Tem a certeza de que os seus pais ou avós não andam a perder dinheiro?

Escrito por Pedro Andersson

16.08.19

}
5 min de leitura

Publicidade

A sua reforma (ou a deles) é pequena?

Naturalmente, não estou à espera que os seus pais ou avós sigam o blogue Contas-poupança. Mas esta dica é para eles. Portanto, espero que se preocupe com eles e que fale urgentemente com eles para ver se andam a aproveitar tudo o que o Estado tem ao dispor para ajudar quem tem reformas pequenas ou mesmo miseráveis. Esta dica pode fazer uma pequena diferença. Financeiramente e em qualidade de vida.

A minha mãe andava a perder 120 € por ano

Simplesmente por desconhecimento. A minha mãe mora perto da Covilhã. Como tem uma reforma muito baixinha, há vários anos que tem o Cartão Social Municipal. Confesso que não sei como é em outras autarquias, mas presumo que todas tenham alguma espécie de apoios e benefícios para os munícipes com recursos mais baixos ou alguma incapacidade. Vou falar do que a Câmara da Covilhã oferece, para depois você comparar com o que a Câmara disponibiliza onde vivem os seus pais ou avós.

O primeiro passo é eles irem à Câmara Municipal (mesmo que vivam numa aldeia a dezenas de quilómetros da sede de concelho) e perguntar na situação deles a que benefício é que têm direito. Sem fazerem esta pergunta não terão direito a nada. Infelizmente em Portugal só vejo os impostos a serem automáticos. Tudo o resto tem de se pedir (Há algumas coisas automáticas como a Tarifa Social e a isenção de IMI).

Ao ir à Câmara deve levar o último IRS ou a Declaração de Isenção de entrega de IRS. Pode ver como se faz neste artigo AQUI. Leve também um comprovativo de morada como a fatura da luz ou da água e um cartão de identificação. E depois logo vê se tem direito ou não e a quê.

Quem tem acesso

No caso da Covilhã, tem de residir na Covilhã e ter mais de 65 anos, reformados ou pensionistas ou que tenham uma deficiência (não dizem a percentagem no folheto). Podem estar desempregados, ou ter famílias numerosas. Enfim, vai ter de se informar na sua autarquia se tem direito. Varia de concelho para concelho. Pode haver concelhos onde não dão nada e concelhos onde dão muito mais e a mais pessoas. Informe-se em nome dos seus pais ou avós.

Que benefícios tem

No caso da minha mãe, só por ter este cartão tem direito a 50% de desconto em 20 viagens em transportes públicos por mês. Pega nas faturas e na Junta de Freguesia devolvem-lhe a diferença.

Tem acesso a descontos que chegam aos 10 euros mensais na fatura da água. Ora eu pensava que ela já tinha este desconto automaticamente por isso não me preocupei até agora. Só que da última vez que fui com ela ao Balcão do Munícipe aproveitei para perguntar se ela tinha tudo a que tinha direito e foram confirmar e afinal não. Para mim foi uma surpresa. Para ela, 10 euros por mês faz diferença. Equivale a vários medicamentos na farmácia por mês.

Para munícipes mais ativos, ter aquele cartão dá direito a entradas gratuitas em eventos da câmara. Isso permite-lhes ter uma atividade social e cultural mais ativa do que se não tivessem estes apoios.

Têm vários descontos em dezenas de estabelecimentos comerciais. Têm acesso a programas de turismo a preços mais acessíveis e preços com grandes descontos em fisioterapia nas piscinas municipais, por exemplo.  Ela estava justamente a pensar que ia gastar uma pequena fortuna (no orçamento dela) numa piscina particular. Assim, já não.

Pelo caso da minha mãe, percebi que deve haver dezenas de milhares de idosos, pensionistas e reformados, famílias numerosas e pessoas com incapacidade que têm apoios que nem sonham junto das Juntas de Freguesia e Autarquias. Ou que sabem que existem mas não metem os pés ao caminho.

Claro que não estou à espera que sejam eles a tratar disto, mas estou à espera que nós como filhos e netos tratemos disso. Mesmo que viva longe deles, ligue para a Câmara Municipal e informe-se sobre as condições, requisitos e benefícios que eles podem ter mesmo que vivam numa aldeia no fundo de um vale.

Gostava muito que comentassem que benefícios têm os vossos pais ou avós, para todos sabermos e se não sabiam, partilhem o que conseguiram graças a esta informação. Ficaria grato e, quem sabe, até poderia dar reportagem para partilhar com Portugal inteiro se descobrir que é mais um “direito” pouco conhecido.



Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

ÚLTIMO AVISO | Já só tem 1 dia para validar as suas faturas para o IRS!

Já validou as faturas pendentes de TODO o seu agregado familiar? Já só tem até amanhã (meia-noite de segunda-feira, dia 26 de fevereiro de 2024), para validar as suas faturas pendentes do portal e-fatura. É muito importante que o faça. Quando fui ver o e-fatura dos...

