Peças usadas para o carro – São uma opção?

Escrito por Pedro Andersson

15.08.19

}
7 min de leitura

Publicidade

Peças usadas para o carro?

Foi das reportagens mais surpreendentes que já fiz e que aproveito para partilhar consigo novamente porque voltei recentemente a poupar bastante dinheiro com esta dica. Escreverei um artigo nos próximos dias sobre essa nova poupança de várias dezenas de euros com o carro. Só estou à espera do resultado final.

Ao longo dos anos, uma das coisas que mais satisfação profissional e pessoal me traz é perceber como as coisas funcionam nos bastidores dos negócios. E de como nos levam o dinheiro à frente dos nossos olhos e achamos que está tudo bem. Parece quase um truque de ilusionismo. Obviamente não estou a falar dos profissionais honestos que felizmente são a maioria. Mas saber certas coisas permite-nos ter os olhos mais abertos e estar atentos a oportunidades de poupança com os mesmos resultados práticos.

Deixe-me primeiro explicar como cheguei a esta reportagem. Mais uma vez, foi um caso pessoal.

Bati com o carro

Nada de grave. Só chapa batida. Mas o choque afetou a lateral do carro, partiu o farol e dobrou ligeiramente o capot. Levei o carro ao mecânico, que o levou ao bate-chapas. O orçamento era de 1.000 euros. Já estava a preparar-me para o que tem de ser, mas lembrei-me que um conhecido meu restaura nos tempos livres “carochas” antigos. Liguei-lhe e ele disse-me: “Esquece lá esse orçamento. Vamos a um Centro de Abate Automóvel e arranjamos essas peças todas em segunda mão”.

Para mim foi uma novidade. Já tinha ouvido falar dos sucateiros e “Ferros-velhos”, mas dos Centros de Abate nesta perspetiva não. Para mim, estes centros eram mesmo o fim de linha. Era para desmontar e destruir. Afinal não.

Fui lá com ele e procuramos carros iguais ao meu. Encontrámos vários. Ele levou a mala de ferramentas dele e a um tirou o pára-choques, a outro o farol, a outro o guarda-lamas, e a outro o capot. Uma peça de cada cor.

Quando vi o carro montado com as diferentes peças, parecia um carro da “Benetton” com cada parte de sua cor. Mas a vantagem é que eram todas peças originais. Melhores e perfeitas, em comparação com peças compradas na “concorrência” (as lojas que vendem peças novas mas de marca branca).

Foi só pintá-las da cor do meu carro e ficou como novo. Quanto custou? Menos de 400 euros. Poupei com esta dica 600 euros.

Pensei, tenho de partilhar isto no “Contas-poupança”. Quando regressei ao Centro foi com a equipa de reportagem.

É como ir às compras no supermercado

Encontrei lá Paulo Gonçalves, mecânico que todas as semanas passa por ali à procura de peças para os clientes. Usa um carrinho de compras, como nos hipermercados, para transportar as peças. Procura pára-choques, motores, elevadores, caixas de velocidades, portas… Tudo o que precisar nesse dia ou nessa semana.

O Centro de Abate Automóvel Bentos fica no Porto Alto, a poucos quilómetros de Lisboa. Mas é apenas um exemplo. Há dezenas de centros destes em todo o país. É só procurar no Google que encontra o mais perto de si. Quando precisar de uma peça ou parte de automóvel passe por lá a perguntar se tem, em bom estado. Pode ter sorte.

Menos 80%

Os descontos são na ordem dos 70 ou 80%. Para ter uma ideia do que pode poupar, um pára-choques novo pode custar 200 euros. Aqui fica em cerca de 70 euros. Uma porta nova custa cerca de 300 euros; aqui fica-lhe em 80 euros. Um vidro para o pára-brisas custa 180 euros; aqui compra um por 10 ou 15 euros.

Tem de trazer as suas próprias ferramentas. Encontra o carro, percebe se tem a peça que quer e o estado em que está, e se lhe interessar, desmonta-a, paga e leva-a. Assim simples. O que há é o que está à vista.

Jorge Bento é o responsável por este Centro. Explicou-me que só não vende o chassis. O resto é tudo para vender: do motor ao pisca-pisca. Ao fim-de-semana vêm famílias inteiras “passear” à procura de peças. Pais, filhos, avós e netos. E até senhoras sem medo de sujar as mãos.

As frentes de automóvel são as que se vendem melhor. A explicação é simples: as pessoas quando batem em alguém normalmente é a frente que estragam e como são culpadas, procuram mais barato porque são elas que pagam. Quando alguém bate por trás, normalmente são os outros os culpados, por isso como é o seguro dos outros que paga, metem sempre novo.

Há lojas mais organizadas

Para a reportagem, visitei também uma loja mais “organizada”. Há por todo o país, empresas que compram carros velhos ou acidentados em Portugal e no estrangeiro e que os desmontam para vender peças. É o caso da “ChiquitaCar”. Só trabalham com 5 marcas: Mercedes, Volkswagen, Audi, Seat e Skoda. Outras empresas trabalharão com outras marcas. Investigue o que há perto de si. A vantagem, neste caso, é que dão garantia. No Centro de Abate não.

Não desmonta nada. É só chegar ao balcão e perguntar se têm a peça que procura. Uma porta para um Mercedes custa 50 ou 70 €. Uns amortecedores ficam por 15 €. Pode comprar um capot por 30 a 60 € ou uns faróis por 10 ou 20 €.

Travões, pastilhas e pneus?

