Aceito os termos e condições.

Email Marketing by E-goi

VÍDEO – Comerciantes obrigados a divulgar preço mais baixo dos últimos 3 meses

Escrito por Pedro Andersson

03.07.19

}
5 min de leitura

Conheça a nova lei dos Saldos e Promoções

O governo anunciou há poucos dias alterações importantes na lei dos Saldos e das promoções. Estive a ler a lei atentamente (li a versão antes da aprovação em Conselho de Ministros) pelo que falta ler ainda a versão final depois de promulgada pelo Presidente da República. Entrará em vigor 30 dias depois da promulgação. Portanto, muito provavelmente a lei de que vos vou falar a seguir estará em vigor durante o Verão ou logo a seguir ao Verão. Se é consumidor isto interessa-lhe, se é comerciante também (até porque as multas são grandes).

O preço mais baixo dos últimos 3 meses

Muitos portugueses desconfiam dos preços praticados nos saldos e promoções. Há sempre a suspeita de que os preços aumentam antes para os descontos parecerem maiores. Sei por experiência própria que um desconto de 50% nem sempre quer dizer que esteja realmente a poupar. A questão é saber sobre que preço é feito o tal desconto.

Há situações em que uma coisa com 50% de desconto pode ser mais cara do que algumas semanas antes sem desconto nenhum. Para evitar esta suspeita e confusões, o governo decidiu mudar a lei dos Saldos e Promoções.

A partir de agora sempre que um comerciante ou hipermercado colocar uma percentagem de desconto, tem de ser sobre o preço mais baixo a que esteve nos últimos 3 meses, mas com um pequeno grande detalhe: não contam os descontos em saldos e promoções durante esses 90 dias.

Para que isso aconteça, todos os comerciantes têm de registar qualquer saldo ou promoção na página e-portugal na internet (ver fotos acima). Estou a antever uma burocracia imensa sobretudo para os hipermercados, grandes lojas e pequenos comerciantes que suponho que tenham mais que fazer.

A parte boa é que até agora não havia nenhum limite temporal. O desconto até podia ser sobre o preço a que o produto entrou no mercado há 1 ou 2 anos. Não havia nenhum critério definido. Agora há.

A DECO considera positiva a medida, mas sabe a pouco. A DECO defende há anos que o preço de referência seja o mais baixo dos últimos 30 dias, mas independentemente de ter estado com desconto ou não.

Aliás, durante muito tempo, os comerciantes eram obrigados a colocar nos saldos e promoções o preço mais baixo dos últimos 30 dias, mas essa obrigação foi retirada da lei em 2015. Agora volta com o prazo de 3 meses, mas com a exceção das promoções feitas nesse período.

O ministro da economia diz que é para proteger os comerciantes e produtores. Senão os comerciantes ficavam “agrilhoados” a qualquer baixa de preço independentemente do que acontecesse no mercado.

Habitue-se à página e-Portugal

A partir de agora todos os comerciantes e empresas têm de registar previamente qualquer período de saldos ou promoções à ASAE no portal ePortugal. Antes podia ser por vários meios, agora é só exclusivamente através desta página. A ideia é simplificar a vida dos comerciantes e do Estado.

Para o Consumidor o que muda é que passa a ter a garantia de que o valor apresentado sem desconto é o mais baixo praticado na loja fora dos períodos de saldos e promoções (mesmo que sejam progressivas, do tipo primeiro 20%, depois 30, depois 40% e assim por diante) nos últimos 90 dias. E a percentagem de desconto é sobre esse valor. Se notar algum incumprimento, terá de fazer queixa no livro de reclamações para ser enviado para a ASAE.

As multas

As multas vão dos 250 aos 3.700 € se forem particulares e podem chegar aos 30.000 € se forem pessoas coletivas caso não registem os saldos e promoções ou se não usarem o preço mais baixo (sem promoção) dos últimos 90 dias.

O segredo está no preço, não no desconto

O importante, se quiser realmente poupar e fazer compras inteligentes é ignorar as percentagens de descontos e ver apenas o preço final que vai pagar comparando com os preços finais que conhece no passado do produto que lhe interessa.

A DECO tem uma página na internet que se chama “comparar preços”. Escreve o nome do equipamento ou copia o link da loja e fica a saber o preço a que esteve todos os dias (com promoções e descontos incluídos) nos últimos 3 meses. Só é pena não ter roupas e outros tipos de compras. Tem aqui a reportagem onde explico como funciona.

Em resumo, com esta nova lei passa a haver um limite de tempo para nos orientarmos. Mas para a lei funcionar, o consumidor tem de ir tomando nota dos preços das coisas que lhe interessam ao longo do tempo para poder reclamar se encontrar preços inflacionados e apresentar queixa se for caso disso. Para os comerciantes, as multas também não são pequenas. É importante que todos passemos a conhecer a nova lei para evitar mal entendidos. Vamos ver como vai funcionar. Estou curioso.

