feitas por indivíduos que dizem ser seus colaboradores, usando um sistema que imita o número de telefone do BdP,...

Remuneração | Aumento real dos salários em 2023 foi de 2,3%

Salários subiram 6,6% em 2023, mas os ganhos reais para os trabalhadores foram apenas de mais 2,3% Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Instituto Nacional de Estatística (INE), revelou recentemente que o valor dos salários em 2023 aumentou 6,6% em termos...

EURIBOR | Taxas Euribor descem a três meses e sobem nos prazos de seis e 12

Euribor desceu hoje a três meses, mas subiram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto...

PODCAST | #215 – Como receber 750 € “grátis” para fazer um curso de formação na área digital

Qualquer trabalhador em Portugal pode receber 750 euros para fazer um curso de formação na área do digital. E se fizer a candidatura já, pode repetir mais 750 € no ano que vem. Chama-se Cheque Formação + Digital e no episódio desta semana explico-lhe quem tem direito,...

SENHORIOS | Tribunal decide que caução de rendas não paga IRS

Tribunal decide que caução de rendas deve estar isenta de IRS. Estará aberto um precedente? Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes O Tribunal Arbitral, a propósito de um processo que estava em curso no Centro de Arbitragem Administrativa (CAAD), decidiu, em...

EURIBOR | Taxas Euribor sobem a três meses e descem nos prazos de seis e 12

Euribor subiram hoje a três meses, mas desceram a seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (19 a 25 de fevereiro)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

Publicidade

Artigos relacionados

11 Comentários

  1. Paulo Oliveira

    O meu pai está acamado,recebe pensão de funcionário público também tem direito?

    Responder
  2. Amália Marques

    Maria Amália Balbino Marques
    quarta, 9/10, 16:01 (há 6 dias)
    para info

    Boa tarde!

    Queria agradecer pela vossa existência, através de vocês tive conhecimento que podia pedir o complemento por dependência para o meu filho que tem 100% de incapacidade. Ficou a receber mais 178,77€ por mês, além do PSI. Ainda bem que informam, pois a maioria não tem conhecimento dos subsídios que existem. E quando nos deslocamos as instituições para obtermos informações os próprios funcionários não sabem dar respostas ou não dão a resposta correcta.

    Muito Obrigada!
    Amália Marques

    Responder
  3. Amália Marques

    Boa noite, o meu filho tem 19 anos e 100% de incapacidade. Recebe 273 € de PSI e começou a receber agora 178€ de complemento por dependência. Como sou funcionária publica enquanto o meu serviço me pagava os direitos do menino recebia a assistência a terceira pessoa, abono, e complemento por deficiência. Quando tive conhecimento do PSI requeri a segurança social e foi diferido, e o menino e começou a receber 273€ mensais. E é claro comuniquei a minha entidade patronal para me deixarem de pagar as prestações. A minha duvida é a seguinte: perdeu a assistência a 3 pessoa? ou esta englobado no valor do PSI?
    A assistência a 3 pessoa é o mesmo que complemento por dependência? a minha duvida subsiste porque a assistência a 3 pessoa é paga a pessoa que cuida(3 Pessoa) o Complemento por dependência é pago a pessoa dependente….
    É possível acumular o PSI, complemento do PSI e Complemento por dependência?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá Amália. Deve marcar uma consulta com urgência num balcão da inclusão da segurança social. Pode até ter direito a mais coisas. Posso perguntar se ele usa fraldas e se tem algum apoio nesse sentido?

      Responder
    • Olinda Ferreira

      Bom dia tenho um irmão doente completamente dependente de mim embora tenha mais irmãos eles nao querem saber apenas eu cuido dele fui a tribunal e o que fiquei a saber é que ele nao tendo bens os meus irmãos nao sao obrigados a ajudar me, meus pais faleceram e agora pergunto se eu não ficasse com ele o que teria sido o fim dele se ninguém se importa

      Responder
      • Pedro Andersson

        Olá. Olinda. Que prestações é que ele já recebe?

        Responder
  4. Amália Marques

    Bom dia Dr. Pedro Andersson,
    Muito obrigada pelo conselho, já agendei a marcação no balcão de atendimento. Sim o meu filho usa fraldas, sei que a segurança social ajuda nesse sentido, mas como sou funcionária publica tenho ADSE e meto as facturas das fraldas a ADSE. A ADSE paga 80% do valor das fraldas no máximo de 1200fraldas/ano. O Alexandre manteve os direitos da ADSE mesmo quando atingiu a maioridade, pois procedi ao envio do atestado multiusos e dos diversos documentos que a ADSE me pediu e não tive problema nenhum.
    Também temos carro que foi comprado em nome do menino e ficou isento do IUC e do IVA, ou seja paga o carro sem os impostos. Também teve a cadeira de rodas que a segurança social pagou. Agora já tenho o agendamento marcado e vamos ver….Muito obrigada!!!!

    Responder
    • Pedro Andersson

      Sim era isso. A ADSE paga as fraldas. Ainda bem que está informada. É a reportagem da semana que vem.

      Responder
  5. Vera G.

    Boa note Pedro Andersson,
    é pena é que as coisas não sejam sempre justas… a minha mãe é dependente de nós, (marido e filha) e fomos a uma junta médica com relatórios de vários médicos e o do médico de família e no fim veio indeferido o pedido, logo disseram-lhe que era nova (76 anos) para estar dependente, depois na carta que enviaram, referiam que não reunião condições. Também sei de uma senhora que até está acamada e com atrofia muscular, foram fazer-lhe a junta médica à porta da instituição da SS dentro da ambulância porque era difícil levá-la aos serviços na maca dos bombeiros e também viu o pedido indeferido. E por outro lado conheço pessoalmente outro caso de um senhor a quem foi atribuído o complemento por dependência e que tem uma horta com animais, leva o dia a cavar, a plantar, regar e tratar dos animais, sem na realidade depender de ninguém! Não tenho nada contra o senhor, mas sim contra o sistema, deveria haver fiscalização antes ou depois de ser atribuído o complemento para ser mais justo. Sei que o complemento não viria tornar a minha mãe independente nem tirar-lhe as dores constantes que tem, mas seria uma ajuda para a medicação, pelo menos…
    Obrigada por ser quem é, pelos conselhos que nos dá e por “me ouvir”. Bem-haja! Saudinha da boa! 😉

    Responder
  6. Bruno Filipe Silva Lopes

    Olá boa noite
    A minha esposa tem atestado multiusos de 60% de incapacidade.
    No crédito habitação fazemos a minuta para crédito bonificado. Só que agora tem aumentado todos os meses.
    Não percebo muito

    Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Sabias que podes receber 1.324 € todos os anos no complemento por dependência? - […] Créditos: Contas Poupança […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.