CRIPTOMOEDAS | Estou a ganhar ou a perder dinheiro? (Mês #26 – Fevereiro 2024)

O meu investimento em Criptomoedas - Balanço de Fevereiro de 2024 Cá estou eu para fazer mais um balanço do meu "investimento" em criptomoedas. Tenho algum dinheiro em Ethereum, que comprei através da plataforma Binance. Quero antes de mais relembrar que está em ampla...

Prémio Salarial | Formulário para fazer pedido já está disponível

Jovens têm até 31 de Maio para fazer o pedido de devolução de propinas, mas tempo de espera é elevado Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes No final do ano passado, o Governo anunciou uma medida que previa a devolução de propinas aos jovens que tivessem entrado...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três meses, mas sobem a seis e 12 meses

Euribor desce a três meses, mas sobe nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de fevereiro a 03 de março)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que recolho...

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à habitação, são um...

Cheque + Digital | A Lista das entidades que têm cursos de formação digital “grátis” (até 750 €)

A lista das entidades certificadas elegíveis para o apoio dos 750 € Antes que comecem a chover as críticas, relembro que coloquei "grátis" entre aspas porque vai ter de pagar primeiro o curso, ou cursos, do seu próprio bolso, mas depois esse dinheiro é devolvido pelo...

Painel solar fotovoltaico – Balanço Janeiro de 2024 (Mês #86)

Balanço de Janeiro de 2024 Janeiro foi um mês anormalmente baixo. No que diz respeito à produção de eletricidade, os primeiros meses do ano já são de recuperação e de aumento progressivo até atingir novamente o pico no Verão. Enfim, houve apenas uma maior sucessão de...

PODCAST | #216 – Vamos a contas | Quase não fiz descontos para a Segurança Social, qual vai ser a minha reforma?

Esta ouvinte do podcast (que quer ficar anónima) tem apenas 29 anos de descontos para a Segurança Social. Trabalha muito e recebe o seu salário, mas os "patrões" recusam-se a fazer descontos para a Segurança Social. Ela tem 64 anos e está muito preocupada com a...

Arrendamento | Rendas acessíveis alargadas a quem tem rendimentos mais altos

Limite de rendimentos máximos anuais para aceder a apoios ao arrendamento foi alargado para abranger mais cidadãos O valor máximo de rendimento anual para aceder ao Programa de Apoio ao Arrendamento foi aumentado, de acordo com uma portaria publicada em Diário da...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

8 Comentários

  1. Carlos Silva

    Neste aspeto, o Município de Guimarães, será um no pais que importa em informar os seus cidadãos, desses beneficiosos. já as Câmaras de Espinho e Vila Nova de Gaia, se os tem, está fechado a 7 chaves e, quando procuras informações, demoram, dias e meses, até ano, para te dizerem que não tem dinheiro para isto. Lamentável.

    Responder
  2. Francisco Gomes

    Claro que as Camaras nunca tem dinheiro, claro que os impostos que nós pagamos nunca chegam a ser revertidos para aquilo que nos dizem…claro que em Portugal só agora pelo maus serviços do SEF a gente percebe que em 45 anos nada foi feito….empurram todos com a barriga e quem vier atrás que feche a porta, nunca tem culpas, nunca são punidos, eles vivem como peixe na água…são donos de tudo…são demagogos e populistas…fazer o quê?

    Responder
  3. Francisco Gomes

    Claro que as Camaras nunca tem dinheiro, claro que os impostos que nós pagamos nunca chegam a ser revertidos para aquilo que nos dizem…claro que em Portugal só agora pelo maus serviços do SEF a gente percebe que em 45 anos nada foi feito….empurram todos com a barriga e quem vier atrás que feche a porta, nunca tem culpas, nunca são punidos, eles vivem como peixe na água…são donos de tudo…são demagogos e populistas…fazer o quê?

    Responder
  4. Carla

    O meu marido tem uma incapacidade de 95%, terá desconto na tarifa da água?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Tem de perguntar na sua câmara municipal…

      Responder
  5. Filipe Magalhães

    Olá Pedro,

    Parabéns pelo blog e demais iniciativas de partilha de informação útil. Um excelente serviço público! 🙂
    Relativamente às famílias numerosas e os seus possíveis descontos, recomendo a consulta do site da associação: https://www.apfn.com.pt/parcerias.php

    Um abraço,
    Filipe

    Responder
  6. Franz Samuel Calderon Balderrama

    Bom dia, a quase três messes entreguei as facturas das receitas médicas no centro de saude de Portimão, e não fazem todas às facturas escolhem aqueles que querem pagar 50% do valor total das receitas, já apresentei uma reclamação no livro das reclamações e até agora nada, posso apresentar uma outra reclamação em outra autoridade fo estado? Muito obrigado

    Atentamentes

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. Só pagam metade da parte não comparticipada. É o que está na lei.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.