Pode ver ou rever AQUI a reportagem em vídeo desta semana na página da SIC Notícias: https://sicnoticias.pt/programas/contaspoupanca/2019-07-03-O-que-vai-mudar-em-relacao-aos-saldos-e-promocoes-

Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2019. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Se quiser conhecer também as dicas que demos nos primeiros 5 anos de programa, pode adquirir o livro “Contas-poupança I”. É só clicar AQUI ou nas fotos dos livros.

Registe-se AQUI para receber a Newsletter do Contas-poupança.

(Todas as dicas da semana num só e-mail).

Publicidade

Sobre mim: Pedro Andersson

Ir para a página "Sobre Mim"

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes 

PODCAST | #65 – Para que serve o Atestado de Incapacidade Multiuso?

O que é o Atestado Multiuso e para que serve? Termos mais dinheiro ao fim do mês não é só poupar ou gastar melhor, também é por aumentar as nossas fontes de rendimento por conhecermos os nossos direitos enquanto cidadãos. Ao longo destes 10 anos, verifiquei com...

BURLA | Cuidado com e-mails falsos dos CTT para desalfandegar encomendas

"Há um problema com a sua encomenda..." A minha mulher acabou de receber um e-mail que por alguns instantes me deixou confuso. De vez em quando encomendamos algumas coisas pela internet e sabemos que desde 1 de julho os CTT (ou outros operadores) vão enviar uma...

Se quiser investir é melhor um PPR ou um ETF? (Mês #1)

PPR vs. ETF: Qual é melhor para investir a longo prazo? (Mês #1) Já li muitos estudos e muitos artigos sobre as vantagens e desvantagens dos PPR e dos ETF para quem quer investir a muito longo prazo: Uns acham acham que é o PPR por causa das vantagens fiscais à saída...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (26 de julho a 1 de agosto)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

COMBUSTÍVEIS | Gasolina desceria 9 cêntimos e gasóleo 1 cêntimo com limitação das margens

Gasolina desceria 9 cêntimos e gasóleo 1 cêntimo com limitação das margens A aplicação do diploma aprovado hoje em Conselho de Ministros para limitar as margens na comercialização de combustíveis levaria a uma redução do preço da gasolina em nove cêntimos e do gasóleo...

VÍDEO | Os contadores de eletricidade inteligentes obrigam a aumentar a potência contratada?

Até 2024 todos os contadores de eletricidade vão ser inteligentes Em Portugal, há 6,2 milhões de clientes em BTN (Baixa Tensão Normal), ou seja, são clientes domésticos como você e eu. Destes todos, 3,5 milhões já têm os novos contadores inteligentes instalados. Mas...

Devo ter cuidado com os contadores de eletricidade inteligentes?

Deve ter cuidado com os contadores inteligentes? Ninguém vai escapar à mudança. Até 2024, todos os contadores de eletricidade em Portugal vão ser inteligentes. Os novos equipamentos prometem enviar as contagens automaticamente e acabar com as estimativas e fazer tudo...

PPR | Mês #9 – Quanto estou a ganhar (ou a perder) com os meus PPR (julho 2021)

Fazer PPR como investimento? Muitas pessoas, ao longo de décadas, sempre pensaram que os PPR eram apenas para a reforma e que servia para ir buscar entre 300 ou 400 euros ao IRS pela dedução fiscal, ou para baixar o spread do crédito à habitação. Foi só há cerca de 2...

PODCAST | #64 – Qual é a diferença entre Educação Financeira e Inteligência Financeira?

Você tem inteligência financeira? A questão é que eu posso até ter alguns conhecimentos financeiros mas se não os utilizar é como se não soubesse nada, certo? Vou dar-lhe alguns exemplos de como pode (e deve) passar do "saber" ao "fazer" para começar de uma vez por...

COMBUSTÍVEIS | Preços na próxima semana (19 a 25 de julho)

Preços dos combustíveis na semana que vem A informação dos preços dos combustíveis é baseada nos cálculos que têm em conta a cotação nos mercados internacionais e outros fatores que são considerados na formação do preço dos combustíveis em Portugal. São dados que...

Publicidade

Comentar

Siga-nos nas redes sociais

Publicidade

Artigos relacionados

2 Comentários

  1. Mariana Vieira

    E legal a Meo cobrar 5euros pelas faturas em atraso?

    Responder
    • Pedro Andersson

      Olá. É porque a Mariana concordou 🙂 está nas letras miudinhas.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Partilhe o Artigo!

Partilhe este artigo com os seus amigos.