Até discos de travões e pastilhas usados pode comprar aqui. E pneus praticamente novos. Mas não é um risco de segurança? O responsável pela loja explicou-me que um carro acidentado por motivos que não tenham a ver com a segurança dos componentes pode ter perfeitamente os travões ou pneus novos ou praticamente novos. Porquê deitá-los fora se estão ótimos? O mesmo se aplica a todas as peças que vendem.

Ora tudo isto a propósito de quê? É que se não confiar absolutamente no seu mecânico sei que que há casos em que está a pagar novo pelo arranjo do seu carro e as peças podem ter sido compradas nestes locais. Tem de confirmar, olhando bem e pedindo as faturas dos materiais, que está a pagar mesmo o que pediu (novo, se pediu novo).

Ou se o orçamento que lhe deram é demasiado para a sua bolsa, pergunte se pode trazer o material (se o encontrar) e quanto leva pela mão-de-obra. Pode compensar.

E melhor ainda, se conseguir comprar as peças que usa e substituí-las você mesmo, então a poupança ainda é maior. Eu sou um péssimo exemplo, mas há situações em que é só desaparafusar e aparafusar. Não tenha medo só porque nunca fez. Há sempre uma primeira vez.

Se achar que não quer arriscar em peças que afetam a segurança do carro, acho que faz muito bem. É apenas mais uma alternativa que é importante conhecer. Um dia pode fazer-lhe jeito.

Tem aqui a reportagem que fiz em 2014:

https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2014-01-08-Poupar-ao-comprar-pecas-usadas-para-o-carro


Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

 

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

EURIBOR HOJE | Taxas descem a três e seis meses, mas sobem a 12

Euribor desce a três e seis meses, mas aumenta no prazo de 12 meses Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um impacto direto na sua prestação do crédito à...

COMBUSTÍVEIS | Qual é o preço justo esta semana? (26 de fevereiro a 03 de março)

Qual deveria ser o preço justo? A ERSE faz semanalmente as contas para o consumidor saber qual é o preço "justo" dos combustíveis face ao preço das matérias-primas e transportes de combustível. Esse preço "justo" já inclui uma margem de lucro de cerca de 10% para as...

PODCAST | #218 – Vamos a contas | Tenho de declarar os Certificados de Aforro (e outros) no IRS?

Os Certificados de Aforro continuam a suscitar muitas dúvidas. Uma delas é se somos obrigados a declará-los no IRS e como se faz. Essa dúvida é também muito comum quando alguém começa a pensar em investir em produtos relacionados com as bolsas, como Fundos PPR, Fundos...

ÚLTIMO DIA | Prazo para validar faturas para IRS 2023 termina hoje

Já validou TODAS as suas faturas e do seu agregado familiar? Os contribuintes têm até ao final do dia de hoje (quarta-feira, dia 28 de fevereiro) para validar e confirmar as faturas relevantes para o IRS de 2023, após o Ministério das Finanças ter decidido prolongar o...

Arrendamentos | Burlas estão a aumentar. Conheça os sinais e como evitar

Burlas com falsos arrendamentos têm estado a aumentar nos últimos dois anos Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes De acordo com a PSP, as burlas com falsos arrendamentos têm vindo a agravar-se desde 2022, quer nos arrendamentos de casas de férias, quer no...

ÚLTIMA HORA | Prazo para validar faturas de 2023 prolongado até quarta-feira

Faturas pendentes - Prazo prolongado até quarta-feira A Autoridade Tributária (AT) prolongou por dois dias, até quarta-feira, o prazo para a validação de faturas relativas a 2023 no portal e-fatura, depois de constrangimentos no último dia do prazo inicial. Em...

Quer inscrever-se no regime do Residente não Habitual? Pode fazê-lo até 2025

Autoridade Tributária informou que os contribuintes elegíveis podem inscrever-se até 31 de março de 2025 Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Se está interessado em inscrever-se no regime do Residente não Habitual (RNH), que permite aos seus beneficiários...

EURIBOR HOJE | Taxa a três meses mantém-se, mas sobe a seis e 12 meses

Euribor mantém-se a três meses, mas aumenta nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham...

ELETRICIDADE | O indexado em Fevereiro vai baixar bastante – Vale a pena mudar?

O preço da eletricidade no OMIE está quase de graça É impressionante o que está a acontecer nesta última semana. O preço da eletricidade no mercado grossista está praticamente a zero. Os valores a que a eletricidade vai ser vendida e comprada amanhã, pelas empresas...

EURIBOR HOJE | Taxas sobem a três meses e descem a seis e 12 meses

Euribor sobe a três meses, mas desce nos prazos de seis e 12 meses Contas-poupança | Inês de Almeida Fernandes Diariamente, divulgamos aqui na página "Contas-poupança", o valor das taxas Euribor a três, seis e 12 meses. Embora as alterações diárias não tenham um...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Artigos relacionados

4 Comentários

  1. Vitor Madeira

    Muito bom. Há que tempos que sou um cliente assíduo de centros de abate, pelo que conheço esta realidade há anos, mas quero deixar bem claro que acho mais do que fenomenal verificar que o Pedro Andersson fez uma reportagem deste tipo.
    Obrigado.

    Responder
  2. José Ribeiro

    Eu tive um Citroen C5 de 2001 e muitas vezes já nem havia peças originais, e comprava na Norsider. Têm um site muito bem construído é só procurar pelo modelo e ver as peças disponíveis. Telefona-se a pedir o envio e logo no dia seguinte temos a peça a pagar na entrega. Nunca tive problema nenhum. Mesmo nos componentes electrónicos. Uma vez foi o controlador do ABS que já não existia novo ( eram cerca de €1.200) e comprei essa peça por 90 euros.

    Responder
  3. Ricardo Borges

    Muito bom! Há tempos que procurava por este tipo de informação. Continuação de excelente trabalho.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.